Tag archive

Escola Superior de Design do IPCA

IPCA organiza “DIA D – Conversas sobre Design”

Dezembro 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Design (ESD) do IPCA leva a cabo mais um “DIA D – Conversas sobre Design”, que visa, na sua 10ª edição, “inspirar os alunos com uma lufada de ar fresco” trazida nas diferentes perspetivas dos designers convidados. O evento realiza-se no próximo dia 11 de dezembro, no Auditório Eng.º António Tavares, no Campus do IPCA.



Segundo a organização, este ano “pretende-se apresentar o Design como uma atividade transversal, transformadora e interventiva, que inspire os alunos a ‘saírem da caixa’ ou a ‘transformarem a caixa’”. Exemplo disso é o projeto apresentado pela ex-aluna Rosana Sousa, que investiu na oportunidade que surge no Curso, e em 2017, ganhou o 1.º prémio de melhor projeto de Design Industrial da MOVECHO.

Os quatro designers convidados darão um contributo para a ideia de que é importante ser ousado e acreditar nas convicções pessoais, demonstrando como cada um encara a sua responsabilidade para ultrapassar alguns limites. O Designer João Azevedo atreve-se a calçar a AMBITIOUS shoes de Guimarães, nos pés das mais prestigiadas feiras do mundo e a ambição da marca torna-se numa realidade.

Para estes convidados, o design tem sido um meio para concretizar as suas visões. A paixão com que se dedicam aos seus projetos, funciona como um combustível maravilhoso. Quer o projeto CHICAS PODEROSAS, da designer Mariana Santos, quer o projeto A AVÓ VEIO TRABALHAR, da designer Susana António, parecem uma extensão desse mesmo sentido disruptivo, de querer agitar a ordem social instalada nos seus vícios, apresentando alternativas.

Estes designers, em vez de “darem o peixe”, acreditam que “ensinar a pescar” é uma forma eficiente para se obterem resultados eficazes. Através do talento, fazem convergir a escala global com a sua realidade local. É este o tema geral proposto para esta 10ª edição — “Pensar global, agir local”.

Neste “Dia D”, o design não será, somente, apresentado no resultado final, mas a operar, sobretudo, ao nível do processo. Os projetos apresentados inserem-se nas preocupações e desafios das mais recentes linhas de pensamento em design.

O IPCA, sendo uma instituição de ensino superior público politécnico com licenciaturas, mestrados e cursos TeSP na área do design, assume, através da ESD, um papel relevante na promoção e divulgação da cultura do design, nas suas variadas áreas de especialização, apresentando uma visão alargada daquilo que são as possibilidades dele, a sua ligação ao mercado profissional e o impacto que ele pode ter no desenvolvimento e formação dos seus estudantes.

Fonte e imagem: IPCA.

Escola Superior de Design do IPCA organiza primeira edição da DIGICOM

Novembro 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A primeira edição da DIGICOM – Conferência Internacional de Design e Comunicação Digital, organizada pela Escola Superior de Design do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, decorre nos dias 10 e 11 de novembro, no Teatro Gil Vicente, em Barcelos.



Este evento realiza-se no âmbito do Mestrado em Design Digital, da Escola Superior de Design, numa altura em que a era do digital é cada vez mais ubíqua e preponderante na nossa sociedade em rede e global.

Perante este paradigma, nestes dois dias de DIGICOM o debate central reflete sobre o papel do design e da comunicação nos diferentes meios e plataformas digitais interativas.

A Conferência Internacional de Design e Comunicação Digital, DIGICOM, desafia ainda os inscritos à submissão de artigos de excelência em várias áreas temáticas no contexto do Design e da Comunicação Digital, tais como: Web Design, Aplicações para dispositivos móveis, Televisão Digital e Interativa, Tipografia e Design Editorial em suportes digitais, Design de Identidade, entre outros temas que podem ser consultados na página oficial do evento (www.digicom.ipca.pt). Os artigos aceites vão ser incluídos no programa da DIGICOM para apresentação pública e publicação no livro de Atas. Os organizadores referem que “procuram-se trabalhos originais e de qualidade, que ajudem a fortalecer uma relação intrínseca entre a investigação científica, a academia e o mundo profissional”.

A palete de convidados faz jus à conferência. Eduardo Cintra Torres, professor universitário, jornalista e como experiente crítico de televisão e media é o orador principal da primeira sessão com o tema “A televisão atual e o seu impacto nas indústrias culturais”. Segue-se Miguel Oliveira, Co-fundador da EDIGMA, S.A., que vai dar o seu contributo na sequência do seu extenso currículo na área do marketing e novas tecnologias.

