Tag archive

Guarda Nacional Republicana

MEO, APAV, GNR E PSP lançam ação de sensibilização “Dê a cara por quem não pode”

Maio 11, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Numa altura em que os Portugueses passam por um período sem igual, o dever cívico de recolhimento domiciliário foi decretado em Portugal como medida de contenção da pandemia COVID-19. Se, por um lado, a quarentena tem sido uma das ações mais eficazes no combate ao vírus, por outro, torna-se uma ameaça para as vítimas de violência doméstica.



Não ficando indiferente a este contexto, a Altice Portugal e o MEO, em parceria com a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Policia de Segurança Pública (PSP), associam-se à luta contra este flagelo através de uma campanha de sensibilização, incentivando a uma maior atuação cívica.

Com o isolamento social, as situações de tensão e o número de casos de violência doméstica têm vindo a agravar-se. Urge assim, apelar a todos os Portugueses para um problema ainda mais grave durante estes tempos de isolamento.

Sob o mote “Dê a cara por quem não pode”, o MEO e três das principais entidades em Portugal no combate a este problema, apelam aos familiares, amigos ou vizinhos, bem como a outros membros do círculo próximo das vítimas, que não permaneçam em silêncio nesta altura de crise e que deem voz a quem não pode fazer por si próprio.

“Humaniza-te” volta a surgir, assim, como mote orientador desta nossa campanha, que pretende apelar a uma maior proximidade e a valores que devem ser assumidos pela sociedade. Para Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal, “este é um tema que a todos diz respeito e ao qual ninguém pode ficar indiferente. A Altice Portugal, através do MEO, tem desafiado os Portugueses a quebrarem todas as barreiras do silêncio, apelando para que se unam a favor de uma causa que é de todos. É por isso que, em conjunto com a APAV, GNR e PSP, queremos dar a voz por quem não o consegue fazer sozinho. Hoje, uma vez mais, todos juntos lutamos por um País melhor”.

“Atravessamos, atualmente, um contexto de confinamento que nos desafia diariamente a fazer mais e melhor. À semelhança do que acontece em todo o mundo, adaptámo-nos a uma nova realidade e unimos esforços para dar continuidade à nossa missão de apoiar vítimas de crime, seus familiares e amigos/as. Com esta iniciativa, voltamos a juntar-nos à Altice Portugal, à GNR e à PSP para cumprir objetivos comuns: incentivar a participação cívica de todos/as e alertar para a urgência de uma sociedade sem violência”, refere João Lázaro, presidente da APAV.

Para o Comandante-Geral da GNR, tenente-general Botelho Miguel, “a violência doméstica constitui uma preocupação prioritária da GNR, enquadrando-se esta campanha numa estratégia de consciencialização, que visa contribuir para a mudança de comportamentos da sociedade e para a progressiva intolerância social face a este flagelo”.

Para a Polícia de Segurança Pública, pela experiência acumulada de décadas de resposta emergente aos momentos mais críticos nas ocorrências de violência doméstica, reconhece o profundo impacto que este crime tem na vida das suas vítimas. Por ser praticado pelos que nos são mais próximos, pais, filhos ou cônjuges, o seu efeito é ainda mais traumático. As sensações de profunda vulnerabilidade e abandono fazem a vítima crer-se sem solução, transformando o medo comum, em pânico. No Policiamento de Proximidade diariamente efetuado, as equipas da PSP especializadas em atender e proteger vítimas de violência doméstica, trabalham incessantemente para encontrar as melhores soluções de proteção para cada caso. E mesmo durante a situação epidemiológica da COVID-19, a PSP reinventou a sua atuação, reforçando os contactos diretos com as vítimas e criando o endereço violenciadomestica@psp.pt, para que o isolamento não dificultasse a proteção que queremos dar a todos.

