Tag archive

Geres Extreme Marathon

Gerês Extreme Marathon: Mário Elson e Lucinda Sousa vencem “prova rainha”

Dezembro 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Foi no último fim de semana de 1 e 2 de dezembro que as ruas da Vila do Gerês receberam os atletas que se aventuraram a participar na 5ª edição da Gerês Extreme Marathon – “a maratona mais bela e mais dura do mundo”.



A organização coube à barcelense Carlos Sá Nature Events e Município de Terras de Bouro, contando ainda com o apoio da proteção civil, Milaneza, Ecomobile, 4Moove, Chocolates Avianense e Águas do Fastio.

Percorrendo as estradas de montanha do único Parque Nacional de Portugal, o Parque Nacional Peneda-Gerês, os 1400 atletas de 11 nacionalidades que se aventuraram na Gerês Extreme Marathon usufruíram de paisagens e cenários de montanha incríveis, rodeados de vegetação luxuriante e verdejante. A harmonia com as florestas nativas portuguesas e com o silêncio tão característico da montanha do Parque Nacional Peneda-Gerês foram apenas quebrados pela dureza e desnível positivo da prova.

O primeiro atleta a cortar a meta na distância de 42Km foi o português Mário Elson, do NAST, que pela primeira vez e com o tempo de 2h49m05s, venceu a “prova rainha” do evento, não dando hipótese aos seus mais diretos concorrentes. Partilharam o pódio, os atletas José Ferreira, individual, com 02h58m01s, em 2º lugar, e no 3º lugar, Luís Gil (DECATHLON MAIA), com o tempo de 03h02m40s.

Nas concorrentes femininas, Lucinda Sousa (individual) conquistou o lugar mais alto no pódio, com 03h31m38s. Seguiram-se Alexandra Fernandes (ORALKLASS), com 03h54m41s e Paula Rios (VIANA RUNNING), com 03h56m24s.

Para além da prova rainha de 42 km, a Gerês Extreme Marathon contou, também, com mais três provas em diferentes distâncias. Com a distância de 42Km, mas em estafetas, os atletas puderam participar em equipas de três elementos e partilhar a dura prova, passando o testemunho entre os diferentes elementos da equipa. As distâncias de 21Km e 660m de desnível positivo, e de 13 Km e 530m de desnível positivo, fecharam o leque das opções de participação. Todas as provas tiveram partida e chegada no centro da Vila do Gerês.

No sábado, dia 1 de dezembro decorreu a 2ª edição da Extreme Mile. Num desafio curto, mas bastante exigente e audaz, os intrépidos participantes tiveram de correr uma milha com uma inclinação média de 35% e 525m de desnível positivo. Com partida na Albufeira da Caniçada e com chegada no miradouro das Voltas de São Bento, os atletas percorreram a árdua distância tendo como pano de fundo a bela paisagem da Albufeira da Caniçada, ladeada pelas suas belas montanhas. O grande vencedor da Extreme Mile foi Alex Tondela, do MONTANHA CLUBE TRAILRUNNING/EFAPEL, que só precisou de 21m11s para percorrer a totalidade do percurso e colocar-se no primeiro lugar do pódio. Já no lado feminino foi Renata Gonçalves, também do MONTANHA CLUBE TRAILRUNNING/EFAPEL, com o tempo de 26m22s, quem se sagrou vencedora.

Procurando divulgar os usos e saberes culturais das Gentes e Habitantes do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), a Carlos Sá Nature Events associou-se à ATACE – Associação Turística da Aldeia Comunitária da Ermida, que levou a cabo um vasto programa de atividades culturais, que deram aos visitantes a possibilidade de conhecer e experienciar algumas das práticas comunitárias ancestrais que são características das aldeias desta região. A Chegada da Rês, o Chamado do Povo, provas de sabores e convívio à fogueira foram algumas das atividades das quais os visitantes da aldeia da Ermida puderam desfrutar nesta tarde proporcionando bons momentos de diversão e contacto com mais um dos tesouros do PNPG: a sua cultura.

Houve ainda lugar para que a Carlos Sá Nature Events continue a preservar os espaços que utiliza e procura divulgar, ao contribuir para a reflorestação das montanhas do nosso país, com uma ação de plantação de árvores autóctones pelos participantes nesta tarde cultural.

Em mais um ano consecutivo, a Gerês Extreme Marathon mostrou ser uma ótima oportunidade para dar a conhecer uma das mais belas regiões de Portugal, as suas gentes, os seus costumes e a sua gastronomia, não só aos milhares de atletas nacionais que participaram e suas famílias, bem como aos atletas internacionais, cuja participação vai aumentando ano após ano, revelando-se assim um importante porta-estandarte na promoção de Portugal, do Minho e em particular do Parque Nacional Peneda-Gerês.

