Tag archive

Firmino Silva

António Júlio Trigueiros apresenta III volume de “Apontamentos para a História de Barcelos”

Junho 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 8 de junho, o Auditório da Misericórdia de Barcelos recebeu a apresentação do III volume do livro “Apontamentos para a História de Barcelos”, de António Almeida Ferraz, conceituado médico barcelense e ilustre provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos entre 1877 e 1878.



A apresentação esteve a cargo do Pe. António Júlio Trigueiros, que frisou que “A grande mais-valia deste volume está na transcrição de manuscritos medievais que pertenciam ao arquivo do Solar dos Pinheiros e da Casa dos Azevedos, onde aparecem algumas cartas inéditas de S. Nuno de Santa Maria, no qual se apresentam algumas novidades”.

O evento contou, para além do referido Padre, com a presença do Provedor Firmino Silva, da Presidente da Assembleia Geral da SCMB, Manuela Dantas, e da Vereadora da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, perante uma vasta plateia, na qual se encontravam também os descendentes do autor.

Ao longo de mais de trezentas páginas são apresentados temas desde Barcelos, Freguesias, Famílias/casa, património religioso, administração pública, vida militar, Rio Cávado, caminho-de-ferro, curtas biografias de barcelenses e outros.

Estes manuscritos foram redigidos por António Almeida Ferraz ao longo de cerca de 22 anos, entre 1894 e 1916. Este é considerado o maior trabalho que alguma vez se escreveu sobre Barcelos. Ao longo da sua pesquisa, o autor foi tratando centenas de temas, sem uma ordem aparente, que compõe a história de Barcelos, o seu património, as suas tradições e nomes das gentes de Barcelos.

À semelhança das edições anteriores, a fixação do texto foi da responsabilidade do Pe. António Júlio Trigueiros e as fotografias de José Eduardo Reis, numa coedição da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos e da Câmara Municipal de Barcelos.

O evento encerrou oficialmente o programa comemorativo dos 518 anos da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos.

Este III volume encontra-se à venda nos Serviços Centrais da Santa Casa e, em breve, nas livrarias barcelenses, pelo valor de 30€.

Fonte e fotos: SCMB.

Misericórdia de Barcelos comemora 518 anos reconhecendo mérito de quem serviu e serve a Instituição

Maio 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

“A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos orgulha-se da sua história e reconhece o mérito de todas as mulheres e de todos os homens que serviram a Misericórdia de Barcelos, enquanto membros dos Órgãos Sociais, Irmãos e Colaboradores da Instituição”, frisou o Provedor Firmino Silva, na sessão solene que marcou o início das comemorações dos 518 anos da Instituição.



Esse mérito foi reconhecido igualmente no presente, nomeadamente com a homenagem aos colaboradores que completaram 15, 20, 25, 30 e 40 anos de relevantes serviços prestados à instituição, assim como ao membro dos órgãos sociais, Rodrigo Amaral, a quem foi entregue a medalha e o diploma de Irmão Honorário pelos 39 anos de trabalho voluntário em prol da Santa Casa.

“O nosso passado e o nosso presente obriga-nos a que tenhamos que projetar o futuro. Uma das preocupações sempre presente será a da sustentabilidade económica da instituição, sendo a valência da infância a que mais nos inquieta”, explicou o Provedor, que ainda apontou como prioridade a necessidade de intervenções de fundo, de remodelação e requalificação, que alguns equipamentos reclamam. Nesse sentido, “estamos a preparar uma candidatura ao Norte 2020, para a requalificação do Lar da Misericórdia, aumentando a sua capacidade de 38 para 43 camas”.

Em representação do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, esteve o vereador José Beleza, que realçou o “sentimento de gratidão que a comunidade tem de ter para com a Santa Casa”. Mais, declarou que “o futuro será de confiança porque a história de Barcelos confunde-se com a da Santa Casa” pois o peso da instituição é tal que “Barcelos e a Santa Casa estão sempre de braços dados”. Por isso, a Câmara mantém a sua disponibilidade de parceria.

Deputado ao Parlamento Europeu interveio sobre “Economia Social e Fundos Europeus”

Outro momento da cerimónia foi a intervenção do Eurodeputado José Manuel Fernandes, que interveio com uma palestra sobre “Economia Social e Fundos Europeus”, onde deu conta de que existem outras oportunidades para além das subvenções, de realizar candidaturas ou apresentar projetos a instrumentos financeiros, ou seja, a possibilidade de realizar empréstimos a taxas de juro reduzidos.

Reconheceu, ainda, o papel fundamental das Misericórdias, que são um “excelente parceiro e uma mais-valia. Fazem um trabalho verdadeiramente notável. Na economia social, a inovação, a investigação, os instrumentos financeiros e novos serviços vão ser uma necessidade e aí, as Misericórdias deverão estar na linha da frente”.

Garantiu, ainda, que seria “essencial que existisse uma estrutura que aconselhasse o investimento e que desse apoio técnico” às instituições que se candidatassem a fundos comunitários.

Concluiu, afirmando que “temos de nos preparar, organizar, estar juntos e unidos para vencermos os desafios, aproveitarmos as oportunidades e caminharmos com um objetivo onde se pretende alcançar um crescimento inteligente, um crescimento com inovação e sustentável. A sustentabilidade económica, ambiental e social é uma questão de solidariedade para com as gerações futuras”.

De realçar que a cerimónia solene foi antecedida de uma missa, presidida pelo Arcipreste de Barcelos, P.e. José Araújo, concelebrada pelo Prior de Barcelos e Capelão da Misericórdia e animada pelo Coro de Barcelos.

Próximos eventos dos 518 anos

O programa comemorativo prossegue no próximo dia 29 de maio, pelas 21h30, no auditório da Misericórdia de Barcelos, com uma palestra subordinada ao tema “A linguagem religiosa num mundo secular”, proferida pelo Frei Hermano Filipe Rodrigues.



No dia 31 de maio, pelas 10h00, haverá uma missa comemorativa do Dia Nacional das Misericórdias e , pelas 21h30, um sarau musical pela Orquestra da Banda de Oliveira, na igreja da Misericórdia.

No encerramento, dia 8 de junho, pelas 21h30, no auditório da Misericórdia de Barcelos, será lançado o III volume da obra “Apontamentos para a História de Barcelos”, de António Miguel da Costa Almeida Ferraz, proferida pelo Prof. Doutor P.e António Júlio Trigueiros. Também haverá lugar a um momento musical pelo Quinteto da Banda Musical de Oliveira.

Fonte e fotos: SCMB.

Eurodeputado José Manuel Fernandes coloca Misericórdias na linha da frente para vencer o desafio do envelhecimento da população

Maio 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Eurodeputado José Manuel Fernandes, eleito para o Parlamento Europeu pelo Partido Social Democrata, onde se encontra desde 2009, integrando o grupo parlamentar do Partido Popular Europeu, marcou presença nas comemorações dos 518 anos da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, que se realizaram no passado fim de semana.



José Manuel Fernandes acredita que as instituições particulares de solidariedade social, e de modo especial as Misericórdias, estão na linha da frente para ajudar a vencer um dos grandes desafios que a União Europeia tem pela frente: fazer face ao cada vez maior envelhecimento da população da população europeia.

Na sessão solene de abertura das comemorações, o Eurodeputado sublinhou o empreendedorismo das IPSS, num “trabalho essencial para o bem estar e o progresso social”, valorizando “a matriz cristã da identidade europeia e dos nossos valores, onde é fundamental a dignidade humana”.

“Na caminhada da vida, não podemos deixar ninguém para trás”, defendeu, numa cerimónia onde a Misericórdia liderada pelo provedor Firmino Silva homenageou o Irmão Rodrigo Amaral e os funcionários com 15, 20, 30 e 40 anos de casa.

Enaltecendo o esforço na procura de “novas soluções e superando dificuldades e limitações para poderem ajudar os outros”, José Manuel Fernandes anotou que “as IPSS, e de modo particular as Misericórdias, vão muito além do crescimento inteligente e sustentável, ao assumirem um papel insubstituível no crescimento inclusivo”.

Convidado a falar sobre “Economia Social e Fundos Comunitários”, o Eurodeputado salientou os recursos de apoio à “investigação para a inovação social e a criação de novos serviços, de forma a assegurar mais igualdade, qualidade de vida e valorização das diferentes gerações no seio das comunidades”.

Para além dos programas com verbas comunitárias geridos, nacionalmente, no âmbito do Portugal 2020 – através do qual o país recebe mais de 11,5 milhões de euros por dia no período 2014 a 2020 –, José Manuel Fernandes chamou a atenção para programas geridos, centralmente, pela Comissão Europeia, nomeadamente o Horizonte 2020 para a investigação (ao abrigo dos Desafios Societais) e o ‘EaSi’ (para o emprego e a inovação social).

Deixou, ainda, o desafio para candidaturas a instrumentos financeiros que funcionam através de empréstimos a juros mais baixos e que constituem recursos de alavancagem ao investimento, como acontece com o Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos – mais conhecido como Plano Juncker.

José Manuel reconheceu os recursos humanos de excelência que estão ao dispor da Misericórdia de Barcelos, assim como a disponibilidade de “dirigentes que dão o máximo para servir os outros”. Mas advertiu que nem sempre as IPSS têm condições técnicas para aceder a fundos importantes para cumprir, muitas vezes, requisitos impostos pela Administração Central para o cumprimento de normas, em serviços da responsabilidade do próprio Estado.

Por isso, defendeu a necessidade de serem criadas estruturas para apoio e aconselhamento técnico, uma função que deveria ser assumida também pela CCDR-N.

“São ferramentas essenciais para pôr em prática a solidariedade e a caridade, na luta contra a pobreza, a exclusão e as desigualdades sociais”, sustentou José Manuel Fernandes, lembrando que, dos 26 mil milhões de euros de fundos europeus atribuídos a Portugal para o período 2014 a 2020, no final do ano passado estavam autorizados 14 mil milhões, mas apenas estavam executados menos de 6 mil milhões para projetos de investimento.

Fotos: DR.

UCCI de Santo António financiada pelo ON2 – O Novo Norte

Julho 21, 2017 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos assinou, no passado dia 6 de junho de 2017, a adenda do contrato de financiamento FEDER relativo à aprovação da candidatura NORTE-10-0156- FEDER-000490, designada por “Construção da UCCI de Santo António da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos”, no âmbito do Eixo Prioritário IV, cujo financiamento FEDER foi aprovado, definitivamente, em regime de overbooking pela CCDR-N, a 24 de maio do ano 2017.




O custo total do investimento em candidatura foi de 2.153 792,33€.

A taxa de cofinanciamento atingiu os 60% do valor elegível, num montante de 905.233,25 euros.

“A Mesa Administrativa congratula-se com esta comparticipação financeira, que estava condicionada à existência de dotação disponível no Programa Operacional Regional do Norte. A Santa Casa elaborou a candidatura em 2014 e em novembro de 2015 assinou o contrato. No decorrer do ano de 2015/2016, instruiu-se o processo de candidatura, com todos os documentos necessários para cumprimento do regulamento. Este é o culminar de uma candidatura financiada no valor máximo. Esta verba vai permitir-nos uma maior sustentabilidade económica”, referiu o Provedor Firmino Silva.

Recorde-se que a obra da UCCI já havia sido financiada através do Programa Modelar II no valor de 750.000€.

Fonte e foto: SCMB.

“M33ting You for a cause” concretiza sonhos e contribui para uma boa causa

Julho 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Mais de mil crianças e adolescentes realizaram o seu sonho, no passado sábado, ao contactar com os seus ídolos, no “M33ting You for a cause”, uma iniciativa da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos.

No total, foram angariados cerca de 6000 euros, verba que reverte, na totalidade, a favor da Loja Social.

O evento, apresentado pelos locutores da Rádio Nove3cinco, Leandro Covinha e Sara Oliveira, contou com a participação dos DJ’s Lee Faria e Hélder Faria, Lipe Percussion, Fububeatbox, Bárbara Carvalho e Soulfly Art Lovers, que animaram a tarde, no Pavilhão Municipal de Barcelos.

A influenciadora digital Adriana Lima, a Miss Teenager Europe 2016, Sara Oliveira, e os YouTubers Wuant e Owhana foram os grandes convidados desta festa, sendo entrevistados e, depois, interagindo com os seus fãs.

Foram, assim, proporcionados grandes momentos aos mais jovens, que manifestaram, ao longo do espetáculo, grande entusiasmo.




“Esta iniciativa solidária teve um duplo sabor: conseguimos verbas para criar infra-estruturas dignas para a loja social e também permitimos que os mais pequenos se divertissem e sobretudo estivessem junto dos seus ídolos, algo que para muitos de outra forma seria impossível. Este é o resultado de muito trabalho pelo que agradeço a todos os que contribuíram para que este evento fosse um sucesso. Obrigado aos colaboradores, patrocinadores, pontos de venda, Escuteiros e todos os que a nós se associaram.”, afirmou o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, Firmino Silva, no final do evento.

Fonte e fotos: SCMB.

Santa Casa da Misericórdia de Barcelos comemora os seus 517 anos

Maio 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos (SCBM) levou a cabo a cerimónia solene da comemoração dos seus 517 anos, no passado sábado, dia 27 de maio, na Igreja da Misericórdia.

O programa iniciou com uma visita dos convidados ao Núcleo Museológico, onde se encontra a exposição fotográfica “A Misericórdia de Barcelos no século XX”, que conta com quatro dezenas de imagens que retratam os principais momentos da instituição, desde os anos 80 até à atualidade.

Seguiu-se uma missa, animada pelo Coro de Câmara de Barcelos e presidida pelo Arcipreste de Barcelos, Pe. José Araújo.

Após a eucaristia, deu-se início à sessão solene, com uma palestra proferida por Rui Rebelo sobre “As Santas Casas da Misericórdia – sua natureza e irmandade no Caminho da Modernidade”, à qual se seguiu a homenagem às colaboradoras com 15, 20, 25 e 30 anos, aplaudida por todos os presentes.

santa-casa-misericórdia-barcelos-517anos-2

Os discursos protocolares encerraram a iniciativa na igreja, sendo que o Provedor da SCMB, Firmino Silva, relembrou os serviços que a Santa Casa presta à comunidade, citando o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, no seu apelo constante à compreensão, à solidariedade e ao respeito pelo próximo. “Com a solidariedade, todos os problemas podem ser resolvidos. São estes valores que nos movem”, frisou o Provedor.

Humberto Carneiro, em representação do Presidente do Secretariado da União das Misericórdias Portuguesas (UMP), apresentou, depois, algumas ações da UMP, enquanto José Sá, em representação do Diretor do Centro Distrital de Segurança Social de Braga, louvou o trabalho realizado pela Santa Casa.

Também o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, destacou a importância do papel das Santas Casas, abordando, igualmente, a questão da descentralização, que defende.




A encerrar a sessão solene, esteve a presidente da Assembleia Geral, que deixou uma mensagem de reconhecimento a todos quantos, nas suas funções, têm contribuído para esta instituição ser aquilo que é hoje.

No final, realizou-se um lanche convívio no Infantário Rainha Santa Isabel, onde se cantou os parabéns à Instituição.

Fonte e imagens: SCMB.

Santa Casa da Misericórdia de Barcelos: relatório e contas aprovados

Abril 3, 2017 em Atualidade, Concelho port barcelosnahorabarcelosnahora

Foi aprovado, por unanimidade, o relatório de atividades e contas de gerência referentes a 2016 da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, em assembleia geral realizada na passada sexta-feira, dia 31 de março.

O exercício de 2016 foi positivo em 12.778.39€, um resultado que se deveu, essencialmente, ao crescimento exponencial da área da saúde, nomeadamente com as novas especialidades clínicas introduzidas no Centro de Medicina Física e Reabilitação e o funcionamento em pleno da Unidade de Cuidados Continuados Integrados de Santo António.

O Provedor, Firmino Silva, apresentou aos Irmãos, em traços gerais, os aspetos que marcaram 2016 nas diferentes respostas sociais da instituição. De realçar: a acreditação da Santa Casa como entidade formadora certificada; uma preocupação crescente com a adaptação do serviço às necessidades dos utentes na Valência da Terceira Idade com o alargamento, a todos os dias da semana, do Serviço de Apoio Domiciliário e a prestação de cuidados de enfermagem no domicílio; a reafectação das educadoras na valência de infância, que se espera vir a permitir baixar os gastos com o pessoal naquela resposta social; a criação do Gabinete de Apoio ao Utente e os primeiros passos para uma nova resposta – a Loja Social.

O Vice-Provedor, Nuno Reis, apresentou as contas aos Irmãos, dando nota da variação positiva da prestação de serviços das diferentes valências em relação ao ano 2015 e realçando que este resultado contrariou tendências, sendo o terceiro resultado positivo dos últimos 10 anos.

Foi aprovada, igualmente e por maioria, a autorização para alienação de alguns imóveis do concelho.

Fonte e imagem: Santa Casa da Misericórdia de Barcelos.

Ir Para Cima