Tag archive

Escola Superior de Tecnologia do IPCA

Criadores de efeitos especiais da série Guerra dos Tronos e dos videojogos Assassins Creed reunidos no IPCA

Abril 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Tecnologia (EST), a Escola Superior de Design (ESD) e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) organizam, de 30 de maio a 1 de junho, a 2ª edição do “IPCA GameDev Week 2019”, um dos maiores eventos de videojogos e conteúdos digitais em Portugal.



Face ao sucesso da 1ª edição, em 2018, esta edição do “GameDev Week”, tem como principal objetivo “ser uma plataforma de interligação entre instituições de ensino superior, indústria, e principais estúdios e empresas tecnológicas do sector dos videojogos, VFX e tecnologias de interação”, conforme refere o IPCA em nota.

Pretende-se criar uma oportunidade de aproximação dos alunos das diversas escolas do IPCA, e também do público presente no evento, a “empresas de topo, colocando-os frente a frente com uma realidade que não se encontra normalmente em nenhum outro evento nacional. O que se vai refletir como uma mais-valia na formação profissional e pessoal dos participantes” explicou Duarte Duque, membro do comité de organização do evento.

Estarão presentes neste evento oradores e recrutadores internacionais dos grandes estúdios, tais como Plastiek, Framestore, Nu Boyana FX, Pixomondo, Ubisoft, Lucasfilm, TreehouseNinjas, entre outros que serão ainda anunciados.

Estes oradores e recrutadores, que vão passar pelo IPCA nestes três dias, são responsáveis por jogos e filmes de renome no mundo dos efeitos especiais, tais como a série de jogos Assassins Creed, The Witcher, Wolfeinstein, The Heretic: Tech Demo, ou os filmes/séries da Guerra dos Tronos, HellBoy, Vingadores, Capitã Marvel, Dumbo, Rei Leão, a saga Aliens, Harry Potter, Ready Player One, Jurassic World, e muitos outros.

Os ingressos para o “IPCA GameDev Week 2019” já estão disponíveis, assim como todas as informações acerca do evento em http://gamedevweek.ipca.pt.

O evento realiza-se no Campus do IPCA em Barcelos, no edifico J.

Fonte e imagem: IPCA.

Estudantes e docentes do IPCA recebem formação da Google

Março 25, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), através da Escola Superior de Tecnologia (EST), recebe o projeto Android Training Program, da Google, no dia 28 de março.



Este programa, pioneiro na Europa, pretende formar 3000 portugueses em programação Android até ao final do ano. O IPCA é uma das cinco instituições a nível nacional, e um dos três politécnicos, a receber a formação da Google.

O Android Training Program divide-se em dois momentos, nomeadamente a formação dos estudantes na plataforma Udacity e a formação de professores das universidades parceiras, neste caso o IPCA vai ter cerca de 20 professores certificados pela Google.

A formação dos estudantes do IPCA considera 3 codelabs para introduzir os alunos ao Android Training Program e iniciá-los nos cursos de nível básico e intermédio. Após os codelabs, os estudantes poderão frequentar qualquer um dos três cursos de Android gratuitos disponíveis. Nestes incluem-se o Android Basics (nível básico – 60 horas), Developing Android Apps (nível intermédio – 60 horas) e o Build Native Mobile Apps with Flutter (nível intermédio – 60 horas). Os codelabs estão marcados para o dia 28 de março no IPCA e decorrem entre as 9h15 e as 14h. No final dos codelabs, todos os alunos vão receber certificados, entregues pela Beta-i. A certificação de professores ocorre entre as 15h e as 16h30.

Para Vítor Carvalho, diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, esta formação da Google “permite fomentar o uso da tecnologia para suportes móveis numa das plataformas com maior potencial de desenvolvimento e implantação junto do mercado. Esta é apenas uma das iniciativas que a parceria que a Escola Superior de Tecnologia tem prevista com a Google, uma vez que no futuro irão ser consideradas colaborações no âmbito da investigação e desenvolvimento, nomeadamente na área da Inteligência Artificial”.

