Tag archive

Futebol Popular

Dois primeiros ganham vantagem na 1ª, tudo igual na 2ª

Março 22, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Gonçalo Santos

Olá, amigos!

Esta semana cabe-me a boa tarefa de vos falar um pouco sobre o nosso futebol popular. Não me vou alongar porque é tempo de seleção nacional.



Mas vamos àquilo que nos traz aqui e aos campos de futebol ao fim de semana: o nosso futebol popular barcelense.

Na 1ª, quer Carapeços, quer Remelhe venceram os seus jogos caseiros. O Carapeços goleou o aflito Baluganense por 6-1. Já o Remelhe goleou o tranquilo Fonte Coberta por 4-0.

Ambos ganharam terreno ao 3º classificado, o atual campeão Carvalhal. Isso porque este recebeu o Pereira, curiosamente, o campeão anterior, e foi derrotado por 1-2.

Se os dois primeiros fugiram ao 3º, o 4º aproveitou para se aproximar, ficando a 1 ponto. O Leocadenses derrotou, fora, o Sequeade, por 1-2. Foi uma boa vitória, em casa do 6º. O Oliveira aproveitou para se colar ao Sequeade, com os mesmos pontos, tendo vencido em casa do Lijó, por 2-3.

No fundo da tabela, Baluganense, Silva e Campo fecham a classificação da 1ª divisão.

A próxima jornada traz dois grandes jogos. O Leocadenses (4º) – Carvalhal (3º) e o Pereira (5º) – Carapeços (1º).

Na 2ª ficou tudo igual nos lugares cimeiros. Isto porque o líder Paradela recebeu e venceu, por 3-0, o Silveiros. O Aborim (2º) recebeu e venceu, por 2-0, o Carvalhas. Já o Feitos (3º) foi ao terreno do Chorente golear por 1-4.

Curiosamente, Lama e Milhazes estavam empatados em pontos e, também neste caso, tudo ficou igual porque ambos empataram. O Lama em casa, a 3 bolas, frente ao Pedra Furada; o Milhazes, fora, a 0, frente ao Bastuço São João. O Águas Santas aproveitou para se aproximar, ficando a 1 ponto destes dois. Recebeu o Cambeses e venceu por 3-0.

O fundo da tabela tem o Cambeses, Silveiros e Creixomil. De salientar a diferença de pontos entre o 16º, Cambeses, e o 15º, Pedra Furada: 13 pontos!

Na próxima jornada, destaco o Milhazes – Águas Santas, Paradela – Os Estrelas, Cristelo – Aborim e Feitos Bastuço – São João.

Por hoje é tudo, caros leitores. Despeço-me com votos de bom fim de semana e bom futebol popular para todos!

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Carapeços e Remelhe não vacilam e Paradela cada vez mais líder da segunda

Março 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Gonçalo Santos

Olá, amigos!

Mais uma vez, com estima e consideração vos escrevo.



Os três habitantes do pódio não vacilaram e reforçam a distância para o quarto classificado, o Leocadenses, que empatou com o Palme a 1 bola. O líder Carapeços venceu o “lanterna vermelha”, Campo, por 0-3; enquanto o Remelhe venceu o penúltimo classificado, o Silva, por 0-2, e o Carvalhal venceu, fora de portas, a equipa do Baluganense, pela margem mínima.

O quinto e sexto classificados do campeonato, Sequeade e Pereira, defrontaram-se num jogo com 7 golos, sorrindo a vitória à equipa de Pereira, num total de 5-2.

Outro destaque da semana vai para os dois desafogados da Primeira Divisão, Negreiros e Lijó, que se defrontaram em Negreiros. A vitória sorriu à equipa da casa e não foi de qualquer forma, foi mesmo com uma goleada por 5-1, permitindo-lhes ultrapassar o Lijó na classificação e dar mais um passo na luta pela manutenção, tal como estes últimos. Quem continua abaixo da linha de água e em risco eminente de descida são Baluganense, Silva e Campo.

O Fragoso também foi goleado no seu reduto diante do Macieira, por 3-0; o Oliveira, embalado pela vitória na Taça Cidade de Barcelos, venceu por 1-0 a equipa do Perelhal. O Leões da Serra, que passou por momentos difíceis na temporada e esteve próximo dos lugares de despromoção, tem crescido na tabela classificativa e, esta jornada, venceu um concorrente direto na classificação, o Fonte Coberta, no reduto deste, por 1-2.

