Tag archive

Escola Superior de Hotelaria e Turismo - page 2

IPCA leva a cabo workshop sobre “Doçaria conventual e local”

Março 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 19 de março, pelas 9h30, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), numa parceria com a Associação de Hotéis Rurais de Portugal, organiza um workshop dedicado ao tema “Doçaria conventual e local”, integrado no Projeto HRP Global, apoiado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização. O workshop decorrerá no Auditório Dr. António Martins da ESG, no Campus do IPCA, em Barcelos.



De acordo com o IPCA, “Portugal possui um importante legado no âmbito da doçaria conventual e local, algo que nem sempre é valorizado e divulgado de forma consistente e eficaz, pelo que com este workshop se pretende sensibilizar para a valorização da doçaria conventual e local através de uma promoção adequada e integrada com as ofertas turísticas a criar”.

A participação é gratuita, sendo as inscrições realizadas através do seguinte link (basta clicar para aceder automaticamente):

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdzO0ToHL1JNmd-VOrAcXW6ZiWxhjGLHGzYU176UcXSssBX1Q/viewform

Fonte e imagem: IPCA.

Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPCA celebra o primeiro aniversário

Fevereiro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) do IPCA celebrou, no passado dia 24 de fevereiro, o seu primeiro aniversário.



No entanto, a sessão comemorativa decorreu na segunda-feira, 26 de fevereiro, no Auditório António Martins, no Edifício G. A sessão de boas-vindas contou com a presença do vice-presidente do IPCA, Agostinho Silva e da diretora da ESHT, Alexandra Malheiro.

“É um dia de extrema importância, não só por esta escola assinalar o seu primeiro aniversário, mas também é uma data que ficará assinalado na história do IPCA”, começou por referir o vice-presidente do IPCA.

A diretora da ESHT, Alexandra Malheiro, fez um balanço positivo deste primeiro ano. Realçou o desafio de afirmar a ESHT como escola de referência no panorama nacional e destacou as competências digitais e a internacionalização como alguns dos vetores chave, dando mote aos temas apresentados de seguida.

Assim, durante a sessão decorreu um seminário, proferido pela Professora Beatriz Casais, com o tema “A comunicação na era digital”, e Adriana Lago, Diretora Executiva do Gabinete de Relações Internacionais do IPCA, falou ainda sobre as “Oportunidades e desafios da Internacionalização no Ensino Superior”. A terminar, Carlos Sá conduziu uma Palestra Motivacional.

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo é a mais recente Escola do IPCA e resulta da concretização de um objetivo estratégico assente em dois eixos fundamentais: a afirmação do IPCA na área do Turismo e a sua implementação na região do Ave.

Fonte e fotos: IPCA

IPCA marca presença na 11ª edição da QUALIFICA, na EXPONOR

Fevereiro 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 1 e 4 de março, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) marca presença na QUALIFICA – Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego, na EXPONOR.



Em stand próprio, o IPCA vai estar representado pelas suas quatros Escolas: Escola Superior de Gestão (ESG), Escola Superior de Tecnologia (EST), Escola Superior de Design (ESD) e Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT), que irão promover um conjunto de atividades ao longo desses quatro dias.

A ESG vai ter em mesa o desafio do marshmallow, que consiste em valorizar o trabalho em equipa. Com esparguete, fio, fita-cola e um marshmallow no topo, os participantes têm de construir a maior torre dentro do tempo estabelecido.

É no desafio da EST que vai sair o “Condutor mais rápido da QUALIFICA”, onde os participantes, através do simulador de condução, serão pilotos de uma competição de carros. Além desta atração, também têm acesso a um jogo de realidade virtual, onde através de uns óculos podem ver a realidade aumentada.

A ESD, para além da exposição de trabalhos dos alunos de Design Gráfico e Industrial, vai participar no Desfile de Moda, com a temática “Love the Planet” em que o desafio é apresentar coleções que recorram a tecidos orgânicos, material reciclado e peças reutilizadas. A aluna Sara J. Lopes, de Design de Moda, do Curso Técnico Superior Profissional, vai encher a passerelle da QUALIFICA, com a coleção “Tramp Royale”, em que o conceito da marca é a conscientização para com os gastos do mundo da moda.

