Tag archive

Escola Superior de Tecnologia do IPCA

IPCA coloca 820 novos estudantes de licenciatura

Setembro 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) recebe, este ano, 820 novos estudantes de licenciatura.

Chegaram ao IPCA, 3538 candidaturas para 667 vagas existentes. A procura da Instituição registou um crescimento face ao período homólogo de 2017/2018, onde se registaram 3421 candidatos.



O IPCA é, hoje, uma instituição de referência e procurado a nível nacional. Prova disso, foi o IPCA ter sido a 1ª opção de ingresso no Ensino Superior para 640 candidatos.

De destacar, ainda, o facto de as médias de entrada no IPCA continuarem a registar excelentes resultados, o que faz desta uma instituição com melhor qualidade e mais exigente.

Foi pelo reconhecimento que o IPCA tem que Mariana Roda, natural de Viana do Castelo, escolheu o IPCA como 1ª opção. A estudante, que no futuro se quer dedicar à ilustração e desenho de personagens, entrou no Instituto com a média mais alta deste ano (178,1) e escolheu o curso de Design Gráfico para a sua área de formação.

“Estou muito feliz por ter entrado no IPCA e, ainda por cima, ter entrado com a nota mais alta, não estava nada a contar”, refere com tom de satisfação. A estudante, vinda do Agrupamento de Escolas de Monserrate, adianta que os bons resultados se devem ao facto de dar o seu “melhor e quando se tem foco no que se quer consegue-se alcançar os objetivos”. Foi através da irmã que Mariana conheceu o IPCA, que lhe agradou de imediato, não só por ser uma instituição reconhecida a nível de Design, mas também por ser perto. A vianense segue as pisadas do pai e da irmã, também eles da área do desenho, e espera que o “futuro reserve um lugar na ilustração de preferência em Portugal, perto da família que tanto prezo”.

Mariana deixa ainda uma mensagem aos estudantes do IPCA: “O mais importante é estar confortável com o que se está a estudar. Gostando da área que estamos podemos encarar os estudos como uma prática e preparação para o que vamos fazer na vida”.

Seguindo-se ao curso de Design Gráfico, as médias mais altas registaram-se em Design Industrial (177,6) e em Engenharia de Sistemas Informáticos (174,9).

A nível de candidaturas, Gestão de Empresas é o curso onde concorrem mais candidatos em 1ª opção, seguindo-se Design Gráfico, Gestão de Atividades Turísticas e Solicitadoria;

A Escola Superior de Design e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo têm taxas de ocupação de vagas superiores a 100%, seguindo-se a Escola Superior de Gestão com 99% e a Escola Superior de Tecnologia com 78%.

Os novos 820 estudantes que entraram no IPCA no ano letivo de 2018/2019 chegaram através do Concurso Nacional de Acesso (CNA), Concursos Especiais e Mudança de Par Instituição/Curso.

Fotos: IPCA.

IPCA abre candidaturas para os CTeSP e reforça oferta formativa

Julho 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) tem abertas candidaturas online para os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), sendo que a primeira fase termina a 10 de agosto e a segunda decorre de 11 a 13 de setembro. O IPCA vai reforçar, ainda, a sua oferta formativa no ano letivo de 2018/2019 com a abertura de um novo TeSP em Manutenção Industrial.



Este curso da Escola Superior de Tecnologia abre com 25 vagas, vai ser lecionado no Campus do IPCA, em Barcelos, e decorrerá em regime pós-laboral. O Técnico Superior Profissional em Manutenção Industrial fica apto a gerir a manutenção de equipamentos de automação, instrumentação, robótica e controlo industrial. Está igualmente apto para orientar os trabalhos na área da manutenção, relativamente à preparação, inspeção e manutenção de equipamentos industriais e também de instalações de AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado).

De acordo com o IPCA, “estes cursos apostam no desenvolvimento, pelo candidato, de competências técnicas específicas ficando o mesmo apto a iniciar uma atividade profissional, a par da aquisição de formação de nível superior e integração imediata numa empresa através da realização de um estágio de 6 meses e aumenta a possibilidade de encontrar um emprego, com maior expectativa salarial”.