Na segunda divisão, o líder Paradela é agora mais líder, ao vencer o São Martinho, por 3-0, e aumentando a distância para o Aborim, que mesmo com a derrota por 3-2 diante do Feitos, mantém o segundo posto. Já o Feitos, que com esta importante vitória, regressa ao pódio ocupando a terceira posição e aproveitando os empates a 1 bola dos anteriores habitantes da terceira posição, o Lama e o Milhazes. O Lama empatou em Cossourado, enquanto o Milhazes empatou em casa com o Chorente.

O São Mamede, assim como Águas Santas, Cristelo e Bastuço, tentam manter viva a esperança de subida ao escalão maior do futebol popular Barcelense. Sendo que apenas São Mamede e Cristelo venceram nesta jornada (ambos fora de portas), as equipas de Carvalhas e Creixomil. O Bastuço empatou em Cambeses, a 0 bolas, e o Águas Santas perdeu em Pedra Furada, por 4-3. O “Os Estrelas”, já arredados, há muito tempo, da luta pela subida de divisão, golearam o Silveiros por 4-0.

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Campeão cada vez mais longe da revalidação

Março 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

O Campeão cada vez mais longe de revalidar o titulo, na segunda divisão muita luta pela subida e Taça sem segunda divisão

Gonçalo Santos

Olá, amigos!

Mais uma vez, escrevo-vos com simpatia e consideração.



Os acontecimentos desta semana, na primeira divisão, poderão ter colocado o Campeão em título, a equipa de Carvalhal, afastado da revalidação e, também, acabado com as poucas esperanças que os Leocadenses pudessem ter.

O Carvalhal empatou em casa, com o último classificado, a equipa do Campo, enquanto o Leocadenses empatou com a equipa de Pereira, que tem sido uma verdadeira “pedra no sapato” de alguns candidatos ao título.

A luta pelo título mantém-se, desta forma, reduzida a duas equipas: o atual líder da tabela classificativa, o Carapeços, e o seu mais fiel perseguidor, o Remelhe. Mesmo a distância entre ambos sendo significativa, o Remelhe não desarma da perseguição e, em breve, entraremos numa fase dura para os 6 primeiros classificados, sendo que entre a 27ª e 33ª jornada existirão embates entre ambos e avizinham-se jogos difíceis para todos. Certamente, os dois primeiros estarão a trabalhar para despontarem um novo pico de forma para a derradeira fase da luta pelo título.

Na parte de baixo, a luta pela manutenção também está bastante renhida, com 5 equipas a lutar, afincadamente, pela continuidade, sendo elas: Lijó, Negreiros, Baluganense, Silva e Campo. O Campo está em posição mais difícil pois encontra-se a 5 pontos dos lugares de manutenção, enquanto Baluganense e Silva apenas estão a 2 pontos do Negreiros. Quem também não pode ainda respirar de alívio é o Fonte Coberta, que já não vence há 5 jogos e, na próxima jornada, terá um embate com um concorrente direto pelo lugar classificativo acima.

Na segunda divisão, quem não tira o pé do acelerador é o Paradela que agora é ainda mais líder, ao vencer um concorrente direto, o Lama, por um expressivo 3-0. Aproveitou, também, para aumentar a vantagem sobre outros dois concorrentes diretos, o Aborim e o Milhazes, que se defrontaram esta jornada e empataram 4-4. A luta pelo título está significativamente mais difícil para Lama, Milhazes e Feitos, mas a subida ainda está “ali ao virar da esquina”, não só para estes, como também, para Águas Santas, S. Mamede, Cristelo e Bastuço, que mesmo estando a 6 pontos dos lugares de subida, ainda podem fazer um gracinha na ponta final do campeonato, uma vez que ainda faltam nove jornadas (27 pontos) para o términus da competição.



Na Taça Cidade de Barcelos, apenas passaram aos quartos de final equipas da primeira divisão, sendo elas: Oliveira, Fragoso, Lijó, Pereira, Remelhe, Negreiros, Silva e Carvalhal.

O principal destaque foi para o afastamento do líder da primeira divisão pela mão da “pedra no sapato” dos grandes, a equipa do Pereira, que foi vencer ao reduto do Carapeços.

