Tag archive

Escola Superior de Gestão do IPCA

IPCA marca presença na 12ª edição da QUALIFICA

Fevereiro 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai marcar presença na QUALIFICA – Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego, de 28 de fevereiro a 3 de março, na EXPONOR.



Em stand próprio, o IPCA vai estar representado pelas suas quatros Escolas: a Escola Superior de Gestão (ESG), a Escola Superior de Tecnologia (EST), a Escola Superior de Design (ESD) e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT), tendo como objetivo promover a oferta formativa do IPCA com um conjunto de atividades ao longo dos quatro dias.

A ESG vai ter em mesa o desafio quebra-cabeças “Descobre o matemático que há em ti”, que consiste em valorizar o trabalho em equipa e individual pondo em prática a capacidade de raciocínio dos participantes.

É no desafio da EST que vamos descobrir “Quem é o condutor mais veloz da QUALIFICA” onde os participantes, através do simulador de condução, serão pilotos de uma competição de carros. Além desta atração também têm acesso a um jogo de realidade virtual, “Vamos ajudar o Jeremias?”, onde através de uns óculos podem jogar em realidade aumentada.

A ESD, para além ter um desafio na área do desenho na CINTIC, “Descobre a tua veia artística”, vai participar no Desfile de moda, com apresentação das criadoras: Helena Martins, Adriana Lopes, Ana Sofia e Márcia Silva, alunas do Curso Técnico Superior de Design de Moda do IPCA.

A ESHT vai ter um Quizz de nome: “És um Turista a sério?”, um jogo bastante animado e interessante, onde os participantes são desafiados a testar a cultura geral acerca das tradições e costumes do nosso país.

Este ano o IPCA vai ainda apresentar mais duas novidades em stand. “Quem é o Camisola Amarela da QUALIFICA” é uma prova de bicicleta com conta quilómetros e o jogo Twist, um jogo de equipa que permite treinar a estratégia, a coordenação e o equilíbrio.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, considera a presença do Instituto nesta feira como uma mais valia, pois, “para além de divulgar e promover a nossa oferta formativa, também aproxima a instituição à sociedade e a potenciais estudantes. Desta forma, podem ter uma perceção de que o IPCA é uma boa opção para fazerem aqui a sua formação académica”.

A Feira começa no dia 28 de fevereiro e termina a 3 de março na Exponor.

Imagem: DR.

II Seminário de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade dia 15 de fevereiro

Janeiro 30, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Seminário marca a abertura do 2º semestre do Programa Doutoral em Contabilidade da Universidade de Aveiro (UA)

A Escola Superior de Gestão (ESG) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) organizam, no próximo dia 15 de fevereiro, a partir das 10h30, o II Seminário sobre Investigação em Contabilidade e Fiscalidade, que marca a abertura do 2º semestre do Programa do Doutoral em Contabilidade da Universidade Aveiro, no qual o IPCA é parceiro.



O Doutoramento em Contabilidade conta com a colaboração de docentes do Departamento e Contabilidade e Fiscalidade da ESG, membros do CICF, ao nível da docência e investigação.

É no âmbito desta parceria UA/IPCA, que a ESG recebe os atuais estudantes de doutoramento da UA. Conforme mostra o programa, o seminário conta com a intervenção de três doutorados: Ana Cunha, Paulo Macedo e Cláudia Pinto, que vão apresentar as suas Teses de Doutoramento realizadas no âmbito do doutoramento em Contabilidade.

O seminário é aberto à comunidade em geral.

Imagem: IPCA.

IPCA organiza II Congresso Internacional de Contabilidade Pública

Janeiro 28, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Uma parceria com a Ordem dos Contabilistas Certificados

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) organiza, em parceria com a Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), o II Congresso Internacional de Contabilidade Pública (CICP), que se realiza nos dias 14 e 15 de março de 2019, em Lisboa, no Auditório Domingues Azevedo da OCC.



Este congresso “pretende promover um debate aberto e a interligação entre académicos e profissionais com interesse na área da contabilidade e da gestão financeira pública, estando envolvidos os principais atores com influência na reforma”, salienta o IPCA em nota.

Paula Franco, Bastonária da OCC, refere que as linhas gerais e objetivos desta segunda edição do CICP passam por “falar a uma só voz com os estabelecimentos de ensino, os centros onde se produz o saber e apoiar os investigadores que dão o melhor do seu esforço, bem como promover um espaço comum de debate e partilha entre académicos e contabilistas certificados”.