No segundo dia, Inayaili de León Persson, Senior Digital Product Designer da Make Us Proud falará sobre como os designers podem “manter seu sistema de design vivo!”. Juanra Martin, da @DesignOnScreens vai defender a sua crença do contributo do design para a felicidades das pessoas.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA organiza Open Lab “Novos Paradigmas da Economia Sénior” na NORMÉDICA AJUTEC 2017

Novembro 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, através da Escola Superior de Design (ESD), juntamente com o TICE.PT, no âmbito to projeto Interreg Sudoe ICT4SILVER, e em colaboração com a Iberia Advanced Healthcare, organiza o Open Lab “Novos Paradigmas da Economia Sénior”. O evento decorre a 3 de novembro, na Exponor, integrado na “NORMÉDICA AJUTEC 2017 – Fórum e Exposição das Ciências Médicas e da Saúde, Gestão Hospitalar, Ajudas Técnicas, Mobilidade e Inclusão”.



Este Open Lab visa proporcionar, no âmbito do projeto ICT4SILVER, um debate aberto abordando os desafios, soluções, barreiras e oportunidades, partilhados na primeira pessoa entre utilizadores, cuidadores, instituições, investigadores e fabricantes, procurando gerar informação atual e novos vetores de investigação, desenvolvimento e, sobretudo, de aplicação de soluções inovadoras na Economia Sénior, projetando o crescimento sustentado dos atores e setores envolvidos.

A sessão de abertura é moderada por João Malva, da Ageing@Coimbra, e conta com Isabel Costa, da Bella Vida, José Carvalho, da Hope-Care, e Nuno Garcia, da Universidade da Beira Interior.

Nos painéis de convidados destaque, ainda, para António Lúcio Batista, da Iberia Advanced Healthcare, Béatrice Durruty e Hervé Dufau, da ADI – Agence de Développement et d’Innovation de la Nouvelle-Aquitaine, Filipe Sousa, da Fraunhofer, Ricardo Correia, da Cintesis e Gabriela Trevisan, da Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.

Programa:

10h00  –  Abertura

–   Saúde e bem-estar Sénior

–   Promoção da Qualidade de vida Sénior

–   A Economia Sénior a 20 anos

–   Do laboratório ao utilizador

16h30  – Encerramento

O evento realiza-se no dia 3 de novembro, na Exponor, e a participação necessita de inscrição através do seguinte link (basta clicar):

http://web.ipca.pt/ict4silver/NovosParadigmasSE.html.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA torna o seu Campus mais verde, saudável e seguro

Outubro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo ano prevê-se a abertura das novas instalações da Escola Superior de Tecnologia e da Biblioteca do IPCA no Campus do IPCA.



O IPCA “é uma instituição com preocupações no campo da responsabilidade intergeracional, vocacionada para a proteção do ambiente e a promoção de estilos de vida saudáveis. A política do IPCA assenta num Campus ‘amigo’ de todos, sem esquecer os que têm necessidades especiais, designadamente com a inexistência de barreiras arquitetónicas”, refere a instituição barcelense em nota enviada a este jornal

Os acessos, quer por via pedonal, quer pela via automóvel, que se encontram quase prontos, tornam o Campus ainda mais amplo e mais aberto à comunidade. Os espaços verdes, seguros e monitorizados, estão a crescer e a mobilidade sustentável começa a ganhar dimensão com a ciclovia e a futura promoção do uso de bicicletas através do projeto U-BIKE. A construção de um Pavilhão multiusos vai proporcionar a prática frequente de desporto no Campus, assim como o desenvolvimento de atividades laborais e lúdicas.

Desta construção, é de destacar a promoção da eficiência energética por sistema fotovoltaico, e consequente melhoria de eficiência energética dos edifícios ao nível da climatização e iluminação, que constituem um Campus seguro e responsável.

Nesse contexto, de acordo com o IPCA, o seu Campus “assenta em três linhas direcionais: CAMPUS VERDE, que ambiciona deixar uma pegada ecológica, através da criação de instalações eco-friendly, em que o consumo de energias fósseis e esgotáveis seja reduzido ao mínimo e em que sejam preservadas as características naturais do ecossistema envolvente; CAMPUS SAUDÁVEL, que aspira a ambientes de trabalho saudáveis, com condições propícias ao exercício das diversas atividades laborais, docentes e não docentes, nas melhores condições possíveis à promoção da saúde humana; CAMPUS SEGURO, nos termos do qual se pretende prover o Campus de condições de segurança e monitorização que permitirão a utilização dos espaços com à vontade, a qualquer hora do dia ou da noite”.