A diretora da Unidade dos Cursos TeSP, Rosário Fernandes, garante que “os alunos que frequentam estes cursos ingressam no mercado de trabalho com excelentes qualificações, considerando que o sucesso dos mesmos se deve a uma clara aposta na vertente prática das aulas ministradas, cerca de 70% das mesmas.”. “Para além das qualificações técnicas adquiridas, os interessados podem continuar os estudos mais tarde numa licenciatura, sendo que parte das unidades curriculares realizadas no decurso do curso são objeto de creditação numa das licenciaturas do IPCA”, acrescentou a diretora. Salientou, ainda, que a procura de técnicos qualificados com este nível de formação “tem sido crescente, não tendo sido possível responder a todos os pedidos recebidos por parte das empresas, o que nos leva a acreditar que esta é uma aposta ganha para quem optar por frequentar um CTeSP.”

Estes cursos têm a duração de quatro semestres letivos e 120 créditos (ECTS) e conferem um diploma de Técnico Superior Profissional. Destinam-se a titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente; a quem tenha sido aprovado nas provas especialmente adequadas, destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Ensino Superior dos maiores de 23 anos; a titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET), de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau ou diploma de Ensino Superior, que pretendam a sua requalificação profissional.

As candidaturas à frequência dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), na 1ª fase, decorrem até 10 de agosto e estão disponíveis 21 CTeSP´s. O IPCA oferece ainda 14 licenciaturas, 14 mestrados e 8 pós-graduações.

Foto: IPCA.

IPCA disponibiliza novo curso: Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Julho 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) arranca o ano letivo de 2018-2019 com um novo curso de licenciatura: Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial, que abre com 25 vagas.



Este curso da Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA, em colaboração com a Escola Superior de Gestão (ESG) do IPCA, segue as tendências mais atuais na formação de profissionais com os conhecimentos científicos de suporte a uma formação avançada de tecnologias industriais alinhadas com a nova revolução industrial.

Os primeiros alunos do novo curso poderão comprovar a aproximação da academia com o tecido empresarial da região, através da formação em contexto de trabalho desde o primeiro ano. Esta aproximação garante um cariz inovador a esta oferta educativa ao longo dos três anos.

Maria José Fernandes, presidente do IPCA, refere que este é mais um sinal notório do “crescimento sólido do IPCA e do alinhamento da sua oferta formativa com necessidades do tecido empresarial da região e do país”.

Já o diretor da EST, Vítor Carvalho, refere ainda que os futuros estudantes desta nova licenciatura irão beneficiar de uma estrutura adequada a esta oferta formativa, quer o corpo docente qualificado, quer os equipamentos e laboratórios disponíveis, bem como de uma nova infraestrutura em construção – o M-Factory Lab – onde vão existir espaços industriais como o Laboratório de Maquinação e Metrologia e uma oficina automóvel com a tecnologia Connected Repair (CoRe) da BOSCH.

A nova licenciatura junta-se aos 13 cursos já existentes no IPCA, aos 22 Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), aos 14 mestrados e às 8 pós-graduações.

Imagens: IPCA.

Presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia presente nas comemorações do Dia da Escola Superior de Tecnologia

Maio 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), Paulo Ferrão, marca presença nas comemorações dos 14 anos de existência da Escola Superior de Tecnologia (EST), que decorrem no dia 25 de maio.



Na mesa de honra da sessão solene do Dia da EST vão estar presentes a presidente do IPCA, Maria José Fernandes, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, o diretor da EST, Vítor Carvalho, a presidente da Associação Académica do IPCA, Sara Ferreira, e o presidente da FCT, Paulo Ferrão, convidado de honra, que irá proferir uma palestra sobre o tema: “Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento”.

A visita de Paulo Ferrão ao IPCA surge num período marcado por uma aposta clara do Instituto de Ensino Superior barcelense na dimensão da investigação, desenvolvimento e inovação, em particular após a submissão à FCT de uma candidatura para a criação de um novo centro de I&D em Inteligência Artificial Aplicada – o “Applied Artificial Intelligence Laboratory (2Ai)”.