Segundo Helena Martins, responsável de políticas públicas da Google, esta iniciativa inspirada no projeto Grow With Google, fomenta ainda o empreendedorismo em Portugal: “A economia e a sociedade portuguesa estão a passar por uma transformação digital que oferece oportunidades enormes de crescimento, inovação e emprego. Com a iniciativa Grow With Google queremos contribuir para que o maior número possível de portugueses tenha as melhores ferramentas de formação para melhorar as suas competências, carreiras e negócios numa economia cada vez mais digital”.

Em Portugal, a Google foi responsável, indiretamente, pelo emprego de cerca de 10.000 programadores portugueses, que estão sobretudo ligados à criação de apps para Android.

Fonte e fotos: IPCA.

Estudantes do IPCA já têm aulas no Mechatronics Factory Lab

Março 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Projeto pioneiro em Portugal engloba, ainda, uma Oficina Automóvel do Futuro

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) já tem em funcionamento o Mechatronics Factory Lab (M-Factory Lab), um laboratório industrial que proporciona as melhores condições para a formação em contexto prático, nas áreas da mecatrónica, mecânica, robótica, maquinação e gestão industrial.



As melhores práticas aliam-se à investigação desenvolvida no centro de investigação 2Ai – Applied Artificial Intelligence Laboratory – através da aplicação de tecnologias de inteligência artificial e machine learning ao ambiente da oficina automóvel, tornando assim a oficina do futuro um projeto único no país.

O IPCA, através da sua Escola Superior de Tecnologia (EST), integra na sua oferta formativa e de investigação áreas que definem a mecatrónica como a disciplina conducente ao futuro das atividades da engenharia, sendo o M-Factory Lab um laboratório onde todas estas valências encontram um denominador comum para os mais diversos campos de aplicação.

Inspirado no futuro do fabrico industrial – Factory 2050 [AMRC – Advanced Manufacturing Reseacrh Center (fábrica de última geração do Reino Unido)] – e nas tendências das oficinas inteligentes no sector automóvel, o M-Factory Lab apresenta um layout adaptativo às necessidades evolutivas, com bastante flexibilidade na distribuição da sua área total de 644 metros quadrados distribuída por dois pisos: o piso térreo destinado a oficinas de trabalho, apoiadas por balneários, e o primeiro andar dedicado ao ensino teórico-prático com uma sala de aula devidamente equipada e com vista panorâmica sobre as oficinas.

O edifício foi construído no Campus do IPCA, em Barcelos, com preocupações ambientais, integrando materiais que contribuem para uma maior eficiência energética, dando especial atenção aos sistemas de climatização e iluminação, utilizando domótica industrial para garantir o controlo dos equipamentos e programação da sua gestão inteligente.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, considera a conclusão deste edifício mais uma etapa conquistada: “Esta é uma obra que nos dignifica a todos. É um projeto do IPCA que serve naturalmente a sua comunidade académica, em especial os estudantes dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais e dos Cursos de Licenciaturas. É a pensar nos nossos estudantes, a quem devemos as melhores condições de estudo proporcionando uma melhor formação e experiência no IPCA, que todos os dias queremos fazer mais e melhor”.

O projeto da autoria do Arquiteto Pedro Magalhães foi materializado pela construtora civil, Costeira S.A., com fiscalização pela Câmara Municipal de Barcelos. Uma empreitada no valor total de cerca de 800 mil euros que não sofreu qualquer derrapagem orçamental.

Indústria e oficina do futuro no Mechatronics

Foi criado no Mechatronics um laboratório de maquinação avançada com tecnologias exploratórias para a indústria 4.0 e com equipamento da HAAS e uma oficina automóvel equipada com a mais recente tecnologia da BOSCH, recorrendo ao conceito Connected Repair. Estes laboratórios vão dar apoio à formação dos estudantes e ainda apoiar a inovação e transferência de tecnologia para a indústria num ambiente que vai fomentar o expectável para a indústria do futuro.