Para além da reconstrução do Campus destaque para as novas instalações da Escola Superior de Design, no centro da cidade de Barcelos, e da construção da Escola-Hotel (Escola Superior de Hotelaria e Turismo) que vai ficar situada no concelho de Guimarães, num edifício histórico.

Fonte e imagem: IPCA.

Projeto do Mestrado de Ilustração e Animação, do IPCA, integra campanha de prevenção da violência contra crianças da APAV

Outubro 21, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Design (ESD) e o Mestrado de Ilustração e Animação (MIA) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) participaram na mais recente campanha da APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. A campanha pretende, através do livro “A Estrela de Klahan”, sensibilizar para a prevenção da violência contra crianças.



Coube a Pedro Emanuel Santos, no âmbito do projeto desenvolvido no 2.º ano do MIA, desenvolver as ilustrações e o design do livro. O convite endereçado a Pedro Emanuel surgiu por parte da autora Ana Paula Figueira. “A Ana Paula é uma autora com quem eu já trabalhava em alguns projetos quer a nível de design, quer a nível de ilustração. Temos, também, algumas parcerias em que ela escreve a crónica e eu faço a ilustração”, referiu Pedro Emanuel, que aceitou o convite de imediato.

Como o tema a ser desenvolvido no livro “A Estrela de Klahan” era, do ponto de vista teórico, do interesse do mestrando para a sua pesquisa, propôs-se que o mesmo fosse desenvolvido no âmbito do projeto final do Mestrado em Ilustração e Animação do IPCA, tendo como tema “O contributo da Ilustração na comunicação de questões sociais – sensibilização do público infantil, através do álbum ilustrado”, sob orientação do professor Jorge Pereira.

Sendo o principal objetivo do livro sensibilizar o público infantil em relação à violência, Pedro Emanuel adianta que optou por testar as ilustrações bem como o livro através da metodologia de focus group: “O trabalho teve uma componente metodológica para desenvolver. Não interessava apenas um livro lúdico, mas sim um livro que sensibilizasse e esse era o meu grande objetivo”. Para isso contactou a ASAS (Associação de Solidariedade e Ação Social de Santo Tirso), onde o Pedro Emanuel Santos já tinha desenvolvido vários trabalhos como voluntário. Pedro salienta que com a ajuda de auxiliares e psicólogos da associação, foi possível testar o livro junto das crianças, e assim chegar à conclusão que de facto a mensagem estava a ser transmitida não apenas através do conto, mas sobretudo através da ilustração: “O trabalho de campo foi muito importante para perceber se as ilustrações funcionavam, e ser esta associação teve ainda mais peso porque as crianças da ASAS também se encontram em risco”.

A APAV optou por desenvolver um projeto de sensibilização pensado para ser implementado localmente, neste caso concreto, em Vila Real. Para isso, através de uma parceria com a Fundação Jumbo para a Juventude, iniciaram o projeto Junt@s na Prevenção da Violência. Foi no seguimento destas acções que a APAV decidiu produzir este livro infantil.

O livro “A Estrela de Klahan” foi apresentado no Jumbo de Vila Real, contando com a presença dos autores Ana Paula Figueira, Pedro Emanuel Santos e Gil do Carmo (autor da versão áudio do conto), bem como responsáveis da Fundação Jumbo para a Juventude e da APAV e ainda com 120 crianças do 1º ciclo.

Fonte e fotos: IPCA.

Concurso Jovens Criadores 2017 conta com finalista do IPCA na categoria de Design Gráfico

Outubro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A final do Concurso Jovens Criadores 2017 contou com a presença de uma aluna da Escola Superior de Design (ESD), do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), na categoria de Design Gráfico.



O livro “Terminal das Entrelinhas” é o resultado do trabalho desenvolvido pela aluna Andreia Paixão na unidade curricular de Anteprojeto, do terceiro ano da Licenciatura em Design Gráfico Pós-Laboral. Esta publicação junta o Teatro à Tipografia, numa narrativa dramatúrgica original em torno de duas personagens, Cícero e Míope, com o objetivo de despertar o interesse e reconhecimento por parte dos leitores face à importância da Tipografia nas suas vidas. Este trabalho foi selecionado no Concurso Jovens Criadores 2017, na categoria Design Gráfico.