No seguimento da aposta estratégica na investigação aplicada em articulação com as empresas, no final da sessão solene será assinado o protocolo de cooperação com a empresa Fujifilm que, entre outros objetivos, visa proporcionar estágios aos estudantes do IPCA, apoiar a realização de projetos e dissertações de mestrado e ainda a realização de projetos de inovação e desenvolvimento.

Serão ainda entregues os Prémios do “3rd Symposium of Applied Research”, que distingue os estudantes do 2º ano dos cursos de mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, em Engenharia Informática, em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais e em Sistemas Integrados de Gestão QAS com melhor apresentação, melhor dissertação e melhor poster.

Laboratório em Inteligência Artificial Aplicada (2Ai)

Este Centro de I&D em Inteligência Artificial Aplicada (IAA) no IPCA visa dar resposta às necessidades do tecido empresarial e indústria da região, em que o desenvolvimento da IAA se vai desenvolver no âmbito da missão de um politécnico.

O diretor da EST, Vítor Carvalho, frisou a diferença da IA (Inteligência Artificial) da IAA: “Marshall desenvolveu há 100 anos uma fórmula, graças a ela hoje temos micro-ondas”. Vítor Carvalho refere, ainda, o facto de antigamente as empresas terem os centros de I&D fora do país e que este paradigma se está a alterar e o “IPCA poderá vir a ser parceiro de muitas dessas empresas de forma a criar valor acrescentado” uma vez que a área tecnológica está cada vez mais implementada sendo uma das principais áreas de intervenção.

Fonte e fotos: IPCA.

IPCA organiza um dos maiores eventos de jogos em Portugal

Abril 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

De 16 a 22 de abril, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) organiza o GameDev Week 2018, que promete ser um dos maiores eventos de jogos em Portugal.



Realiza-se no Campus do IPCA em Barcelos e pretende ser o primeiro de uma série de eventos a acontecer anualmente, sendo uma plataforma de interligação entre instituições de ensino superior, indústria, e principais estúdios e empresas tecnológicas do sector dos videojogos, VFX e tecnologias de interação.

Nesta 1ª edição pretende-se criar uma oportunidade de aproximação dos alunos de Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais, bem como os da área do Design, a “empresas de topo, colocando-os frente a frente com uma realidade que não se encontra normalmente em nenhum outro evento nacional. O que se vai refletir como uma mais-valia na formação profissional e pessoal dos participantes” explicou Duarte Duque, Diretor do Curso de Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais, da Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA.

Vão marcar presença neste evento oradores de empresas de VFX de renome internacional como Double Negative e Framestore. São empresas bem conhecidas do mercado, que já venceram Óscares em produções como “Blade Runner 2049” ou “Dunkirk”, e participaram em filmes como “Avengers: Infinity War”, do famoso “Harry Potter and the Deathly Hallows”, “Alien: Covenant”, “Interstellar”, entre outros títulos.

A empresa que desenvolve software utilizado na produção de efeitos visuais para cinema e videojogos, a Foundry, também vai estar presente. “Praticamente todos os filmes que conhecemos da atualidade são desenvolvidos com recurso a estas ferramentas”, refere ainda Duarte Duque, que conta ter lotação esgotada nestes sete dias.

Outro momento alto deste evento, que vem para marcar a diferença, está direcionado para as palestras. Vão passar nessa semana, pelo IPCA, importantes oradores dos estúdios de jogos, como a Ubisoft, Gameloft, Beenox, Treehouse Ninjas, entre outros, que vão transmitir o conhecimento e experiência enquanto profissionais. Estes estúdios são responsáveis por grandes sucessos que bem conhecemos, como “Far Cry”, “Assassin’s Creed”, “Call of Duty”, “Wolfenstein” e “Sonic Runners Adventure”.

As novidades não ficam por aqui e a EST do IPCA organiza, ainda, outras atividades como workshops de MoCap, VR e sessões de pitch com um painel de investidores que, como refere o Diretor do Curso de Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais, além de transmitirem “um pouco do seu conhecimento e da sua cultura, irão aproveitar a oportunidade para realizar ações de recrutamento”.