Eu consegui assistir ao Remelhe 6 – 0 Aborim, em que considero o resultado demasiado expressivo para os acontecimentos do jogo. O resultado avolumou-se perto do final, tornando-se pesado para o que realmente aconteceu no jogo. Não coloco a justiça da vitória em questão, porque foi, de facto, o Remelhe a melhor equipa em campo e um justo vencedor.
Abraço deste vosso amigo.

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Semana de vitórias forasteiras

Fevereiro 28, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores do BnH!

Mais uma semana cheia de futebol popular, cheio de emoções!



O tónico desta semana foram as vitórias forasteiras, tanto na primeira, como na segunda divisão.

Na 1ª divisão, houve apenas uma vitória caseira, 3 empates e as vitórias forasteiras foram 5.

Começo pelo líder, Carapeços, que foi uma das equipas a vencer fora de casa, embora fosse em terreno que bem conhece pois, como sabemos, o Silva, quando joga em casa, fá-lo no terreno do Carapeços. A vitória foi de 0-3.

Na perseguição continua o Remelhe, que não se fez rogado e também venceu, por 0-3 e fora de casa, o Negreiros.

O Carvalhal foi a Fonte Coberta vencer por 2-4 e continua assim, também, na perseguição ao líder.

O Leocadenses foi a Balugães vencer, também por 0-3. As 4 equipas da frente foram, todas elas, vencer em terreno alheio e todas elas com 3 ou mais golos marcados.

A única equipa a vencer em casa foi o Oliveira, que recebeu e venceu o Leões da Serra, por 1-0. Continua, assim, tudo igual no que diz respeito à liderança e às perseguições.

Na próxima jornada, destaco o Carvalhal-Campo, Carapeços-Fonte Coberta e o jogo da jornada, o Remelhe-Oliveira.

Na segunda divisão, o líder Paradela empatou a 1, em casa, com o sempre difícil Águas Santas.

O Aborim foi a Cambeses vencer pela margem mínima; 1-2 foi o resultado final. Reduziu de 3 para 1 a diferença pontual para o Paradela.

O Lama não aproveitou o empate do líder e fez o mesmo resultado, só que a 2 bolas, frente ao Estrelas de São Pedro.

O beneficiado foi o Milhazes pois fez os trabalhos de casa. Digo isto pois foi a única equipa a vencer em casa e, com isto, aproveitou para subir ao 4º lugar, ultrapassando o Feitos, que perdeu perante o seu público frente ao Cristelo.

Continua a luta pela subida. Vai ser de roer as unhas até ao fim! E a próxima jornada não vai ser decisiva, mas com jogos que dá vontade de estar presente em todos eles. Senão vejamos: o dérbi São Martinho-Estrelas São Pedro, São Mamede-Feitos, Aborim-Milhazes e o Lama-Paradela. Que jogos fantásticos temos nesta 2ª divisão na próxima jornada!

À imagem do futebol profissional, o popular também terá jogos a meio da semana, mas a contar para a 2ª eliminatória da Taça, no dia 5 de março, terça-feira de Carnaval, logo pelas 10h00. O corso carnavalesco vai trazer aos aficionados do futebol popular os seguintes jogos: Oliveira – Feitos, Leões da Serra – Fragoso, Cristelo – Lijó, Carapeços – Pereira, Remelhe – Aborim, Campo – Negreiros, Silva – Sequeade e Carvalhal – Fonte Coberta.

Por esta semana é tudo.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Algo a destacar na 2ª divisão

Fevereiro 22, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores do BnH!

Mais uma semana cheia de futebol popular, mas sem grandes novidades de destaque. No entanto, a destacar há algo na 2ª divisão. Já lá vamos!



Na primeira divisão não há novidades. Os da frente venceram os respetivos jogos. Seis vitórias caseiras, dois empates e apenas uma vitória forasteira foi o tónico desta semana.

Começo pelo líder Carapeços, que venceu pela margem mínima o Oliveira, 2-1, e manteve a distância para o Remelhe, de 7 pontos. Remelhe que recebeu e goleou o Fragoso, por uns 6-0! Relembro que quem assistir aos jogos do Fragoso, vai, com certeza, assistir a um jogo com muitos golos.

O campeão, que parece ter-se encontrado, pois nesta 2ª volta conta só com vitórias os jogos realizados, somou a 7ª vitória consecutiva, somando 21 pontos só nestes jogos. Já na época passada disse que o Carvalhal estava na luta e, na altura, não concordaram comigo! Facto é que o Carvalhal foi campeão e mais vos digo, apesar dos 9 pontos de distância, penso que o Carvalhal poderá, ainda, dar um ar da sua graça, não estaríamos nós a falar do campeão.

Cá para baixo, destaque, pela negativa, para o Baluganense, que ainda não conquistou qualquer ponto nesta 2ª volta! Que se passa, Baluganense?

Na próxima jornada, destaco o Negreiros-Remelhe, o Fonte Coberta-Carvalhal e o jogo em destaque, o dérbi Silva-Carapeços.

Na segunda divisão, onde os de cima cumpriram o seu dever, vencendo os respetivos jogos, à exceção do Milhazes, que perdeu 1-0 em Cristelo. Seis vitórias caseiras, 3 forasteiras e empates nem vê-los.

Uma das vitórias forasteiras foi conseguida pelo líder, Paradela, que se deslocou a Bastuço e venceu por 2-4. Continua, assim, com 3 pontos de vantagem sobre o Aborim, que recebeu e venceu o Pedra Furada por 4-1.

Já o Lama aplicou chapa 7! Foi em casa, frente ao Silveiros! Silveiros, que já na anterior jornada, jogada fora de portas, foi goleado pelo mesmo resultado!

O Feitos, pé ante pé, vai subindo na tabela classificativa. Voltou a vencer, por 1-2, o Carvalhas. No início do artigo, sublinhei que havia algo a destacar na 2ª divisão. Nada mais, nada menos, do que uma vitória forasteira. O Creixomil, ao cabo de 22 jornadas, venceu o 1º jogo! O “lesado” foi o São Martinho e 2-3 foi o resultado final. Será a primeira de muitas vitórias do nosso histórico do futebol popular?

Na próxima jornada, destaco o Cambeses-Aborim, Feitos-Cristelo, Estrelas-Lama e o jogo da jornada: Paradela-Águas Santas.

Por esta semana é tudo.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

O Futebol Popular foi mágico

Fevereiro 15, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Gonçalo Santos

Olá, amigos!

Mais uma vez vos escrevo, com muita estima e consideração.

Esta semana, vou escrever apenas sobre o jogo a que tive a oportunidade de assistir. Desta vez calhou de ser da Segunda Divisão. Fui assistir ao São Martinho – Lama, que terminou com a vitória da equipa da casa, por 4-3.



Foi um jogo muito interessante do início ao fim. O São Martinho aproveitou sempre a velocidade dos seus dianteiros, enquanto o Lama procurou um jogo mais rendilhado e de progressão lenta. Os da casa, com o seu pragmatismo, marcaram dois golos e colocaram-se na vanguarda para vencer o desafio, aproveitando as transições rápidas após o ganho da bola e chegando, rapidamente, à zona de execução. O Lama dominava a posse de bola, mas desperdiçava alguns golos cantados, uns por “aselhice”, outros por mérito do guarda-redes do São Martinho, o meu amigo Faria, que (ao fim destes anos todos) teima, e muito bem, em continuar a jogar, porque ainda é um dos bons guarda-redes do Popular. Com o marcador em 2-0, o São Martinho baixou a intensidade do seu jogo, mas eu tinha avisado o meu amigo Paulo Gomes, que me desafiou e acompanhou a assistir a este jogo, que o jogo ainda não estava terminado e que ainda iria haver muitas surpresas.

Na verdade, é que o Lama reagiu e muito bem, conseguiu, rapidamente, igualar o resultado e, mais tarde, chegar à vantagem. Entretanto, tive que me retirar por motivos de realização do programa de rádio sobre o futebol popular, como muitos de vocês sabem. Mas antes de sair, comentei, novamente com o Paulo Gomes: “O jogo ainda não terminou, está bastante quente e ainda vai haver alterações no resultado”. Na verdade, mesmo não sendo bruxo, nem possuindo bola de cristal, eu adivinhei novamente e, qual o meu espanto ao chegar à Rádio, quando ouço o resultado final e o São Martinho tinha mesmo feito uma remontada em cima da remontada do Lama e vencido por 4-3.

Mais uma vez, o futebol popular foi mágico, pela qualidade e criatividade que proporciona a quem vai assistir, mesmo no meu caso, que assisti sem qualquer tipo de facciosismo clubístico.

Continuem a contribuir para o crescimento do futebol popular!

Grande abraço do vosso amigo!

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Carapeços aumenta vantagem e Paradela é o novo líder da Segunda

Fevereiro 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Gonçalo Santos

Olá, amigos!

É sempre um enorme prazer escrever sobre o futebol popular.



Na Primeira Divisão, o maior destaque vai para a equipa do Carapeços, que aumentou a vantagem para o Remelhe, que empatou em casa, de forma surpreendente, contra o Campeão da segunda divisão da época passada, a equipa do Lijó.

O Carvalhal e o Leocadenses têm-se mantido na luta pelos lugares do pódio. Ambos venceram os jogos no seu reduto, sendo que o Leocadenses venceu de forma confortável o Silva; já o Carvalhal foi um resultado pela margem mínima.

O Sequeade e o Oliveira, no quinto e sexto lugar, confirmam o bom campeonato que têm realizado, mesmo tendo atingido o pico de forma em períodos distintos. O Oliveira começou bastante intermitente e cresceu de forma já com o adiantar do campeonato, enquanto o Sequeade iniciou o campeonato colado aos líderes e, com o decorrer do campeonato, foi escorregando algumas vezes. Nesta jornada, defrontaram-se e quem levou a melhor foi o Sequeade, que ultrapassou o Oliveira.

O Pereira já esteve mais perto dos primeiros classificados, mas não aguentou a pedalada e foi caindo na tabela classificativa. Mesmo assim, nunca deixou de ser uma pedra no sapato para os primeiros. Nesta jornada, empatou com o Fonte Coberta, que tem crescido na classificação, estando a meio da tabela.

No fundo da tabela, a luta pela manutenção está bastante animada, com bastantes equipas muito próximas pontualmente, sendo que apenas 5 pontos separam o 11º, do Leões da Serra, do lugar do 16º, do Silva e Baluganense, que já estão nos lugares de despromoção. No último lugar da classificação está o Campo, já com 7 pontos de distância para os lugares de manutenção.

Na Segunda Divisão, as disputas pela subida de divisão estão, cada vez, mais interessantes. Agora com novo líder e com mais equipas a aspirarem aos lugares que promovem ao escalão principal dos nossos campeonatos concelhios.

O Paradela, que fez uma primeira volta muito positiva, mesmo parcialmente privado do seu recinto desportivo por motivo de obras. E logo nas jornadas iniciais da segunda volta chega à liderança da classificação, derrotando o anterior líder e atual segundo classificado, o Aborim.

A luta pelos primeiros lugares não se fica por aqui, porque Lama, Milhazes, Feitos, S. Mamede, Águas Santas e o estreante Bastuço, que começou mal, mas foi crescendo na tabela classificativa e ainda alimenta o sonho de subir ao escalão principal do futebol popular barcelense, se bem que é bastante difícil porque têm este precioso cardápio de equipas pelo meio com a mesma ambição e que também estão a fazer um extraordinário campeonato.

No fundo da tabela e com muitas dificuldades em pontuar estão o Creixomil, Silveiros e Cambeses, sendo que o Creixomil ainda não somou qualquer vitória.

Com votos do uma boa jornada para todos, despeço-me com um estimado e forte abraço.

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Nada bonito!

Fevereiro 1, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Eis-me, mais uma vez, de volta à titularidade e a jogar a ponta de lança!

Quem está lançado e não desarma é o Carapeços. Esta semana continuou na senda de vitórias, somando a 3ª vitória consecutiva. Deslocou-se ao terreno do Macieira, um campo sempre difícil, e venceu por 0-2. O Carapeços é líder isolado.



Quem lhe morde os calcanhares é o Remelhe. Está no segundo lugar, a 5 pontos do Carapeços. Mas não foi um jogo fácil. Com menos um jogador durante toda a 2ª parte, conseguiu inverter o resultado e vencer por 1-2. Neste jogo foi necessária a deslocação da G.N R. ao campo do Perelhal, visto que o árbitro da partida não tinha as condições de segurança para a realização do mesmo. Visto que tudo voltou, supostamente, à normalidade, o jogo lá decorreu e o Remelhe venceu.