De há muito que Cícero sente que a sociedade observa a tipografia como um míope. Muitas são as suas tentativas em expressar o seu conhecimento na esperança que algum tipo o compreenda. Acredita que somos aquilo que nos define, à semelhança de um elemento tipográfico. Uma palavra possui um significado que exige observação e acima de tudo compreensão. O ato de observar vai ser um fator determinante para a melhoria das condições visuais e mentais de Míope.

Com partes da composição tipográfica realizadas através da técnica de letterpress, o livro apresenta, paralelamente ao diálogo satírico entre as duas personagens, um outro diálogo que é habitual entre designer e revisor editorial, representado, neste caso, pela introdução dos diferentes símbolos técnicos utilizados na Norma Portuguesa.

Fonte e fotos: IPCA.

Alunos da Escola Superior de Design do IPCA criam mural para assinalar o Dia Mundial da Saúde Mental

Outubro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Os alunos de mestrado de Ilustração e Animação da Escola Superior de Design (ESD) criaram o mural “Saudavelmente” que foi inaugurado esta terça-feira na Casa de Saúde S. João de Deus, em Barcelos.



A iniciativa, celebrada no Dia Mundial da Saúde Mental, dia 10 de outubro, surgiu no âmbito das comemorações dos 90 anos desta Instituição e resultou da parceria da Casa da Saúde São João de Deus com o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave e com a Escola Profissional da ACIB.

Na inauguração do mural estiveram presentes o vice-presidente do IPCA, Agostinho Silva; João Ferreira, diretor do Centro Regional da Segurança Social de Braga; João Nuno, representante do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos; e Francisco Pereira, vice-presidente da ACIB.

Coube à diretora da Casa de Saúde, Isabel Bragança, fazer as honras da cerimónia, onde considerou que esta iniciativa pretende, “estimular os jovens a refletirem sobre o que pode contribuir para o seu bem-estar e saúde mental, encorajando-os a, sempre que entenderem necessário, pedir ajuda”.

O vice-presidente da ACIB, Francisco Pereira, elogiou o trabalho da Casa de Saúde e agradeceu o “convite à ACIB para participar neste projeto enraizado de valores, na qual se destaca a humanidade que existe na nossa sociedade”.

Já Agostinho Silva, vice-presidente do IPCA, enalteceu não só o trabalho que a Casa da Saúde de Deus tem desenvolvido na área da saúde mental, mas também o trabalho importante de ligação com a sociedade e com o IPCA, permitindo, neste caso presente, dar aos seus estudantes “uma oportunidade de poderem exercer e aumentar os seus currículos e acima de tudo, possibilitar que se tornem pessoas com ainda mais valores”. O vice-presidente não escondeu o orgulho do trabalho realizado pela Escola Superior de Design do IPCA em prol do desenvolvimento da região, realçando a qualidade do ensino e da investigação na área do Design. Concluiu deixando um desafio a todos os estudantes do IPCA para visitarem aquele mural pois vão sentir que “está lá um bocadinho da criação cultural, artística e do pensamento humanismo do IPCA, pois o mural é uma forma de exteriorizar a arte numa área tão importante como é a da saúde mental.”

O Irmão Vítor Lamelas, Provinciano da Ordem Hospitaleira da Casa São João de Deus, encerrou a cerimónia agradecendo aos estudantes do IPCA e da ACIB, frisando que “aquele mural marca um ponto nos 90 anos de história” e que os “utentes desta Casa de Saúde têm mais um momento de participação cultural e artística” tão importante para a saúde mental.

O mural tem 11 metros de comprimento por 4 metros de altura, onde estão representadas cinco das boas práticas de uma saúde mental sã: estar com a família, praticar desporto, falar com os amigos, fazer o que se gosta e sentir-se realizado. Estes foram os cinco elementos dados para reflexão, pelos profissionais da Casa de Saúde S. João de Deus, durante um workshop desenvolvido com os alunos da ACIB, e que permitiu, depois, aos estudantes do Mestrado em Ilustração e Animação da ESD (Raoni Xavier, Eva Vieira, Diogo Bessa e Nicolau Tudela) criar e desenvolver os desenhos e elaborar a ilustração final do mural, tendo tido o apoio dos funcionários da manutenção da Casa São João de Deus para a construção e colocação na parede.

No final foi oferecido a todos os participantes um bolo de aniversário dos 90 anos da Casa de Saúde São João de Deus.