Sob o mote “Dê a cara por quem não pode”, o MEO lança uma campanha de comunicação multimeios, no ar entre 11 e 24 de maio. A campanha será veiculada nos meios habituais – TV, imprensa, rádio e digital – com o intuito de criar um movimento de alerta e de sensibilização em torno desta causa, incentivando a uma maior atuação cívica. O filme conta com a presença dos Embaixadores MEO – Miguel Oliveira, Frederico Morais, Carolina Deslandes, Jéssica Silva, João Sousa, Armindo Araújo, Bárbara Tinoco e Ercília Machado – que dão a cara e voz pelas vítimas.

Para assistir ao filme, aceda a: https://youtu.be/UU52REmFBCM.

Imagens: ALTICE.

COVID-19: Altice Portugal, Huawei Portugal e GNR juntos no combate ao isolamento social

Abril 23, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Tecnológicas disponibilizam equipamentos para ligar milhares de idosos às suas famílias

A Altice Portugal e a Huawei Portugal voltam a unir esforços para disponibilizar e colocar a tecnologia ao serviço das pessoas, numa iniciativa no âmbito do programa “65 Longe+Perto”, da Guarda Nacional Republicana. Com o apoio das duas empresas, a GNR passa a promover o contacto dos idosos com a família e com quem mais gostam através de videochamadas, combatendo assim o isolamento desta população.



Por todo o País, devido à força das circunstâncias, milhares de idosos encontram-se, atualmente, impedidos de estar com as suas famílias. De forma a dar resposta a esta necessidade, a Altice Portugal e a Huawei Portugal vão dotar a GNR com tablets e serviço de dados gratuito, oferecendo os recursos necessários para que os militares da GNR possam colocar milhares de idosos, nomeadamente os que vivem sozinhos ou isolados, em contacto com as suas famílias por videochamada.

O Presidente Executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, considera que “é de valorizar esta iniciativa da Guarda Nacional Republicana e todo o trabalho de proximidade que desenvolvem junto da sociedade, bem como será certamente reconfortante sentir a alegria e os sorrisos desta população idosa por ser visitada e ter a oportunidade de contactar os seus familiares. Esse é também um conceito intrínseco na essência da Altice Portugal e temos, por isso, todo o gosto em palmilhar este mesmo caminho da proximidade junto de quem a pratica ao lado dos portugueses, colocando uma vez mais a tecnologia ao serviço das pessoas e do País”.

Para o CEO da Huawei Portugal, Tony Li, “neste momento de isolamento social, especialmente delicado para as populações mais idosas que se encontram afastadas das suas famílias, promover e facilitar os contactos entre todos ganha especial importância”, pelo que, acrescenta o responsável, “a Huawei Portugal, enquanto empresa portuguesa, envidará todos os esforços para dar resposta a estas necessidades tão prementes”.

O Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana, Tenente-General Botelho Miguel, afirma que “esta parceria torna ainda maior a dimensão social do serviço que a Guarda vem prestando junto dos milhares de idosos sinalizados pela Guarda como vivendo sozinhos, isolados ou sozinhos e isolados”. Os militares da Guarda Nacional Republicana desempenham um papel fundamental para estas populações, dado serem, muitas vezes, o único contacto social que estes idosos mantêm de forma regular. Esta parceria vai permitir à GNR aprofundar o apoio social, amplamente reconhecido pela população portuguesa, em particular junto das franjas mais vulnerabilizadas pelo isolamento social imposto pela pandemia de COVID-19.

Fotos: ALTICE PORTUGAL.

Carlos Sá vs. Carlos Sá

Março 24, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Juntos a favor do Banco Local de Voluntariado de Barcelos – COVID-19

Tal como os homónimos Carlos Sá, desafie os seus limites e lute contra este inimigo invisível e de difícil investigação, sendo que, o muito que pode fazer, passa pela salvaguarda da sua saúde e da sua própria vida, permanecendo na sua habitação, respeitando as recomendações e imposições governamentais, da Direção Geral da Saúde, do Município, etc., adotando medidas de proteção e prevenção contra a infeção, deixando o restante trabalho de ajuda a terceiros, para os profissionais de saúde, Forças de Segurança, Bombeiros, voluntários, etc.