Com a aprovação do Sistema de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas (SNC-AP), conjugado com a alteração ao Estatuto da Ordem dos Contabilistas Certificados, as entidades do setor público estão sobre grande pressão para mudar os sistemas de contabilidade pública rumo a uma aplicação generalizada da contabilidade.

Maria José Fernandes, Presidente do IPCA, sublinha que se vive atualmente um “ambiente favorável para introduzir as mudanças desejadas o que pode representar uma oportunidade para melhorar a investigação sobre a contabilidade do setor público e a prática orientada para as normas internacionais”, sendo assim uma mais valia para o fortalecimento da relação entre a academia e a profissão.

Subordinado ao tema «Reforma da Gestão Financeira Pública – desafios para a investigação e a prática», o evento divide-se em sessões plenárias e paralelas, estando prevista a apresentação de trabalhos relativos a 14 temas diferentes.

A Comissão Científica vai premiar o “Melhor Artigo II CICP”, prémio que vai ser anunciado na sessão de encerramento do congresso.

Este evento é uma organização conjunta entre a Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do IPCA, a Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) com o apoio do CILEA (Comité de Integração Latino Europa-América).

Vários docentes da Escola Superior de Gestão integram na Organização e Comissão Científica do evento.

Imagem: DR.

Corrida e Caminhada Solidária “II Légua do IPCA”

Dezembro 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 8 de dezembro, pelas 9h00, realiza-se a II Légua do IPCA, com as receitas das inscrições a reverterem a favor do Fundo de Emergência desta instituição de ensino superior barcelense.



A corrida terá a distância de 8km e a caminhada de 5km. As inscrições devem ser realizadas online, através do link (basta clicar para aceder automaticamente):

https://docs.google.com/forms/d/1D7OMVi3g-DDpeqdRB0Bj6Jszu998XRvTQm9d-5LXm5A/viewform?fbclid=IwAR3ZzVYED26BF7qaXei11FWJzVh-OOEBVYrCU6elVhnUTgKmwKQmngMr4iM&edit_requested=true

Pode efetuar inscrição igualmente na receção da Escola Superior de Gestão, sendo que o prazo limite para as inscrições é dia 7 de dezembro. A participação está destinada a maiores de 18 anos, acompanhados de identificação obrigatória.

IPCA organiza “II Jornadas de Contabilidade e Fiscalidade”

Dezembro 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Departamento de Contabilidade e Fiscalidade da Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) realiza, no dia 5 de dezembro de 2018, as “II Jornadas de Contabilidade e Fiscalidade”.



O tema destas II Jornadas é “O futuro da Contabilidade e da Fiscalidade: oportunidades e desafios”, as quais têm como objetivo fundamental apresentar à comunidade académica, a investigadores e a profissionais interessados uma reflexão sobre temáticas relacionadas com a contabilidade e a fiscalidade do futuro.

A Bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados, Paula Franco, vai marcar presença nestas jornadas, assim como Luís Portela, que vai abordar uma temática associada ao seu último livro “da ciência ao amor”.

Este evento é de entrada livre e realiza-se no dia 5 de dezembro, pelas 14h00, no Auditório Engº. António Tavares, no Campus do IPCA, em Barcelos.

Imagem: IPCA.

 

Encontro Anual de Gestão Pública no IPCA

Novembro 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Gestão (ESG), organiza amanhã um Encontro Anual de Gestão Pública, no Campus do IPCA em Barcelos.



“Que Gestão nos Tribunais” é o mote do encontro moderado por Pedro Nunes, docente do IPCA.

Carlos Farinha, Secretário de Justiça, vem ao IPCA falar sobre “A Mobilidade dos Oficiais de Justiça “ e quais os resultados.

“O Novo Modelo de Gestão dos Tribunais Judiciais” é o tema que Artur Dionísio; Juiz Presidente da Comarca de Braga, traz a debate.

O encontro está marcado para as 10h00 e vai realizar-se, no Auditório Dr. António Martins.

Imagem: IPCA.

IPCA coloca 820 novos estudantes de licenciatura

Setembro 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) recebe, este ano, 820 novos estudantes de licenciatura.

Chegaram ao IPCA, 3538 candidaturas para 667 vagas existentes. A procura da Instituição registou um crescimento face ao período homólogo de 2017/2018, onde se registaram 3421 candidatos.



O IPCA é, hoje, uma instituição de referência e procurado a nível nacional. Prova disso, foi o IPCA ter sido a 1ª opção de ingresso no Ensino Superior para 640 candidatos.