Fonte e fotos: IPCA.

IPCA está representado no “ID+” – Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura

Outubro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, representado pela Escola Superior de Design (ESD), é uma das três instituições que apoia o “ID+” – Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura.



Este Instituto foi fundado em 2008, sendo um consórcio cuja vocação é a investigação multidisciplinar, traduzida numa rede de polos sediados em instituições de ensino superior ou de investigação. Desenvolve-se nos domínios do Design, dos Media, da Arte e de outras áreas culturais e criativas existentes em Portugal e em redes internacionais de cooperação, junto do universo científico nacional e internacional.

Composto, atualmente, por 72 membros integrados (um dos quais é a diretora da Escola Superior de Design/IPCA), 12 colaboradores doutorados, 44 doutorandos e 34 outros estudantes ou profissionais, sendo que se destacam 14 professores de carreia da ESD do IPCA.

Na 2ª edição (2014), a equipa do “ID+” foi responsável pelo comissariado das iniciativas Concurso “Desfrutar o Tejo”, para Design de mobiliário urbano (por convite), International Design Competition e programa More Design, More Industry (residências de jovens designers tutoreadas por seniores).

Estas duas últimas iniciativas deram origem à exposição “A experiência de ser”, com curadoria e design de membros do “ID+”, apresentada em Pequim (2014) e Paredes (2015). Os projetos vencedores do concurso “Desfrutar o Tejo” foram prototipados em empresas de Paredes e estão expostos no Cais do Sodré em Lisboa.

O IPCA, representado pela Escola Superior de Design, a Universidade de Aveiro (Departamento de Comunicação e Arte) e a Universidade do Porto (Faculdade de Belas Artes) são as três instituições que, neste momento, ancoram este “ID+” – Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura.

Fonte e foto: IPCA.

Jovens criam mural “Saudavelmente” para assinalar o Dia Mundial da Saúde Mental

Outubro 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Casa de Saúde S. João de Deus, Barcelos, inaugura, no próximo dia 10 de outubro, pelas 15h00, o mural “Saudavelmente”.



Esta é uma iniciativa criada em parceria com o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) – alunos do mestrado de Ilustração e Animação da Escola Superior de Design (ESD), e com a Escola Profissional ACIB – alunos do ensino secundário, que juntos deram corpo e forma ao projeto.

O mural pretende assinalar o Dia Mundial da Saúde Mental, que este ano tem por tema a depressão. A Casa de Saúde deseja, com esta iniciativa, “estimular os jovens a refletirem sobre o que pode contribuir para o seu bem-estar e saúde mental, encorajando-os a, sempre que entenderem necessário, pedir ajuda. Entendemos que o recurso a este tipo de arte permite também aproximar os mais novos e reduzir o estigma associado a esta problemática”, considerou a diretora da Casa, Isabel Bragança.

Na obra, um mural de 11 metros de comprimento por 4 metros de altura, estão representadas cinco das boas práticas de uma saúde mental sã, sendo elas: estar com a família, praticar desporto, falar com os amigos, fazer o que se gosta e sentir-se realizado. Estes foram os cinco elementos dados para reflexão, pelos profissionais da Casa de Saúde S. João de Deus, durante um workshop desenvolvido com os alunos da ACIB, tendo estes após este encontro desenvolvidos vários desenhos onde representaram a sua visão sobre o tema.

Coube, depois, aos alunos do IPCA reunir todas as peças criadas e elaborar uma ilustração final. O desenho está a ser pintado e será inaugurado, simbolicamente, a 10 de outubro.

 

Fonte e fotos: ISJD.

IPCA: Diretoras das Escolas Superiores de Design e de Hotelaria e Turismo tomam posse

Julho 28, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Maria José Fernandes, deu, ontem, posse às diretoras da recém-criada Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT), Alexandra Malheiro, e da Escola Superior de Design (ESD), Paula Tavares.

Em ambas as intervenções das tomadas de posse, Maria José Fernandes realçou que, no futuro, estas escolas terão um papel fundamental para o crescimento e a notoriedade do IPCA.

Relativamente à ESHT, a recém-empossada presidente do IPCA aproveitou a cerimónia para anunciar o acordo entre a Câmara Municipal de Guimarães e os proprietários da Quinta do Costeado, onde ficará instalada a futura Escola-Hotel. Um projeto ambicioso, que leva Maria José Fernandes a considerar que “a Escola Superior de Hotelaria e Turismo é, para os próximos quatro anos, a maior prioridade e a primeira aposta do IPCA”. Não só “porque é a mais nova, mas também porque terá de ser, obrigatoriamente, um projeto diferenciador num contexto em que o setor está em crescimento, mas onde também há muita concorrência”.