O programa detalhado das diversas atividades e ingressos para o IPCA GameDev Week já estão disponíveis em (basta clicar no link para aceder automaticamente) www.gamedevweek.ipca.pt, onde estão também todas as informações acerca do evento.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA abre inscrições para Provas de Acesso a Maiores de 23 anos

Abril 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 9 e 22 de abril, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai abrir as candidaturas para as Provas Especialmente Adequadas, Destinadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência dos Cursos Superiores do IPCA dos Maiores de 23 Anos (Provas M23).



Estas provas destinam-se a permitir às pessoas que completem 23 anos de idade até ao dia 31 de dezembro do ano anterior que antecede a sua realização e que não tiveram oportunidade de frequentar o ensino superior, a possibilidade de o fazerem. Visam facultar o acesso ao ensino superior a candidatos que demonstrem possuir competências para a frequência de um curso superior.

O IPCA promoveu, durante o mês de março, Cursos de Preparação para as Provas M23. A Escola Superior de Tecnologia (EST) lecionou Cursos de Matemática, Informática e Física; a Escola Superior de Gestão (ESG) teve cursos na área da Economia e do Direito a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) promoveu o curso de Português.

Na página da Divisão Académica do IPCA pode-se consultar o regulamento das provas especiais de acesso ao Ensino Superior, para maiores de 23 anos, bem como o calendário das provas.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA acolhe mais uma edição de “Board Games Meeting”

Março 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 10 de março, entre as 14h00 e as 22h00, a Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, acolhe mais uma edição de “Board Games Meeting”



O “Board Games Meeting” tem como objetivo dinamizar a criação de jogos de tabuleiro, realizando-se, mensalmente, no Centro de Investigação & Desenvolvimento.

A organização deixa um convite a todos. “Vem conviver e partilhar a tua paixão pelos jogos de tabuleiro. Contamos com a tua presença!”, refere.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA marca presença na 11ª edição da QUALIFICA, na EXPONOR

Fevereiro 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 1 e 4 de março, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) marca presença na QUALIFICA – Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego, na EXPONOR.



Em stand próprio, o IPCA vai estar representado pelas suas quatros Escolas: Escola Superior de Gestão (ESG), Escola Superior de Tecnologia (EST), Escola Superior de Design (ESD) e Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT), que irão promover um conjunto de atividades ao longo desses quatro dias.

A ESG vai ter em mesa o desafio do marshmallow, que consiste em valorizar o trabalho em equipa. Com esparguete, fio, fita-cola e um marshmallow no topo, os participantes têm de construir a maior torre dentro do tempo estabelecido.

É no desafio da EST que vai sair o “Condutor mais rápido da QUALIFICA”, onde os participantes, através do simulador de condução, serão pilotos de uma competição de carros. Além desta atração, também têm acesso a um jogo de realidade virtual, onde através de uns óculos podem ver a realidade aumentada.

A ESD, para além da exposição de trabalhos dos alunos de Design Gráfico e Industrial, vai participar no Desfile de Moda, com a temática “Love the Planet” em que o desafio é apresentar coleções que recorram a tecidos orgânicos, material reciclado e peças reutilizadas. A aluna Sara J. Lopes, de Design de Moda, do Curso Técnico Superior Profissional, vai encher a passerelle da QUALIFICA, com a coleção “Tramp Royale”, em que o conceito da marca é a conscientização para com os gastos do mundo da moda.

A ESHT procura o “Verdadeiro Turista da QUALIFICA”. Com um Quizz bastante animado e interessante, os participantes são desafiados a testar a cultura geral acerca das tradições e costumes do nosso país.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, considera a presença do IPCA nesta Feira de extrema importância, pois “para além de divulgar e promover o IPCA e a nossa oferta formativa também aproxima a instituição à sociedade e a potenciais estudantes”.

A Feira começa no dia 1 de março e a abertura oficial está agendada para dia 2, pelas 11h00, com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e, pelas 14h00, com a presença do Ministro do Trabalho e da Segurança Social, José António Vieira da Silva.

Fonte e imagens: IPCA.

