Tag archive

Instituto Politécnico do Cávado e do Ave

Pedro Rocha, aluno do IPCA, vence concurso “Free Your Mind” na área de Design de Calçado

Julho 24, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Chama-se Pedro Rocha, passou para o 2º ano do Curso Técnico Superior Profissional de Design de Calçado do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e venceu o 1º prémio do concurso “Free Your Mind”, organizado pela empresa de solas VAPESOL.



Foi a partir do trabalho académico da unidade curricular de projeto que Pedro Rocha criou a coleção (e modelo de sapatilha vencedora) Funky Tokyo. A coleção representa uma abordagem nostálgica com um toque futurista e modernizado da intemporal tendência “Legado Reconstruído”. “A sapatilha, apresenta influências do street style nipónico, é uma reflexão das luzes e cultura de rua japonesa associadas à estética do videojogos dos anos 80, procurando unir o saber fazer manual, como as cordas e elásticos apresentadas, com a estética tecnológica da cultura japonesa”, refere o criador que como “já tinha o projeto realizado” resolveu participar.

O prémio atribuído pela Academia VAPESOL (criada recentemente) ao vencedor, Pedro Rocha, foi um prémio pecuniário de mil euros e uma viagem a Milão com estadia e um convite para a feira LINEAPELLE (que terá lugar nos dias 2, 3 e 4 de outubro próximo). Vai ter, ainda, o modelo vencedor exposto na referida Feira, no stand da VAPESOL.

Para o criador esta distinção “é super importante na nossa área. Fiquei mesmo contente e para o currículo é sempre uma referência”. Pedro Rocha vem de uma licenciatura em Desenho de Moda e já participou com uma coleção sua no Portugal Fashion.

Neste momento, encontra-se a estagiar em Espanha, ao abrigo do programa Erasmus + do IPCA e já tem planos para o futuro:” Quero continuar pela área da moda e o valor deste prémio já servirá para o próximo projeto de calçado”.

“Porque o amanhã constrói-se desde já!”, foi o mote para esta iniciativa da VAPESOL, empresa de solas sediada em Felgueiras.

Fonte e fotos: IPCA.

IPCA oferece 680 vagas no concurso nacional de acesso

Julho 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Vagas nas áreas da gestão, tecnologia, design e hotelaria e turismo

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) oferece, para o próximo ano letivo, 680 vagas no concurso nacional de acesso aos cursos de licenciatura.



Considerando o despacho do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, que fixa as vagas para o próximo ano letivo, o IPCA decidiu aumentar as vagas nos cursos das áreas das competências digitais.

As vagas distribuem-se por 14 cursos de licenciatura, das quatro escolas. A Escola Superior de Design oferece 105 vagas nos cursos de Design Industrial (40 vagas) e Design Gráfico (40 vagas regime laboral e 25 em regime pós-laboral). A Escola Superior de Gestão oferece 340 vagas, nos cursos de Contabilidade (40 vagas e 30 vagas em regime pós-laboral); Finanças (30); Fiscalidade (30 vagas e 20 vagas em regime pós-laboral); Gestão de Empresas (40 vagas e 30 vagas em regime pós-laboral); Gestão Pública (25 vagas e 20 vagas em PL); Solicitadoria (40 vagas e 35 vagas em regime pós-laboral). A Escola Superior de Hotelaria e Turismo oferece 75 vagas abertas para o curso de Gestão de Atividades Turísticas (45 vagas e 30 em pós-laboral). A Escola Superior de Tecnologia conta com 75 vagas abertas nos cursos de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (25); Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais (25); Engenharia e Gestão Industrial (25); Engenharia Informática Médica (25) e Engenharia de Sistemas Informáticos (30 mais 25 vagas em regime pós-laboral).

Paralelamente a estas ofertas, o IPCA tem oferece, ainda, 260 vagas nos concursos especiais (incluindo os estudantes internacionais) e os regimes de mudança de par instituição/curso.

A primeira fase de candidatura ao ensino superior arrancou ontem com 50.860 vagas no concurso nacional de acesso, mais oito do que as 50.852 de 2018 e decorre até 6 de agosto, sendo os resultados divulgados a 9 de setembro. A candidatura ao Ensino Superior Público é realizada exclusivamente através do sistema online disponibilizado no sítio da Direção-Geral do Ensino Superior.

O IPCA tem em funcionamento o Gabinete de Acesso ao Ensino Superior que tem como objetivo apoiar as candidaturas em todo o sistema de Ensino Superior português, e as candidaturas aos concursos locais e especiais.

De salientar ainda que estão neste momento abertas as candidaturas à 1ª fase dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais, tendo disponíveis 646 vagas nas áreas do Design, Hotelaria e Turismo, Gestão e Tecnologia.

Fonte e imagem: IPCA.

O balanço de 2 anos de mandato da Presidente do IPCA

Julho 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No dia em que celebra 2 anos de mandato, a Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Maria José Fernandes, faz um balanço positivo do caminho percorrido, das concretizações e das metas alcançadas. A Presidente salienta que ainda há muito a fazer e que tem vindo a dar continuidade ao “legado que o Professor João Carvalho nos deixou em dezembro último, sendo que temos mantido o crescimento, consolidação e objetivos estratégicos definidos para 2021”.



A dirigente elogia o trabalho desenvolvido no IPCA ao longo destes 25 anos, uma instituição que conta hoje com mais de 4600 estudantes, reconhecendo que este é “uma referência não só para o concelho, mas também para a própria região onde se insere através do incremento no número de diplomados, dos projetos de investigação aplicada e respetivo financiamento, das iniciativas e projetos de transferência de conhecimento e tecnologia”. Na área Investigação e Desenvolvimento (I&D) destaca a estratégia que tem vindo a ser consolidada, nomeadamente, com novos projetos apoiados e financiados e com a recentemente avaliação da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), que classificou com MUITO BOM o 2Ai – Laboratório de Inteligência Artificial do IPCA, e o ID+ – Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura, uma unidade I&D da Universidade de Aveiro, em que a Escola Superior de Design (ESD) do IPCA é unidade de gestão juntamente com a Universidade do Porto. O crescimento do número de estudantes e de diplomados, o aumento da oferta formativa em áreas estratégicas para a região e a contínua melhoria da qualificação do corpo docente continuaram a determinar a estratégia da instituição.

Um dos marcos mais importantes deste mandato, foi sem dúvida, a passagem do IPCA a Fundação Pública, a 6 de agosto de 2018, sendo “o IPCA a primeira instituição do sistema politécnico a tornar-se fundação pública”. Maria José Fernandes assumiu este objetivo estratégico que vinha já do anterior Presidente, tendo apresentado a proposta ao Conselho Geral que a aprovou em novembro de 2017.

Outro marco nestes dois anos, foi a criação da quinta escola do IPCA: a Escola Técnica Superior Profissional, aprovada pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, a 5 de maio do corrente ano. A presidente do IPCA refere que a criação desta escola é “fruto de uma forte articulação nas respostas às necessidades da região ao nível da oferta formativa qualificada de curta duração”.

Quanto ao futuro do IPCA, a aposta passa por enfrentar os desafios através do aumento da qualidade a todos os níveis: “A estratégia pressupõe, por um lado, união, cooperação e solidariedade ao nível interno e, por outro, capacidade para estabelecer pontes com todos os stakeholders, nomeadamente, instituições congéneres, empresas, associações e centros de decisão”.

Em termos de futuro mais próximo, o foco principal do IPCA vai centrar-se em aumentar a oferta formativa nas áreas da hotelaria e a consolidação da estratégia de I&D. Em paralelo, o IPCA vai continuar a melhorar as condições para os estudantes com a criação de infraestruturas desportivas, sociais, alimentares e de estacionamento no Campus e obras de readaptação do edifício do Polo de Braga (já este ano), de forma a melhorar as condições a todos os que frequentam e trabalham no IPCA. Pretende, ainda, dar continuidade à política de sustentabilidade e responsabilidade social, um trabalho que tem vindo a ganhar contornos quer ao nível da promoção do Campus verde, seguro e saudável, quer no âmbito da mobilidade e das boas práticas ambientais promovidas pelo projeto UBike.

Este é um ano especial para o IPCA, altura em que celebra 25 anos de atividade, acontecimento e história, sendo que até ao final do ano estão pensadas várias atividades em prol das celebrações que culminarão com a sessão solene do dia do IPCA em 19 de dezembro. Nas palavras da Presidente, “Celebrar 25 anos é uma sensação muito positiva, é o concretizar de uma etapa importante na vida jovem do IPCA, mas é assumir também, com muita responsabilidade, todos os desafios e as oportunidades que nos surgem em prol de uma região, de um país e de uma sociedade mais feliz”.

Fonte e fotos: IPCA.

IPCA inicia mais cursos em Vila Nova de Famalicão

Julho 17, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Candidaturas abertas aos CTeSP´s

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai, a partir do mês de setembro, estar em funcionamento em São Cosme, nas antigas instalações da Didáxis – em Vila Nova de Famalicão, com os Cursos Técnicos Superiores Profissionais, nas áreas da Gestão, do Design, da Tecnologia e da Hotelaria e Turismo.



A escolha da cidade de Vila Nova de Famalicão para o funcionamento destes cursos tem a ver, não só com o objetivo de dar resposta às necessidades das empresas da região em termos de recursos humanos qualificados, mas também por esta cidade ser o Município mais exportador do Norte de Portugal, e o terceiro do país, liderança que detém já há vários anos.

De salientar que este alargar da ação do IPCA a Vila Nova de Famalicão tem vindo há muito a ser debatida, sendo que na tomada de posse da atual presidente do IPCA, Maria José Fernandes, a chegada a esta cidade no ano letivo de 2018/2019 era um dos seus objetivos, que foi cumprido. Nesse ano letivo deu-se início ao funcionamento do 1º curso técnico superior profissional de Design de Moda nas instalações do CITEVE. Decorrido um ano, entendeu o IPCA alargar a sua oferta formativa a outras áreas, pelo que no próximo ano letivo vão estar em funcionamento, em Vila Nova de Famalicão, os cursos técnicos superiores profissionais de Apoio à Gestão; Comércio Eletrónico; Design de Moda; Exportação e Logística; Eletrónica, Automação e Comando; Energia, Telecomunicações e Domótica e Sistemas Eletrónicos e Computadores. Esta oferta formativa é também lecionada no Polo de Guimarães (Ave Park), no Campus do IPCA em Barcelos e em Braga, como é o caso do CTeSP de Soldadura Avançada a decorrer nas instalações da empresa Bysteel, que integra o DSTGroup.

As candidaturas aos CTeSP´s do IPCA, encontram-se abertas até dia 5 de agosto, e são realizadas exclusivamente online através do link: https://www.siga.ipca.pt/cssnet/page.

O IPCA oferece ainda 14 licenciaturas, 14 mestrados e 8 pós-graduações que funcionam no Campus do IPCA em regime Laboral e Pós-laboral.

Fonte e foto: IPCA.

IPCA abre candidaturas para InIPCA – Programa de Mentoria

Julho 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O IPCA tem abertas as candidaturas para o InIPCA – um Programa de Mentoria que visa promover uma integração saudável, proactiva e, simultaneamente, contribuir para o sucesso académico dos estudantes que ingressam pela 1ª vez num curso de licenciatura.



Este é um programa de mentoria por pares (de estudantes para estudantes), em que o mentor assume um papel fundamental no desenvolvimento interpessoal dos mentorandos (novos estudantes), para a promoção do seu bem-estar e para uma mais rápida interiorização das normas e regras de funcionamento da instituição.

Os candidatos a mentor, após realizarem a candidatura, através do preenchimento online do formulário disponibilizado em https://pt.surveymonkey.com/r/RKRTD5G (basta clicar para aceder automaticamente), até ao dia 22 julho, frequentarão um curso de formação de 7 horas, que decorrerá nos dias 10 e 11 de setembro.

No final do programa, para além do certificado de “mentor” que habilitará o estudante a participar no InIPCA, os estudantes terão, ainda, a possibilidade de incluir esta atividade no Suplemento ao Diploma.

Fonte e imagem: IPCA.

Escola Técnica Superior Profissional do IPCA aprovada pelo Ministério

Junho 27, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, aprovou, por seu despacho de 05 de maio, a criação da Escola Técnica Superior Profissional (ETESP) que terá a sua sede no polo do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) em Braga.



O IPCA consegue, assim, mais um feito na sua história com a criação da sua 5ª Escola, fruto de uma forte articulação nas respostas às necessidades da região ao nível da oferta formativa qualificada.

A ETESP é uma unidade orgânica de ensino e investigação do IPCA, responsável pela gestão, organização e funcionamento dos cursos técnicos superiores profissionais.

Esta nova Escola do IPCA vem, desta forma, juntar-se às atuais quatro escolas: a Escola Superior de Gestão (1996), a Escola Superior de Tecnologia (2004), a Escola Superior de Design (2015) e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (2017).

Com a criação desta Escola, “o IPCA continua a cumprir com a sua missão, fortalecendo a estratégia de crescimento e de consolidação do seu projeto educativo e científico”, refere em nota.

Os estatutos provisórios da ETESP foram aprovados pelo Conselho Geral do IPCA na reunião do dia 25 de junho, estando assim reunidas as condições para que a Escola entre em funcionamento e inicie o processo de elaboração dos estatutos definitivos, onde foi ainda aprovada a imagem gráfica da Escola.

O IPCA, pioneiro na oferta de cursos técnicos superiores profissionais, que tiveram o seu início no ano letivo de 2014/2015 com 180 estudantes distribuídos por três cursos: Apoio à Gestão, Eletrónica, Automação e Comando e Aplicações Móveis, tem atualmente mais de 1000 estudantes a frequentar 20 cursos técnicos superiores profissionais a funcionar em Barcelos (campus do IPCA), Polo de Braga, Polo de Guimarães (AVE PARK) e Polo de Vila Nova de Famalicão, a consolidar no ano letivo 2019/2020. O arranque desta oferta formativa marcou o início de funcionamento do polo do IPCA em Braga.

Imagens: IPCA.

IPCA consolida a estratégia de I&D com o reconhecimento da FCT

Junho 27, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), e os seus investigadores, estão de parabéns, pois receberam classificações muito boas por parte da FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia no âmbito do processo de avaliação das unidades de I&D levado a cabo desde 2018.



Destaque para a classificação de “Muito Bom” atribuída ao   2Ai – Laboratório de Inteligência Artificial, uma nova unidade de I&D da Escola Superior de Tecnologia do IPCA que vê reconhecida a utilidade e relevância do seu projeto científico para a comunidade académica e para a sociedade em geral. Esta é uma unidade que agrega 14 investigadores integrados da EST do IPCA e vários membros colaboradores, entre eles, estudantes de doutoramento. Este resultado permite ao grupo de trabalho desenvolver as condições necessárias para aumentar as atividades de I&D na área da inteligência artificial e oferecer um programa doutoral nesta área, algo inovador no ensino superior politécnico.

Mas o IPCA vê reforçada e consolidada a sua estratégia de I&D com a classificação de “Muito Bom” obtida pelo   ID +  –  Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura, uma unidade I&D da Universidade de Aveiro, em que a Escola Superior de Design do IPCA é unidade de gestão juntamente com a Universidade do Porto. Uma unidade que agrega 12 investigadores integrados da ESD do IPCA num total de 68 investigadores, constituindo uma equipa multidisciplinar ao serviço do design, da cultura e da criatividade.

De destacar, também, a classificação positiva obtida por outras unidades de I&D onde o IPCA tem docentes integrados, nomeadamente o CITUR da RIPTUR, a UNIAG do IPB, o LAETA do INEGI, o GOVCOPP da Universidade de Aveiro, o DINÂMIA’CET do Instituto Universitário de Lisboa, o Instituto de Polímeros e Compósitos e o JusGov, ambos da Universidade do Minho e o IJP da Universidade Portucalense. 

Com estes resultados, a maioria dos professores de carreira do IPCA ficam integrados em unidades de I&D de qualidade reconhecida pela FCT o que valoriza e enaltece o trabalho e o projeto científico desenvolvido pela Instituição na comunidade e com a comunidade.

“Este resultado é fruto de um trabalho contínuo e de um caminho que vem sendo traçado há vários anos e que visa congregar o projeto educativo e científico do IPCA com os objetivos e interesses dos investigadores, em prol de uma maior contribuição para o conhecimento e a sua aplicação e transferência para a sociedade”, refere o IPCA em nota.

O processo de avaliação das unidades de I&D levado a cabo pela FCT, no âmbito do Programa Plurianual de Financiamento, envolveu 224 avaliadores internacionais, oriundos de 26 países, que avaliaram 348 unidades.

Foto: IPCA.

Câmara Municipal, IPCA e Centro Abel Varzim promovem competências digitais

Junho 21, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária de 17 de junho, um acordo de colaboração entre a autarquia, o Instituto Politécnico e Cávado e Ave (IPCA) e o Centro Social Abel Varzim, de Cristelo, tendo em vista “a promoção de competências digitais junto dos cidadãos do concelho em situação de vulnerabilidade, com menor acesso às novas tecnologias, aumentando, assim, os níveis de competências digitais e promovendo mais igualdade de oportunidades, mais cidadania e mais participação”.



O IPCA compromete-se a promover ações que assegurem o envolvimento da comunidade estudantil no projeto, enquanto voluntários/mentores, assegurar o recrutamento dos voluntários, bem como de todos os dados necessários para a operacionalização do projeto.

Quanto ao Centro Social Abel Varzim, compete-lhe assumir e coordenar as iniciativas e atividades, bem como desenvolver ações que visem a construção coletiva de uma comunidade criativa para a inclusão digital, nomeadamente selecionando o público-alvo das referidas ações.

O Município inscreve os voluntários/mentores no Banco Local do Voluntariado e assume a logística para a deslocação destes voluntários, no âmbito das atividades previstas e divulga o projeto junto da Rede Social de Barcelos.

Os objetivos do acordo são os seguintes: “promover a coesão social e o reforço da inclusão social; motivar para a utilização de sistemas digitais, promovendo-se condições, meios e informação para que as pessoas possam beneficiar da era digital e compreender esses benefícios; promoção da igualdade de oportunidades de acesso, utilização e criação junto de públicos mais vulneráveis ou com menos adesão à formação nestas áreas; assegurar, através de um reforço da utilização de serviços de banda larga, a generalização do acesso gratuito e equitativo às tecnologias digitais, para um maior acesso à informação, comunicação e interação; promover a concertação de estratégias entre os outorgantes, de modo a evitar situações de duplicação ou sobreposição de resposta; promover a otimização de sinergias entre as partes; promover a coesão territorial através de estratégias de aproximação regional, nomeadamente incentivando à responsabilidade social de empresas e instituições de ensino superior”.

Fonte e foto: CMB.

Segunda Edição das Férias no Campus do IPCA tem inscrições abertas

Junho 15, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

De 1 a 12 de julho vão realizar-se as Férias no Campus do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), destinadas a crianças e jovens entre os 10 e 16 anos, visando a sua ocupação através de uma série de atividades de lazer, desportivas e pedagógicas.



O programa integra um conjunto de atividades que se realizam de segunda a sexta-feira, entre as 9h30 e as 17h30. A receção dos participantes começa às 8h30 e o regresso pode ser feito até às 18h00 horas, ambos no Edifício da Cantina do IPCA.

As atividades decorrem, maioritariamente, no Campus do IPCA, estando, ainda, previstas saídas locais, que possibilitarão um contacto com a cidade de Barcelos e com a região. Acompanhados por monitores, os participantes das Férias no Campus do IPCA vão realizar, entre outras, atividades desportivas (piscina e ao ar livre), passeios, atividades nas escolas do IPCA, jogos, workshops e muita brincadeira.

As informações sobre o funcionamento das Férias no Campus do IPCA podem ser consultadas no link ( https://ipca.pt/ferias-no-campus/), “Regras”, nomeadamente, horários e preços.

As inscrições realizam-se até ao próximo dia 23 de junho (domingo), através do preenchimento e envio da ficha de inscrição, disponível no respetivo link, para o e-mail feriasnocampus@ipca.pt.

O pagamento da inscrição efetua-se com uma referência multibanco que será gerada após os serviços do IPCA receberem a ficha de inscrição e enviada para o e-mail do representante legal do participante.

Para esclarecimento de dúvidas, pode utilizar o mesmo e-mail.

Imagem: IPCA.

IPCA coorganiza CONFIA 2019

Junho 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

De hoje e até 16 de junho, realiza-se a CONFIA (Conferência Internacional em Ilustração e Animação), organizada nesta edição pela Escola Superior de Design(ESD) no âmbito do Mestrado em Ilustração e Animação e pelo IPVC (Instituto Politécnico de Viana do Castelo).



Esta é a sétima edição, após as conferências realizadas em Ofir, Porto, Braga, Barcelos, Guimarães e Esposende, e realiza-se em Viana do Castelo.

“Pretende ser um momento charneira na discussão contemporânea sobre estas áreas, inscritas na tradição e pioneiras na inovação tecnológica. Pretendemos a exploração do espaço multidisciplinar que envolve o desenho e a imagem animada de forma ampla. Passando pela construção da narrativa ao desenvolvimento de personagens, da teoria da arte à reflexão crítica dos objetos que povoam o mercado e a indústria. A conferência procura submissões originais, de qualidade, encorajando a participação quer dos artistas, indústria e mercado, quer da comunidade académica”, refere a organização em nota.

Todos os trabalhos aceites estarão presentes no livro de resumos da conferência (com ISBN). As publicações referentes às edições anteriores poderão ser encontradas nesta página web. O livro dos proceedings da CONFIA 2016 já está indexado no Clarivate Analytics Conference Proceedings Citation Index (CPCI). As edições de 2013, 2015, 2017 e 2018 do livro de proceedings estão sob revisão e à espera de também serem incluídos no CPCI.

Nesta edição, marcam presença Birgitta Hosea, da Universidade Criativa de Artes, Reino Unido; Paola Vassalli, Ilustradora Curadora – BOLOGNA CHILDREN’S BOOK FAIR, Itália; César Coelho, da ANIMA MUNDI, Brasil; e Alan Male, Reino Unido, autor do livro “A Companion to Illustration”.

Fonte e imagens: IPCA.

1 2 3 12
Ir Para Cima