Daí que Maria José Fernandes tenha apelado ao esforço de todos para o sucesso deste projeto: “o sucesso da nova escola depende muito não só da diretora, Alexandra Malheiro, mas também de todos os docentes”.

Por seu turno, a diretora da ESHT fez questão de recordar, logo no início da sua intervenção, que “esta escola teve por base dois desígnios estratégicos estabelecidos no plano de ação do nosso anterior presidente [do IPCA], o estimado Prof. João Carvalho”. Ou seja, “a afirmação do IPCA na área do Turismo, por um lado, e também a sua implementação na região do Ave, efetivando a realidade de um verdadeiro Instituto Politécnico do Cávado e do Ave”.

Alexandra Malheiro realçou, igualmente, a parceria, desde o primeiro instante, com a Câmara Municipal de Guimarães que “acreditou neste projeto e tornou-se um aliado do IPCA na prossecução destes objetivos, nascendo assim a Escola Superior de Hotelaria e Turismo, que terá a sua sede em Guimarães”.

A nova e também primeira diretora da ESHT disse ter assim, em mãos, “o filho mais novo do IPCA, o que inspira sempre grandes cuidados”. E agradeceu à nova presidente da instituição, Maria José Fernandes, a confiança nela depositada ao entregar-lhe “este recém-nascido”.

Com plena consciência de que se trata do “maior desafio” que enfrenta no IPCA em 17 anos de serviço, Alexandra Malheiro afirmou que “este modelo de Escola-Hotel pretende afirmar-se no panorama nacional e internacional como uma escola de reconhecido mérito na formação de estudantes nas áreas da hotelaria, do turismo, da inovação alimentar e em áreas afins”.

“Pretendemos que seja uma escola aberta ao exterior, em permanente interação com a comunidade, quer pela prestação de serviços diários de hotelaria e restauração, quer na investigação aplicada que procure resposta para os problemas concretos das empresas do setor, quer na oferta formativa adaptada às exigências do mercado e constantemente adaptável às mudanças que nele forem ocorrendo”, acrescentou.




ESD leva o IPCA ao centro de Barcelos

Na tomada de posse de Paula Tavares, que continuará a desempenhar as funções de diretora da Escola Superior de Design (ESD), a presidente do IPCA disse esperar que a ESD “continue o seu caminho, com a muita qualidade e diferenciação que tem evidenciado ao nível da oferta formativa e da investigação aplicada”.

Recordando que a existência da Escola Superior de Design, criada há apenas dois anos, “muito se deve à luta e ao esforço” da sua diretora, a presidente do IPCA considerou que Paula Tavares “merece inaugurar, daqui a um ano, as novas instalações”, na antiga escola primária Gonçalo Pereira, fruto do acordo estabelecido com a Câmara Municipal de Barcelos. “A ESD vai ser uma grande aposta em termos de representação do IPCA no centro da cidade”, realçou Maria José Fernandes, aludindo ao projeto que está já aprovado para as novas instalações, situadas frente ao campo da feira de Barcelos.

Após o ato de tomada de posse para o novo mandato como diretora da ESD, Paula Tavares sublinhou ser “uma honra” fazer parte da nova equipa dirigente do IPCA e recordou, depois, a evolução em termos qualitativos e quantitativos da oferta educativa da escola desde a sua criação, há dois anos, bem como o aumento substancial do número de atividades promovidas.

“Já no campo da investigação fizemos uma conquista que esperamos que comece a dar frutos em breve, integrámos o centro de investigação em design e novos media, o ID+, em conjunto com a Universidade do Porto e a Universidade de Aveiro. Fazemos parte, portanto, de um consórcio na área da investigação em design com duas das maiores universidades portuguesas”, destacou.

Sublinhando ter consigo “uma equipa forte, de carreira e com sentido de responsabilidade para os próximos anos”, Paula Tavares anunciou para “muito em breve” o início da obra no novo edifício da ESD, mantendo no Campus os laboratórios. “É intenção uma maior ligação do IPCA a Barcelos, levando para o coração da cidade, não só o Design, mas a marca IPCA. Juntos somos, seremos, melhores e mais fortes”, concluiu.



Fonte e foto: IPCA.

Ir Para Cima