Tag archive

Gil Vicente TV

Gil Vicente: Paulo Alves antevê jogo deste domingo frente ao FC Porto B

Janeiro 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em declarações à Gil Vicente TV, Paulo Alves fez o lançamento deste grande jogo do próximo domingo, no Estádio Cidade de Barcelos, pelas 11h15, com transmissão na Sport TV. Analisou, igualmente, o atual momento da equipa gilista.



Começou por realçar a aceitação que o grupo teve à chegada da nova equipa técnica. Sobre o trabalho que está a ser desenvolvido, Paulo Alves referiu que “os jogadores e a equipa têm trabalhado nos limites. A equipa tem trabalhado muito bem, tem tentado, dentro daquilo que é possível, nestes primeiros dias, assimilar alguns conceitos, algumas ideias. E, portanto, nesse sentido estamos no bom caminho. Estamos num processo de integração de alguns elementos novos, que leva o seu tempo também, mas que esperamos, tão rápido quanto possível, possa ‘dar os seus frutos’ e ter uma equipa homogénea, sólida e que possa corresponder às dificuldades. E são muitas, nesta prova, nesta segunda liga”.

Em relação ao jogo de domingo, Paulo Alves deixou uma análise do adversário, abordando aquilo que espera para a sua equipa, não só para este confronto com os portistas, como para o resto da temporada. “Neste momento, o Porto B é o líder do campeonato, é sobejamente uma equipa conhecida pela sua qualidade, pelos seus elementos. Muito fortes em termos técnicos, em termos individuais e coletivos. Portanto, sem dúvida nenhuma, estamos à espera de muitas dificuldades. Seja como for, nós temos que estar preparados para isso e temos que ter a motivação necessária para poder fazer frente a isso e poder chegar à vitória. Vai ser difícil, com certeza. Mas há algo que nós não podemos esquecer e que temos que rapidamente incutir nestes jogadores. Este é um estádio [o Cidade de Barcelos] que, tradicionalmente, é difícil para os adversários e isso vai ter que ser uma palavra de ordem muito forte. Quem vier cá, obviamente tem que sentir que está uma equipa aqui que vai trabalhar, que vai lutar, que fazer tudo pela vitória. Esse vai ser o grande objetivo. Obviamente que sabendo que do outro lado está um adversário com muito valor e que em qualquer altura, individualmente, vão criar muitos problemas. Mas nós queremos contrapor com aquilo que são as nossas qualidades, as nossas competências, a nossa organização, à qual temos que ser muito fortes”, salientou.



Tendo abordado o momento atual e o trabalho que está a ser levado a cabo pela equipa técnica e jogadores, Paulo Alves não deixou de expressar aquilo que pretendem para o futuro. “Nós estamos num processo inicial e queremos construir um ano melhor. Sabemos das dificuldades que nos esperam, sabemos das expectativas que as pessoas têm. Mas nada vai acontecer por acaso. Vai ter que haver muito trabalho, uma entrega muito grande de todos, uma ligação muito forte em termos daquilo que é um grupo saudável, que vai sofrer em conjunto por cada vitória que seja. E quando tivermos esses comportamentos todos alinhavados, com certeza, seremos mais fortes. É isso que pretendemos e queremos todos dar muitas alegrias aos sócios num futuro próximo. Tão próximo quanto possível porque este clube merece. Este clube tem que ser um clube que as pessoas se habituem a ver como um clube sólido, consistente e que as equipas lutem sempre para ganhar, em casa ou fora.”

Frédéric Maciel, ex-Moreirense, assina pelo Gil Vicente

Janeiro 10, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Gil Vicente Futebol Clube apresentou hoje Frédéric Maciel como mais um reforço para a sua equipa de futebol profissional. O avançado de 23 anos, de Esposende, proveniente do Moreirense, assinou por duas épocas e meia.



Frédéric Ferreira Maciel, natural de Grenoble – França mas com nacionalidade portuguesa, estava a ser pouco utilizado no Moreirense, da Primeira Liga.

Este avançado teve um percurso de formação marcado pela passagem por vários clubes. Esposende, Varzim, Sporting de Braga, Sporting, Padroense e, finalmente, Futebol Clube do Porto, clube onde terminou a sua formação e iniciou o seu percurso sénior, começando pela equipa B portista. Daí, transferiu-se para o Mouscron, da Bélgica, sendo contratado na época seguinte pelo Moreirense, por quem venceu a Taça da Liga.

Nesta época e meia em Moreira de Cónegos, Frédéric Maciel foi pouco utilizado, assinando agora pelo Gil Vicente.

Em declarações à Gil Vicente TV, o avançado referiu estar feliz por estar no Gil Vicente, vindo para procurar mais minutos, para trabalhar, sendo mais um para ajudar. Em termos individuais, espera conseguir ajudar, fazer golos e assistências. Coletivamente, espera manter a equipa o mais longe possível na tabela. Para ele, “quanto mais cedo o Gil Vicente estiver na primeira divisão, melhor. Que é lá que pertence”.

Sobre as condições de trabalho, o novo reforço salientou que os gilistas têm umas condições muito boas e que muitas equipas da primeira divisão não devem ter condições como as que o Gil Vicente tem.

Sendo de Esposende, Frédéric reiterou estar muito contente por estar no Gil Vicente, por ser de “pertinho” e o Gil ser uma equipa que ele viu crescer. No final, deixou a garantia que da sua parte, vai dar o máximo sempre em todos os treinos e se tiver minutos de jogo ao fim de semana irá dar o seu máximo para gostem sempre de si.

Foto: GVFC.

Jorge Casquilha faz a antevisão do Gil Vicente vs. Santa Clara de domingo

Setembro 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Em declarações à Gil Vicente TV (GVTV), o treinador dos gilistas, Jorge Casquilha, fez a sua análise ao momento atual da equipa e, igualmente, a antevisão desse jogo grande de domingo, no Estádio Cidade de Barcelos, pelas 16h00, contra o líder Santa Clara.



Depois da grande vitória em Alcochete, frente à equipa B do Sporting, o regresso ao trabalho foi feito de uma forma mais entusiasmante. “O regresso ao trabalho, depois de uma vitória, faz-se sempre com muito mais dinâmica. Estamos muito mais predispostos para voltar ao trabalho. Felizmente, estamos numa fase muito positiva, há quatro jogos que não perdemos, temos vindo a somar pontos nas últimas quatro jornadas e encontramo-nos no 4º lugar, o que nos dá muita satisfação, para continuar a trabalhar e, se possível, continuarmos a somar vitórias e a estar nos primeiros lugares da classificação”, salientou o técnico gilista.

“Quem enverga esta camisola tem que jogar sempre para ganhar”

Mesmo sendo contra o 1º classificado, a equipa tem o objetivo de conquistar a vitória e os 3 pontos. “Quem já nos acompanhou nas primeiras seis jornadas, observou que a equipa tem o mesmo comportamento, tanto em casa, como fora. Tentamos assumir o jogo, tentamos fazer uma pressão alta e, na maior parte das vezes, temos conseguido. Em alguns períodos dos jogos não o conseguimos, também por mérito dos adversários. Jogamos contra alguém e também depende muito do que o adversário nos deixe jogar ou não. Mas a nossa intenção, o nosso objetivo, é sempre jogar para ganhar e temos provado isso, tanto quando jogamos em casa, como fora. A identidade da equipa, o ADN está lá. Os jogadores assimilaram rapidamente a nossa mensagem. Quem enverga esta camisola tem que jogar sempre para ganhar e é isso que temos feito em qualquer lado. É sempre lutar pelos 3 pontos e, felizmente, as coisas têm acontecido muito positivamente”, referiu Jorge Casquilha.



“Jogando em casa somos claramente favoritos”

Precisamente por ser contra o líder da classificação, o jogo será difícil, mas será para ambas as equipas. “Será, certamente, um jogo muito difícil. Mais difícil, ainda, porque iremos defrontar o líder. Uma equipa muito motivada, que está isolada na classificação. Assumiu, de início, a subida de divisão como grande objetivo da época e, certamente, será um jogo muito difícil. Mas também acredito, e tenho quase a certeza, que para o Santa Clara também vai ser um jogo muito difícil porque queremos ganhar, jogamos em casa, perante os nossos adeptos e considero que, jogando em casa, somos, claramente, favoritos”, ressalvou Casquilha.

“Importante somar mais 3 pontos para nos mantermos nos primeiros lugares”

A vitória é sempre o objetivo da equipa gilista, e neste jogo, para Jorge Casquilha, a vitória pode valer 6 pontos. “Com uma vitória iremos encurtar distâncias para os primeiros lugares, principalmente, para o Santa Clara. É um jogo que vale 6 pontos e a verdade é que estamos muito moralizados e estamos conscientes da importância do jogo. Sabendo que esta é a 7ª jornada, nada se ganha à 7ª jornada, mas era importante somar mais 3 pontos para nos mantermos nos primeiros lugares”, salientou.