A Oficina Automóvel do Futuro agrega ainda a oferta de novas plataformas e serviços que acompanham as necessidades dos utilizadores de veículos mais recentes com as tecnologias de acionamento híbrido, elétrico e de célula de combustível, procurando pensar no futuro dos serviços da após-venda para a oficina de 2050.

O M-Factory Lab é um equipamento pioneiro, alinhado com o conhecimento e investigação já desenvolvidos pelo IPCA na digitalização e gestão dos processos industriais.

Timelapse do edifício: https://youtu.be/36IQv6dhuBw

Fonte e fotos: IPCA.

IPCA marca presença na 12ª edição da QUALIFICA

Fevereiro 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai marcar presença na QUALIFICA – Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego, de 28 de fevereiro a 3 de março, na EXPONOR.



Em stand próprio, o IPCA vai estar representado pelas suas quatros Escolas: a Escola Superior de Gestão (ESG), a Escola Superior de Tecnologia (EST), a Escola Superior de Design (ESD) e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT), tendo como objetivo promover a oferta formativa do IPCA com um conjunto de atividades ao longo dos quatro dias.

A ESG vai ter em mesa o desafio quebra-cabeças “Descobre o matemático que há em ti”, que consiste em valorizar o trabalho em equipa e individual pondo em prática a capacidade de raciocínio dos participantes.

É no desafio da EST que vamos descobrir “Quem é o condutor mais veloz da QUALIFICA” onde os participantes, através do simulador de condução, serão pilotos de uma competição de carros. Além desta atração também têm acesso a um jogo de realidade virtual, “Vamos ajudar o Jeremias?”, onde através de uns óculos podem jogar em realidade aumentada.

A ESD, para além ter um desafio na área do desenho na CINTIC, “Descobre a tua veia artística”, vai participar no Desfile de moda, com apresentação das criadoras: Helena Martins, Adriana Lopes, Ana Sofia e Márcia Silva, alunas do Curso Técnico Superior de Design de Moda do IPCA.

A ESHT vai ter um Quizz de nome: “És um Turista a sério?”, um jogo bastante animado e interessante, onde os participantes são desafiados a testar a cultura geral acerca das tradições e costumes do nosso país.

Este ano o IPCA vai ainda apresentar mais duas novidades em stand. “Quem é o Camisola Amarela da QUALIFICA” é uma prova de bicicleta com conta quilómetros e o jogo Twist, um jogo de equipa que permite treinar a estratégia, a coordenação e o equilíbrio.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, considera a presença do Instituto nesta feira como uma mais valia, pois, “para além de divulgar e promover a nossa oferta formativa, também aproxima a instituição à sociedade e a potenciais estudantes. Desta forma, podem ter uma perceção de que o IPCA é uma boa opção para fazerem aqui a sua formação académica”.

A Feira começa no dia 28 de fevereiro e termina a 3 de março na Exponor.

Imagem: DR.

Escola de Inverno em Inteligência Artificial no IPCA

Janeiro 26, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Evento leva ao IPCA Éric Jacopin, o criador do jogo F.E.A.R

A Escola Superior de Tecnologia (EST) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), organiza a 3ª edição da Escola de Inverno em Inteligência Artificial para Jogos, nos dias 14 e 15 de fevereiro.



O evento pretende formar os participantes na área da inteligência artificial, com um foco específico na área do desenvolvimento de jogos, organizado por uma escola que é pioneira na criação de um curso de Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais, e mestrado na mesma área.

Durante os dois dias, através de várias sessões, os diferentes oradores vão fazer sessões expositivas e de discussão sobre algoritmos, abordagens e resultados obtidos no uso de Inteligência Artificial em Jogos. Alberto Simões, Diretor do Curso da Licenciatura em Engenharia de Sistemas Informáticos e organizador do evento, adiantou que estão planeadas ainda “sessões com exercícios e experiências para que os participantes possam colocar as mãos na massa, e perceber a aplicabilidade dos métodos referidos”.

