Tag archive

Figurado Barcelense

Está aberta a votação para as “7 Maravilhas da Cultura Popular”

Junho 29, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A organização das “7 maravilhas de Portugal”, e a RTP, abriu votações telefónicas para apurar os finalistas das “7 Maravilhas da Cultura Popular”.



O Município de Barcelos “está na linha da frente deste concurso, promovendo o património material e imaterial, apresentando três nomeações entre as sete finalistas do distrito de Braga:  o Figurado (na categoria Artesanato), a Banda Plástica (na categoria Músicas e Danças) e com a Lenda do Galo (Lendas e Mitos)”, refere em nota.

Estas três nomeações foram selecionadas para a fase final do distrito de Braga e vão agora ser sujeitas à votação do público: Banda Plástica (760207820); Figurado de Barcelos (760207822); Lenda do Galo de Barcelos (760207826). O custo da chamada é de 0,60€ + IVA.

O programa começou com 504 candidaturas, avaliadas por um painel de especialistas composto por sete elementos de cada um dos 18 distritos de Portugal continental e das regiões autónomas. Posteriormente, passaram pelo escrutínio de um júri de especialistas que reduziram para 140 finalistas regionais, onde Barcelos concorre com três nomeações.

Em cada programa na RTP, num total de 20 a realizar nos meses de julho e agosto, será apurado um pré-finalista que passa às semifinais.

Na fase seguinte, haverá um programa de repescagem, no qual os 20 segundos classificados das eliminatórias distritais/regionais serão submetidos a uma nova votação, com o objetivo de eleger os oito patrimónios mais votados.

Estes irão juntar-se aos outros 20 pré-finalistas já apurados.

Os 28 pré-finalistas vão ser divididos por sorteio pelas duas semifinais e em cada uma delas vão ser apurados as sete candidaturas que tenham mais votos contabilizados.

Na gala final, que decorrerá no dia 5 de setembro, vão ser eleitas as “7 Maravilhas da Cultura Popular”.

O concurso “7 Maravilhas de Popular” tem por objetivo a valorização e reconhecimento daquilo que carateriza o país e assenta, nesta edição, no património cultural material e imaterial das várias regiões e localidades do país, contribuindo para a diferenciação e promoção territorial.

Fonte e imagem: CMB.


Barcelos finalista em três categorias às 7 Maravilhas da Cultura Popular

Junho 8, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Barcelos é finalista regional do concurso “7 Maravilhas da Cultura Popular”, que visa evidenciar o património cultural material e imaterial de Portugal, com três nomeações entre as sete finalistas do distrito de Braga.



O Figurado, na categoria Artesanato, a Banda Plástica na categoria Músicas e Danças, e a Lenda do Galo, nas de Lendas e Mitos, foram escolhidos pelo painel de especialistas do concurso para figurar entre os 140 finalistas regionais da edição 2020 das 7 Maravilhas, dedicada à Cultura Popular.

Esses 140 finalistas, apresentados no dia 7 num programa televisivo transmitido em direto na RTP1, resultam de uma seleção entre 504 candidaturas avaliadas por um painel de especialistas composto por sete elementos de cada um dos 18 distritos de Portugal Continental e das regiões autónomas.

Para cada uma das regiões foram escolhidos sete patrimónios que vão ser apresentados para votação pelo público em vinte programas transmitidos em direto pela RTP1 a partir de 6 de julho.

O concurso “7 Maravilhas da Cultura Popular” tem como objetivo a valorização e reconhecimento daquilo que carateriza o país e assenta, nesta edição, no património cultural material e imaterial das várias regiões e localidades do país, contribuindo para a diferenciação e promoção territorial.

De notar que o concelho de Barcelos é um território com uma identidade cultural e etnológica muito forte decorrente da variedade de artes e ofícios.

Fonte e imagem: CMB.

“O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção do Espanhol” no Museu de Olaria

Fevereiro 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Museu recebe em 2020 exposição inédita da barrista barcelense

Abre ao público, no próximo sábado, dia 15 de fevereiro, às 17h00, na Sala de Exposições Temporárias do Museu de Olaria, em Barcelos, a exposição “O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção do Espanhol”, que reúne peças do colecionador Juan Yebra-Pimentel Rodríguez, um galego que, durante mais de uma década, recolheu figuras produzidas pela prestigiada barrista barcelense.



Juan Yebra-Pimentel Rodríguez, jurista e também escultor, natural de Lugo, na região da Galiza, ainda estudante, em meados da década de sessenta, teve contacto com as peças produzidas pela artesã Rosa Ramalho na casa de um amigo seu e tendo ficado rendido à beleza das mesmas começou por comprar alguns exemplares numa loja em Vigo, no Posto de Turismo de Barcelos e numa loja em Valença do Minho. Tendo decidido conhecer a barrista de perto, rumou a Galegos S. Martinho e passou a ser uma visita assídua na casa da mesma, acabando por travar uma grande amizade com a artesã.

Entre 1968 e 1977, Juan Rodríguez teve a oportunidade de privar com a artesã, à qual carinhosamente chamava “Rosinha” e começou a solicitar-lhe a produção de peças por ele desenhadas. “Fui conhecê-la e fiz-me amigo dela.  A figura dela já era bastante falada, porque, quando eu lhe fiz os desenhos dos pecados capitais, em Madrid, anunciavam-nos nos periódicos: o El País e o ABC diziam: venderam-se a vinte e oito mil pesetas, o que naquela época devia ser o equivalente catorze contos.”

Nesta exposição, podem ser vistas cento e dezasseis peças, de um conjunto de mais de quatrocentas por ele colecionadas, produzidas por Rosa Ramalho. De entre os trabalhos expostos, constam também as vinte e sete peças da última fase da vida da barrista barcelense. É uma coleção particular, um tesouro que agora é dado a conhecer a todos.

Rosa Ramalho, artesã barcelense, natural de Galegos S. Martinho, contribuiu de forma indelével para a construção da identidade da olaria local e nacional e, subsequentemente, fixou-se no imaginário e na memória coletiva do povo português.

Esta exposição estará patente até 20 de janeiro de 2021 e poderá ser visitada de terça a sexta, das 10h00 às 17h30, e aos sábados e domingos, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Fonte e imagem: CMB.

Festival do Figurado e do Brinquedo Ótico ou preparar os artesãos barcelenses para as necessidades atuais e futuras de mercado?

Janeiro 28, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O artigo que se segue é da minha inteira responsabilidade e foi por mim proposto para divulgação no presente jornal.



Sou proponente do projeto em título, no âmbito do Orçamento Participativo de Barcelos. Como é público, para votar neste orçamento é preciso inscrição até 31 de janeiro, decorrendo a votação entre 7 e 21 de fevereiro. O Orçamento Participativo de Barcelos, como mecanismo de democracia, pretende que os barcelenses tenham um papel ativo nas decisões sobre o município. Como acreditamos que compete a todos os barcelenses participarem na dinamização do nosso rico artesanato, só votando no projeto que subscrevo, poderá viabilizar e disponibilizar novos e melhores recursos aos artesãos e artesãs de Barcelos.

Este setor é considerado, quando aliado ao potencial económico e à criação de emprego, um significativo impulsionador em termos sociais, culturais, patrimoniais e turísticos. O artesanato contribui para a preservação dos saberes e da cultura, uma vez que estes passam de geração em geração. Desta forma, este possui algumas lacunas, quer ao nível da formação técnica dos nossos artesãos, quer no modelo de comercialização tradicional do artesanato.

Se, por um lado, o artesanato é tido como algo transversal a diversos setores económicos e composto por multiatividades, dividido em subgrupos com afinidades técnicas e materiais, nomeadamente, cerâmica, vidro, madeira e etc.; por outro, mantém-se nos moldes de comercialização tradicionais através da venda direta em ateliers, feiras e mercados. Defende-se uma aposta, não na redução de preços, através de produções mecanizadas, mas na diferenciação da qualidade, na apresentação das obras, nomeadamente no storytelling, no packaging e na disponibilidade imediata ao cliente final. No sentido lógico, quanto mais diversa for a visibilidade, maior a oportunidade de negócio. Ou seja, o projeto pretende facultar aos artesãos um sentido mais crítico, consoante as necessidades do mercado atual e tecnológico, sem perderem toda a característica estética e metodologias de produção artesanal inerente às suas obras.

Propõe-se, através de um Festival de Artesanato e Figurado de Barcelos, que será único no país, cuja estrutura assenta no desenvolvimento e no exercício metodológico, prático e criativo com o objetivo de formar e preparar os artesãos barcelenses para as necessidades atuais e futuras de mercado, nomeadamente do marketing, do design, da gestão e das novas tecnologias de informação e comunicação. Isto é, não se pretende alterar a manualidade característica da produção artesanal, para uma consequente redução de custos. O projeto pretende a valorização da marca “Artesanato de Barcelos” através da diferenciação de mercado. A nacionalização e internacionalização do artesanato de Barcelos só é possível através de um storytelling que represente todos os artesãos e dignifique todo o repertório e essência do artesanato barcelense.

Este projeto é também uma proposta cultural, alicerçada no âmbito de Barcelos Cidade Criativa da UNESCO e tem ainda como objetivo, incrementar criatividade e qualidade na agenda sociocultural do concelho de Barcelos, que vá de encontro com os interesses da população.

O Festival do Figurado e do Brinquedo Ótico é um projeto sujeito a votação no Orçamento Participativo do Município de Barcelos in: www.participe.cm-barcelos.pt/projetos/opb-ref-51-2019/.

Quer apoiar esta ideia?

Inscreva-se até 31 de janeiro in: www.participe.cm-barcelos.pt/inscricao-no-op-barcelos/

Cada inscrição tem direito a um voto e a mesma será exclusivamente online de 7 a 21 de fevereiro in: www.participe.cm-barcelos.pt/.

Selecione o OPB Ref. 51/2019.

Festival do Figurado e do Brinquedo Ótico

www.facebook.com/Festival-do-Figurado-e-do-Brinquedo-%C3%93tico-Barcelos/ .

Por: Mário Filipe Araújo*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Caminhada Solidária percorre roteiro do Figurado de Barcelos

Outubro 31, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Iniciativa em prol da Liga Portuguesa Contra o Cancro

No passado domingo, dia 27 de outubro, realizou-se uma Caminhada Solidária cujas receitas reverteram a favor da Delegação de Barcelos da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Nesta edição, os caminheiros percorreram o “Roteiro do Mundo Maravilhoso do Figurado de Barcelos”, com visita guiada pelo Posto de Turismo de Barcelos.



Esta Caminhada Solidária foi uma iniciativa da Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos, da Associação de Pais da Escola de Pontes (Tamel S. Veríssimo) e da Liga Portuguesa Contra o Cancro – Delegação de Barcelos. 

A iniciativa permitiu angariar 674,96€, que foram entregues, na sua totalidade, à referida Delegação.

A organização, em nota, deixou “um agradecimento especial aos mais de 150 participantes, ao Turismo de Barcelos (nas pessoas do Dr. Nuno Rodrigues e Dr.ª Sandra Igreja), ao Green Pilates e à Eticol, ao apoio da Pastelaria Regresso, Galliano e Padaria Velha e aos meios de comunicação social que divulgaram a iniciativa”.

Fotos: ACB.

Exposição coletiva de artesanato na Torre Medieval

Outubro 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A Torre Medieval recebe sexta-feira, 26 de outubro, pelas 17h00, a exposição coletiva de Artesanato “Bestas, Diabos e Figuras Fantasmagóricas do Artesanato de Barcelos”.



Esta é uma exposição que abarca todas as artes e ofícios locais, mas com uma maior representatividade do figurado de Barcelos, e pretende retratar peças fantásticas fruto da imaginação e criatividade os artesãos acerca do sobrenatural.

Apesar de uma maior representatividade na produção de figurado, pretende-se alargar esta exposição a todas as produções artesanais locais, desde os ofícios mais tradicionais às artes contemporâneas, de forma a incentivar e desafiar todos os artesãos à criatividade e inovação, sem prejuízo da tradição e da identidade local.

Num território em que impera a criatividade nos mais variados domínios artísticos, a integração de Barcelos na Rede Mundial das Cidades Criativas da UNESCO é considerada como uma consequência positiva dessa mesma criatividade. Assim, artesãos e entidades locais assumem uma maior responsabilidade quanto à continuidade de um processo criativo dinâmico e multifacetado, pelo que o objetivo da presente exposição é potenciar novos desafios criativos a todos os atores da comunidade criativa.

A exposição pode ser vista até 25 de novembro de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, e ao sábado, domingos e feriados, das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30.

Fonte e imagem: CMB.

Exposição ”Telmo Macedo, a irreverência da criatividade” na Torre Medieval

Setembro 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

”Telmo Macedo, a irreverência da criatividade” é o nome da exposição que estará patente entre hoje e 21 de outubro, na Torre Medieval.



Telmo Macedo é o mais jovem artesão de figurado certificado da grande família de artesãos de Barcelos. Os traços das suas peças são definidos como os de uma vivência descontraída e irreverente, bem como de uma certa cultura mediática contemporânea.

A peça que melhor o identifica é, sem dúvida, o galo de crista eriçada e longas pernas de ferro, a sua imagem de marca. Ainda assim, a peça que mais gosta de fazer é aquela que faz “pela primeira vez”, onde pode libertar toda a sua imaginação e criatividade.

Outras referências e figuras convencionais fazem parte do seu portefólio, tais como os minhotos e o Santo António, mas também há lugar para alguma irreverência e boémia, como é o caso do galo surfista, do DJ ou do jogador de bilhar.

A imaginação e a criatividade brilham em cada exposição, em cada certame, ou em cada montra onde se observa, não só, o trabalho, mas principalmente, a alma, as crenças e as paixões do povo português que Telmo Macedo sabe expressar.

Telmo Rodrigo Lima Macedo nasceu em Barcelos, numa terra e numa família de oleiros, a 25 de outubro de 1992.

Os seus avós, para além de outras peças icónicas, são autores das típicas peças das cascatas sanjoaninas, bem como dos músicos das bandas tradicionais. Esta ligação à temática das cascatas de São João foi a rampa de lançamento do jovem Telmo no mundo criativo do artesanato barcelense.

Fonte e imagem: CMB.

RUNFUN Figurado 2018 realiza-se a 4 de agosto

Julho 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Já falta pouco para acontecer mais uma edição do RUNFUN Figurado, que se realiza a 4 de agosto, em Barcelos, com início marcado para as 17h30.



De acordo com a organização, a cargo da Barcelos Saudável e do Município de Barcelos, “a rota do figurado barcelense volta a ser mote para a prova que conjuga exercício, tradição e cultura, num percurso que dá a conhecer as figuras do maravilhoso mundo do figurado e desafia os participantes a conjugar a corrida/caminhada com vários exercícios funcionais”.

A participação é gratuita, podendo ser realizada em equipas de dois elementos que, nesta edição, podem optar por uma de duas distâncias: a RUNFUN, com 7 km e passagem em 16 estações, ou a MINI RUNFUN, a novidade deste ano, com 4 km e 12 estações. Para as crianças até aos 13 anos, há a prova infantil, a RUNFUN KIDS.

A iniciativa tem partida e chegada na zona ribeirinha, nos courts de ténis do complexo das piscinas municipais de Barcelos.

As inscrições devem ser realizadas até ao dia 2 de agosto, através do formulário online (basta clicar no link para aceder automaticamente) https://goo.gl/forms/qPPjCPlClooXWSQG3 ou presencialmente no Gabinete de Apoio ao Utente de Atividade Física (gabinete 2 do Pavilhão Municipal de Barcelos).

No próprio dia, as inscrições poderão ser feitas no secretariado do evento, pelas 17h00, estando sujeitas às vagas existentes.

Para mais informações, pode consultar os dados da imagem de destaque.

Torre Medieval recebe o Figurado pelas mãos de Conceição Sapateiro

Março 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

De 17 de março e 22 de abril a Torre Medieval recebe a exposição “Conceição Sapateiro – Uma Vida de Barro”. Organizada pela Câmara Municipal de Barcelos, a exposição retrata o percurso de uma vida dedicada à modelação do barro.



Esta exposição é mais um momento de homenagem e de comemoração da riqueza do figurado de Barcelos, produção certificada que, dia após dia, se assume como produto cultural de excelência e, atualmente, uma referência a nível mundial no âmbito da criatividade, com a atribuição a Barcelos da distinção de Cidade Criativa da UNESCO.

Maria da Conceição Alves Fernandes nasceu a 2 de março de 1952, em Galegos Santa Maria. Tornou-se conhecida como Conceição “Sapateiro” numa homenagem ao seu pai. É filha de Maria de Lurdes Alves Macedo – barrista conhecida por “Lurdes Vigo” – e de Joaquim Araújo Fernandes, sapateiro. Cresceu numa família de artesãos e, desde muito cedo, iniciou-se nas artes do barro.

As suas peças caracterizam-se pela ampla difusão de cores, com uma clara opção pelos tons garridos, pelas formas volumosas e extravagantes e pelo vidrado que lhes confere um esplendor singular. Destacam-se as peças ligadas à vida quotidiana na região, com especial ênfase para a mulher e para o traje regional, os temas de cariz religioso e festivo, como os santos, presépios, Cristos, paixão e Páscoa, o Galo de Barcelos, entre muitas outras figuras.

A exposição pode ser vista, todos os dias, das  9h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00. A entrada é livre.

Fotos: CMB.

Exposição “Uma Geração de Baraças ligada pelo Barro” no Museu de Olaria

Janeiro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Abre ao público no próximo dia 03 de fevereiro a a próxima exposição temporária dedicada às famílias que produziram e produzem Figurado em Barcelos.



A geração Baraça tem início com Ana Lopes Gonçalves Valada, conhecida como Ana Baraça, cuja vida e obra foi reconhecida publicamente pelo Estado Português, a 8 de março de 1985, sendo condecorada pelo Presidente da República com o grau de Oficial da Ordem do Infante Dom Henrique.

A arte de trabalhar ao barro passou-a ao filho Fernando e à filha Rosalina. A mestria continua com os netos, primeiro Carlos, hoje com Vítor e Moisés. Dos temas tradicionais, com especial incidência no mundo rural, na religião e na festa, surgem hoje novas abordagens.

Uma geração de Baraças ligada pelo barro, com mais de uma centena de peças,  pode ser visitada no Museu de Olaria até 31 de dezembro de 2018.

Fonte e imagem: AB.

Ir Para Cima