Carlos Sá nasceu em 24 de dezembro de 1973 na freguesia de Vilar do Monte, no concelho de Barcelos.

Deu os primeiros passos desportivos com 12 anos na modalidade de atletismo no Núcleo Desportivo da Silva-Barcelos, onde ganhou diversas provas nos respetivos escalões, em campeonatos de pista e corta mato.

Em 2000, fruto do sedentarismo, passou a pesar 90 Kg e a fumar dois maços de cigarros por dia. É então que se transforma, perdendo 30 Kg e tornando-se no atleta de alta competição.

Em 2003 participou numa prova BTT organizada pela Associação barcelense “Amigos da Montanha”, tendo-se feito sócio, frequentou o curso de montanhismo e passou a desafiar os seus próprios limites em provas de escalada e alpinismo nos cumes das mais altas Montanhas dos Pirenéus Aneto e Monte Perdido.

Em 2005, começou a organizar expedições às mais altas montanhas do mundo, na cordilheira do Andes, no Peru, e face à necessidade de treinar muito mais, passou a dedicar-se a corridas em montanha.

A partir de 2008, iniciou a grande caminhada em provas longas, de grande resistência física e psicológica, ou seja, provas de ultra trail onde obteve diversos 1ºs lugares, como por exemplo: Ultra Trail Geira-Gerês, 101 Km Perigrinos-Espanha, Grand Raid dês Pyrénées-França, Ultra Trail Aldeias do Courel-Espanha, Badwater Ultramarathon-Califórnia, EUA, Madeira Island Ultra-Trail-Madeira-Portugal, World Record da Aconcágua-Argentina, e ultrapassou outros enormes desafios, como cruzar a Gronelândia, costa a costa (600 Km), correr 6 vezes a maratona das areias no Deserto do Saara. Concluiu, também, o Tor des Geant (Alpes Italianos-330 Km-sem parar).

Carlos Sá, o grande impulsionador e continua a ser o Embaixador do Trail Running em Portugal, através do projeto “Carlos Sá – Nature Events“, desporto que aumentou exponencialmente os seus praticantes e simpatizantes, nestes últimos anos.

Sempre correu para atingir novos cumes e para ultrapassar as suas próprias metas, “Se fosse só para competir, nada faria sentido.” Mais que correr, fazia-o como estilo de vida e com o lema: “Correr pela vida”.



Já o seu homónimo, Carlos Sá, nasceu em 01 de abril de 1976 na freguesia de Palme, no concelho de Barcelos.

Começou a trabalhar, em 1998, na Cablinal Portuguesa – Indústria de Cablagens automóveis e ingressou em setembro de 2000 na Guarda Nacional Republicana, onde prestou em serviço em Oeiras até 2003 e a partir de 2004 passou a desempenhar funções ao serviço dos cidadãos barcelenses, na GNR de Barcelos.

A trabalhar em Barcelos, efetuou vários cursos de especialização, progressão na carreira e liderou equipas de trabalho que elevaram o bom nome e a imagem da Instituição que orgulhosamente representa. Sob sua coordenação, foram realizadas grandes operações policiais que desembocaram em detenções de grupos criminosos organizados, primando pelo combate à criminalidade especialmente violenta. Foi condecorado pelo Comandante Geral da GNR.

Como formação académica, possui a licenciatura em Criminologia e Cursos avançados em Direito Penal, Igualdade de Género, Psicologia Forense e Cibercrime.

Militar de vocação, dedicação plena à carreira e total entrega ao serviço público, sempre em prol cidadão, sacrificando e abdicando do descanso pessoal e da convivência com a família, sob os princípios que jurou ao abraçar esta profissão, “mesmo com o sacrifício da própria vida”.