A 1ª edição da escola decorreu em 2016, numa organização conjunta com a Associação Portuguesa para a Inteligência Artificial (APPIA), sendo que o sucesso desta edição levou a EST a organizar este evento anualmente.

Este ano, com a 3ª edição, pretende-se uma escola mais dinâmica e apelativa, como refere Alberto Simões: “Temos mais oradores, sessões mais pequenas e bem definidas e esperamos que esta mudança torne o evento mais dinâmico. A própria diversidade de oradores vai permitir diferentes formas de ver os problemas, diferentes áreas de aplicação dos mesmos métodos”.

Éric Jacopin é um dos oradores mais aguardados. Docente de uma academia militar francesa, tem trabalhado com várias empresas de desenvolvimento de jogos com títulos bem conhecidos, como F.E.A.R. (considerado o jogo com melhor inteligência artificial), Killzone 3, Transformers 3: Fall of Cybertron, Shadow of Mordor e Rise of the Tomb Raider. Tem trabalhado numa área pouco divulgada, denominada de Planning Analytics, usada para análise de tática e planeamento.

Marco Scirea, vem falar na geração procedimental de som e música, um assunto totalmente novo na escola. Por sua vez, Rui Prada e Samuel Mascarenhas vão apresentar a framework para a criação de personagens – FAtiMA Toolkit, que vai ser alvo de uso pelos participantes da escola.

Gustavo Reis, especialista em Programação Avançada e Inteligência Artificial, e Luís Teófilo, especialista na Teoria dos Jogos, juntam-se aos restantes oradores nestes dois dias.

Imagem: DR.

Global Game Jam no IPCA

Janeiro 22, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

De 25 a 27 de janeiro, a Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), acolhe a Global Game Jam 2019.



Os participantes são desafios a desenvolver um jogo em 48h, desde formar uma equipa, planear até implementar o jogo por eles criado. Esta iniciativa pretende uma troca de conhecimentos, do developer mais experiente ao aluno de primeiro ano de universidade.

Este evento, que é o maior evento de jam do mundo (criação de jogos), vai decorrer, em simultâneo, em vários recintos de Norte a Sul do país, de Barcelos a Porto Salvo, sendo que compete ao IPCA a organização em Barcelos.

“Aqui nasce o crescimento de uma ideia que, no mundo altamente conectado como o de hoje, pode unir os participantes, ajudá-los ser criativos e a compartilhar experiências na área dos videogames. Tudo isto condensado em um ciclo de desenvolvimento de 48 horas”, refere o IPCA em nota.

A estrutura do concurso passa por uma palestra de vídeo com conselhos dos principais nomes do mundo da criação de jogos e, em seguida é dado um tema para o desafio.

Imagem: IPCA.

Próxima semana dedicada à Ciência no Colégio La Salle

Janeiro 12, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 14 e 18 de janeiro, o Colégio La Salle de Barcelos leva a cabo uma semana dedicada à Ciência, intitulada “Semana EUREKA”.



Ao longo da semana decorrem atividades relacionadas com a temática, com particular destaque para o “Cientista por um Dia”, que decorrerá no dia 16 de janeiro. ao abrigo do protocolo existente com o Colégio do Menino Deus. Esta atividade visa a abertura dos laboratórios a alunos do 1.º ciclo, onde serão convidados a realizar um conjunto de atividades experimentais que procurarão replicar e explicar aos seus encarregados de educação no final desse dia.

No dia 18 de janeiro, decorre um dia aberto à comunidade educativa e orientado para a divulgação científica. Durante a manhã, para as turmas do ensino secundário e do 9.º ano, decorrerão palestras de investigadores da Universidade do Minho e do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), nas áreas da Biologia, Geologia, Física, Química e Inteligência Artificial. As turmas do 2.º ciclo, do 7.º e do 8.º ano, terão a possibilidade de contactar com alguns pais e encarregados de educação que lhes apresentarão algumas descobertas científicas.