O Campeão subiu um lugar. Está na 3ª posição depois de ter batido o Fragoso por 2-4. Relembro que, na primeira volta, o Fragoso venceu em Carvalhal por 2-5.

Cá para baixo, destaque para o Silva, que somou a 2ª vitória consecutiva, depois de ter vencido o Pereira por 2-0.

Destaco, também, o Campo, equipa que ocupa a última posição, mas nos últimos três jogos não perdeu! Empatou os três jogos e, nesta jornada, deslocou-se ao Palme, empatando a 1. Destaco, também, a sua defesa: são a 5ª melhor defesa deste campeonato.

Na próxima jornada, destaco o Carapeços-Fragoso, Remelhe-Lijó e o Baluganense-Campo.

Na segunda divisão, o Aborim tropeçou. Recebeu e empatou a 0 frente ao Estrelas. Estrelas que, nas últimas 8 jornadas, apenas perdeu por uma vez. Foi na semana passada, frente ao São Mamede.

O Milhazes isolou-se no 4º lugar. Recebeu e venceu o Creixomil, por 4-0.

No jogo da jornada, o Paradela (2º lugar) recebeu e venceu, por uns expressivos 3-0 o São Mamede.

A destacar, e também pela negativa, o encontro entre o Lama e o Águas Santas. Numa altura em que o Lama vencia o Águas Santas, por 4-0, um grupo de adeptos, supostamente do Águas Santas, resolveu invadir o terreno de jogo. Nada bonito isto porque o que nos leva, todos os fins de semana, aos campos de futebol deste concelho é o prazer de ver o futebol popular, a convivência com outros adeptos, comer a nossa bifana regada com o que mais desejarmos e, claro, vermos os golos que tanto querermos. Esta semana fica manchada por, em alguns jogos, nada disso ter acontecido e a violência ter estado à frente de tudo. Dá que pensar!

Na próxima jornada, destaco o Feitos-Milhazes e o jogo da jornada: Aborim-Paradela.

Por esta semana é tudo.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Muito se passou

Janeiro 25, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Gonçalo Santos

Olá, estimados leitores.

Antes de mais, um pequeno esclarecimento: na semana anterior, por motivos técnicos, não foi possível publicar o artigo sobre o futebol popular.



Desde a última vez que eu escrevi, muitas alterações e surpresas existiram, quer na primeira, quer na segunda.

Quando eu escrevi pela última vez, o ainda líder Carapeços liderava, confortavelmente, com 8 pontos de vantagem, mas no fim de semana seguinte iria disputar o grande clássico do momento contra o Remelhe, na casa deste, em que o resultado ditou uma estrondosa vitória, por 4-1, da equipa da casa. Eu tive a oportunidade de ver parte do jogo, mas os senhores de Remelhe não me deram tempo de chegar ao campo. Aquando da minha chegada, aos 4 minutos de jogo, deparo-me com o Remelhe a vencer por 2-0. Ainda tive oportunidade de ver um golo para cada lado; golos que penso que ambos os guardiões deveriam ter feito melhor. No final, o Carapeços tinha perdido a oportunidade de aumentar a vantagem e quem aproveitou para reduzir para apenas 5 pontos foi o Remelhe.

O Leocadenses e o Carvalhal têm-se mantido na perseguição aos dois primeiros, mas ainda a 8 e 9 pontos, respetivamente.

Quem continua a subir na tabela classificativa de pantufas é mesmo o Oliveira, que não iniciou o campeonato da melhor forma, mas a realizar uma boa segunda metade da primeira volta.

No fundo da tabela, antevê-se uma luta renhida pela fuga aos lugares de despromoção. Destaque para o Silva, que nos últimos quatro jogos conquistou 7 pontos, cerca de metade (-1) do que havia conquistado até então, estando agora com 15 pontos, a apenas um dos lugares de manutenção. O Campo ocupa, de momento, o último lugar da tabela classificativa.

Na segunda divisão, também muitas alterações e surpresas, sendo que a maior foi a queda do Lama, que vinha fazendo um campeonato extraordinário e liderava a classificação e desde que perdeu a liderança para o Aborim, nunca mais venceu.  O Aborim é o líder incontestado com 4 pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o Paradela. O terceiro lugar da tabela está bastante concorrido e partilhado por quatro equipas, que são: Águas Santas, Feitos, S. Mamede e Lama, todos com 35 pontos. O Milhazes vai mantendo acesa a esperança de subida, estando com 34 pontos, na sétima posição, a apenas um ponto deste grupo perseguidor.

Estreante no futebol popular, a equipa do Bastuço S. João estranhou a adaptação ao futebol popular, com um início de campeonato bastante complicado, mas depois de na nona jornada ter vencido o então líder imaculado Feitos, que obtinha oito vitórias consecutivas, não mais parou e foi subindo paulatinamente na tabela classificativa e está agora na oitava posição. Ficam os meus aplausos para esta recuperação após um mau início de temporada.

Para os lados de Creixomil, Silveiros e Cambeses é que as coisas estão bastante complicadas, com estas equipas a iniciarem a segunda volta apenas com um dígito de pontos, e com a soma dos três apenas teríamos uma dúzia.

Na próxima jornada, as coisas voltam a estar quentes na Segunda Divisão com os jogos entre candidatos à subida de Divisão. O Paradela recebe o S. Mamede e o Lama recebe os Águas Santas.

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Ano Novo, novo líder na 2ª

Janeiro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Luís Gonçalves

Olá, caros leitores do BnH!

Espero que as vossas entradas em 2019 tenham sido pelo melhor e junto dos que mais gostam.

Mas falemos do nosso futebol popular e começo pela 2ª divisão.



Mudou o ano, mudou o líder! A liderança é agora ocupada pelo Aborim.

No jogo da jornada, o Aborim deslocou-se ao Lama, o – até então – comandante, e venceu por 0-3. E, em “pantufas”, lá chegou à liderança.

O Paradela (3º) também tinha um “osso duro de roer”. Recebeu o Feitos e empatou a 1. Feitos, que nas 8 primeiras jornadas, venceu todos os encontros. Daí para cá, apenas venceu uma vez, em Silveiros, por 0-4. Ocupa, agora, o 5º lugar.

O Águas Santas subiu ao 4º lugar. Recebeu e venceu o Chorente, por 2-0.

Destaco, também, o Estrelas de São Pedro, que, a par do vizinho São Martinho, partilham o 7º lugar. O Estrelas, nas últimas 5 jornadas, somou 13 pontos, tantos como os que havia somado até então.

Tudo muito equilibrado na 2ª divisão; poucos pontos a separar as equipas; a incerteza continua em relação a subidas e, cada vez mais, aparecem candidatos.

Golos e incertezas são o “prato forte”, todas as semanas, na 2ª divisão!

Na próxima jornada, destaco o Chorente-Lama e o jogo da jornada, o Aborim-São Martinho.

Quanto à primeira, a mudança de ano também trouxe uma novidade.

Os golos foram a surpresa! Sim, nesta jornada marcaram-se 37 golos! Será para continuar? Assim esperamos!

Novidade, ou não, o líder Carapeços voltou a claudicar! Perdeu por uns expressivos 4-1 em Remelhe, que com esta vitória reduz de 8 para 5 os pontos que o separam para o Carapeços.

Assim sendo, pode, agora, dizer-se que a luta está aí.

Nas últimas crónicas fui dizendo que o Remelhe estaria aí para a luta, mesmo com os pontos que o separavam do Carapeços!

O campeão voltou a vencer, mais uma vez fora de portas. Foi em Perelhal, por 1-5. Posso dizer que o Carvalhal dá-se melhor fora de casa do que na mesma. Visto que na época passada o Carvalhal não perdeu um ponto sequer no seu reduto, não deixa de ser curioso!

O Leocadenses mantém o 3º lugar e empatou a 3 em Macieira.

Adivinhava-se um jogo contido, visto serem duas equipas com poucos golos sofridos, mas o tónico deste jogo foram os golos. É disto que o povo gosta!

O Oliveira vai dando “fruto”! Já ocupa o 5º lugar, com 9 pontos nos últimos 3 jogos.

Na próxima jornada, destaco o Carapeços-Perelhal, Leocadenses-Fragoso e o jogo da jornada, Leões-Remelhe.

Por esta semana é tudo. Votos de Excelente e Feliz 2019!

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

1 2 3 9
Ir Para Cima