De destacar, ainda, o facto de as médias de entrada no IPCA continuarem a registar excelentes resultados, o que faz desta uma instituição com melhor qualidade e mais exigente.

Foi pelo reconhecimento que o IPCA tem que Mariana Roda, natural de Viana do Castelo, escolheu o IPCA como 1ª opção. A estudante, que no futuro se quer dedicar à ilustração e desenho de personagens, entrou no Instituto com a média mais alta deste ano (178,1) e escolheu o curso de Design Gráfico para a sua área de formação.

“Estou muito feliz por ter entrado no IPCA e, ainda por cima, ter entrado com a nota mais alta, não estava nada a contar”, refere com tom de satisfação. A estudante, vinda do Agrupamento de Escolas de Monserrate, adianta que os bons resultados se devem ao facto de dar o seu “melhor e quando se tem foco no que se quer consegue-se alcançar os objetivos”. Foi através da irmã que Mariana conheceu o IPCA, que lhe agradou de imediato, não só por ser uma instituição reconhecida a nível de Design, mas também por ser perto. A vianense segue as pisadas do pai e da irmã, também eles da área do desenho, e espera que o “futuro reserve um lugar na ilustração de preferência em Portugal, perto da família que tanto prezo”.

Mariana deixa ainda uma mensagem aos estudantes do IPCA: “O mais importante é estar confortável com o que se está a estudar. Gostando da área que estamos podemos encarar os estudos como uma prática e preparação para o que vamos fazer na vida”.

Seguindo-se ao curso de Design Gráfico, as médias mais altas registaram-se em Design Industrial (177,6) e em Engenharia de Sistemas Informáticos (174,9).

A nível de candidaturas, Gestão de Empresas é o curso onde concorrem mais candidatos em 1ª opção, seguindo-se Design Gráfico, Gestão de Atividades Turísticas e Solicitadoria;

A Escola Superior de Design e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo têm taxas de ocupação de vagas superiores a 100%, seguindo-se a Escola Superior de Gestão com 99% e a Escola Superior de Tecnologia com 78%.

Os novos 820 estudantes que entraram no IPCA no ano letivo de 2018/2019 chegaram através do Concurso Nacional de Acesso (CNA), Concursos Especiais e Mudança de Par Instituição/Curso.

Fotos: IPCA.

IPCA abre candidaturas para cursos de Pós-Graduação

Julho 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) tem abertas, até 14 de setembro, as candidaturas para os cursos de Pós-Graduação em Sistemas de Normalização Contabilística para as Administrações Públicas (SNC-AP), 4ª edição; em Contabilidade Financeira Empresarial, 1ª edição; e em Marketing Digital, 1ª edição.



A Escola Superior de Gestão (ESG) abre, este ano, a 1ª edição da Pós-Graduação em Contabilidade Financeira Empresarial, que tem por objetivo “transmitir e aprofundar conhecimentos teórico-práticos sobre contabilidade financeira empresarial, versando sobre o estudo do normativo contabilístico vigente e tópicos complementares, apresentando exemplos práticos de aplicação”.

A ESG abre, ainda, a 4ª edição da Pós-Graduação em SNC-AP, que tem por objetivo “transmitir e aprofundar conhecimentos práticos e discutir os principais desafios que resultam do novo normativo adaptado às normas internacionais de contabilidade pública. A qualidade do corpo docente é uma marca de referência do curso”.

Já a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) abre a 1ª edição da Pós-Graduação em Marketing Digital, um curso que conta com a colaboração da Escola Superior de Design. Este curso inovador pretende dar resposta à necessidade de uma maior qualificação na área do Marketing Digital, fornecendo uma base que permita aos interessados uma atuação organizacional e eficaz nos mais diversos setores da economia. Esta Pós-Graduação visa “permitir uma mais fácil integração no mercado de trabalho, com competências fundamentais no marketing das organizações”.

Os cursos têm início até 15 outubro e as candidaturas deverão ser submetidas até 14 de setembro, através da plataforma online https://www.siga.ipca.pt/cssnet (basta clicar no link para aceder automaticamente).

Foto: IPCA.

IPCA disponibiliza novo curso: Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Julho 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) arranca o ano letivo de 2018-2019 com um novo curso de licenciatura: Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial, que abre com 25 vagas.



Este curso da Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA, em colaboração com a Escola Superior de Gestão (ESG) do IPCA, segue as tendências mais atuais na formação de profissionais com os conhecimentos científicos de suporte a uma formação avançada de tecnologias industriais alinhadas com a nova revolução industrial.