Durante a tarde, pelas 15h30, decorrerá uma Feira da Ciência que contará com a presença da Professora Doutora Maria José Fernandes, Presidente do IPCA, e do Professor Doutor Vítor Carvalho, Diretor da Escola de Superior de Tecnologia, do mesmo instituto, para a sua abertura.

Na Feira da Ciência, cada turma, do 5.º ao 12.º ano, realizará um conjunto de experiências no âmbito das várias ciências que demonstrará à comunidade educativa. Será constituído um júri multidisciplinar que avaliará as experiências realizadas e selecionará um grupo por ciclo para a atribuição de prémios.

Foto: CLS-B/DR.

IPCA coloca 820 novos estudantes de licenciatura

Setembro 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) recebe, este ano, 820 novos estudantes de licenciatura.

Chegaram ao IPCA, 3538 candidaturas para 667 vagas existentes. A procura da Instituição registou um crescimento face ao período homólogo de 2017/2018, onde se registaram 3421 candidatos.



O IPCA é, hoje, uma instituição de referência e procurado a nível nacional. Prova disso, foi o IPCA ter sido a 1ª opção de ingresso no Ensino Superior para 640 candidatos.

De destacar, ainda, o facto de as médias de entrada no IPCA continuarem a registar excelentes resultados, o que faz desta uma instituição com melhor qualidade e mais exigente.

Foi pelo reconhecimento que o IPCA tem que Mariana Roda, natural de Viana do Castelo, escolheu o IPCA como 1ª opção. A estudante, que no futuro se quer dedicar à ilustração e desenho de personagens, entrou no Instituto com a média mais alta deste ano (178,1) e escolheu o curso de Design Gráfico para a sua área de formação.

“Estou muito feliz por ter entrado no IPCA e, ainda por cima, ter entrado com a nota mais alta, não estava nada a contar”, refere com tom de satisfação. A estudante, vinda do Agrupamento de Escolas de Monserrate, adianta que os bons resultados se devem ao facto de dar o seu “melhor e quando se tem foco no que se quer consegue-se alcançar os objetivos”. Foi através da irmã que Mariana conheceu o IPCA, que lhe agradou de imediato, não só por ser uma instituição reconhecida a nível de Design, mas também por ser perto. A vianense segue as pisadas do pai e da irmã, também eles da área do desenho, e espera que o “futuro reserve um lugar na ilustração de preferência em Portugal, perto da família que tanto prezo”.

Mariana deixa ainda uma mensagem aos estudantes do IPCA: “O mais importante é estar confortável com o que se está a estudar. Gostando da área que estamos podemos encarar os estudos como uma prática e preparação para o que vamos fazer na vida”.

Seguindo-se ao curso de Design Gráfico, as médias mais altas registaram-se em Design Industrial (177,6) e em Engenharia de Sistemas Informáticos (174,9).

A nível de candidaturas, Gestão de Empresas é o curso onde concorrem mais candidatos em 1ª opção, seguindo-se Design Gráfico, Gestão de Atividades Turísticas e Solicitadoria;

A Escola Superior de Design e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo têm taxas de ocupação de vagas superiores a 100%, seguindo-se a Escola Superior de Gestão com 99% e a Escola Superior de Tecnologia com 78%.

Os novos 820 estudantes que entraram no IPCA no ano letivo de 2018/2019 chegaram através do Concurso Nacional de Acesso (CNA), Concursos Especiais e Mudança de Par Instituição/Curso.

Fotos: IPCA.

IPCA abre candidaturas para os CTeSP e reforça oferta formativa

Julho 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) tem abertas candidaturas online para os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), sendo que a primeira fase termina a 10 de agosto e a segunda decorre de 11 a 13 de setembro. O IPCA vai reforçar, ainda, a sua oferta formativa no ano letivo de 2018/2019 com a abertura de um novo TeSP em Manutenção Industrial.



