Tag archive

Federação Portuguesa de Ciclismo

ACR Roriz com balanço positivo na Volta a Portugal Júnior

Agosto 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 23 e 26 de agosto realizou-se a 13ª Volta a Portugal de Juniores, organizada pela Federação Portuguesa de Ciclismo e composta por 3 etapas (uma delas subdividida em 2 setores) e um prólogo, com os jovens ciclistas a passarem por terras da Beira Interior.



A equipa barcelense ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, composta por Rafael Torres, Flávio Fernandes, Hélder Gonçalves, João Carvalho, João Rocha, Manuel Barbosa e Pedro Silva, foi uma das 24 equipas que marcaram presença nesta competição.

O prólogo por equipas, de 7,3km, ligou Tortosendo à Covilhã, foi vencido pela BAIRRADA, tendo a equipa de Roriz alcançado o 4º lugar.

A primeira, e mais longa, etapa ligou Belmonte ao Fundão, numa distância de 116,9km, foi conquistada por Yeisson Casallas (BATHCO), com Rafael Torres (11º) a ser o melhor classificado da ACR Roriz.

Depois veio a etapa (2ª) divida em dois setores. O primeiro foi um Contrarrelógio Individual, no Sabugal, na distância de 15,9km, cujo vencedor foi Guilherme Mota (ALCOBAÇA C.C. | CRÉDITO AGRÍCOLA), com Pedro Silva, em 5º, a ser o melhor classificado rorizense. João Carvalho foi 34°, Rafael Torres 58°, Hélder Gonçalves 61°, João Rocha 76°, Manuel Barbosa 82° e Flávio Fernandes 83°. Com este resultado, Pedro Silva aproximava-se da liderança da classificação da Juventude, a escassos 4s.

O segundo setor, já etapa em linha, ligou Sabugal a Almeida, numa distância de 59,2km. O vencedor desta tirada foi Pedro Silva, da ACR Roriz, que conseguiu, assim, a sua primeira vitória nesta Volta, num sprint “explosivo”. Com a bonificação da vitória, este atleta viria a assumir a classificação da Juventude e a respetiva Camisola Branca, que infelizmente não conseguiu “segurar” até ao final da prova.

A prova entrou, então, na última etapa, a segunda mais longa, que ligou Penamacor a Manteigas, numa distância de 113,5km. A etapa foi ganha por João Macedo (SICASAL | LIBERTY SEGUROS | BOMBARRALENSE), com João Carvalho (9º) a ser o melhor posicionado rorizense. Rafael Torres, João Carvalho e Hélder Gonçalves estiveram muito ativos e participaram na principal fuga do dia, que viria a ser alcançada aos poucos pelo pelotão. Já a chegar a Manteigas, um ataque de Pedro Silva leva-o para a frente da corrida, mas a subida ao Poço do Inferno revelou-se um obstáculo difícil de ultrapassar. Nessa subida, destacou-se João Carvalho, que viria a terminar em Manteigas na 9ª posição, resultando no 10° lugar da Geral Individual (3° na Juventude). Nas contas da etapa, Rafael Torres foi 16°, Hélder Gonçalves 22° e Pedro Silva 23°.

No final, em jeito de balanço, a ACR Roriz trouxe desta prova uma vitória, no segundo setor da 2ª etapa; um top-10 na Classificação Geral Individual (João Carvalho, em 10º), com 3º da Classificação da Juventude; um 3º ligar na classificação dos Pontos, em igualdade com os dois primeiros; um 4º lugar no Contrarrelógio por Equipas; um 5º lugar no Contrarrelógio Individual e, finalmente, o 5º lugar na Classificação Geral Final coletiva.

Na Classificação Geral Individual, João Carvalho foi 10°, Rafael Torres foi 19°, Pedro Silva 21° e Hélder Gonçalves 26°. João Rocha, Flávio Fernandes e Manuel Barbosa não concluíram dentro do fecho na primeira passagem pela meta.

Em nota, a ACR Roriz deixou “um enorme obrigado a todos que tornam isto possível e a todos que nos apoiaram ao longo destes 4 dias de prova”.