Nas restantes provas competitivas os resultados foram os seguintes:

21Km (masculino)

– Henrique Costa (individual) – 01h20m08s

– Nuno Fernandes (CLUBE ATLETISMO FAFE) – 01h22m33s

– Diogo Fernandes (SIM SUMMIT) – 01h22m01s

21Km (feminino)

– Diana Sousa (CENTRO CICLISTA DE GONDOMAR) – 01h35m25s

– Paula Lage (SIM SUMMIT) – 01h40m35s

– Sofia Pimenta (LION RUNNERS – G. D. LEÕES DA GUARDA) – 01h48m31s

13 km (masculino)

– Ruben Veloso (ACADEMIA DESPORTIVA ARCOS DE VALDEVEZ): 50m24s

– Alex Tondela (MONTANHA CLUBE TRAILRUNNING/EFAPEL) – 52m36s

– José Miranda (individual) – 54m32s

13 km (feminino)

– Hortense Tenda (SPORTING CLUBE DE ESPINHO / ANTÓNIO LEITÃO) – 01h01m00s

– Cristiana Ferreira (RUNNING ESPINHO) – 01h03m05s

– Adriana Gomes (MINHO AVENTURA) – 01h05m30s

42Km Estafetas

– SPORTING CLUBE DE ESPINHO / ANTÓNIO LEITÃO 4– 02h55m27s

– SPORTING CLUBE DE ESPINHO / ANTÓNIO LEITÃO – 02h55m49s

– AMIGOS DAS RIBEIRAS– 02h57m06s.

Fotos: CSNE/GEM.

Gerês Extreme Marathon® está de volta no próximo fim de semana

Novembro 26, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

É já nos próximos dias 1 e 2 de dezembro de 2018 que a Carlos Sá Nature Events realiza a 5ª edição deste evento de sucesso, com o apoio da Câmara Municipal de Terras de Bouro.



Esta prova realiza-se nas estradas de montanha do único Parque Nacional de Portugal – o Parque Nacional Peneda-Gerês – e os seus participantes poderão usufruir de cenários incríveis onde não faltarão a dureza e o desnível característicos das provas organizadas por Carlos Sá, bem como o convívio entre os participantes, a felicidade pelo desafio superado e a já habitual “sopa do pote”, que confortará os Extreme Runners.

No sábado, dia 1 de dezembro, decorre a 2ª edição da Extreme Mile, que terá uma inclinação média de 35% e 525 m D+ em apenas 1 milha.

Será também durante a tarde desse dia que os participantes, mediante inscrição, poderão conhecer algumas das tradições das aldeias da região. Na aldeia comunitária da Ermida, a ATACE – Associação Turística da Aldeia Comunitária da Ermida – leva a cabo um vasto programa de atividades, com início às 15h00, que dará aos visitantes a possibilidade de conhecer as práticas comunitárias ancestrais que são características desta aldeia.

Uma dessas práticas é a “Chegada da rês”, quando o gado caprino regressa à aldeia, depois de ter estado no alto da serra a pastar, guardado, à vez, por um pastor da aldeia. Esta prática é designada de “guardar a vezeira da rês”.

Para além da “Chegada da Rês”, os participantes poderão vivenciar a “Apanha e o Enfarne da Azeitona no Lagar de Azeite Comunitário” e assistir a um “Chamado do Povo”, momento no qual os habitantes se juntam para debater os problemas da aldeia e, juntos, encontrar as soluções necessárias.

Os sabores característicos da gastronomia da região não poderiam faltar, com provas de chá, mel, marmelada e doces durante a tarde e a bôla de carne, bôla de sardinha, broa de milho e a tradicional “sopa do pote” ao jantar.

Para minimizar o impacto ambiental causado com estes eventos, haverá também uma plantação de árvores nesta mesma aldeia.

No domingo, dia 2 de dezembro, decorrem as várias provas competitivas, com distâncias aproximadas de 42 km, 42 km em estafetas, 21 km e 13 km, todas com partida e chegada no centro da Vila do Gerês.

Com cerca de 1500 participantes esperados, de 11 nacionalidades, esta é, sem dúvida, uma ótima oportunidade para dar a conhecer uma das mais belas regiões de Portugal, as suas gentes, os seus costumes e a sua gastronomia, num evento que gradualmente se vai impondo no panorama do atletismo nacional e internacional.

Os recordes da maratona a superar pertencem, no setor masculino, ao búlgaro Mihail Lalev, com a marca 02h48m13s e, no setor feminino, à atleta nacional Fátima Melo, com a marca de 03h20m44s. Mário Elson já anunciou ser este o seu principal objetivo da época: não só, vencer esta fantástica prova, como pulverizar o seu recorde.

Correr no Gerês tem sempre, em qualquer altura do ano, um encanto especial, mas a paleta de cores que pintam o Parque Nacional no fim do outono cria cenários tão deslumbrantes e arrebatadores, que tornarão esta prova tão bela, quanto dura.

Fotos: DR.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima