Tag archive

Hoquei em Patins

Óquei de Barcelos termina campeonato em 5º lugar

Maio 26, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Terminou ontem o Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Hóquei em Patins, com o Óquei Clube de Barcelos (OCB) a visitar o Pavilhão João Rocha, casa do Sporting Clube de Portugal, tendo sido derrotado pela margem mínima: 4-3.



Com arbitragem de Jaime Vieira (AP Alentejo) e Joaquim Sequeira (AP Lisboa), o jogo contou com as seguintes constituições de equipas:

Sporting – Zé Diogo Macedo, Ferran Font, Raúl Marín, Vítor Hugo e Henrique Magalhães (cinco inicial); André Girão, Facundo Navarro, Caio, Toni Pérez e Gonzalo Romero (banco inicial); Paulo Freitas (treinador).

OCB – Ricardo Silva, João Almeida, Gonçalo Meira, Gonçalo Nunes e Rúben Sousa (cinco inicial); André Almeida, Zé Pedro, Joca Guimarães, Hugo Costa e Alvarinho (banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

O OCB esteve melhor na primeira parte, com dois golos em pouco tempo. Primeiro por Gonçalo Nunes, aos 9’, e, depois, por Alvarinho aos 11’. Aos 19’, Romero reduziu para 1-2 e, a menos de 30 segundos do final da primeira parte, Alvarinho falhou um livre direto.

Na segunda parte, o OCB chegou à 10ª falta, mas Font não conseguiu concretizar o livre direto, aos 5’. Um minuto depois, Joca Guimarães aumentou a vantagem para 1-3. Vítor Hugo, aos 12’, reduziu para 2-3. Aos 21’, Romero bisou e empatou o jogo a 3 golos. Dois minutos depois, Gonçalo Meira foi admoestado com um azul e Marín não se viu rogado, concretizando o livre direto e fechando o resultado em 4-3 para os da casa. Pelo meio, Rúben Sousa ainda falhou um livre direto, a 1’ do final, pela 10ª falta do Sporting.

O campeonato fechou as portas e o OCB terminou em 5º lugar, apenas atrás dos campeões nacionais – FC Porto –, dos campeões europeus – Sporting CP, do SL Benfica e da UD Oliveirense.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos vence Valongo

Fevereiro 3, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo disputado ontem, 02 de fevereiro, no Pavilhão Municipal de Barcelos, o Óquei Clube de Barcelos (OCB) recebeu e venceu o Valongo, por 4-0.



A contar para a 15ª jornada, e sob arbitragem de Miguel Guilherme e João Duarte, da AP de Lisboa, o jogo contou com a seguinte constituição de equipas:

OCB – Ricardo Silva, João Almeida, Gonçalo Meira, Gonçalo Nunes e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, Zé Pedro, Joca Guimarães, Hugo Costa e Rúben Sousa (banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

Valongo – Leonardo Pais, Nuno Araújo, Diogo Fernandes, Pedro Mendes e Gonçalo Pinto (cinco inicial); Bernardo Mendes, Diogo Barata, Carlitos e Luís Melo (banco inicial); Miguel Viterbo (treinador).

Logo aos 9 minutos, Carlitos foi admoestado com azul. Rúben Sousa foi chamado a marcar, não enjeitado a oportunidade e abrindo o marcador. No minuto seguinte, é a vez de João Almeida ser admoestado com azul, mas Gonçalo Pinto não conseguiu bater Ricardo Silva. Gonçalo Pinto que também recebe azul aos 19 minutos. Desta vez, Rúben Sousa não bateu Leonardo Pais à primeira, mas na recarga. No minuto seguinte, foi a vez de Hugo Costa alargar a vantagem para 3 golos. Gonçalo Nunes vê azul aos 24 minutos, mas Nuno Araújo não marca no livre direto. Ainda nesse minuto, Gonçalo Pinto recebe novo azul, mas Rúben Sousa não marcou no livre. Ao intervalo, 3-0 para o OCB.

Na segunda parte, aos 8 minutos, Gonçalo Nunes apontou o 4-0, que viria a fechar o marcador, de grande penalidade. Até ao final, só houve falhanço de livre direto por parte de Alvarinho, pelo OCB, e por Diogo Barata, pelo Valongo.

No final, o OCB levou de vencida o Valongo, por 4-0. Na próxima jornada, o OCB visita o Turquel.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos empata a 5 em Riba d’Ave

Janeiro 27, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Óquei Clube de Barcelos (OCB) deslocou-se ao concelho de VN de Famalicão, mais propriamente à vila de Riba d’Ave para defrontar a equipa local, em jogo a contar para a 14ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins.



Sob arbitragem de Ricardo Leão e Miguel Guilherme (AP Lisboa), as equipas alinharam da seguinte forma:

Riba d’Ave – Diogo Fernandes, Diogo Seixas, Nuno Pereira, Hugo Azevedo e Bruno Pinto (cinco inicial); Pedro Freitas, Guilherme Ferreira, Tomás Pereira, Diogo Casanova e Daniel Pinheiro (banco inicial); Horácio Ferreira (treinador).

OCB – Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Gonçalo Nunes e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, Joca Guimarães, Hugo Costa, Gonçalo Meira e Rúben Sousa (banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

O jogo começou muito mal para o OCB, que se viu a perder por 3-0 ao intervalo, com golos de Hugo Azevedo (4’ e 11’) e de Diogo Seixas (16’). Aos 18’ ainda chegou às 10 faltas, mas Hugo Azevedo não conseguiu converter o livre direto. Aos 20’, Diogo Casanova é admoestado com um azul, mas Alvarinho também não converte o livre direto.

No reatamento, o jogo continuou a correr mal, com os da casa a fazerem o 4-0, por Nuno Pereira, aos 3’. Apenas aos 6’, o OCB “acordou”, com Rúben Sousa a reduzir para 4-1. Seguem-se a 15ª falta do OCB, com Hugo Azevedo a falhar novamente o livre e, aos 12’, Tomás Pereira, apontou o 5-1, numa grande penalidade envolta em imensa polémica. Aos 15’, Diogo Seixas recebe azul e Rúben Sousa converte o livre direto, reduzindo para 5-2. No minuto seguinte, o mesmo jogador chega ao hat-trick, apontando o 5-3. Aos 19’, Hugo Azevedo também foi “azulado”, mas Rúben Sousa não conseguiu fazer o poker. No mesmo minuto, Alvarinho reduziu para 5-4. Aos 21’, Gonçalo Nunes falhou uma grande penalidade. Dois minutos depois, a equipa da casa chegou à 15ª falta, mas Alvarinho não converteu o livre direto. Finalmente, a 10 segundos do final do jogo, Hugo Costa marca e estabelece o resultado final: 5-5.

A 2 de fevereiro, o OCB recebe o Valongo.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos empata a 2 com Sporting

Janeiro 24, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Óquei Clube de Barcelos (OCB) recebeu hoje o campeão em título, Sporting Clube de Portugal, tendo terminado o jogo empatado a 2 golos.



A contar para a 13ª jornada, e arbitrado por Florindo Cardoso e Carlos Correia (AP Minho), o jogo contou com as seguintes constituições de equipas:

OCB – Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa (cinco inicial); André Almeida, Joca Guimarães e Gonçalo Meira (banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

Sporting – André Girão, Pedro Gil, Matías Platero, Toni Pérez e Henrique Magalhães (cinco inicial); Zé Diogo, Ferran Font, Caio, João Pinto e Raúl Marín (banco inicial); Paulo Freitas (treinador).

O OCB inscreveu menos dois jogadores na ficha de jogo – Gonçalo Nunes e Alvarinho – por estarem emprestados pelo Sporting.

A primeira equipa a marcar foi a visitante, por intermédio do espanhol Pedro Gil, logo aos 8 minutos. Dois minutos depois, João Almeida restabeleceu a igualdade. Até ao final da primeira parte, a incidência de maior relevância foi o azul mostrado a Joca Guimarães, a 1’40’’. No entanto, Ricardo Silva impediu Font de festejar. Só que o mesmo Font, a 4 segundos do final da primeira parte, com o Sporting em power play, conseguiu marcar e levar o jogo para intervalo com vantagem forasteira, por 1-2.

Na segunda parte, aos 6’30’’, foi a vez de Marín ser admoestado com um azul. Encarregue de marcar o livre direto correspondente, Joca Guimarães não conseguiu desfeitear Girão. Aos 14’50’’, Henrique Magalhães recebeu, igualmente, um azul. Desta feita, Rúben Sousa não perdoou e restabeleceu a igualdade, que iria manter-se até ao final do jogo.