De características comuns, podemos salientar que nasceram em freguesias vizinhas do concelho de Barcelos, de famílias humildes e que lutaram pelo futuro desde o zero.

Apesar de toda a dureza e dedicação extrema nas suas atividades, procuram sempre aderir às causas sociais e solidárias, como sejam, organização de eventos para causas sociais da Caritas e de crianças vítimas de doenças crónicas ou raras, com necessidades especiais; ainda participaram nas causas alusivas às vítimas dos grandes incêndios em Portugal, melhoramento das condições da urgência Pediátrica do Hospital de Barcelos, e todos os eventos solidários organizados pelos Amigos da Montanha, Câmara Municipal de Barcelos, Cruz Vermelha, IPSS´s e outras entidades organizadoras, sempre em prol do Povo de Barcelos e outros.

Nesta violenta prova de resistência física e psicológica a que o povo do mundo inteiro se encontra sujeito, no âmbito da pandemia COVID-19, vêm estes dois barcelenses exemplares, habituados e treinados a exercícios de superação pessoal e profissional, associarem-se ao Banco Local de Voluntariado (BLV) de Barcelos do Gabinete da Ação Social e Saúde Pública da Câmara Municipal de Barcelos, para promoção e fomento de medidas de proteção, principalmente, para com os idosos do concelho, das famílias monoparentais e todos aqueles que necessitem de ajuda para que não sejam obrigados a sair de casa, neste momento, em que é imperioso permanecer em casa.

Com este grupo de voluntariado, pretendem ajudar os mais idosos (necessitam de mais proteção que os outros), principalmente os que não possuem autonomia, e outras pessoas que necessitem, estejam em isolamento ou quarentena, através de uma rede de apoio ao sistema de alimentação e medicação por forma a que essas pessoas possam estar em casa tranquilas, se sintam apoiadas, em segurança e com garantias de que nada lhes faltará. Pretende fazer a entrega de bens essenciais ao domicilio para aquelas pessoas que forem triadas pelo sistema em articulação com as juntas de freguesia.

“Nesta ultramaratona da luta pela vida, não saia de casa porque, juntos, vamos escalar o arco-íris e tudo vai ficar bem”, sensibilizam.

Imagens: DR.

GNR detém dois indivíduos em flagrante delito por furto

Fevereiro 14, 2019 em Atualidade, Concelho port barcelosnahorabarcelosnahora

Detenção efetuada em Rio Covo Santa Eulália

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Barcelos deteve, na madrugada de hoje, 14 de fevereiro, deteve dois indivíduos em flagrante delito (ambos com 18 anos de idade, supostamente residentes em Moure e Góios), após efetuarem dois furtos, um no Take Away “Sal e Pimenta”, na localidade de Macieira de Rates, e outro na Pastelaria “Panidoce”, situada na freguesia da Junqueira – Vila do Conde.



Foram apanhados com os objetos que furtaram, tendo fugido às equipas do NIC, desde Macieira de Rates até ao local onde foram detidos, após entrarem numa rua sem saída e, ao percorrerem essa rua de marcha atrás, despistaram-se. Um deles ainda ofereceu resistência à detenção.

Os suspeitos de efetuarem furtos em estabelecimentos, faziam-se transportar numa viatura SEAT IBIZA cinzenta.

São suspeitos de terem feito mais de uma dezena de furtos qualificados em cafés, pastelarias, restaurantes e outras lojas comerciais. Entre eles, na noite do dia 31 de janeiro, quando fizeram um autêntico “arrastão”. Começaram numa pastelaria na Silva, depois foram a uma loja dos Calçados Sameiro, em Vila seca, seguiu-se a Pastelaria Rosa Cintilante, em Barqueiros, e uma loja de cabeleireiro, em Barcelinhos, tudo feito pelos mesmos e com o mesmo método e objetivo.

Os militares do NIC fizeram duas buscas domiciliárias e duas em veículos, tendo aprendido 1 veículo automóvel, 1 motociclo, 1 computador portátil, 2 lanternas, 1 pé de cabra, 1 máscara, 2 telemóveis, 1 mealheiro, várias peças de roupa usadas nos furtos, vários sacos com moedas, no valor total de 114 euros.

Os detidos já tinham antecedentes criminais, por furtos qualificados e foram presentes a primeiro interrogatório judicial, às 14H00 de hoje, no Ministério Público junto do Tribunal de Barcelos, tendo o Juiz passado a audição para amanhã, dada a quantidade de crimes praticados.

Atendimento da Fiscalização Municipal passa a realizar-se no Balcão Único

Março 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O atendimento ao público do serviço de Fiscalização Municipal passou a ser feito, desde o dia 19 de março, no Balcão Único, um espaço de atendimento aos cidadãos situado à entrada do edifício dos Paços do Concelho.



Todas as situações relacionadas com aquele serviço, incluindo as audiências prévias no âmbito dos processos contraordenacionais, que decorrem às quartas-feiras à tarde, passam a realizar-se no Balcão Único.

Igualmente, neste Balcão, podem ser tratados os assuntos referentes à limpeza das matas e das florestas, que estão a cargo de uma equipa multidisciplinar, constituída para o efeito. Esta equipa tem vindo a receber formação, como a que decorreu no passado dia 16 de março, com elementos da Guarda Nacional Republicana, Proteção Civil, técnicos florestais e juristas.

Para além da reestruturação dos serviços de atendimento e da formação dos colaboradores do Município afetos a esta área, as alterações levadas a cabo pelo Pelouro da Fiscalização têm permitido, de acordo com o mesmo, agilizar processos, reduzindo em cerca de 35% o número de processos fiscais e contraordenacionais.

“Para a concretização deste grande objetivo, que é a agilização processual, o Pelouro implementou várias medidas, como a criação de um sistema de acesso informático entre os serviços da Fiscalização e do Urbanismo, que permite uma melhor colaboração entre juristas, fiscais, engenheiros e arquitectos”, refere o Município em nota de imprensa.

“Outra medida importante é a aposta na formação dos colaboradores envolvidos, tendo sido organizadas já algumas ações e estando previstas novas”, termina.

Fonte e foto: CMB.

Secundária de Barcelinhos celebra “Dia da Internet Mais Segura” com sessões de formação

Fevereiro 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

É já nos próximos dois dias, 07 e 08 de fevereiro, que a Escola Secundária de Barcelinhos realiza duas sessões de formação no âmbito do “Dia da Internet Mais Segura”. As sessões serão levadas a cabo na Biblioteca Escolar Dr. António Ferraz.

A primeira, dia 07 às 10h05, terá como destinatários os alunos do 3º Ciclo e será dinamizada por especialistas da Guarda Nacional Republicana (GNR) /Escola Segura. Já a segunda, dia 08 às 11h45, para alunos do Secindário, será dinamizada por especialista da Polícia Judiciária (PJ), no caso, o Dr. Carlos Amaral – Inspetor-Chefe da PJ de Braga.

Também realizar-se-ão sessões de formação sobre Literacia da Informação, com colaboração da Beaf, Professores de TIC e de Informática.

O “Dia da Internet Mais Segura 2017” celebra-se, mundialmente, durante o mês de fevereiro. Entre 06 e 11 deste mês, a ES de Barcelinhos promoverá várias iniciativas no âmbito da temática «Marca a diferença: unidos por uma Internet melhor».

De acordo com a organização, estas sessões têm como objetivo “consciencializar a comunidade escolar para a utilização segura da Internet”; “promover uma utilização esclarecida, crítica e segura da Internet, quer pelas crianças e jovens, quer pelas famílias” e “elevar os níveis de Literacia da Informação”.

 

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM de Barcelos.

Ir Para Cima