A equipa de Roriz terminou, assim, um ciclo de competições por etapas, tendo marcado presença em 7 ao longo do ano, que iniciou da melhor forma no Algarve, com a Volta a Loulé; a participação no Tour de Gironde (INT), em Bordéus – França; Ruta del Albarinho, na Galiza – Espanha; Volta ao Minho; Vuelta a Valladolid Junior, em Espanha; Vuelta Ciclista Junior “Ribera del Duero”, em Burgos – Espanha, entre outras.

Fotos: ACRR.

Centro Ciclista de Barcelos na Volta a Portugal Júnior com João Afonso em destaque

Agosto 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

De 23 e 26 de agosto realizou-se a 13ª Volta a Portugal de Juniores, organizada pela Federação Portuguesa de Ciclismo e composta por 3 etapas (uma delas subdividida em 2 setores) e um prólogo, com os jovens ciclistas a passarem por terras da Beira Interior.



A equipa barcelense CENTRO CICLISTA DE BARCELOS | AFF | ORBEA | ONDA, composta por Rui Alves, João Afonso, Hugo Alves, Juliano Silva, José Dias, João Silva e João Lopes, foi uma das 24 equipas que marcaram presença nesta competição.

O prólogo por equipas, de 7,3km, ligou Tortosendo à Covilhã, foi vencido pela BAIRRADA, tendo a equipa de Barcelos alcançado o 13º lugar.

A primeira, e mais longa, etapa ligou Belmonte ao Fundão, numa distância de 116,9km, foi conquistada por Yeisson Casallas (BATHCO), com João Afonso a conseguir um grande 2º lugar, perdendo apenas para o colombiano no sprint final.

Porque Casallas passou a envergar a Amarela, João Afonso, sendo 2º, a 2 pontos deste, passou a envergar a Camisola Verde, dos pontos, que, infelizmente, não guardaria até ao final da prova.

Depois veio a 2ª etapa, divida em dois setores. O primeiro foi um Contrarrelógio Individual, no Sabugal, na distância de 15,9km, cujo vencedor foi Guilherme Mota (ALCOBAÇA C.C. | CRÉDITO AGRÍCOLA), com João Silva (24º) a ser o melhor classificado da equipa de Barcelos.

O segundo setor, em linha, ligou Sabugal a Almeida, numa distância de 59,2km. O vencedor da tirada foi Pedro Silva, da conterrânea ACR RORIZ | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT. Rui Alves (28º) foi o melhor posicionado da equipa, com o mesmo tempo do vencedor.

A prova entrou na última etapa, a segunda mais longa, que ligou Penamacor a Manteigas, numa distância de 113,5km. A etapa foi ganha por João Macedo (SICASAL | LIBERTY SEGUROS | BOMBARRALENSE), com João Silva a fazer o 18º lugar, sendo o melhor do Centro Ciclista de Barcelos. Ele, que terminou em 7º no prémio da Juventude (Camisola Branca).

Na classificação geral individual, João Silva foi 20º, José Dias 38º, Juliano Silva 57º e João Afonso foi 99º. Rui Alves, Hugo Alves e João Lopes não terminaram. Coletivamente, a equipa de Barcelos conquistou o 14º lugar.

Fotos: CCB.

Volta a Portugal: Domingos vence etapa e fica no top-10; João “dá nas vistas”

Agosto 13, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Depois de lhe termos contado, sumariamente, o que se passou na 80º Volta a Portugal em bicicleta, vamos fazer o mesmo em relação à segunda parte desta prova.



Após o dia de descanso, a 7 de agosto, a Volta regressou à estrada, com os ciclistas a cumprirem a 6ª etapa, ligando Sernancelhe a Boticas, numa distância de 165,4km, com três metas volantes, três prémios de montanha de 3ª categoria e um de 1ª.

O grande vencedor desta etapa foi o barcelense Domingos Gonçalves (RÁDIO POPULAR-BOAVISTA), que terminou a etapa isolado, com o tempo de 4h09m09s, 20 segundos à frente do pequeno grupo, onde vinha o camisola amarela.

Por isso, Boticas ficará, certamente, na memória do ciclista barcelense pois foi nessa localidade que ele conseguiu a sua primeira – e única – vitória em etapas da Volta deste ano.

A cerca de 20km da meta, estava um pequeno grupo adiantado, onde se encontrava o camisola amarela Raúl Alarcón. Domingos Gonçalves vinha num grupo perseguidor, conjuntamente com os principais posicionados da geral. Depois da recolagem dos dois grupos, e sensivelmente a 13km da meta, o atleta barcelense arrancou, escapou e não mais foi alcançado, tendo chegado em 1º na meta de Boticas.

Em declarações à imprensa, Domingos Gonçalves referiu que “consegui atacar na altura certa e estou muito contente por ter conseguido. Foi muito complicada esta parte final”. No entanto, “consegui vencer e isso é que interessa”. O barcelense não esqueceu a equipa. “A equipa está de parabéns, trabalhámos e conseguimos”, concluiu.

O outro barcelense em prova, João Matias, da VITO | FEIRENSE | BLACKJACK, terminou em 85º, a 14m58s do seu conterrâneo.

Na classificação geral, Domingos Gonçalves subiu a 9º (era 11º), ficando a 3m47s de Alarcón. Já João Matias desceu para 59º (era 55º), ficando a 35m59s do camisola amarela.

A Volta a Portugal “deslocou-se” para estas bandas, tendo mesmo passado por Balugães. A 7ª etapa, a 9 de agosto, ligou Montalegre a Viana do Castelo (Santa Luzia), numa distância de 165,5km, com três metas volantes e um prémio de montanha de 3ª categoria.

A etapa decorreu a um ritmo frenético. Após a dificuldade de montanha, um grupo de 23 ciclistas escapou e fez “estoirar” a confusão na prova. Nesse grupo encontravam-se Domingos Gonçalves e João Matias. Depois de tudo voltar à normalidade, a cerca de 50km da meta, João Matias decidiu que esse era o momento para mostrar, novamente, a sua valia e escapa, na companhia de mais 3 ciclistas. A fuga durou até ao início da subida para Santa Luzia, tendo sido alcançada devido ao trabalho impressionante da W52-FC PORTO, que foi controlando as operações.

Enrique Sanz (EUSKADI | BASQUE COUNTRY | MURIAS) foi o vencedor ao sprint, com Domingos Gonçalves a ser 12º, com 3h45m02s, o mesmo tempo do vencedor.

João Matias, talvez devido ao esforço que despendeu para manter a fuga, tendo mesmo sido dos que mais lutou para tal, acabou por “rebentar” na subida e terminou na 92ª posição, a 8m17s do 1º.

Na classificação geral, Domingos Gonçalves mantinha a 9ª posição, a 3m47s do líder da prova, enquanto João Matias descia para 62º, a 44m16s do 1º.

O dia 10 de agosto trouxe o tão ansiado início de etapa em Barcelos, que levou os ciclistas até Braga, numa distância de 147,6km, passando por três metas volantes, dois prémios de montanha de 3ª categoria, um de 2ª e um de 4ª.

Foi mais uma etapa a “alta velocidade”. Foram formando-se grupos, com os principais candidatos a terminarem juntos e isolados, na segunda passagem pela meta, com a vitória a recair em Vicente García de Mateos (AVILUDO | LOULETANO | ULI).

Domingos Gonçalves “deu o ar de sua graça”, ao escapar na segunda subida ao Sameiro. Ultrapassou os escapados do dia, mas, com a W52-FC PORTO a “puxar” lá atrás, foi alcançado ainda longe do cimo e da contagem para o prémio de montanha. Conseguisse passar aí isolado e dificilmente o apanhariam.

João Matias descolou no início dessa subida. A prova de que o ciclista barcelense já não era um desconhecido, um “anónimo” nesta prova, foi dada aquando da sua “descolagem”, que foi logo assinalada pela transmissão televisiva. João Matias começa a cimentar o seu nome nos notáveis da Volta.

Finda a etapa, Domingos Gonçalves terminou em 19º, 3h41m29s, a 45s do vencedor. João Matias foi 46º, a 3m55s de De Mateos.

Na Geral, o primeiro manteve a 9ª posição, a 4m32s de Alarcón, enquanto o segundo subiu para 60º, a 48m11s do espanhol da W52-FC PORTO.



Chegava, então, a etapa rainha da segunda parte da Volta deste ano. Com uma distância de 155,2km, a ligar Felgueiras a Mondim de Basto (Senhora da Graça), com três metas volantes e três prémios de montanha de 1ª categoria.

O vencedor da etapa foi, novamente, Raúl Alarcón, da W52-FC PORTO, tendo cimentado a sua liderança.

Domingos Gonçalves fez uma boa subida, tendo terminado em 14º, a 1m41s do espanhol. João Matias, cujo “calcanhar de Aquiles” ainda são as subidas, terminou em 68º, a 29m14s do vencedor da tirada.

Na classificação geral, Domingos Gonçalves desceu para 10º, a 6m13s do 1º lugar, e João Matias desceu para 65º, a 1h17m25s.

Finalmente, a última etapa. Um contrarrelógio individual, em Fafe, com a distância de 17,3km. O vencedor foi, de novo, Vicente García de Mateos mas Raúl Alarcón (3º na etapa) foi o vencedor, pelas segunda vez consecutiva, da Volta a Portugal em bicicleta, com a sua equipa – a W52-FC PORTO – a ultrapassar in extremis a do SPORTING-TAVIRA e a sagrar-se, novamente, vencedor da geral coletiva.

Domingos Gonçalves fez o 8º tempo, a 57s do vencedor; João Matias faz 28º, a 2m18s do 1º.

O ciclista da RÁDIO POPULAR-BOAVISTA termina num ótimo 9º lugar, dentro do top-10 e a 6m36s de Alarcón, enquanto do da VITO-FEIRENSE-BLACKJACK termina em 63º, a 1h19m09s do vencedor.

Fotos: PODIUM/Paulo Maria.

 

33º Prémio Cidade de Barcelos, em ciclismo, realiza-se a 5 de agosto

Julho 26, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Domingo, 5 de agosto, a cidade de Barcelos recebe mais uma edição do Prémio Cidade de Barcelos, organizado pelo Centro Ciclista de Barcelos, que conta com a colaboração da Câmara Municipal de Barcelos, Bombeiros Voluntários de Barcelos e Polícia de Segurança Pública, tendo apoio técnico da Associação de Ciclismo do Minho.



Esta prova destina-se aos escalões de escolas, cadetes e juniores, sendo pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã.

O arranque das provas está marcado para as 9h00, prevendo-se que a cerimónia protocolar e de entrega de prémios ocorra pelas 12h30.

A prova de destreza (Iniciados) realiza-se no Largo da Feira, com início marcado para as 9h00, e as provas em linha serão disputadas num circuito de 2,5 quilómetros (Avenida da Liberdade, Avenida Combatentes Grande Guerra, Largo dos Capuchinhos, Avenida Alcaides de Faria, estação da CP, Rua do Bom Sucesso, Avenida Dr. Sidónio Pais e Avenida da Liberdade). A de Infantis será de 5km (2 voltas); Juvenis, 15 km (6 voltas); Cadetes, 25km (10 voltas); e Juniores, 37,5km (15 voltas).

No ano passado, o 32º Prémio Cidade de Barcelos foi disputado por cerca de três centenas de jovens atletas, trazendo a festa do ciclismo ao concelho barcelense.

Obviamente que uma prova destas implica condicionamentos no trânsito. Assim, nesse dia 5 de agosto, entre as 8h00 e as 14h00, o trânsito estará condicionado na Avenida da Liberdade, na Avenida Combatentes da Grande Guerra, no Largo dos Capuchinhos, na Avenida Alcaides de Faria, na Rua de Valpaços e na Avenida Dr. Sidónio Pais.

Para além dos apoios institucionais já referidos, esta prova tem também o apoio da Federação Portuguesa de Ciclismo, AFF Eletrodomésticos, ONDA, ORBEA, Arrecadações da Quintã, CISION, RAIZ CARISMA – Soluções de Publicidade, POPP DESIGN e CONTROLSAFE.

Hélder Gonçalves, da ACR Roriz, termina Campeonato da Europa como melhor português

Julho 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Decorreu, no passado domingo, no exigente circuito de Brno – República Checa, o Campeonato da Europa de Ciclismo, na categoria júnior.



Entre os escolhidos pelo selecionador nacional José Poeira estiveram Hélder Gonçalves e João Carvalho, atletas da equipa júnior da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, que defenderam as cores do nosso país, mas terminaram com sortes distintas.

Hélder Gonçalves foi mesmo o melhor português em prova, terminando na 30ª posição. Já João Carvalho, que foi vítima de alguns problemas técnicos, foi obrigado a abandonar a exigente tirada de 118 km.

A competição foi vencida pelo belga Remco Evenepoel, que dominou a corrida desde a volta inicial.

Foto: ACRR.

Francisco Cardoso, do Centro Ciclista de Barcelos, é 3º (Iniciados) no Encontro Nacional de Escolas 2018

Julho 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O concelho de Almeirim acolheu, durante este fim de semana e pelo quinto ano consecutivo, a grande festa do ciclismo de formação português, o “Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo”.



Foram mais de 650 ciclistas de todo o país, acompanhados pelos responsáveis pelas escolas e por muitos pais.

Durante dois dias, sábado e domingo, Almeirim assistiu ao empenho dos jovens ciclistas, entre 5 e 14 anos, em corridas e provas de destreza, de estrada (linha e contrarrelógio) e de BTT. De salientar que a competição de estrada subdividiu-se em 3 provas: linha, destreza e contrarrelógio, com as classificações finais a refletirem o somatório das provas. Os Pupilos/Benjamins apenas participaram em destreza; os Iniciados e Infantis em destreza e linha; e os Juvenis em contrarrelógio e linha.

Quem também marcou presença foi o CENTRO CICLISTA DE BARCELOS | AFF | ORBEA | ONDA, com o destaque a ir para Francisco Cardoso, que conquistou um grande 3º lugar no escalão de Iniciados.

Também da equipa barcelense, em Pupilos/Benjamins, Rodrigo Assunção foi 20º e André Oliveira 25º, em masculinos. Em Infantis, Hugo Leite foi 33º. Por fim, em Juvenis, Rodrigo Neves foi 30º e Leonardo Neves foi 36.

Coletivamente, a equipa barcelense conquistou o  8º lugar.

Fotos: DR.

Escolinhas da ACR Roriz conquistam 2º lugar no Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo

Julho 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Decorreu em Almeirim, durante o passado fim de semana, o Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo, nas vertentes de Estrada e BTT, e que contou com mais de 650 participantes de todo país.



Os atletas participaram em provas de estrada, contrarrelógio e destreza.

Mas mais do que uma competição, o Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo foi uma jornada de festa, cor, alegria, aprendizagem e convívio entre todos os participantes.

A barcelense ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT participou com 20 atletas, em todos escalões etários, tendo conquistado um brilhante 2º lugar na classificação geral entre as 33 Escolas de Ciclismo que participaram na vertente de Estrada.

De salientar que a competição de estrada subdividiu-se em 3 provas: linha, destreza e contrarrelógio, com as classificações finais a refletirem o somatório das provas. Os Pupilos/Benjamins apenas participaram em destreza; os Iniciados e Infantis em destreza e linha; e os Juvenis em contrarrelógio e linha.

Individualmente, em Pupilos/Benjamins, Rui Lopes foi 3º, Rodrigo Quintas 17º e Martim Fernandes 29º. Em Femininos, Matilde Fernandes foi 6ª classificada.

Nos Iniciados, Leandro Martins foi 4º, Dinis Carreiras 15º, Gustavo Fernandes 22º e Rodrigo Fernandes 33º.

Já Adelaide Palmeira foi 5ª classificada em Iniciados Femininos.

Em Infantis, Dinis Saleiro foi 2º, Paulo Fernandes 5º, Diogo Miranda 15º, Rodrigo Rodrigues 19º e Gonçalo Rodrigues 26º.

Nos Juvenis, João Martins foi 5º, Gabriel Baptista 18º, Diogo Carreiras 26º, Guilherme Rodrigues 38º, Guilherme Vilas Boas 61º e Henrique Lopes 70º.

Fotos: DR.

Hélder Gonçalves e João Carvalho, da ACR Roriz, representam Portugal no Campeonato da Europa

Julho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Hélder Gonçalves e João Carvalho, juniores da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT estão entre os eleitos do selecionador nacional de estrada, José Poeira, para competir, no próximo domingo, no Campeonato da Europa de Ciclismo de Europa, que vai decorrer em Brno-Zlin, na República Checa.



Nesta prova, a Equipa Portugal será representada pelas equipas de Sub-23 (140,4km) e de Juniores (118,8km), que competirão com os melhores atletas europeus dos seus escalões.

Como referido, os dois jovens ciclistas da equipa rorizense integram a equipa júnior, conjuntamente, com António Ferreira, Pedro Andrade, Guilherme Mota e Rúben Simão.

Já os Sub-23 serão constituídos por André Carvalho, Daniel Viegas, Hugo Nunes, Jorge Magalhães, João Almeida e Marcelo Salvador.

Foto: DR.

Ciclista barcelense Raquel Marques é campeã nacional de fundo e vice de contrarrelógio

Julho 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Num espaço de dois fins de semana, a ciclista barcelense Raquel Marques competiu em duas provas de campeonato nacional, em duas localizações diferentes e com grandes resultados alcançados.



Assim, em Belmonte, no dia 23 de junho, a atleta de Galegos Santa Maria, que representa a equipa ASC | FOCUS TEAM – VILA DO CONDE, conquistou o título nacional de fundo, em Master 30, ao percorrer os 64,2km em 1h59m03s. Atrás de si, fechando o pódio, ficaram Nádia Mendes e Inês Trancoso.

Sensivelmente uma semana depois, a 30 de junho, mas em Póvoa e Meadas – Castelo de Vide, Raquel Marques conquistou a medalha de prata, sagrando-se vice-campeã nacional de contrarrelógio, em Master 30. Desta feita, Inês Trancoso ficou adiante, conquistando o título, tendo Rita Reis fechado o pódio. A atleta barcelense completou a prova em 18m06s.

Fotos: DR.

 

Barcelense Domingos Gonçalves atinge topo do ranking nacional de ciclismo

Julho 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O ciclista barcelense Domingos Gonçalves, da RÁDIO POPULAR-BOAVISTA, atual campeão nacional de fundo e de contrarrelógio, alcançou esta semana o topo do ranking da Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais (APCP).



No final de maio, o ciclista com formação na ACR Roriz, estava em 3º, subindo duas posições graças aos desempenhos nos campeonatos nacionais. Domingos Gonçalves lidera o ranking com 597 pontos, seguido de Joni Brandão (SPORTING-TAVIRA) e de Luís Mendonça (AVILUDO-LOULETANO-ULI). Já Daniel Mestre (EFAPEL), o anterior líder, caiu para a 4ª posição.

Prestes a entrar-se para os dois meses decisivos para a definição do ranking APCP de 2018, aquilo que se nota é um equilíbrio entre ciclistas e equipas. O top-10 individual tem representadas seis equipas portuguesas e uma do WorldTour.

Ranking APCP – junho 2018

1.º Domingos Gonçalves (RÁDIO POPULAR-BOAVISTA), 597 pontos;

2.º Joni Brandão (SPORTING-TAVIRA), 452;

3.º Luís Mendonça (AVILUDO-LOULETANO-ULI), 444;

4.º Daniel Mestre (EFAPEL), 355;

5.º César Fonte (W52-FC PORTO), 311;

6.º Edgar Pinto (VITO-FEIRENSE-BLACKJACK), 239;

7.º Óscar Hernández (AVILUDO-LOULETANO-ULI), 235;

8.º Tiago Machado (TEAM KATUSHA ALPECIN), 210;

9.º Gustavo Veloso (W52-FC PORTO), 193;

10.º Frederico Figueiredo (SPORTING-TAVIRA), 187.

Domingos Gonçalves conquista medalha de prata nos Jogos do Mediterrâneo

Estando a passar por um momento de forma excelente, Domingos Gonçalves não se cansa de competir e, principalmente, de amealhar conquistas.

Depois de conquistar os títulos de campeão nacional de fundo e de contrarrelógio, o ciclista barcelense deslocou-se a Tarragona (Espanha), para competir na prova de contrarrelógio dos Jogos do Mediterrâneo.

Assim, no dia 30 de junho, Domingos Gonçalves conquistou a medalha de prata nessa prova, percorrendo os 25km em 30m37s, tendo sido apenas batido pelo italiano Edoardo Affini. Atrás de si, a fechar o pódio, ficou o esloveno Izidor Penko.

Fotos: DR/UVP-FPC.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima