Tag archive

Fundação para a Ciência e Tecnologia

IPCA consolida a estratégia de I&D com o reconhecimento da FCT

Junho 27, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), e os seus investigadores, estão de parabéns, pois receberam classificações muito boas por parte da FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia no âmbito do processo de avaliação das unidades de I&D levado a cabo desde 2018.



Destaque para a classificação de “Muito Bom” atribuída ao   2Ai – Laboratório de Inteligência Artificial, uma nova unidade de I&D da Escola Superior de Tecnologia do IPCA que vê reconhecida a utilidade e relevância do seu projeto científico para a comunidade académica e para a sociedade em geral. Esta é uma unidade que agrega 14 investigadores integrados da EST do IPCA e vários membros colaboradores, entre eles, estudantes de doutoramento. Este resultado permite ao grupo de trabalho desenvolver as condições necessárias para aumentar as atividades de I&D na área da inteligência artificial e oferecer um programa doutoral nesta área, algo inovador no ensino superior politécnico.

Mas o IPCA vê reforçada e consolidada a sua estratégia de I&D com a classificação de “Muito Bom” obtida pelo   ID +  –  Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura, uma unidade I&D da Universidade de Aveiro, em que a Escola Superior de Design do IPCA é unidade de gestão juntamente com a Universidade do Porto. Uma unidade que agrega 12 investigadores integrados da ESD do IPCA num total de 68 investigadores, constituindo uma equipa multidisciplinar ao serviço do design, da cultura e da criatividade.

De destacar, também, a classificação positiva obtida por outras unidades de I&D onde o IPCA tem docentes integrados, nomeadamente o CITUR da RIPTUR, a UNIAG do IPB, o LAETA do INEGI, o GOVCOPP da Universidade de Aveiro, o DINÂMIA’CET do Instituto Universitário de Lisboa, o Instituto de Polímeros e Compósitos e o JusGov, ambos da Universidade do Minho e o IJP da Universidade Portucalense. 

Com estes resultados, a maioria dos professores de carreira do IPCA ficam integrados em unidades de I&D de qualidade reconhecida pela FCT o que valoriza e enaltece o trabalho e o projeto científico desenvolvido pela Instituição na comunidade e com a comunidade.

“Este resultado é fruto de um trabalho contínuo e de um caminho que vem sendo traçado há vários anos e que visa congregar o projeto educativo e científico do IPCA com os objetivos e interesses dos investigadores, em prol de uma maior contribuição para o conhecimento e a sua aplicação e transferência para a sociedade”, refere o IPCA em nota.

O processo de avaliação das unidades de I&D levado a cabo pela FCT, no âmbito do Programa Plurianual de Financiamento, envolveu 224 avaliadores internacionais, oriundos de 26 países, que avaliaram 348 unidades.

Foto: IPCA.

Presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia presente nas comemorações do Dia da Escola Superior de Tecnologia

Maio 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), Paulo Ferrão, marca presença nas comemorações dos 14 anos de existência da Escola Superior de Tecnologia (EST), que decorrem no dia 25 de maio.



Na mesa de honra da sessão solene do Dia da EST vão estar presentes a presidente do IPCA, Maria José Fernandes, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, o diretor da EST, Vítor Carvalho, a presidente da Associação Académica do IPCA, Sara Ferreira, e o presidente da FCT, Paulo Ferrão, convidado de honra, que irá proferir uma palestra sobre o tema: “Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento”.

A visita de Paulo Ferrão ao IPCA surge num período marcado por uma aposta clara do Instituto de Ensino Superior barcelense na dimensão da investigação, desenvolvimento e inovação, em particular após a submissão à FCT de uma candidatura para a criação de um novo centro de I&D em Inteligência Artificial Aplicada – o “Applied Artificial Intelligence Laboratory (2Ai)”.

No seguimento da aposta estratégica na investigação aplicada em articulação com as empresas, no final da sessão solene será assinado o protocolo de cooperação com a empresa Fujifilm que, entre outros objetivos, visa proporcionar estágios aos estudantes do IPCA, apoiar a realização de projetos e dissertações de mestrado e ainda a realização de projetos de inovação e desenvolvimento.

Serão ainda entregues os Prémios do “3rd Symposium of Applied Research”, que distingue os estudantes do 2º ano dos cursos de mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, em Engenharia Informática, em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais e em Sistemas Integrados de Gestão QAS com melhor apresentação, melhor dissertação e melhor poster.

Laboratório em Inteligência Artificial Aplicada (2Ai)

Este Centro de I&D em Inteligência Artificial Aplicada (IAA) no IPCA visa dar resposta às necessidades do tecido empresarial e indústria da região, em que o desenvolvimento da IAA se vai desenvolver no âmbito da missão de um politécnico.

O diretor da EST, Vítor Carvalho, frisou a diferença da IA (Inteligência Artificial) da IAA: “Marshall desenvolveu há 100 anos uma fórmula, graças a ela hoje temos micro-ondas”. Vítor Carvalho refere, ainda, o facto de antigamente as empresas terem os centros de I&D fora do país e que este paradigma se está a alterar e o “IPCA poderá vir a ser parceiro de muitas dessas empresas de forma a criar valor acrescentado” uma vez que a área tecnológica está cada vez mais implementada sendo uma das principais áreas de intervenção.

Fonte e fotos: IPCA.

Ir Para Cima