A ESHT procura o “Verdadeiro Turista da QUALIFICA”. Com um Quizz bastante animado e interessante, os participantes são desafiados a testar a cultura geral acerca das tradições e costumes do nosso país.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, considera a presença do IPCA nesta Feira de extrema importância, pois “para além de divulgar e promover o IPCA e a nossa oferta formativa também aproxima a instituição à sociedade e a potenciais estudantes”.

A Feira começa no dia 1 de março e a abertura oficial está agendada para dia 2, pelas 11h00, com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e, pelas 14h00, com a presença do Ministro do Trabalho e da Segurança Social, José António Vieira da Silva.

Fonte e imagens: IPCA.

Seminário sobre “Os acidentes de trabalho e a ergonomia na hotelaria” organizado pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPCA

Novembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) organiza o Seminário “Os acidentes de trabalho e a ergonomia na hotelaria”, que decorre amanhã, dia 17 de novembro, pelas 14h00, no Auditório 3, no Campus do IPCA, em Barcelos.



Na União Europeia, morrem por hora, em consequência de um acidente de trabalho ou doença profissional, 17 pessoas. Todos os anos, os acidentes de trabalho vitimam cerca de 7 milhões de pessoas.

Em Portugal, em 2014, foram registados 130.153 acidentes de trabalho, que resultaram na morte de 160 pessoas. Segue-se o programa do Seminário:

Este será a o tema do Seminário sobre “Os acidentes de trabalho e e ergonomia na hotelaria”, organizado, como referido, pela nova Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPCA.

Fonte e imagens: IPCA.

IPCA torna o seu Campus mais verde, saudável e seguro

Outubro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo ano prevê-se a abertura das novas instalações da Escola Superior de Tecnologia e da Biblioteca do IPCA no Campus do IPCA.



O IPCA “é uma instituição com preocupações no campo da responsabilidade intergeracional, vocacionada para a proteção do ambiente e a promoção de estilos de vida saudáveis. A política do IPCA assenta num Campus ‘amigo’ de todos, sem esquecer os que têm necessidades especiais, designadamente com a inexistência de barreiras arquitetónicas”, refere a instituição barcelense em nota enviada a este jornal

Os acessos, quer por via pedonal, quer pela via automóvel, que se encontram quase prontos, tornam o Campus ainda mais amplo e mais aberto à comunidade. Os espaços verdes, seguros e monitorizados, estão a crescer e a mobilidade sustentável começa a ganhar dimensão com a ciclovia e a futura promoção do uso de bicicletas através do projeto U-BIKE. A construção de um Pavilhão multiusos vai proporcionar a prática frequente de desporto no Campus, assim como o desenvolvimento de atividades laborais e lúdicas.

Desta construção, é de destacar a promoção da eficiência energética por sistema fotovoltaico, e consequente melhoria de eficiência energética dos edifícios ao nível da climatização e iluminação, que constituem um Campus seguro e responsável.

Nesse contexto, de acordo com o IPCA, o seu Campus “assenta em três linhas direcionais: CAMPUS VERDE, que ambiciona deixar uma pegada ecológica, através da criação de instalações eco-friendly, em que o consumo de energias fósseis e esgotáveis seja reduzido ao mínimo e em que sejam preservadas as características naturais do ecossistema envolvente; CAMPUS SAUDÁVEL, que aspira a ambientes de trabalho saudáveis, com condições propícias ao exercício das diversas atividades laborais, docentes e não docentes, nas melhores condições possíveis à promoção da saúde humana; CAMPUS SEGURO, nos termos do qual se pretende prover o Campus de condições de segurança e monitorização que permitirão a utilização dos espaços com à vontade, a qualquer hora do dia ou da noite”.

Para além da reconstrução do Campus destaque para as novas instalações da Escola Superior de Design, no centro da cidade de Barcelos, e da construção da Escola-Hotel (Escola Superior de Hotelaria e Turismo) que vai ficar situada no concelho de Guimarães, num edifício histórico.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA: Diretoras das Escolas Superiores de Design e de Hotelaria e Turismo tomam posse

Julho 28, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Maria José Fernandes, deu, ontem, posse às diretoras da recém-criada Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT), Alexandra Malheiro, e da Escola Superior de Design (ESD), Paula Tavares.

Em ambas as intervenções das tomadas de posse, Maria José Fernandes realçou que, no futuro, estas escolas terão um papel fundamental para o crescimento e a notoriedade do IPCA.

Relativamente à ESHT, a recém-empossada presidente do IPCA aproveitou a cerimónia para anunciar o acordo entre a Câmara Municipal de Guimarães e os proprietários da Quinta do Costeado, onde ficará instalada a futura Escola-Hotel. Um projeto ambicioso, que leva Maria José Fernandes a considerar que “a Escola Superior de Hotelaria e Turismo é, para os próximos quatro anos, a maior prioridade e a primeira aposta do IPCA”. Não só “porque é a mais nova, mas também porque terá de ser, obrigatoriamente, um projeto diferenciador num contexto em que o setor está em crescimento, mas onde também há muita concorrência”.

Daí que Maria José Fernandes tenha apelado ao esforço de todos para o sucesso deste projeto: “o sucesso da nova escola depende muito não só da diretora, Alexandra Malheiro, mas também de todos os docentes”.

Por seu turno, a diretora da ESHT fez questão de recordar, logo no início da sua intervenção, que “esta escola teve por base dois desígnios estratégicos estabelecidos no plano de ação do nosso anterior presidente [do IPCA], o estimado Prof. João Carvalho”. Ou seja, “a afirmação do IPCA na área do Turismo, por um lado, e também a sua implementação na região do Ave, efetivando a realidade de um verdadeiro Instituto Politécnico do Cávado e do Ave”.

Alexandra Malheiro realçou, igualmente, a parceria, desde o primeiro instante, com a Câmara Municipal de Guimarães que “acreditou neste projeto e tornou-se um aliado do IPCA na prossecução destes objetivos, nascendo assim a Escola Superior de Hotelaria e Turismo, que terá a sua sede em Guimarães”.

A nova e também primeira diretora da ESHT disse ter assim, em mãos, “o filho mais novo do IPCA, o que inspira sempre grandes cuidados”. E agradeceu à nova presidente da instituição, Maria José Fernandes, a confiança nela depositada ao entregar-lhe “este recém-nascido”.

Com plena consciência de que se trata do “maior desafio” que enfrenta no IPCA em 17 anos de serviço, Alexandra Malheiro afirmou que “este modelo de Escola-Hotel pretende afirmar-se no panorama nacional e internacional como uma escola de reconhecido mérito na formação de estudantes nas áreas da hotelaria, do turismo, da inovação alimentar e em áreas afins”.

“Pretendemos que seja uma escola aberta ao exterior, em permanente interação com a comunidade, quer pela prestação de serviços diários de hotelaria e restauração, quer na investigação aplicada que procure resposta para os problemas concretos das empresas do setor, quer na oferta formativa adaptada às exigências do mercado e constantemente adaptável às mudanças que nele forem ocorrendo”, acrescentou.




ESD leva o IPCA ao centro de Barcelos

Na tomada de posse de Paula Tavares, que continuará a desempenhar as funções de diretora da Escola Superior de Design (ESD), a presidente do IPCA disse esperar que a ESD “continue o seu caminho, com a muita qualidade e diferenciação que tem evidenciado ao nível da oferta formativa e da investigação aplicada”.

Recordando que a existência da Escola Superior de Design, criada há apenas dois anos, “muito se deve à luta e ao esforço” da sua diretora, a presidente do IPCA considerou que Paula Tavares “merece inaugurar, daqui a um ano, as novas instalações”, na antiga escola primária Gonçalo Pereira, fruto do acordo estabelecido com a Câmara Municipal de Barcelos. “A ESD vai ser uma grande aposta em termos de representação do IPCA no centro da cidade”, realçou Maria José Fernandes, aludindo ao projeto que está já aprovado para as novas instalações, situadas frente ao campo da feira de Barcelos.

Após o ato de tomada de posse para o novo mandato como diretora da ESD, Paula Tavares sublinhou ser “uma honra” fazer parte da nova equipa dirigente do IPCA e recordou, depois, a evolução em termos qualitativos e quantitativos da oferta educativa da escola desde a sua criação, há dois anos, bem como o aumento substancial do número de atividades promovidas.

“Já no campo da investigação fizemos uma conquista que esperamos que comece a dar frutos em breve, integrámos o centro de investigação em design e novos media, o ID+, em conjunto com a Universidade do Porto e a Universidade de Aveiro. Fazemos parte, portanto, de um consórcio na área da investigação em design com duas das maiores universidades portuguesas”, destacou.

Sublinhando ter consigo “uma equipa forte, de carreira e com sentido de responsabilidade para os próximos anos”, Paula Tavares anunciou para “muito em breve” o início da obra no novo edifício da ESD, mantendo no Campus os laboratórios. “É intenção uma maior ligação do IPCA a Barcelos, levando para o coração da cidade, não só o Design, mas a marca IPCA. Juntos somos, seremos, melhores e mais fortes”, concluiu.



Fonte e foto: IPCA.

IPCA abre candidaturas a Cursos Técnicos Superiores Profissionais

Julho 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) tem abertas, até 15 de agosto, as candidaturas a Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP). Estes cursos irão funcionar no Campus de Barcelos e nos polos de Braga e Guimarães.

Os CTeSP são uma formação superior (nível 5) com dois anos de duração e seis meses de estágio garantido numa empresa, visando uma formação técnica muito prática e a rápida inserção no mercado de trabalho. Dão, ainda, a possibilidade de ingressar numa licenciatura através de concursos especiais.

Podem concorrer aos CTeSP, sem necessidade de realização de prova, os titulares de um curso de ensino secundário profissional de nível 4, os titulares do 12º ano completo (ou habilitação legalmente equivalente), os titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET) e os titulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

Podem, ainda, inscrever-se num CTeSP os candidatos que tenham sido aprovados nas provas M23 (Maiores de 23 anos).

Para o ano letivo 2017/2018, o IPCA tem abertas candidaturas para 20 cursos técnicos superiores profissionais, distribuídos pelas suas escolas superiores de Design, Gestão, Tecnologia e da recém-criada Hotelaria e Turismo.

A Escola Superior de Design dispõe de vagas para os CTeSP de Design do Calçado, Design de Moda, Design para Media Digitais e Ilustração e Arte Gráfica.

Na Escola Superior de Gestão irão funcionar os cursos técnicos de Apoio à Gestão, Comércio Eletrónico, Exportação e Logística, Contabilidade e Fiscalidade e Gestão Agrícola. Este último será ministrado no Polo de Guimarães, em parceria com o Instituto Politécnico de Bragança.

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo tem vagas abertas para os CTeSP de Organização e Gestão de Eventos e de Turismo, Natureza e Aventura.

Na Escola Superior de Tecnologia irão funcionar os seguintes cursos: Gestão Industrial da Produção; Desenho Técnico e Maquinação; Desenvolvimento Web e Multimédia; Eletrónica, Automação e Comando; Energia, Telecomunicações e Domótica; Sistemas Eletrónicos e de Computadores; Aplicações Móveis; Mecânica Automóvel; Redes e Segurança Informática.




Tal como todos os outros estudantes do ensino superior, os alunos dos CTeSP têm direito a candidatar-se a Bolsa de Estudo e a todos os restantes apoios sociais existentes no IPCA.

As candidaturas aos CTeSP decorrem, exclusivamente, online, através da plataforma de candidaturas do IPCA disponível em www.ipca.pt (basta clicar no link).

Fonte e imagens: IPCA.

IPCA apresenta a identidade gráfica da Escola Superior de Hotelaria e Turismo

Junho 20, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e a Câmara Municipal de Guimarães apresentam, amanhã, dia 21 de junho, pelas 11h00, no Salão Nobre da Câmara Municipal, a identidade gráfica da Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT).

A apresentação contará com as presenças do Presidente do IPCA, Agostinho Silva e do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança. Estará, também, presente o designer Nuno Duarte Martins, autor da identidade gráfica da ESHT e docente da Escola Superior de Design do IPCA.



Atividade letiva da ESHT inicia já no próximo ano letivo

A ESHT ficará instalada na Quinta do Costeado, em Guimarães, onde irá funcionar como Escola-Hotel.

Esta nova Escola Superior do IPCA irá, contudo, iniciar a sua atividade letiva já no ano letivo 2017/2018, com a oferta do Mestrado em Gestão do Turismo, da Licenciatura em Gestão de Atividades Turísticas, e dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP) de Organização em Gestão de Eventos e de Turismo, Natureza e Aventura. Estes cursos funcionarão, provisoriamente, no Campus do IPCA (licenciatura e mestrado), em Barcelos, e no Pólo de Guimarães, situado no Avepark (CTeSP).

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA apresenta nova Escola-Hotel em Guimarães

Março 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai ter em Guimarães uma Escola Superior de Hotelaria e Turismo, existindo nesta altura três espaços possíveis para acolher um projeto inspirado nos melhores modelos internacionais e assente no conceito “aprender fazendo” (learning by doing), onde todas as unidades curriculares terão uma forte componente prática em contexto real de trabalho.

Aprovado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o projeto da nova escola do IPCA foi apresentado em conferência de imprensa, que contou com as presenças de João Carvalho (ex-presidente do IPCA), Agostinho Silva (presidente interino do IPCA), Domingos Bragança (presidente da Câmara Municipal de Guimarães) e Filipe Fontes (diretor do Departamento de Urbanismo e de Promoção do Desenvolvimento da autarquia).

O modelo de aprendizagem será centrado no estudante e baseado na aquisição de conhecimentos e competências. O conceito de Escola-Hotel da Escola Superior de Hotelaria e Turismo leva a uma formação fundamentalmente prática nas áreas da gestão turística, hotelaria, gastronomia e tecnologia alimentar, permitindo aumentar a oferta formativa do IPCA no concelho de Guimarães, reunindo cerca de meio milhar de alunos, provavelmente já a partir de 2018.

A localização da escola ficará definida muito em breve. A Quinta do Costeado, na Cruz de Pedra, a Quinta da Cantonha, na Costa, e as antigas instalações da empresa “Trimco – Equipamentos Frigoríficos, Lda”, em Couros, são as possibilidades que estão em estudo.

A Escola pretende ser, também, um laboratório de investigação aplicada, onde estudantes e docentes possam procurar respostas para desafios concretos colocados pelas empresas do setor hoteleiro, do setor alimentar, da restauração, agentes de promoção turística, entre outros, criando-se uma relação com a comunidade que será determinante para o seu sucesso.

Valências (também) para a sociedade civil

Em Guimarães, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPCA terá um “Boutique Hotel”, unidade hoteleira com cerca de 10 quartos com características de hotel de charme, a ser incluído na rede dos Solares de Portugal e na rede Pousadas de Portugal. No seu interior, haverá um restaurante de serviço à la carte, com uma sala de serviço com cerca de 40 lugares sentados, em que a gestão do serviço de sala e do serviço de cozinha é efetuada pelos estudantes dos diferentes cursos, sob a supervisão dos docentes.

O Laboratório de Restauração, onde serão feitos estudos de mercado com potenciais consumidores, inovação e desenvolvimento de novas práticas gastronómicas e artes culinárias, bem como a criação de um Bar Pedagógico, que permitirá aos alunos experimentar e praticar o serviço de bar e de cafetaria em contexto de hotelaria, são alguns dos exemplos dos espaços pedagógicos da nova Escola, que terá também uma cozinha de catering e cafetaria de hotelaria com serviço tipo free-flow (fluxo livre de clientes).

Esta cozinha será constituída por todos os espaços habituais numa cozinha profissional: armazéns, salas de preparação, blocos de confeção de catering, zona de grill, copas de utensílios e de louça, zona de gestão de resíduos e zona de pizzas e massas. Destacam-se nestas instalações as salas de panificação, pastelaria e produção de gelados artesanais. Na Escola, haverá ainda um laboratório de aplicação gastronómica e tecnologia alimentar, prova de vinhos e de análise sensorial e um laboratório de microbiologia alimentar, ferramentas importantes para estudos de segurança alimentar, melhoria de especialidades gastronómicas tradicionais e realização de testes de rotina a outros produtos alimentares.

Fonte: IPCA.

Ir Para Cima