Com este empate, o OCB mantém-se na 5ª posição. Na próxima jornada defronta o Riba d’Ave, nesta vila do concelho de VN de Famalicão.

Fotos: André Miranda.

Óquei de Barcelos traz vitória da Marinha Grande

Janeiro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A “Capital do Vidro”, a Marinha Grande, recebeu o jogo Marinhense – Óquei Clube de Barcelos (OCB), a contar para a 12ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão.



No Pavilhão da EMBRA, sob arbitragem de Paulo Carvalho (AP Leiria) e de Teófilo Casimiro (AP Ribatejo), as equipas alinharam da seguinte forma:

Marinhense – Nuno Peça, João Lomba, Nicolás Carmona, Filipe Almeida e Filipe Vaz (cinco inicial); Marco Gaspar, Gonçalo Domingues, Gonçalo Louzada, Dário Santo e David Costa (banco inicial); Tiago Sousa (treinador).

OCB – Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Gonçalo Nunes e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, Joca Guimarães, Hugo Costa, Gonçalo Meira e Rúben Sousa (banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

O jogo fica marcado por uma primeira parte avassaladora do OCB, onde a equipa barcelense marcou todos os seus golos, com especial destaque para Gonçalo Nunes, que esteve muito inspirado, tendo apontado um hat-trick, e por uma segunda onde a tentativa de recuperação da equipa da casa foi evidente, tendo apontado todos os seus golos, ficando a diferença de golos em 2.

Outro pormenor a destacar foi o primeiro golo do jogo, por Gonçalo Nunes, apontado apenas com 6 (!) segundos de jogo. Seguiram-se Zé Pedro (14’), Alvarinho (15’), Gonçalo Nunes (18’) e, novamente, Gonçalo Nunes (20’), fechando a primeira parte com um 0-5 para o OCB.

O Marinhense iniciou a recuperação na segunda parte. João Lomba (2’), Filipe Vaz (3’), de livre direto a punir o OCB pela 10ª falta, e, novamente, Filipe Vaz, aos 10’, a reduzir para 3-5. A cerca de meio minuto do final, o OCB chegou à 15ª falta, mas o “homem do jogo” para os da casa – Filipe Vaz –, não conseguiu marcar o correspondente livre direto, tendo a partida terminado com a vitória do OCB, por 3-5.

Esta vitória mantém o OCB em 5º lugar, com 22 pontos. Na próxima jornada há jogo grande em Barcelos, com o OCB a receber o Sporting, dia 23 de janeiro, pelas 21h30.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos goleia Hóquei de Braga

Janeiro 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Disputou-se ontem, dia 05 de janeiro, a 11ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Hóquei em Patins, que contou, entre outros, com o jogo Óquei Clube de Barcelos (OCB) – Hóquei Clube de Braga, com o resultado a ditar uma goleada para os da casa por 8-3.



O jogo disputou-se no Pavilhão Municipal de Barcelos, pelas 21h30, tendo como dupla de arbitragem Sílvia Coelho e Orlando Panza, da AP Porto.

As equipas alinharam da seguinte forma:

OCB – Ricardo Silva, João Almeida, Gonçalo Meira, Gonçalo Nunes e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, Zé Pedro, Joca Guimarães, Hugo Costa e Rúben Sousa (banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

HC Braga – Conti Acevedo, Ângelo Fernandes, Carlos Loureiro, Pedro Delgado e Tomás Castanheira (cinco inicial); Gabriel Costa, Juanjo López, António Trabulo, Pedro Silva e Afonso Lima (banco inicial); Rui Neto (treinador).

O jogo começou frenético, com o OCB a abrir o marcador, por Gonçalo Meira, aos 6 minutos. Marcou à sua anterior equipa. No entanto, ainda no mesmo minuto, os visitantes empataram por Pedro Delgado. No minuto seguinte, Ricardo Silva defendeu uma grande penalidade, tentada por Ângelo Fernandes e dois minutos depois foi a vez de Gonçalo Meira falhar nova grande penalidade, permitindo a defesa ao guardião visitante.

Aos 11 minutos, João Almeida recolocou os da casa a vencer, por 2-1, e, logo no minuto seguinte, Alvarinho aumentou para 3-1. Aos 14’, nova grande penalidade a favor dos visitantes dava a hipótese a Juanjo López de marcar à sua anterior equipa, mas Ricardo Silva não o permitiu. Cinco minutos depois, Carlos Loureiro reduziu para os homens de Braga e, nesse mesmo minuto, Gonçalo Nunes falhou nova grande penalidade para o OCB. Hugo Costa é que não se viu rogado e, no minuto seguinte, recolocou a vantagem caseira em dois golos, fechando o resultado com que se foi para intervalo: 4-2.

Depois de uma primeira parte recheada de motivos de interesse, a segunda não quis ficar atrás. Logo aos 2’, Tomás Castanheira não conseguiu desfeitear Ricardo Silva, na marcação de um livre direto, mas 3 minutos depois redimiu-se a reduziu para 4-3, deixando os da casa “em sentido”. No entanto, estes não se atemorizaram e arrancaram para uma sequência de 4 golos sem resposta. João Almeida bisou aos 8’; Alvarinho também o fez, mas aos 10’; Gonçalo Nunes marcou aos 16’, de grande penalidade; igualmente de grande penalidade, a cerca de 20’’ do final, Joca Guimarães fechou a contagem nos 8-3 finais.

Com este resultado, o OCB manteve o 5º lugar da classificação, com 19 pontos, ficando a 5 do 4º classificado, o SL Benfica. Na próxima jornada, a 12 de janeiro, desloca-se ao terreno do Marinhense.

Fotos: André Miranda.

Óquei de Barcelos derrotado pelo FC Porto

Dezembro 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Ontem à tarde, o Dragão Caixa recebeu o jogo FC Porto – Óquei Clube de Barcelos (OCB), a contar para a 10ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão.



Arbitrado por José Pinto (AP Porto) e Rui Torres (AP Minho), o jogo contou com a seguintes equipas:

FC Porto: Carles Grau, Rafa, Reinaldo García, Gonçalo Alves e Hélder Nunes (cinco inicial); Nélson Filipe, Telmo Pinto, Giulio Cocco, Hugo Santos e Poka (banco inicial).

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, Gonçalo Nunes, Rúben Sousa e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, João Almeida, Joca Guimarães, Hugo Costa e Gonçalo Meira (banco inicial).

A primeira parte trouxe o domínio portista em termos de golos e controlo do jogo, tendo o OCB conseguido aproximar-se do marcador por Hugo Costa, aos 17’, reduzindo para 2-1. No entanto, os da casa marcaram primeiro e, depois de verem reduzida a desvantagem, conseguiram marcar mais dois golos, indo para intervalo com o resultado em 4-1 para o FC Porto. Os golos portistas foram da autoria de Hélder Nunes (6’), Cocco (14’), Gonçalo Alves (19’) e Poka (20’). No último minuto, Alvarinho ainda desperdiçou um livre direto a penalizar os portistas pelo azul de Gonçalo Alves.

Na segunda parte, o OCB chegou à 10ª falta e Gonçalo Alves não desperdiçou o livre direto correspondente, marcando o 5-1, aos 7’. No entanto, já não fez o mesmo no minuto seguinte, por azul de João Almeida. Alves que esteve em foco nesta altura do jogo pois, aos 10’, conseguiu marcar o 6-1. Um minuto depois, Alvarinho reduziu para 6-2, com Rafa, aos 23’, a fechar a contagem em 7-2 para os da casa.

Com este resultado, o OCB mantém o 5º lugar, precisamente atrás do FC Porto, com 16 pontos. Na próxima jornada, já em 2019, mais concretamente a 5 de janeiro, o OCB recebe os vizinhos do HC Braga.

Óquei de Barcelos derrotado pela Oliveirense, por 3-6

Dezembro 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se ontem, no Pavilhão Municipal de Barcelos, o jogo Óquei Clube de Barcelos (OCB) – Oliveirense, a contar para 9ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins.


Arbitrado por Luís Peixoto e João Duarte (AP Lisboa), as equipas alinharam da seguinte forma:

OCB – Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Gonçalo Nunes e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, Joca Guimarães, Hugo Costa, Gonçalo Meira e Rúben Sousa (de início no banco).

Oliveirense – Xavier Puigbi, Xavier Barroso, Marc Torra, Jordi Bargalló e Jorge Silva (cinco inicial); Domingos Pinho, Pedro Moreira, Pablo Cancela, Ricardo Barreiros e Emanuel García (no banco de início).

Os visitantes abriram o marcador, por Barroso, aos 6 minutos. Apenas 11 minutos depois, Hugo Costa restabeleceu a igualdade. No entanto, os forasteiros adiantaram-se no marcador, primeiro por Moreira (20’) e, depois, por Cancela (22’), fazendo o 1-3 com que se encerrou a primeira parte.

Na segunda, Zé Pedro reduziu a desvantagem para 2-3, aos 6’. Mas apenas 1 minuto depois, Torra recolocou a vantagem oliveirense em 2 golos. O mesmo Torra bisou, aos 10’, colocando o resultado em 2-5. Também Hugo Costa bisou, aos 11’. Aos 22’, o mesmo Hugo Costa foi admoestado com um azul, mas Torra não desfeiteou Ricardo Silva. O resultado fechou por Bargalló, a cerca de 10 segundos do final da partida.

Na próxima jornada, o OCB desloca-se ao Dragão Caixa para defrontar o FC Porto.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos empata a 0 em Tomar

Dezembro 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A 8ª jornada trouxe um resultado incomum no hóquei em patins, com o Óquei Clube de Barcelos (OCB) a deslocar-se a Tomar para defrontar o Sporting local, saindo de lá com um empate sem golos e o 5º lugar da classificação.



As equipas alinharam da seguinte forma:

Sporting de Tomar: Diogo Alves, João Sardo, Ivo Silva, Guilherme Silva e Pedro Martins. De início, no banco, estavam Carlos Silva, João Paulo Candeias, Hernâni Diniz, Joka e Xanoca.

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Gonçalo Nunes e Alvarinho. No banco, de início, ficaram André Almeida, Joca Guimarães, Hugo Costa, Gonçalo Meira, Rúben Sousa.

Os únicos realces do jogo vieram da parte dos da casa, com João Sardo a falhar um livre direto a castigar o OCB pelo azul mostrado a Gonçalo Nunes, aos 17’ da 1ª parte. Dois minutos depois, Guilherme Silva não conseguiu desfeitear o guardião do OCB numa grande penalidade.

Assim, resultado final: 0-0.

Na próxima jornada, sábado, pelas 21h30, o OCB recebe a Oliveirense, em jogo grande.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos empata com Benfica com grande recuperação

Novembro 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Grande jogo de hóquei em patins no Pavilhão Municipal de Barcelos, em noite de muita chuva e muita gente nas bancadas para assistir ao Óquei Clube de Barcelos (OCB) – SL Benfica.





Este foi um jogo com duas partes bem distintas. A primeira terminada com forasteiros a marcarem o único golo dessa parte do jogo; a segunda com mais golos, estando o SL Benfica a vencer por 3, mas os barcelenses a conseguirem empatar.

Arbitrado por Rui Torres (AP Minho) e José Pinto (AP Porto), as equipas alinharam da seguinte forma:

OCB: Ricardo Silva, João Almeida, Gonçalo Nunes, Rúben Sousa e Alvarinho. Paulo Pereira, treinador, deixou de início no banco André Almeida, Zé Pedro, Joca Guimarães, Hugo Costa e Gonçalo Meira.

SLB: Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolia e Jordi Adroher. Pedro Nunes, treinador, deixou de início no banco Tuga, Albert Casanovas, Lucas Ordoñez, Miguel Rocha e Vieirinha.

O único golo, e incidência de maior relevo da primeira parte, foi apontado por Ordoñez, aos 21 minutos. O jogo quase que saía para intervalo a zeros, mas o jogador benfiquista não deixou.

A segunda-parte trouxe mais sumo. O mesmo Ordoñez, aos 3’, faz o 0-2. Seis minutos depois, Diogo Rafael ampliou para 0-3. Quando parecia que o jogo estava perdido para os da casa, o OCB mostrou a fibra de que é feito, e iniciou a “recuperação” referida no título da notícia.

No mesmo minuto 9, Gonçalo Meira apontou o 1-3. Aos 19’, Valter Neves é admoestado com azul e o OCB ganha grande penalidade. No entanto, Gonçalo Nunes não aproveitou. Mas Zé Pedro não se viu rogado e apontou o 2-3. A cerca de 3 minutos do final Gonçalo Nunes (de grande penalidade) estabeleceu o empate a 3, resultado com que terminou a partida.

Na próxima jornada, o OCB desloca-se a Tomar para defrontar o Sporting local.

Fotos: André Miranda.

1 2 3 9
Ir Para Cima