“Que as pessoas possam vir ao futebol para empurrar a equipa para mais uma vitória”

De relembrar que as crianças e jovens até aos 16 anos não pagarão bilhete para poder assistir ao jogo. Logo, esta é uma ótima oportunidade de o estádio estar mais completo e o apoio à equipa ser ainda maior. O apoio dos adeptos é muito importante? Para o técnico gilista é, e deixa, igualmente, uma palavra à claque. “Sim, claramente. Nós estamos sempre a pedir o apoio dos adeptos porque gostamos de atuar em casa, com os adeptos a puxar por nós, a apoiar-nos. Nos dois jogos que fizemos, tivemos uma boa casa. Nos jogos fora não têm sido muitos adeptos, principalmente este último, que foi bastante longe. Mas a verdade é que a claque estava lá e eram poucos mas eram ruidosos. Apoiaram a equipa de princípio ao fim. Queremos que agora neste jogo, em casa, perante o líder, – certamente vai estar bom tempo – que as pessoas possam vir ao futebol e que esteja uma boa casa e que nos apoiem de princípio ao fim, para empurrar a equipa para mais uma vitória.”

Gil Vicente-União: Casquilha acredita em equipa forte para conseguir primeira vitória em casa

Agosto 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora




Amanhã, pelas 16h00, no Estádio Cidade de Barcelos, o Gil Vicente recebe o CF União da Madeira em jogo a contar para a 4ª jornada da LEDMAN LIGA PRO (2ª Liga).

O treinador gilista, Jorge Casquilha, em declarações à Gil Vicente TV – novo projeto de comunicação do clube barcelense – salientou que acredita que “vamos estar, de certeza, muito fortes novamente em casa, como estivemos no último jogo. Excetuando o resultado, a equipa esteve muito bem, teve um comportamento fantástico e acredito que amanhã vamos, outra vez, aparecer muito fortes e a querer dar uma alegria aos nossos adeptos, somando a primeira vitória em casa”.

Quanto ao adversário, vindo da Madeira, Casquilha ressalva que “é um adversário muito difícil, como todos nesta divisão. Vem muito moralizado pelas duas vitórias que teve em casa, pela posição que ocupa na tabela e irá, certamente, criar-nos muitos problemas. Mas acredito que nós iremos colocar muitos problemas ao União e a nossa única intenção é somarmos 3 pontos, sabendo que vai ser um jogo complicado, como todos nesta divisão”.

Já sobre a determinação da equipa, assim como a gestão dela, devido aos muitos jogos num curto espaço de tempo, o treinador gilista afirmou que “a determinação é sempre a mesma mas é lógico que o processo de treino tem que se ajustar aos 3 jogos em 9 dias e, neste momento, passamos numa fase mais de competição e recuperação do que outra coisa. Jogámos na Póvoa, recuperámos para este jogo e a seguir iremos recuperar para o próximo jogo em Coimbra. É mais essa gestão ao nível de treino. A nível de concentração, foco, está completamente bem definido na cabeça de toda a gente que todos os jogos são para ganhar e este não foge à regra”.

Por fim, sobre a evolução da equipa e a retificação de problemas, nomeadamente, ao nível da concretização, Casquilha esclareceu que “avançámos muito esta semana e já na semana anterior o fizemos, no processo de finalização. Sentimos que a equipa está bem, está a jogar bem, está a criar oportunidades, simplesmente não está a finalizar. Temos que trabalhar sobre esse aspeto para que a equipa possa finalizar as oportunidades que cria porque, neste momento, o que nos está a faltar mesmo é a componente de finalização senão estaríamos numa posição muito mais confortável na tabela do que estamos hoje”, finaliza o treinador gilista.

O Gil Vicente ocupa a 10ª posição da classificação, com 4 pontos em 3 jogos. Para este jogo, os bilhetes para sócios custarão 3 euros, sendo que na compra de 2, o preço é de 5 euros. Os jovens até aos 16 anos não pagam e para o público, 15 euros para a Bancada Poente Superior, 10 euros para a Poente Inferior e 5 euros para a Bancada Nascente.

Formação: Gil Vicente com derrota caseira e empate forasteiro

No futebol de formação, a equipa de Juniores A (sub-19) abriu o campeonato com uma derrota caseira frente ao CD Aves, por 1-3. Já a de Juniores B (sub-17), iniciou a caminhada com um empate em Moreira de Cónegos, a 2 bolas, frente ao Moreirense.

Imagens: GVTV.

Ir Para Cima