Tag archive

Fátima Miranda

Barcelenses Inspiradores: Fátima Miranda

Fevereiro 22, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Entrevistas, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A artista barcelense Fátima Miranda dá-nos a conhecer a sua história.

Se tiver interesse em participar ou em sugerir alguém inspirador para esta rubrica, escreva para o e-mail: barcelensesinspiradores@outlook.pt.

Nesta 2ª edição, temos várias novidades, entre elas, na entrevista, que conta com novas perguntas e secções, com uma pergunta mistério do convidado da semana anterior e, ainda, uma grande surpresa.

Esta rubrica foi um dos projetos pré-selecionados pelo Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Barcelos com o título “Barcelenses Inspiradores – do papel para o palco”. Para saber mais detalhes, aceda a este link: https://participe.cm-barcelos.pt/projetos/opb-ref-06-2019/.



Fátima Miranda nasceu a 17 de fevereiro de 1957, em Barcelos.

Durante a sua vida teve somente dois empregos: trabalhou numa fábrica de malas de senhora e como modelista na Petit Patapon.

Após a sua saída da vida ativa profissional, finalmente, pôde dedicar-se à sua Arte.

A pintura e a escultura em pasta de papel são as suas manifestações artísticas de eleição e o que, ao mesmo tempo, lhe dão ânimo para seguir em frente.

Com várias exposições individuais e coletivas, recebeu o Prémio Inovação do Artesanato Barcelense 2018.



Quem és tu? Conta-nos quem és apenas como tu te conheces.

Sou uma pessoa sincera e muito sensível a tudo o que me rodeia, fazendo aquilo que gosto para ser feliz.

O que fazes é uma extensão de quem és e do teu propósito de vida?  

O meu propósito de vida foi sempre ir ao encontro da Arte. Na busca da Arte sempre procurei empregos que estivessem ligados à criação e ao desenho. Como tal, criei modelos de malas de senhora e também fui modelista da Petit Patapon, um trabalho com muita criatividade e responsabilidade, onde me sentia realizada.

Se pudesses ter a atenção do mundo durante 5 minutos, o que dirias ou farias?

Se pudesse mudar o mundo, gostaria que as pessoas fossem mais sensíveis umas com as outras e ver a riqueza mais bem distribuída. Em última instância, apelaria à Paz. Espero que a minha Arte seja inspiradora e traga boas emoções às pessoas.

Qual foi o acontecimento que mais te marcou até hoje?

O nascimento das minhas duas filhas foram os momentos mais marcantes da minha vida. Por outro lado, marcou-me muito a morte da minha avó, com cem anos, pessoa muito sábia e que muito contribuiu para a minha formação como pessoa.

Curiosidades do Convidado  

Qual é o teu livro preferido? E o teu filme?

Nunca tive muito tempo para ler, mas o filme que mais me marcou foi o “Titanic”.

Qual foi a viagem que mais te marcou?

A viagem que mais me marcou foi a Veneza.

Que viagem de sonho ainda pretendes realizar?

Queria muito ir às Maldivas. Penso que será a minha próxima viagem.

Qual é a tua atividade de tempo livre preferida?

A minha Arte.

Qual é a tua maior habilidade?

Tudo o que está relacionado com trabalhos manuais, bordar, crochê, tricô, pintura, escultura e artesanato.

O que seria para ti um dia perfeito?

Passado junto ao mar com os meus netos e o meu marido.

Diz-nos um barcelense e um não barcelense que te inspirem e porquê.

Barcelense –  Rosa Ramalho: gosto muito da arte dela.

Não barcelense – Amália: a minha diva do fado.

Pergunta mistério do convidado da semana anterior – Mariana Machado Ballester

Correria 24 horas?

Acho que 24 horas é demasiado. Como não posso correr, faço caminhadas.

Uma mensagem* inspiradora…

Nunca é tarde para realizarmos os nossos sonhos: o meu sonho de menina era ser pintora, e realizei-o aos cinquenta anos.

* Nota: Mensagem em latim significa mens agitat molem, ou seja, “o espírito agita a matéria”.

Por: Sandra Santos (Poeta e Tradutora) e Iara Brito (Criminóloga)*.

(* A redação do artigo é única e exclusivamente da responsabilidade das autoras)

Fotos: DR.

Mostra de Artesanato termina com balanço positivo da Câmara de Barcelos

Agosto 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

De acordo com o Município de Barcelos, a 35ª Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos chegou ao fim com balanço positivo, tendo decorrido entre 3 e 15 de agosto.



Para o Presidente da Câmara Municipal, Miguel Costa Gomes, “esta 36.ª Mostra pretendeu evidenciar o respeito que a cidade tem pelos artesãos”, num ano em que o Município de Barcelos foi agraciado com o Prémio Nacional de Artesanato, poucos meses depois da consagração como Cidade Criativa da UNESCO.

Foram 13 dias em que o destaque foi para o que de melhor se faz em Barcelos, desde a cestaria e vime, à olaria, barro figurativo, trabalhos em madeira, ferro e derivados e bordados. Foram muitas as produções artesanais que puderam ser apreciadas no decorrer do certame, uma iniciativa promovida pelo Município de Barcelos, onde participaram mais de uma centena de artesãos.

Este evento permitiu aos visitantes o contacto com as artes tradicionais e o trabalho ao vivo, promovendo a riqueza da arte e do trabalho tradicional barcelense, “reafirmando a aposta do Município no apoio ao trabalho desenvolvido pelos artesãos”, salienta o município barcelense.

A Mostra de Artesanato contou com um vasto programa de animação diária, onde se incluíram diversos espetáculos musicais ao vivo, arruadas dos grupos folclóricos do concelho de Barcelos e atuações de grupos estrangeiros participantes no “Festival do Rio”, entre outras atividades que animaram quem visitou a cidade de Barcelos por estes dias.

Destaque para o envolvimento das associações do concelho, que assumiram a animação cultural do certame, e para os workshops com os artesãos, que fizeram, uma vez mais, as delícias dos visitantes.

A Gala do Artesanato, que se realizou no último sábado à noite, foi um dos pontos altos da Mostra e contou com um espetáculo único protagonizado, em exclusivo, por artistas barcelenses, marcando a cerimónia de entrega dos habituais galardões anuais para os melhores artesãos do certame.

Na categoria principal – Prémio Carreira – foi distinguido Abílio Pereira, artesão da freguesia de Viatodos, por toda uma vida dedicada à cestaria, uma arte que constitui um elemento indispensável para o conhecimento e fruição do artesanato regional, e que, segundo o artesão, “quase já não tem seguidores”. Os prémios Revelação foram entregues a Irene Salgueiro e a Hélder Ferreira, respetivamente, nas subcategorias de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. A artesã Fátima Miranda arrecadou o Prémio Inovação.

Para Miguel Costa Gomes, “Barcelos tem talento, tem querer, tem criatividade e o nosso dever é incentivá-los”.

Com um programa diversificado, a “Mostra” voltou a atrair, por estes dias, milhares de visitantes ao concelho, uma adesão “que espelha o sucesso de um certame que já se realiza há 36 anos”, concluiu o Município de Barcelos.

Fonte e fotos: CMB.

Abílio Pereira é distinguido com Prémio Carreira na Gala do Artesanato

Agosto 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Gala do Artesanato, que se realizou no último sábado, à noite, foi um dos pontos altos da Mostra e contou com um espetáculo único protagonizado em exclusivo por artistas barcelenses, marcando a cerimónia de entrega dos habituais galardões anuais para os melhores artesãos do certame.



A música esteve a cargo de Bruno Gomes, que participou em programas como a “Operação Triunfo” e o “The Voice Portugal”; Flora Miranda, que saltou para a ribalta com o programa “Operação Triunfo”, membro do Fado em Trio, e que faz parte do elenco do “Panda e os Caricas”; e Tiago Araújo, membro dos Aurora, e conhecido por ter participado no programa “Factor X”, tendo sido todos acompanhados por uma banda barcelense e por duas bailarinas da Escola de Dança de Barcelos. Ainda de destacar a participação da violinista Bárbara Carvalho, que acompanhou a performance da bailarina Anita Grosse, com o tema “Ó gente da minha terra”.

Na categoria principal – Prémio Carreira – foi distinguido Abílio Pereira, artesão da freguesia de Viatodos, por toda uma vida dedicada à cestaria, uma arte que constitui um elemento indispensável para o conhecimento e fruição do artesanato regional, e que, segundo o artesão “quase já não tem seguidores”. Os prémios Revelação foram entregues a Irene Salgueiro e a Hélder Ferreira, respetivamente, nas subcategorias de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. A artesã Fátima Miranda arrecadou o Prémio Inovação.

“Barcelos tem talento, tem querer, tem criatividade e o nosso dever é incentivá-los”, foram as palavras do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, a propósito dos artesãos, na Gala do Artesanato. Para o Presidente, “esta 36ª Mostra pretende evidenciar o respeito que a cidade tem pelos artesãos”, num ano em que o Município de Barcelos foi agraciado com o Prémio Nacional de Artesanato, poucos meses depois de figurar como Cidade Criativa da UNESCO.

A 36ª Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos chega ao fim amanhã, dia 15 de agosto. Até lá, os visitantes podem ainda usufruir de um conjunto de ofertas de animação e de uma praça de alimentação com música ao vivo todos dias.

O evento permite a todos o contacto com as artes tradicionais e o trabalho ao vivo, e promove a riqueza da arte e do trabalho tradicional barcelense.

A Mostra abre, todos os dias, às 18h00. Amanhã, feriado, as portas abrem mais cedo, pelas 16h00. O encerramento está marcado para a meia noite.

Fotos: CMB e BnH.

VilaWork organiza “XMAS GIFTS – Workshops de Natal”

Dezembro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 16 de dezembro, entre as 14h30 e as 17h30, o VilaWork – Barcelos Business Center, em Vila Boa, organiza um conjunto de workshops de Natal, de entrada livre.



Destinados a quem gosta e tem jeito mas, igualmente, a quem pretende aprender mais sobre decoupage, arranjos de Natal e encadernação, os workshops serão ministrados por Maria José Pinto, Fátima Miranda e Sílvia Carvalho. No final, há um lanche convívio.

Para se inscrever, contacte o VilaWork através do número 253 292 861; através do e-mail info@vilawork.pt ou desloque-se às instalações deste centro de negócios, situadas na Avenida da Cal, lote 125, 1ºA, em Vila Boa.

Fonte e imagem: VWBBC.

Pintora barcelense Fátima Miranda inaugura exposição “Mar e Reflexo”

Maio 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado sábado, dia 27 de maio, pelas 18:00, na Biblioteca Municipal de Barcelos, decorreu a inauguração da exposição de pintura da barcelense Fátima Miranda, intitulada “ Mar e Reflexo”.

Na mostra tudo se joga na relação com a realidade mais próxima da artista e para a qual se recolhe – o mar – e para o reviver de um passado que lhe cria e provoca imagens, que desenvolve, como numa catarse, e dispõe a seu bel-prazer, de acordo com os seus ritmos cromáticos.

Vítor Pinho e Fátima Miranda
Vítor Pinho e Fátima Miranda

O Bibliotecário Municipal, Dr. Vítor Pinho, fez as “honras da casa”, enaltecendo a obra da artista e sublinhando que todos serão bem acolhidos naquele espaço, que é de todos também.

Fátima Miranda agradeceu a oportunidade que lhe foi dada, assim como a presença de todos quantos fizeram questão de responder à chamada. Disse que é na arte que se recolhe e que nela todos os dias se recria, cumprindo assim um sonho de menina.




 

exposição-fátima-miranda-mar-reflexo-3

Seguiu-se a leitura de três poemas com o Mar como temática, de Pedro Tamen, José Carlos de Vasconcelos e Sophia de Mello Breyner Andresen, seguida de um animado convívio.

exposição-fátima-miranda-mar-reflexo-4

De relembrar que a exposição encontra-se patente até ao próximo dia 17 de junho.




Fonte e imagens: Fátima Miranda.

Fátima Miranda expõe “Mar e Reflexo” na Biblioteca Municipal

Maio 24, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

“Mar e Reflexo” é o tema da exposição que a artista plástica barcelense Fátima Miranda vai inaugurar no próximo sábado, dia 27 de maio, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal de Barcelos.

A exposição pode ser visitada até ao dia 17 de junho no seguinte horário: de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e, aos sábados, das 9h30 às 12h30.

Nesta exposição, tudo se joga na relação com a sua realidade mais próxima e na qual se recolhe – o mar. Essas realidades, e a forma como revive o passado e o transporta para as suas obras, os ritmos cromáticos que dispõe a seu bel-prazer, funcionam para a artista como uma catarse.

A arte, que sempre fez parte do seu universo onírico, é por ela interpretada através da pintura, da escultura e do artesanato com utilização de materiais inusitados, reciclados, reaproveitados: alumínio, plástico, pinhas, folha de milho, palha e pasta de papel.

Tornaram-se famosos os seus galos forrados com tela e posteriormente pintados a óleo e acrílico, com cenas diversas, numa reinterpretação inédita e inspirada.

Fátima Miranda
Fátima Miranda

A terra que a viu nascer e o mar são as duas principais fontes inspiradas. Denota-se ainda no seu trabalho um esforço de pesquisa sobre as panorâmicas de Barcelos no período medieval, que a fascina e nos encanta.

O trabalho de Fátima Miranda situa-se na confluência e na interação das contingências da experiência e da experimentação. Ambas se confundem dando a perceber como o trabalho é uma reação vivencial e sensível às coisas e oportunidades que vão surgindo e que a artista vai, intuitivamente, seguindo.

Para a concretização no plano real das ideias que lhe fervilham numa velocidade estonteante, contribui muito a orientação do pintor, e seu professor, David Bastos.




Fonte e imagens: Município de Barcelos e Facebook de Fátima Miranda.

Ir Para Cima