Os primeiros alunos do novo curso poderão comprovar a aproximação da academia com o tecido empresarial da região, através da formação em contexto de trabalho desde o primeiro ano. Esta aproximação garante um cariz inovador a esta oferta educativa ao longo dos três anos.

Maria José Fernandes, presidente do IPCA, refere que este é mais um sinal notório do “crescimento sólido do IPCA e do alinhamento da sua oferta formativa com necessidades do tecido empresarial da região e do país”.

Já o diretor da EST, Vítor Carvalho, refere ainda que os futuros estudantes desta nova licenciatura irão beneficiar de uma estrutura adequada a esta oferta formativa, quer o corpo docente qualificado, quer os equipamentos e laboratórios disponíveis, bem como de uma nova infraestrutura em construção – o M-Factory Lab – onde vão existir espaços industriais como o Laboratório de Maquinação e Metrologia e uma oficina automóvel com a tecnologia Connected Repair (CoRe) da BOSCH.

A nova licenciatura junta-se aos 13 cursos já existentes no IPCA, aos 22 Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), aos 14 mestrados e às 8 pós-graduações.

Imagens: IPCA.

“Financiamento e gestão da causa pública” debatidos no IPCA

Abril 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O eurodeputado José Manuel Fernandes, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, participaram, na passada sexta-feira, numa mesa-redonda organizada pelos estudantes da licenciatura em Gestão Pública da Escola Superior de Gestão (ESG) do IPCA.



Nessa conferência, sobre “Financiamento e gestão da causa pública”, o eurodeputado José Manuel Fernandes adiantou que o programa europeu Erasmus deverá ver o financiamento «aumentado para o dobro», no próximo Quadro Financeiro Plurianual (QFP), que vai começar a ser negociado pelas instituições da União Europeia. Referiu a importância de manter o financiamento da Política Agrícola Comum (PAC), sobretudo para ajudar a aumentar a coesão territorial, social e económica e, dessa forma, combater as disparidades regionais.

“Portugal tem que se preparar para o novo quadro financeiro 2021-2027 e cada região deve indicar ao governo o que precisa, para que o acordo de parceria corresponda efetivamente às reais necessidades”, afirmou o eurodeputado, que defende que Portugal tem de encontrar novas formas de receitas, em alternativa aos impostos que penalizam os cidadãos. O eurodeputado criticou, ainda, o facto de mais de 75 por cento do investimento público em Portugal ter origem no Orçamento da União Europeia e não no Orçamento do Estado (OE).

O presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, fez referência às “dificuldades” financeiras que as câmaras têm enfrentado ao longo dos anos e que “o Estado está a querer transferir para as câmaras várias pastas, como a Educação, Cultura e Património, mas a questão é o pacote financeiro que terá que acompanhar esta descentralização”. Isto decorre pelo facto de os sucessivos governos não terem vindo a cumprir a Lei das Finanças Locais. O presidente referiu mesmo que a descentralização é o único mecanismo que permitirá melhorar a coesão territorial e o desenvolvimento das regiões sendo necessário encarar este desafio a curto prazo.

Já o autarca de Braga, Ricardo Rio, defendeu que, em matéria de gestão da ‘coisa pública’, há duas regras essenciais: “em primeiro lugar, que não se gaste aquilo que não se tem” e que “essa gestão seja feita de forma racionalizada e rigorosa”, priorizando o uso dos recursos e maximizando a sua aplicação às necessidades. Ricardo Rio saudou a evolução recente de reforço da capacidade tributária dos municípios, dando-lhes a possibilidade de fixarem os impostos e, dessa forma, dando-lhes também a oportunidade de fazer política de outra forma. O autarca reforçou, também, para o facto de o Estado não cumprir a Lei das Finanças Locais, referindo que o financiamento central às autarquias locais em Portugal (13%), está muito aquém da média europeia (24%). “Este é um valor irrisório face às responsabilidades das autarquias locais” tendo em conta que as autarquias locais têm sido pioneiras e inovadoras em muitas políticas, que depois são copiadas pelo governo.

A sessão teve, igualmente, espaço para as questões da plateia, constituída quer por estudantes, quer por docentes e investigadores do IPCA. No final da sessão, o eurodeputado José Manuel Fernandes e os dois autarcas minhotos, Miguel Costa Gomes e Ricardo Rio, acreditam que os estudantes do IPCA estão conscientes dos desafios sociais que se colocam hoje.

Fonte e foto: IPCA.

 

Ir Para Cima