Este curso da Escola Superior de Tecnologia abre com 25 vagas, vai ser lecionado no Campus do IPCA, em Barcelos, e decorrerá em regime pós-laboral. O Técnico Superior Profissional em Manutenção Industrial fica apto a gerir a manutenção de equipamentos de automação, instrumentação, robótica e controlo industrial. Está igualmente apto para orientar os trabalhos na área da manutenção, relativamente à preparação, inspeção e manutenção de equipamentos industriais e também de instalações de AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado).

De acordo com o IPCA, “estes cursos apostam no desenvolvimento, pelo candidato, de competências técnicas específicas ficando o mesmo apto a iniciar uma atividade profissional, a par da aquisição de formação de nível superior e integração imediata numa empresa através da realização de um estágio de 6 meses e aumenta a possibilidade de encontrar um emprego, com maior expectativa salarial”.

A diretora da Unidade dos Cursos TeSP, Rosário Fernandes, garante que “os alunos que frequentam estes cursos ingressam no mercado de trabalho com excelentes qualificações, considerando que o sucesso dos mesmos se deve a uma clara aposta na vertente prática das aulas ministradas, cerca de 70% das mesmas.”. “Para além das qualificações técnicas adquiridas, os interessados podem continuar os estudos mais tarde numa licenciatura, sendo que parte das unidades curriculares realizadas no decurso do curso são objeto de creditação numa das licenciaturas do IPCA”, acrescentou a diretora. Salientou, ainda, que a procura de técnicos qualificados com este nível de formação “tem sido crescente, não tendo sido possível responder a todos os pedidos recebidos por parte das empresas, o que nos leva a acreditar que esta é uma aposta ganha para quem optar por frequentar um CTeSP.”

Estes cursos têm a duração de quatro semestres letivos e 120 créditos (ECTS) e conferem um diploma de Técnico Superior Profissional. Destinam-se a titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente; a quem tenha sido aprovado nas provas especialmente adequadas, destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Ensino Superior dos maiores de 23 anos; a titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET), de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau ou diploma de Ensino Superior, que pretendam a sua requalificação profissional.

As candidaturas à frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), na 1ª fase, decorrem até 10 de agosto e estão disponíveis 21 CTeSP´s. O IPCA oferece ainda 14 licenciaturas, 14 mestrados e 8 pós-graduações.

Foto: IPCA.

IPCA disponibiliza novo curso: Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Julho 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) arranca o ano letivo de 2018-2019 com um novo curso de licenciatura: Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial, que abre com 25 vagas.



Este curso da Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA, em colaboração com a Escola Superior de Gestão (ESG) do IPCA, segue as tendências mais atuais na formação de profissionais com os conhecimentos científicos de suporte a uma formação avançada de tecnologias industriais alinhadas com a nova revolução industrial.

Os primeiros alunos do novo curso poderão comprovar a aproximação da academia com o tecido empresarial da região, através da formação em contexto de trabalho desde o primeiro ano. Esta aproximação garante um cariz inovador a esta oferta educativa ao longo dos três anos.

Maria José Fernandes, presidente do IPCA, refere que este é mais um sinal notório do “crescimento sólido do IPCA e do alinhamento da sua oferta formativa com necessidades do tecido empresarial da região e do país”.

Já o diretor da EST, Vítor Carvalho, refere ainda que os futuros estudantes desta nova licenciatura irão beneficiar de uma estrutura adequada a esta oferta formativa, quer o corpo docente qualificado, quer os equipamentos e laboratórios disponíveis, bem como de uma nova infraestrutura em construção – o M-Factory Lab – onde vão existir espaços industriais como o Laboratório de Maquinação e Metrologia e uma oficina automóvel com a tecnologia Connected Repair (CoRe) da BOSCH.

A nova licenciatura junta-se aos 13 cursos já existentes no IPCA, aos 22 Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), aos 14 mestrados e às 8 pós-graduações.

Imagens: IPCA.

Ir Para Cima