Exposição “Digital Games@IPCA” no GNRation, em Braga

Novembro 23, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 25 de novembro, sábado, estarão em exposição, no edifício GNRration, em Braga, entre as 17h00 e as 23h00, cinco projetos de alunos de Mestrado e Licenciatura, na área do desenvolvimento de Videojogos, da Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (EST/IPCA).



A exposição está integrada no evento “OCUPA#2”, dedicado à divulgação artística, no âmbito das Media Arts, desenvolvido por criadores da região de Braga. Os jogos digitais são um elemento relevante no campo das Media Arts, pois integram criatividade, arte, narrativa, som e tecnologias avançadas de interação e computação. A exposição integra trabalhos correspondentes a projetos de licenciatura e mestrado, na área de investigação e desenvolvimento em jogos digitais, e apresenta um conjunto de cinco projetos que recorrem a diferentes tecnologias de interface. A entrada na exposição é gratuita.

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) é uma instituição de ensino superior pública onde, desde 2009, o curso de licenciatura em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais tem vindo a formar profissionais vocacionados para a indústria dos videojogos. Em março de 2014, o Campus do IPCA, em Barcelos, viu nascer o Centro de Investigação e Desenvolvimento de Jogos Digitais e, em 2016, arrancou também o Mestrado em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais (MEDJD), sendo estes os únicos cursos de engenharia de jogos digitais em Portugal.

O IPCA pertenceu ao Conselho Consultivo da candidatura da cidade de Braga a Cidade Criativa da UNESCO para as Media Arts, contribuindo com as suas atividades e projetos nas áreas do ensino, investigação e desenvolvimento nos Jogos Digitais, Media Arts, Ilustração e Animação.

Fonte e imagem: IPCA.

IPCA torna o seu Campus mais verde, saudável e seguro

Outubro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo ano prevê-se a abertura das novas instalações da Escola Superior de Tecnologia e da Biblioteca do IPCA no Campus do IPCA.



O IPCA “é uma instituição com preocupações no campo da responsabilidade intergeracional, vocacionada para a proteção do ambiente e a promoção de estilos de vida saudáveis. A política do IPCA assenta num Campus ‘amigo’ de todos, sem esquecer os que têm necessidades especiais, designadamente com a inexistência de barreiras arquitetónicas”, refere a instituição barcelense em nota enviada a este jornal

Os acessos, quer por via pedonal, quer pela via automóvel, que se encontram quase prontos, tornam o Campus ainda mais amplo e mais aberto à comunidade. Os espaços verdes, seguros e monitorizados, estão a crescer e a mobilidade sustentável começa a ganhar dimensão com a ciclovia e a futura promoção do uso de bicicletas através do projeto U-BIKE. A construção de um Pavilhão multiusos vai proporcionar a prática frequente de desporto no Campus, assim como o desenvolvimento de atividades laborais e lúdicas.

Desta construção, é de destacar a promoção da eficiência energética por sistema fotovoltaico, e consequente melhoria de eficiência energética dos edifícios ao nível da climatização e iluminação, que constituem um Campus seguro e responsável.

Nesse contexto, de acordo com o IPCA, o seu Campus “assenta em três linhas direcionais: CAMPUS VERDE, que ambiciona deixar uma pegada ecológica, através da criação de instalações eco-friendly, em que o consumo de energias fósseis e esgotáveis seja reduzido ao mínimo e em que sejam preservadas as características naturais do ecossistema envolvente; CAMPUS SAUDÁVEL, que aspira a ambientes de trabalho saudáveis, com condições propícias ao exercício das diversas atividades laborais, docentes e não docentes, nas melhores condições possíveis à promoção da saúde humana; CAMPUS SEGURO, nos termos do qual se pretende prover o Campus de condições de segurança e monitorização que permitirão a utilização dos espaços com à vontade, a qualquer hora do dia ou da noite”.

Para além da reconstrução do Campus destaque para as novas instalações da Escola Superior de Design, no centro da cidade de Barcelos, e da construção da Escola-Hotel (Escola Superior de Hotelaria e Turismo) que vai ficar situada no concelho de Guimarães, num edifício histórico.

Fonte e imagem: IPCA.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima