Tag archive

Festival de Teatro de Barcelos

Festival de Teatro de Barcelos: Teatro Experimental de Feitos leva a cena “O Genro Doutor” no Teatro Gil Vicente

Novembro 17, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 19 de novembro, domingo, pelas 16h00, no Teatro Gil Vicente, o Teatro Experimental de Feitos leva a cena a peça “O Genro Doutor”, no âmbito do XXX Festival de Teatro de Barcelos, organizado por A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e pelo Município de Barcelos.



A peça retrata a vida de Ofélia, que só pensa em casar as filhas. Francisco só pensa em ser promovido. Quando surge a oportunidade de satisfazer os desejos dos dois de uma só vez, metem logo as mãos ao trabalho!

Com texto de Lígia Sá e encenação de José Pimentel, conta no elenco com Ana Sofia Quinta (Ofélia), Miguel Pereira (Francisco), Andreia Batista (Quinhas), Vera Sá (Dorinha), Eduarda Vale (Elisa), Anabela Vale (Regina), Rodrigo Alves (Valdemar), Inês Vilas Boas (Neta) e Catarina Quinta (Mariete). Conta, ainda, com a colaboração de Rui Pereira, Rui Miguel Miranda e Carlos Araújo.

A entrada é gratuita mas limitada à lotação da sala. Pode-se efetuar reservas na bilheteira do Teatro, através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt ou do telefone 253 809 694.

Fonte e fotos: AC-CTB.

Festival de Teatro de Barcelos: Teatro Fuori Rotta (Itália) apresenta “Pequenos Crimes Conjugais”

Novembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito do XXX Festival de Teatro de Barcelos, a companhia de teatro italiana Teatro Fuori Rotta leva a cena a sua peça “Pequenos Crimes Conjugais” no próximo dia 18 de novembro (sábado), no Teatro Gil Vicente, pelas 21h30. O Festival de Teatro é uma organização conjunta de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e do Município de Barcelos.



Esta é uma peça, falada em italiano, para maiores de 12 anos, que se desenrola ritmo acelerado, grande comicidade e humorismo sem igual graças à escrita de um dos autores contemporâneos mais representados. Uma brilhante comédia negra com um suspense surpreendente mas também uma sábia reflexão sobre a mãe de todas as guerras: aquela dentro de um casal.

Gilles é vítima de um misterioso acidente. Volta a casa, do hospital, com a mulher, Lisa. Perdeu a memória. É a partir do que ela lhe conta que Gilles tenta reconstruir a sua própria vida. E se Lisa mentisse? Ele é mesmo assim como ela o descreve? E ela é mesmo sua mulher? Através do diálogo cerrado e dos contínuos estímulos descobre-se uma verdade inesperada. O espectador encontra-se continuamente deslocado. Em quem devemos acreditar?

Um espetáculo onde o espectador se identificará com os protagonistas, de início a fim, mas sentindo-se na pele, quer de um, quer da outra.

Com a duração de sensivelmente 1h30, esta peça é de autoria de Eric Emmanuel Schmitt, traduzida por Sergio Fantoni e encenada por Gioele Peccenini.

Já o Teatro Fuori Rotta foi fundado em 2004 em Pádua (Itália). Trabalha a produção e encenação de espetáculos teatrais. Ocupa-se de teatro em prosa e teatro infantil. Idealizou e organizou os encontros “Primavera Teatrale” e “Autunno Teatrale“. Organiza cursos de dicção, recitação, laboratórios teatrais para a escola e terapia teatral.

Em outubro de 2015, inaugurou o Corde Palco, sede artística e operativa da associação e dedicada ao teatro, à música, à dança e à formação. Desde janeiro de 2016 tem a seu cargo a direção artística e a gestão do Teatro ai Colli di Padova.

A entrada é gratuita mas limitada à lotação da sala. Pode-se fazer reservas na bilheteira do Teatro, através do e-mail tgv@cm-barcelos ou do telefone 253 809 694.

Fonte: AC-CTB.

Fotos: DR.

Peça de Teatro “A Rainha da Beleza de Leenane” amanhã no Teatro Gil Vicente

Outubro 27, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Amanhã, dia 28 de outubro, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente, vai a cena a peça de teatro “A Rainha da Beleza de Leenane”, no âmbito do Festival de Teatro de Barcelos, organizado pelo A Capoeira. O grupo responsável é a Taller de Teatro de Pinto, de Madrid (Espanha).

A Taller Teatro de Pinto (Madrid – Espanha) é um grupo que nasceu nos anos oitenta e já conta com mais de quarenta produções. Seguem com o objetivo de fazer realidade o sonho da arte nas suas vidas e nas dos que os rodeiam. Tem o “sonho de inventar e compartilhar mundos e outras realidades possíveis, o sonho de difundir o Teatro com a convicção plena de que esta é a arte da união e da expressão dos sentimentos comuns”.

A peça La Reina de la Belleza de Leenane (A Rainha da Beleza de Leenane) tem como autor o irlandês Martin McDonagh, e faz-nos um retrato da Irlanda rural dos anos 80 através da história de Maureen, uma camponesa rude que vive em casa de sua mãe, Mag, uma idosa de carácter complicado e manipulador. Quando Pato Dooley reaparece na vida de Maureen, vinte anos depois da última palavra, com atrativas propostas de mudança para ela, a tenção aumenta entre mãe e filha. Uma não quer ficar sozinha nas montanhas de Connemara, a outra deseja voar daquela prisão a todo o custo. A complicar a situação estão Ray Dooley, irmão de Pato. Um jovem inquieto, muito crítico com Mag e Maureen.

Os atores são Tina Rojas (Mag Folan), Belén Díaz (Maureen Folan), Manu Madrid (Ray Dooley) e José Luís Olmedo (Pato Dooley). O desenho de cenografia está a cargo de Ricardo Rando Blázquez, que também é responsável, a par de José Luís Arenas, pela realização de cenografia. O desenho de vestuário e caracterização cabe a Laura Eliseva Gómez Irigoyen. A Fotografia a Dani Gallego, o movimento e luta cénica a Iago García Pérez, o desenho gráfico cabe à Taller Teatro de Pinto, a iluminação a Carlos Gómez, Zaida Domínguez, Manuel Suárez e Jesús Larraondo, o som a José Luís Arenas, a produção é da Taller Teatro de Pinto e a Direção Artística é da competência de  José Luís Molinero Montalvo.

A entrada é gratuita mas limitada à lotação da sala. As reservas podem ser efetuadas na bilheteira do Teatro Gil Vicente, através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt ou do telefone 253 809 694.

Fonte e fotos: A CAPOEIRA.

Teatro, dança e música num mês de outubro repleto de atividades no Teatro Gil Vicente

Setembro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Neste mês de outubro, que se aproxima, o teatro é o rei do Gil Vicente, com a 30ª edição do Festival de Teatro de Barcelos, mas ainda há lugar para a música, dança e as habituais sessões de cinema.



A Associação ZOOM apresenta duas sessões de cinema no dia 5, com “Fire walk with me – David Lynch”, e no dia 12 “Paterson– – Jim Jarmusch . As sessões de cinema têm início às 21h30 e têm entrada paga.

No dia 18, às 21h00, o Teatro Gil Vicente recebe o espetáculo “Folk Sessions Barcelos”, da Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas Tradicionais, que tem como objetivo a promoção e divulgação de artes e culturas tradicionais originárias de todo o Mundo.

A música marca presença, no dia 26 e 27, com “Dear Telephone”, na apresentação do álbum “Cut”.

A programação do Teatro do mês de outubro inclui, ainda, os espetáculos do Festival de Teatro de Barcelos, no dia 7, “3 Yoricks”, pela Loucomotiva – Grupo de Teatro de Taveiro; no dia 8, “As Guerras de Alecrim e Manjerona”, pela Nova Comédia Bracarense; no dia 14, “Opus”, pela Ajidanha; no dia 15, “Lagartito Poeta e Maria Lagarto”, pela Associação Amigos do Pato; no dia 19, “Dona Conceição”, pela Associação Juvenil de Rabo de Peixe; no dia 20, “A Casa de Bernarda Alba”, pela Associação D’Improviso – Artes do Espetáculo; no dia 21, “A ver as Estrelas”, pelos Gambuzinos com 1 pé de fora; no dia 22, “ A Revolta dos Micróbios”, pela Oficina de Teatro AVAI; e, no dia 28, “A Rainha da Beleza de Leenane”, pela Taller Teatro de Pinto (Madrid-Espanha).

Os espetáculos de teatro decorrem às sextas-feiras e sábados, às 21h30, e aos domingos, às 16h00, e têm entrada gratuita, limitada à lotação da sala.



Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

30º Festival de Teatro de Barcelos leva 14 peças ao palco do Teatro Gil Vicente

Setembro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 7 de outubro a 26 de novembro, 14 espetáculos teatrais passarão pelo palco do Teatro Gil Vicente. Numa organização de A CAPOEIRA – Companhia de Teatro de Barcelos, com o apoio do Município de Barcelos e do Teatro Gil Vicente, o Festival contará com um grupo Italiano de Pádua, um grupo Espanhol de Madrid, 8 grupos do concelho de Barcelos e 4 grupos de Braga, Alcobaça, Idanha-a-Nova e Coimbra.



De acordo com a organização, “a programação do 30º Festival de Teatro de Barcelos foi pensada de forma a trazer a Barcelos diferentes linguagens artísticas e culturais”.

Assim, a 7 de outubro, pelas 21h30, teremos “3 Yoricks”, pelo Loucomotiva – Grupo de Teatro de Taveiro. No dia seguinte, pelas 16h00, “As Guerras de Alecrim e Manjerona”, pela Nova Comédia Bracarense. A 14 de outubro, pelas 21h30, “Opus”, pela AJIDANHA – Associação de Juventude de Idanha-a-Nova. No dia seguinte, pelas 16h00, “Lagartito Poeta e Maria Lagarto”, pelos Amigos do Pato. Depois, no dia 20 de outubro, pelas 21h30, “A Casa de Bernarda Alba”, pela Associação D’Improviso – Artes de Espetáculo. Dia 21, pelas 21h30, “A Ver as Estrelas”, pelos Gambuzinos com 1 Pé de Fora. No dia seguinte, pelas 16h00, “A Revolta dos Micróbios”, pela Oficina de Teatro AVAI. Outubro termina com “A Rainha da Beleza de Leenane”, dia 28, pelas 21h30, representada pelo Taller Teatro de Pinto, de Madrid (Espanha), numa peça falada em espanhol.

Na programação de novembro, no dia 4, pelas 21h30, “As Férias do Algarve”, pelos Pioneiros da Ucha. No dia seguinte, pelas 16h00, “A Influência de Tanato”, pela Só Podia Teatrices e Companhia. A 12 de novembro, pelas 16h00, “República das Mulheres”, pelo TPC – Teatro Popular de Carapeços. Sábado, 18 de novembro, pelas 21h30, vai a palco “Pequenos Crimes Conjugais”, pelo Teatro Fuori Rotta, de Pádua (Itália), numa peça falada em italiano. No dia seguinte, pelas 16h00, “O Genro do Doutor”, pelo Teatro Experimental de Feitos. Para terminar o Festival, no dia 26 de novembro, sobe a palco a companha organizadora – A CAPOEIRA –, com a sua peça “Menina Júlia”.

Todas as peças teatrais são de entrada gratuita e os bilhetes poderão ser reservados na bilheteira do Teatro Gil Vicente; ou através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt; ou pelo telefone 253 809 694.

Fonte e imagem: AC-CTB.

Ir Para Cima