Tag archive

Espanha

VI Encontro de Coros Ibérico de Barcelos realiza-se amanhã

Outubro 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Amanhã, dia 20 de outubro, realiza-se o VI Encontro de Coros Ibérico de Barcelos, organizado pela Câmara Municipal de Barcelos e pelo Coral Magistrói.



A partir das 17h30, o Salão Paroquial de Vila Frescaínha São Pedro recebe o Coral de Galegos São Martinho, o Coral Dámaso Ledesma, de Ciudad Rodrigo (Espanha) e, claro, o Coral Magistrói.

A entrada será gratuita.

Imagem: CMB.

Centro Ciclista de Barcelos participa no Circuito de Lugo com João Afonso em destaque

Setembro 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No último sábado, o CENTRO CICLISTA DE BARCELOS AFF | ORBEA | ONDA | HM MOTOR deslocou-se a Espanha para participar no Circuito de Lugo, tendo realizado uma magnífica prova.



João Afonso conseguiu um grande 3º lugar da classificação individual, com Juliano Silva em 14º e João Silva em 17º. A lamentar apenas mais uma queda de Pedro Dias.

Coletivamente, a equipa de Barcelos conseguiu um bom 3º lugar.

Foto: DR.

José Viana, dos Amigos da Montanha, representa Portugal no Mundial de Veteranos

Setembro 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 16 de setembro, o atleta dos Amigos da Montanha, José Viana, marcou presença no Campeonato Mundial de Atletismo de Veteranos 2018, que se realizou em Málaga, Espanha.



Em representação de Portugal, o atleta de 58 anos competiu no escalão de M55, com atletas de todo o mundo.

Com o tempo final de 1h24m06s, José Viana alcançou a 17ª posição, tendo sido o 1º português e ficado em 4º na geral por equipas.

Fotos: DR.

ACR Roriz termina “Ribera del Duero” com alguns destaques

Agosto 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Terminou ontem, dia 19 de agosto, a Vuelta Ciclista Junior “Ribera del Duero”, na zona de Burgos – Espanha, e onde a barcelense ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT marcou presença, tendo conseguido marcar a sua presença com alguns momentos de destaque.



A última etapa foi longa, com 114km marcados por muitas quedas, que afetaram grande parte dos atletas rorizenses, deixando-os fora da luta pelas classificações que estavam abertas. A de maior destaque tinha Hélder Gonçalves na luta pela camisola dos sprints especiais, classificação essa que chegou mesmo a liderar. No entanto, pelos motivos referidos, terminou em 3º, não deixando de ser, mesmo assim, uma grande classificação para este promissor jovem ciclista.

Sabendo, de antemão, que a geral individual estava praticamente entregue, a equipa de Roriz lutou para marcar presença nas principais fugas e pelas várias classificações. Para além de Hélder Gonçalves, o top-5 dos sprints especiais contou com um outro colega seu, João Carvalho, que ficou em 5º.

Mas Hélder Gonçalves não se ficou pelos sprints, tendo conseguido uma boa 5ª posição na classificação do prémio de montanha. Foi, portanto, uma boa competição para este atleta.

Coletivamente, a ACR RORIZ terminou em 9º lugar, entre 27 equipas, que mobilizaram 162 corredores. No final, e em nota, a equipa de Roriz deixou os parabéns aos atletas e staff presentes nesta prestigiada prova, salientando que existe para formar.

Fotos: Martin Early.

ACR Roriz vence Prémio de Ciclismo de Rendufe em Cadetes e Escolas

Agosto 13, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 11 realizou-se o 17º Prémio de Ciclismo de Rendufe (Amares), organizado pela Secção de Ciclismo do Rendufe Futebol Clube e pela Associação de Ciclismo do Minho, numa prova pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada, destinada a Juniores, Cadetes e Escolas.



A ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT foi uma das formações presentes, tendo conquistado o 1º lugar coletivo em Cadetes e Escolas.

Individualmente, em Cadetes, Lucas Braga, da equipa rorizense, foi o vencedor. João Almeida (5º), Sérgio Saleiro (8º), Diogo Saleiro (10º), César Eiras (28º), Luís Lobo (31º) e João Serre (36º) também contribuíram para a vitória final coletiva.

Em Juniores, Flávio Fernandes conseguiu um bom 3º lugar, sendo que João Rocha foi 9º, Manuel Barbosa 13º e Bruno Silva 14º, tendo contribuído para o 2º lugar da geral coletiva.

Já em Escolas, a vitória coletiva final foi arrecada pela ACR Roriz.

Individualmente, em Juvenis, João Martins foi 7º, Diogo Carreiras 11º, Guilherme Rodrigues 15º, Guilherme Vilas Boas 19º e Henrique Lopes foi 30º.

Em Infantis, Dinis Saleiro conquistou um bom 3º lugar, Paulo Fernandes foi 4º, Diogo Miranda 5º e Rodrigo Rodrigues 10º.

Nos Iniciados, Leandro Martins foi 5º, Dinis Carreiras 9º e Daniel Macedo 20º. Nesta categoria, mas em femininos, Adelaide Palmeira foi 4ª.

Em Pupilos/Benjamins, Rui Lopes foi 4º e Tomás Santos 6º.

Nas femininas, Matilde Fernandes foi 3ª.





Juniores da ACR Roriz competem na Vuelta Ciclista Júnior “Ribera del Duero”

Entre 16 e 19 de agosto, a ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT desloca-se a terras de “nuestros hermanos” para participar numa das melhoras provas de ciclismo europeias no escalão júnior, a III Vuelta Ciclista Júnior “Ribera del Duero”, organizada pelo Ayuntamiento de Aranda de Duero.

As terras da região de Burgos receberão 27 formações, entre as quais a portuguesa de Roriz, composta por Hélder Gonçalves, Bruno Silva, João Carvalho, João Rocha, Manuel Barbosa e Pedro Silva.

Os jovens ciclistas terão que percorrer 318km, distribuídos por quatro etapas. Iniciam com um contrarrelógio por equipas, de 19,7km. Seguem-se duas etapas de aproximadamente 90km de extensão. A etapa rainha, e que fecha a prova, realiza-se a 19 de agosto, com 114km a terminarem em Aranda de Duero.

A competição terá transmissão em direto, via YouTube.

Fotos: DR.

Karateca André Martins, d’Os Académicos, convocado para a Seleção Nacional

Agosto 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

André Martins, karateca da Secção de Karaté do FC “Os Académicos”, foi convocado para o treino da Seleção Nacional, na categoria de Parakaraté, que se realiza nos dias 7 e 8 de setembro.



O atleta com Síndrome de Down e utente da APAC – Associação de Pais e Amigos de Crianças de Barcelos [Ndr: na foto de destaque com o Mestre José Alves] estará a preparar o Campeonato do Mundo, que se realiza em novembro na capital espanhola, Madrid.

Foto: FCA-SK (alterada).

Pedro Silva, da ACR Roriz, no pódio da Vuelta a Valladolid (Espanha)

Julho 26, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa Júnior da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT disputou, de 20 a 22 de julho, a 27ª edição da Vuelta a Valladolid Júnior, constituída por 3 etapas em linha e um Contrarrelógio Individual.



Nesta competição marcaram presença 29 equipas, destacando-se, para além da formação barcelense, as principais formações espanholas, uma francesa e uma colombiana, num total de 174 atletas de 14 nacionalidades diferentes.

A primeira etapa, com 102 km, ficou marcada por condições atmosféricas muito adversas, que dificultaram a ação dos atletas, tendo a principal fuga do dia singrado, com 28 segundos para o pelotão, onde Pedro Silva foi o 2º, resultando no 10° posto. João Rocha foi 14°, Rafael Torres 28°, Manuel Barbosa 53° e Flávio Fernandes 116°, sendo que Bruno Silva foi um dos desistentes da etapa depois de ser alvo de um furo.

No segundo dia, pela manhã, os atletas tiveram pela frente um Contrarrelógio Individual de 11km, onde Pedro Silva voltou a ser o melhor posicionado da equipa de Roriz, com o 11° posto. Da parte da tarde, esta equipa esteve em destaque ao estar na discussão da etapa. Depois de um bom trabalho coletivo, Pedro Silva “sprintou” para um fantástico 3° lugar, com o vencedor a ser o Campeão Nacional Colombiano, Nicolás Gómez (PLATAFORMA IBERRIUN). Nesta etapa, destaque ainda para Manuel Barbosa, na 9ª posição, João Rocha, que pontuou numa meta volante e foi 57°, Flávio Fernandes 83° e Rafael Torres 103°.

A quarta e última etapa, com 100km de distância, revelou-se, novamente, muito disputada, com os 4 prémios de montanha a fragmentar o pelotão em 3 grandes grupos. No grupo principal, que viria a chegar à meta compacto, ficou Pedro Silva, que foi 6°, e Manuel Barbosa, 50°. No segundo grupo, chegou João Rocha, no 58° lugar, e Flávio Fernandes, na 92ª posição. Já Rafael Torres não concluiu. Ainda nesta etapa, destaque, igualmente, para João Rocha, que voltou a pontuar numa meta volante, resultando no 4° posto da classificação final desta camisola.

Nas contas finais, o destaque vai para Pedro Silva, que ficou no 11° lugar, a 1 segundo do Top-10 e na 5ª posição da classificação por pontos. Por equipas, a ACR Roriz alcançou o 9° posto.

Fotos: ACRR/DR.

Queda impede Nuno Castro (ACR Roriz) de terminar Asturias Bike Race

Julho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

De 6 a 8 de julho, a região das Astúrias – Espanha recebeu mais uma edição da conceituada Asturias Bike Race, em BTT, que contou com a participação de Nuno Castro, da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, em Master 30.



Esta foi uma prova por etapas (3) de categoria internacional (faz parte do calendário da UCI – União Ciclista Internacional, onde Nuno Castro esteve em evidência, tendo um infortúnio na última etapa ditado o seu abandono da corrida, impedindo-o, assim, de a terminar.

Se na 1ª etapa (54,4km e 1925 metros de desnível), um furo atrasou o atleta de Vila de Punhe (Viana do Castelo), fazendo com que chegasse na 8ª posição, na etapa rainha, com 74km de distância e cerca de 2800 metros de desnível, Nuno Castro esteve em grande destaque, conseguindo ganhar lugares e chegando em 10º da geral, lugar que lhe valeu a grande vitória na etapa em Master 30.

Como referido, na 3ª e última etapa, mais curta e com menos acumulado, o atleta da equipa de Roriz foi vítima de uma violenta queda que o impediu de concluir esta prova.

Fotos: DR/SPORTOGRAF.

Nuno Castro, da ACR Roriz, está em grande na Asturias Bike Race e vence 2ª etapa em Master 30

Julho 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Decorreu hoje a “etapa rainha” da Asturias Bike Race, em Espanha, com Nuno Castro, da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, a estar em grande evidência.



Esta foi uma etapa de 74km e desnível de 2800m – daí ser a “etapa rainha” – onde Nuno Castro, em Master 30, tinha como objetivo subir na geral. Atacou forte logo na primeira subida e conseguiu ganhar lugares, indo subindo na classificação até à linha de meta, conseguindo uma grande vitória na sua categoria.

Salienta-se, igualmente, o lugar obtido na classificação geral, tendo sido 10º classificado. Com esta vitória, o atleta da equipa de Roriz subiu ao 3º lugar da geral em Master 30.

A etapa de amanhã é a mais curta e com menos acumulado, perspetivando-se, por isso, uma etapa mais rápida.

Fonte e foto: NC/DR.

ARCA DANCE STUDIO traz bons resultados do Dance World Cup 2018 de Barcelona

Julho 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 20 e 30 de junho, a escola de dança da Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo (ARCA), esteve em Sitges – Barcelona para participar, pela segunda vez consecutiva, naquele que é o maior concurso internacional de dança, o Dance World Cup, concurso que reúne escolas, academias, conservatórios e bailarinos de todas as partes do mundo.



Este ano, a ARCA Dance Studio fez-se representar por 8 coreografias e um total de 53 bailarinos, que juntamente com outros artistas de Portugal, integraram a comitiva portuguesa, representando, não só o país, mas também a cidade de Barcelos e a freguesia de Arcozelo.

Entre milhares de coreografias a concurso, todas as da ARCA ultrapassaram a pontuação de 80 pontos, numa escala de 0 a 100, o que, nas palavras de Daniel Costa, professor e coreógrafo da ARCA Dance Studio, “é resultado da crescente qualidade que o ensino de dança tem na nossa associação e, claro, do excelente desempenho, empenho e performance dos alunos”.

“A dança é uma actividade contínua, que exige preparação e prática regular e disciplinada ao longo dos anos, por isso, os resultados que vamos obtendo são o culminar de muitas horas de trabalho e dedicação.”, salienta.

O coreógrafo conta que “apresentámos 8 coreografias, um total de 53 bailarinos em praticamente todos os escalões e nos mais variados estilos de Dança: Jazz, Show Dance, Comercial, Hip Hop e em todos tivemos excelentes pontuações, o que só demonstra que, acima de tudo, somos uma escola versátil e, claro, que melhoramos de ano para ano, pois as pontuações e classificações deste ano foram bem melhores que as do ano passado”.

Assim, a ARCA Dance Studio obteve as seguintes pontuações/Classificações:

«Les Miserables», Grupo Show Dance, escalão Sénior – 83,5% – 10º Lugar, em 25 concorrentes; [ndr: na foto de destaque da notícia]

«Chicago», Trio de Jazz e Show Dance, escalão Sénior – 87,1 – 4º Lugar, em 17 concorrentes;

«Femme Fatale», Trio de Hip Hop, escalão Sénior – 83,9% – 8º Lugar, em 17 concorrentes;

«Feel it!», Grupo Hip Hop, escalão Júnior – 86,3% – 8º Lugar, em 17 concorrentes;

«Wonder Woman», Grupo Hip Hop e Comercial, escalão Júnior e Sénior – 83,5 – 22º Lugar, em 33 concorrentes;

«Clean it», Grupo Show Dance, escalão infantil – 84,7% – 9º lugar, em 16 concorrentes;

«Trolls», Grupo Hip Hop, escalão Infantil – 85,9% – 8º Lugar, em 16 concorrentes;

«Latin Groove», Grupo Comercial, escalão Infantil – 85,6% 7º Lugar, em 12 concorrentes;

Para finalizar, Daniel Costa deixa palavras de gratidão aos parceiros: “Deixamos o nosso agradecimento às instituições, empresas, entidades e particulares que nos apoiaram, pois este tipo de concursos e viagens envolvem custos demasiado altos para as famílias e bailarinos. Agradecemos também aos alunos, pais e toda a comunidade da ARCA, que nos últimos meses se desdobrou numa série de iniciativas para ajudar esta enorme comitiva a representar Barcelos e Portugal no Dance World Cup”.

Para o próximo ano, é a vez de Portugal abrir portas ao Dance World Cup. O evento vai ter lugar em Braga, no Fórum, e são esperados milhares de bailarinos e centenas de escolas, academias e conservatórios de todos os cantos do mundo. Para conseguir acesso às finais mundiais, as escolas portuguesas terão de participar nas semifinais, em março de 2019, na Figueira da Foz.

Fonte e fotos: ADS/DR.

1 2 3 5

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima