Tag archive

José Beleza

Câmara de Barcelos revela que campanha de ecopontos domésticos e compostores “foi um sucesso”

Agosto 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A campanha de distribuição de ecopontos domésticos e compostores, desenvolvida pelo Município de Barcelos em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM), no âmbito de um projeto conjunto de sensibilização para a recolha seletiva e compostagem, revelou-se “um sucesso”, de acordo com o Município.



Entre outras iniciativas, como a realização de palestras abordando a temática da compostagem doméstica, a campanha, dirigida a toda a população do concelho de Barcelos, contemplava a distribuição gratuita de 1173 ecopontos domésticos e 351 compostores, tendo os equipamentos esgotado, dado o elevado número de solicitações.

A entrega dos equipamentos aos requerentes é, agora, feita de forma faseada, tendo a primeira ação decorrido hoje, 29 de agosto, no Estádio Cidade de Barcelos.

O Vereador do Ambiente, José Beleza, mostrou-se muito agradado com a adesão à iniciativa, que “excedeu as expectativas” e “permite que a recolha seletiva no concelho aumente cada vez mais”, notando que, neste domínio, se verifica um crescimento em relação ao ano passado e que o objetivo é manter essa tendência positiva no futuro.

“A grande adesão a esta iniciativa motiva-nos a termos mais ações no concelho com vista a uma cada vez maior sensibilidade ambiental”, sublinhou José Beleza.

As próximas ações de entrega de ecopontos domésticos decorrerão nos dias 4, 12 e 14 de setembro, no Estádio Cidade de Barcelos. No dia 14, pelas 18h00, no auditório do Estádio Cidade de Barcelos, realiza-se, também, uma palestra sobre a utilização do compostor.

Esta Campanha de Sensibilização Intermunicipal para a Recolha Seletiva e Compostagem domestica na NUT III Cávado é um projeto promovido pela CIM Cávado e cofinanciado pelo PO-SEUR – Programa Operacional Temático da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, alinhado com o previsto na Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Cávado 2014-2020.

Fonte e fotos: CMB.

Manuel José Ribeiro vence Concurso de Fotografia Ambiental

Agosto 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Manuel José Ribeiro, com o trabalho “Luz ao fundo do rio” [Ndr: na foto de destaque], foi o vencedor do Concurso de Fotografia “Património Ambiental de Barcelos”, promovido pela Câmara Municipal de Barcelos.



O Vereador do Ambiente, José Beleza, entregou os prémios, esta terça-feira, dia 14 de agosto, nos Paços do Concelho, felicitando os vencedores e elogiando a qualidade dos trabalhos apresentados.

José Beleza e Manuel José Ribeiro

Vítor Oliveira arrecadou o segundo prémio com a fotografia intitulada “Preparando o voo de uma vida”. O terceiro lugar foi atribuído a Rui Filipe Duarte, que apresentou o trabalho “O Despertar”.

O Concurso de Fotografia “Património Ambiental de Barcelos” contou com 12 concorrentes, tendo cada um apresentado duas fotografias.



Os trabalhos dos concorrentes estiveram expostos ao público, entre 4 e 24 de junho, no âmbito da Semana do Ambiente, na Sala Gótica dos Paços do Concelho.

A temática do concurso foi o ambiente, onde se encaixavam diversos subtemas como o património natural e a biodiversidade do concelho de Barcelos, desde a sua fauna e flora, paisagens únicas, lugares desconhecidos, até qualquer elemento relacionado com energias, preferencialmente renováveis.

O concurso destinava-se a todos os munícipes de Barcelos, com exceção de profissionais de fotografia e design e de funcionários da autarquia.

José Beleza, Manuel José Ribeiro e Vítor Oliveira

A iniciativa teve como objetivo “consciencializar e sensibilizar a população para a defesa e valorização do património natural do concelho e promover o ambiente”, referiu o Município.

Fotos: CMB.

Amigos da Montanha apresentam Escola de Canoagem

Julho 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Decorreu ontem, ao final da tarde, no areal de Barcelinhos, a cerimónia de apresentação do novo projeto desportivo e de formação dos Amigos da Montanha (AM), a Escola de Canoagem, que terá como responsável Carlos Magalhães.



A cerimónia contou com a presença do Presidente da Direção dos AM, Américo Alves, de Francisco Rocha, Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Barcelos, de José Rui Peixoto, Presidente da Junta de Freguesia de Barcelinhos, de António Carvalho, Diretor da Escola Secundária de Barcelinhos, de Ernesto Morais, Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, de David Ferreira, Presidente-Adjunto dos AM, e de António Costa “Lim”, Vice-Presidente para o Desporto e Formação dos AM. Entre o público presente, destaque para José Beleza e Anabela Real, vereadores da Câmara Municipal de Barcelos.

Américo Alves iniciou a cerimónia historiando a ligação dos AM à canoagem, que chegaram a ter dois atletas federados, sendo um deles Belmiro Penetra, que chegou a ser atleta olímpico, tendo representado os AM por dois anos. Aliás, a vinda deste atleta para os AM pressupunha a criação de uma escola de canoagem. Apesar de o projeto ter sido elaborado, por vários motivos, “ficou na gaveta”, lamentou Américo Alves.

No entanto, o “bichinho ficou sempre”. A criação desta escola foi mais um objetivo dos AM, no sentido de “trazer para o rio a formação e o desporto para o areal. Infelizmente, as coisas, na altura, não avançaram. Nos anos a seguir e há três ou quatro anos, apostámos na formação, de outras modalidades, nomeadamente, no atletismo, na natação, na orientação, mas na questão da canoagem ficou sempre aquele ‘bichinho’ e aquele sonho de conseguirmos implementar aqui uma escola de canoagem. Felizmente, nas últimas eleições, um dos programas era este, era que nestes três anos tentaríamos criar a Escola de Canoagem”, que surge com a ajuda da Escola Secundária de Barcelinhos, através do desporto escolar e do professor Carlos Magalhães, que são parceiros dos AM neste novo projeto. Quem apoiou, igualmente, foi a Câmara Municipal de Barcelos e a Junta de Freguesia de Barcelinhos, que deram condições a esta associação para “pensar de forma séria neste projeto”, referiu o seu presidente, que aproveitou para agradecer a estas entidades, referindo que esta é “mais uma responsabilidade que nos recai sobre os ombros, mas estamos preparados para ela. Sabemos que é uma modalidade que não é fácil. No verão é tudo mais fácil. No inverno – os invernos são duros – é preciso ter condições. Mas vamos ver se somos capazes de levar isto em frente. Estou convencido que sim, juntamente aqui com os meus colegas de direção e com a ajuda da direção, tudo faremos para que isto seja um projeto de futuro e que, quem sabe, daqui a meia dúzia de anos, possamos ter aqui campeões em Barcelos”, concluiu.

Francisco Rocha enalteceu o trabalho dos AM ao nível do desporto e da formação, dando os parabéns pelo projeto e prometendo a continuidade do apoio e ajuda da Câmara Municipal de Barcelos aos AM.

Já Ernesto Morais deu, de igual forma, os parabéns pela Escola de Canoagem. “A essência para o sucesso do futuro é ter alguém ligado à canoagem neste projeto e isso já têm”, referindo-se a Carlos Magalhães. Louvou o protocolo dos AM com a Secundária de Barcelinhos, visto que a maioria dos clubes a nível nacional não têm protocolos com escolas. Para este responsável federativo, o trabalho passa mesmo pela formação dos atletas. Se antes a canoagem era “o desporto dos pobres”, hoje em dia, também por causa dos resultados que Portugal tem tido, a realidade alterou-se. “Os municípios não olham para a modalidade com os mesmos olhos que deviam olhar, como olham para outras modalidades, mas penso que da forma como este projeto está a começar, com o protocolo com a escola, uma pessoa do seio da canoagem à frente do projeto, tem tudo para que o futuro seja risonho”, concluiu.

Por fim, José Rui Peixoto elogiou, igualmente, o trabalho dos AM, que “em Barcelinhos são sinónimo de dinamismo”, sendo as suas atividades a “mostra disso”. Salientou que a Junta de Freguesia não pode “ficar de fora” e não ajudar os AM neste e noutros projetos, prometendo continuar com essa colaboração.

António Carvalho, diretor da Escola Secundária (ES) de Barcelinhos, contou como a ideia do protocolo surgiu, com o professor nesta escola, Carlos Magalhães, a ser a ponte entre as partes. Salientou que a canoagem já fará, à imagem do BTT, parte dos programas de desporto da Escola e que este protocolo é algo em que acredita e que trará bons frutos e resultados não só para a ES de Barcelinhos, como para os AM.

Fotos: AM e BnH.

Alunos do IPCA expõem fotografias sobre potencial turístico do Rio Cávado para Barcelos

Julho 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A partir de amanhã, dia 10 de julho, está patente a exposição fotográfica “O potencial turístico do Rio Cávado para a cidade de Barcelos”, desenvolvida pelos alunos do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).



Trata-se de uma exposição que resulta de uma aula aberta dos alunos da Licenciatura em Gestão de Atividades Turísticas do IPCA. Esta aula teve como objetivo identificar o potencial turístico do Rio Cávado entre Areias de Vilar e Barcelos, inventariar atividades com interesse turístico no Rio Cávado, identificar Fauna e Flora com interesse para o turismo, entre outros. Deste estudo, foi possível o que está a ser implementado com as Escolas do Concelho, a criação das bases para o Eco-Parque, já em fase de limpeza e demarcação de percursos, a criação de Parques Merendeiros, de Ancoradouros e zonas de acesso protegido ao Rio.

Esta exposição foi conseguida numa parceria entre a Câmara Municipal, a Escola de Mergulho e dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, bem como dos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, que participaram através de 5 briefings, com a explicação detalhada das atividades de limpeza e manutenção do Rio, espécies de peixes, aves que se encontram no rio, insetos e répteis, tal como informação detalhada sobre a fauna existente.

A exposição abre às 11h00 da manhã, na Sala Gótica da Câmara Municipal de Barcelos, onde estará presente o Vereador do Pelouro do Turismo, José Beleza, bem como Alexandra Malheiro, Diretora da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPCA.

Fonte e foto: IPCA.

 

Misericórdia de Barcelos comemora 518 anos reconhecendo mérito de quem serviu e serve a Instituição

Maio 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

“A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos orgulha-se da sua história e reconhece o mérito de todas as mulheres e de todos os homens que serviram a Misericórdia de Barcelos, enquanto membros dos Órgãos Sociais, Irmãos e Colaboradores da Instituição”, frisou o Provedor Firmino Silva, na sessão solene que marcou o início das comemorações dos 518 anos da Instituição.



Esse mérito foi reconhecido igualmente no presente, nomeadamente com a homenagem aos colaboradores que completaram 15, 20, 25, 30 e 40 anos de relevantes serviços prestados à instituição, assim como ao membro dos órgãos sociais, Rodrigo Amaral, a quem foi entregue a medalha e o diploma de Irmão Honorário pelos 39 anos de trabalho voluntário em prol da Santa Casa.

“O nosso passado e o nosso presente obriga-nos a que tenhamos que projetar o futuro. Uma das preocupações sempre presente será a da sustentabilidade económica da instituição, sendo a valência da infância a que mais nos inquieta”, explicou o Provedor, que ainda apontou como prioridade a necessidade de intervenções de fundo, de remodelação e requalificação, que alguns equipamentos reclamam. Nesse sentido, “estamos a preparar uma candidatura ao Norte 2020, para a requalificação do Lar da Misericórdia, aumentando a sua capacidade de 38 para 43 camas”.

Em representação do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, esteve o vereador José Beleza, que realçou o “sentimento de gratidão que a comunidade tem de ter para com a Santa Casa”. Mais, declarou que “o futuro será de confiança porque a história de Barcelos confunde-se com a da Santa Casa” pois o peso da instituição é tal que “Barcelos e a Santa Casa estão sempre de braços dados”. Por isso, a Câmara mantém a sua disponibilidade de parceria.

Deputado ao Parlamento Europeu interveio sobre “Economia Social e Fundos Europeus”

Outro momento da cerimónia foi a intervenção do Eurodeputado José Manuel Fernandes, que interveio com uma palestra sobre “Economia Social e Fundos Europeus”, onde deu conta de que existem outras oportunidades para além das subvenções, de realizar candidaturas ou apresentar projetos a instrumentos financeiros, ou seja, a possibilidade de realizar empréstimos a taxas de juro reduzidos.

Reconheceu, ainda, o papel fundamental das Misericórdias, que são um “excelente parceiro e uma mais-valia. Fazem um trabalho verdadeiramente notável. Na economia social, a inovação, a investigação, os instrumentos financeiros e novos serviços vão ser uma necessidade e aí, as Misericórdias deverão estar na linha da frente”.

Garantiu, ainda, que seria “essencial que existisse uma estrutura que aconselhasse o investimento e que desse apoio técnico” às instituições que se candidatassem a fundos comunitários.

Concluiu, afirmando que “temos de nos preparar, organizar, estar juntos e unidos para vencermos os desafios, aproveitarmos as oportunidades e caminharmos com um objetivo onde se pretende alcançar um crescimento inteligente, um crescimento com inovação e sustentável. A sustentabilidade económica, ambiental e social é uma questão de solidariedade para com as gerações futuras”.

De realçar que a cerimónia solene foi antecedida de uma missa, presidida pelo Arcipreste de Barcelos, P.e. José Araújo, concelebrada pelo Prior de Barcelos e Capelão da Misericórdia e animada pelo Coro de Barcelos.

Próximos eventos dos 518 anos

O programa comemorativo prossegue no próximo dia 29 de maio, pelas 21h30, no auditório da Misericórdia de Barcelos, com uma palestra subordinada ao tema “A linguagem religiosa num mundo secular”, proferida pelo Frei Hermano Filipe Rodrigues.



No dia 31 de maio, pelas 10h00, haverá uma missa comemorativa do Dia Nacional das Misericórdias e , pelas 21h30, um sarau musical pela Orquestra da Banda de Oliveira, na igreja da Misericórdia.

No encerramento, dia 8 de junho, pelas 21h30, no auditório da Misericórdia de Barcelos, será lançado o III volume da obra “Apontamentos para a História de Barcelos”, de António Miguel da Costa Almeida Ferraz, proferida pelo Prof. Doutor P.e António Júlio Trigueiros. Também haverá lugar a um momento musical pelo Quinteto da Banda Musical de Oliveira.

Fonte e fotos: SCMB.

Grupos Folclóricos e Freguesias com apoios aprovados pela Câmara de Barcelos

Maio 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal aprovou, em reunião ordinária realizada no dia 18 de maio, as minutas dos acordos de colaboração entre o Município e 18 ranchos e grupos folclóricos não federados do concelho de Barcelos, que incluem uma comparticipação financeira municipal no valor global de 27.000,00€, podendo a este valor ser acrescentado 250,00€ (caso organize um festival de folclore até quatro grupos), ou 500,00€ (caso organize um festival de folclore com cinco ou mais grupos), ou 2.000,00€ (caso participe em festival de folclore no estrangeiro) a cada um dos grupos.



Quanto aos grupos folclóricos federados, foram aprovados três acordos de colaboração: Grupo Folclórico de Barcelinhos, com uma comparticipação global de 24.500,00€, podendo a esse valor ser acrescentado o de 2.000,00€ em caso de participação em festival no estrangeiro; Grupo Folclórico de Tregosa, com uma comparticipação global de 7.000,00€, podendo a esse valor ser acrescentado o de 2.000,00€ em caso de participação em festival no estrangeiro; Grupo Folclórico de Santa Maria de Moure, com uma comparticipação global de 3.500,00€, podendo a esse valor ser acrescentado o de 2.000,00€ em caso de participação em festival no estrangeiro.

Ainda na mesma reunião, o executivo municipal aprovou um conjunto de apoios financeiros a 11 freguesias do concelho, que ascende a mais de 131 mil euros, e que se destinam a comparticipar obras de pavimentação de ruas e caminhos, construção de águas pluviais, obras em sedes de Junta e cemitérios, e outras necessidades das freguesias.

Quanto a outros apoios financeiros, destacam-se a atribuição de um subsídio no valor de 10.000,00€ à Associação AVC como comparticipação na aquisição de um veículo automóvel; um subsídio no valor de 1.500,00 à Mais Juventude – Associação de Alvelos, como comparticipação nas despesas das suas atividades; um subsídio no valor de 1.000,00€ à Associação de Apoio aos Deficientes Visuais do Distrito de Braga, como comparticipação nas despesas das suas atividades.

O executivo ratificou o documento de parceria no âmbito do Programa Europeu para os Cidadãos “Project Gender Equality Makes a Better Europe”, assinado no passado dia 12 de maio, na cidade de Santa Comba, em Espanha, pelo Vereador José Beleza; ratificou, também, o documento de parceria no âmbito do Programa Europa para os Cidadãos: “Town Twinning Project Arising Citizenship: a Tighter-Knit Europe”, assinado pela Vereadora Armandina Saleiro na cidade de Siderno, Itália, no encontro que ali se realizou entre os dias 6 e 14 de maio.

Foi aprovada a disponibilização de transporte a dez artesãos do concelho de Barcelos para participarem na Feira Cultural de Coimbra, que se realiza entre 1 e 10 de junho de 2018.

Ao nível dos apoios sociais, foram aprovados 21 processos para comparticipação no arrendamento habitacional e o apoio de transporte de mulheres entre os 45 e os 69 anos ao IPO do Porto, no âmbito do programa de rastreio de cancro da mama que a Liga Portuguesa Contra o Cancro e o ACES Cávado têm vindo a desenvolver.

Na área social escolar, realçam-se os apoios financeiros a 35 alunos dos jardins de infância e escolas do 1.º ciclo, para as refeições e material escolar.

Registe-se, ainda, a contratação, por tempo determinado, de 31 novos trabalhadores para os serviços do Município.

Fonte: CMB.

Foto: DR.

Barcelos fala de Educação Ambiental em colóquio promovido pela Águas de Barcelos

Maio 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Águas de Barcelos organiza um colóquio sobre Educação Ambiental, a decorrer no próximo dia 30 de maio, quarta-feira, entre as 14h00 e as 18h00, no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos.



Serão abordadas duas relevantes temáticas: “Estratégia Nacional e desafios para a Educação Ambiental” e “Projetos e áreas de desenvolvimento de Educação Ambiental”. Estarão presentes diversas entidades, como a Câmara Municipal de Barcelos, a Somague Ambiente, a Agência Portuguesa do Ambiente, o ERSAR, a ARS Norte e a Associação Amigos da Montanha.

A inscrição é gratuita, mas obrigatória, até ao dia 27 de maio, através dos contactos tlf: 253 802 980; e-mail: geral@aguasdebarcelos.pt. Indicando os seguintes elementos: nome, entidades, cargo, e-mail e contacto

A receção aos participantes acontece a partir das 14h00 e, pelas 14h15, decorrerá a Sessão de Boas-vindas, através do Presidente da Águas de Barcelos e da Somague Ambiente, Luís Vasconcellos, e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

O primeiro painel, que terá início pelas 14h30, abordará a temática “Estratégia Nacional e desafios para a Educação Ambiental”, tendo como oradores: Francisco Teixeira, Diretor do Departamento de Comunicação e Cidadania Ambiental da Agência Portuguesa do Ambiente, que falará da “Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020 (ENEA2020) ”; Luís Simas, Diretor do Departamento da Qualidade da ERSAR, que irá falar sobre a temática “Principais desafios no setor das águas e resíduos em Portugal”; Hilário Seara, Diretor Geral da Águas de Barcelos, cuja intervenção falará sobre “Principais desafios de âmbito regional na área da educação ambiental”; e Abel Martins, da Câmara Municipal de Barcelos, que irá refletir sobre “Principais desafios no âmbito da recolha seletiva de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU)”. Este primeiro painel terá como moderador Rogério Amoêda, sócio fundador do GREEN LINES INSTITUTE.

Pelas 16h30 inicia-se o segundo Painel, intitulado “Projetos e áreas de desenvolvimento de Educação Ambiental”, que terá como oradores: Diogo Navarro, Diretor de Comunicação da Águas de Barcelos, para falar sobre o Projeto Educativo “Água Segura”; um representante do Departamento de Saúde Pública da ARS Norte, I.P., que irá abordar a temática “A Qualidade da Água da Rede Pública na Promoção da Saúde”; Joana Soto, da Associação dos Amigos da Montanha, que falará sobre “A educação ambiental nas associações civis”; e Ruy Machado, da Câmara Municipal de Barcelos, para falar sobre “Educação Ambiental na área dos RSU”

Entrega de prémios do concurso de poesia “Falar de Água com Amor”

A entrega de prémios aos alunos do Concurso de Poesia “Falar de Água com Amor” terá lugar pelas 17h30, seguida da Sessão de encerramento, pelas 17h45, com as presenças do Vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Barcelos, José Beleza, e do Diretor-geral da Águas de Barcelos, Hilário Seara.

Programa

14h00 – 14h15 | Receção dos participantes

14h15 – 14h30 | Sessão de Boas-vindas

Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes

Presidente da Somague Ambiente, Luís Vasconcellos

14h30-16h00 – 1.º Painel | Estratégia Nacional e desafios para a Educação Ambiental

Orador: Francisco Teixeira, Diretor do Departamento de Comunicação e Cidadania Ambiental da Agência Portuguesa do Ambiente | Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020 (ENEA2020)

Orador: Luís Simas, Diretor do Departamento da Qualidade da ERSAR | Principais desafios no setor das águas e resíduos em Portugal

Orador: Hilário Seara, Diretor-Geral da Águas de Barcelos | Principais desafios de âmbito regional na área da educação ambiental

Orador: Abel Martins, Câmara Municipal de Barcelos | Principais desafios no âmbito da recolha seletiva de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU)

Moderador: Rogério Amoêda, sócio fundador do GREEN LINES INSTITUTE

Debate

16h00-16h30 | Intervalo para café

16h30-17h30 – 2.º Painel | Projetos e áreas de desenvolvimento de Educação Ambiental

Orador: Diogo Navarro, Diretor de Comunicação da Águas de Barcelos |Projeto Educativo Água Segura

Orador: Representante do Departamento de Saúde Pública da ARS Norte, I.P. | A Qualidade da Água da Rede Pública na Promoção da Saúde

Orador: Joana Soto da Associação dos Amigos da Montanha | A educação ambiental nas associações civis

Orador: Ruy Machado, da Câmara Municipal de Barcelos | Educação Ambiental na área dos RSU

Moderador: a definir

Debate

17h30-17h45| Entrega de prémios aos alunos do Concurso de Poesia “Falar de Água com Amor”

17h45-18h00 |Encerramento da Sessão

Vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Barcelos, José Beleza

Diretor-geral da Águas de Barcelos, Hilário Seara.

Fonte e imagem: AdB.

Barcelos é parceira no projeto “Igualdade de Género Torna a Europa Melhor”

Maio 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado sábado, dia 12 de maio, o vereador José Beleza, em representação do Município de Barcelos, assinou, no Município de Santa Comba, em Espanha, um acordo de colaboração, no âmbito do Projeto “Gender Equality Makes a Better Europe“, inserido no programa “Europe For Citizens”, que tem a adesão de sete cidades provenientes de países como a Grécia, Eslováquia, Itália, Hungria, Bulgária, Portugal e Espanha, comprometendo-se a promover atividades nas áreas da juventude, economia, cultura e gastronomia, de forma a combater a desigualdade de género.



José Beleza, no seu discurso, afirmou que “a igualdade de género é um pilar básico no exercício do civismo e da democracia” e acrescentou que “o contexto escolar se afigura como prioritário na mudança de atitudes e comportamentos mais livres, fraternos e solidários que aceitam homens e mulheres de igual modo.”

Além disso, o representante do Município de Barcelos deu a conhecer aos parceiros alguns dos projetos que a Câmara Municipal tem vindo a implementar, nomeadamente: a criação do Projeto Piloto de Mediador Municipal; o projeto “Conta Mais” (combate ao estigma da comunidade cigana, dando importância à condição da mulher); a assinatura, em 2014, do protocolo de cooperação entre a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género e o Município de Barcelos; a candidatura, em 2016, no âmbito do Programa ESCOLHAS 6G – Projeto Galo@rtis, entre outras ações de sensibilização; a adesão, no ano passado, do Município de Barcelos e da Rede Social ao Roteiro para a Igualdade promovido pela Associação ANIMAR em parceria com a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, com a intermediação da CIM Cávado; o interesse, manifestado este ano, na adesão do Município à Rede de Municípios Solidários; o projeto da Casa Abrigo1, desde 2005, que constitui um recurso localizado no concelho (esta resposta é promovida pelo Grupo Ação Social Cristã – GASC); o apoio do Município de Barcelos ao Projeto SOPRO FEMININO, promovido pela associação SOPRO – Solidariedade e Promoção; entre outros.

De 9 a 12 de maio, mais de 60 cidadãos europeus discutiram uma das problemáticas que afetam a Europa: a desigualdade de género.

Durante os seis dias do programa de atividades, os participantes ficaram a conhecer as práticas desenvolvidas na Galiza no âmbito da educação igualitária dos adolescentes, assim como outras políticas para reduzir o fosso entre os dois sexos. No âmbito do projeto, outros objetivos foram propostos: promoção da democracia, tolerância e respeito pela diferença através de atividades interculturais.

Fonte e foto: CMB.

Barcelense Márcio Fernandes inaugura exposição “Um novo olhar para a construção de Cabeçudos e Gigantones”

Abril 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 27 de abril, inaugurou, no Posto de Turismo de Barcelos, a exposição “Um novo olhar para a construção de Cabeçudos e Gigantones”, do barcelense Márcio Fernandes, residente em Faria.



A inauguração contou com a presença dos vereadores José Beleza e Anabela Real, que puderam, em primeira mão, apreciar as várias obras deste artista barcelense, nesta que é a primeira exposição de cabeçudos e gigantones em Barcelos.

Márcio Fernandes (direita) com José Beleza

Nesta exposição, que é mais um reflexo da criatividade, originalidade e identidade barcelense, será possível apreciar alguns exemplares de cabeçudos e gigantones que Márcio Fernandes tem vindo fazer, bem como o seu processo construtivo, atestando mais uma vez a distinção de Barcelos através da sua integração na Rede Mundial das Cidades Criativas da UNESCO.

O interesse pela construção de cabeçudos surgiu-lhe em 2013, quando decidiu adquirir um exemplar de um Diabo para usar como adereço na “Queima do Judas”, em Faria, uma tradição desta freguesia, da qual Márcio Fernandes é o autor dos testamentos e das peças de teatro de rua. O propósito para a utilização do cabeçudo era fazer a ligação de duas tradições populares tão enraizadas no Minho, de carácter satírico.

Márcio Fernandes iniciou a pesquisa deste tema, mas a tarefa que parecia ser fácil, tornou-se árdua, uma vez que não conseguiu encontrar artesãos e/ou artistas plásticos com disponibilidade para o ajudar na concretização de um objetivo que parecia ser simples. Decide então enveredar pelo autodidatismo, com o objetivo de dominar esta técnica.

Marcou presença em várias feiras de artesanato, festas e romarias, nas quais sabia que iria encontrar artesãos e Grupos de Zés Pereiras e gigantones, de forma a obter orientações para a elaboração do cabeçudo. Com muita persistência, no fim do ano de 2015, após ter efetuado inúmeros testes, conseguiu chegar ao seu primeiro exemplar, um cabeçudo que retratava um homem comum.

Atualmente, Márcio Fernandes é um apaixonado pelo processo criativo, sendo um dos seus principais objetivos contribuir para a continuidade desta arte no concelho de Barcelos, através da propagação dos seus conhecimentos a quem queira aprender as diferentes fases de construção, em prol da divulgação e preservação deste ofício tradicional.

Fonte e fotos: CMB.

 

Primeira fase de remoção de jacintos do Rio Cávado está concluída

Abril 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos realizou ontem, 20 de abril, uma visita de acompanhamento dos trabalhos de remoção de jacintos no Rio Cávado, agora que foi concluída a primeira fase do projeto de intervenção.



A visita contou com a presença dos vereadores, dos líderes dos grupos municipais, dos presidentes de Junta da área envolvente, dos Bombeiros Voluntários de Barcelos e Barcelinhos e do especialista em recuperação e a valorização de rios, Pedro Teiga.

Esta primeira fase de intervenção terminou a 31 de março, tendo cumprido os objetivos estabelecidos. A prioridade foi a remoção desta espécie invasora nas lagoas, consideradas como viveiros dos jacintos.

A segunda fase começou no passado dia 1 de abril, tendo como objetivos a limpeza das margens e do leito do rio. Será acompanhada pelo biólogo Pedro Teiga e contará com a colaboração de associações desportivas e ambientais, do Grupo de Pescadores de Barcelinhos, do Grupo “A Barca” e da Escola de Mergulho de Barcelos.

O Vereador do Ambiente, José Beleza, considera que “o resultado desta primeira fase satisfaz-nos e incentiva-nos a envolver cada vez mais a comunidade. A segunda fase termina a 31 de dezembro e estamos convencidos de que iremos alcançar o objetivo final”. Objetivo esse, salienta José Beleza, que passa por “devolver o rio à comunidade e que as pessoas possam usufruir deste bem que é de todos”.

Pedro Teiga sublinha que “no Rio Cávado, em Barcelos, foram dados passos muito importantes para a contenção de espécies invasoras” e para “trazer mais pessoas a estas margens, revitalizando o rio em termos culturais e sociais”.

O responsável dos Bombeiros de Barcelos, Armando Carvalho, apontou que, nesta primeira fase, além da remoção de jacintos, foi feito um importante trabalho de limpeza do leito do rio e que a próxima fase será, sobretudo, “de controlo da praga dentro das lagoas”.

A visita começou no edifício dos Paços do Concelho com uma sessão explicativa, na sala de reuniões da Câmara Municipal, terminando com um percurso de barco no Rio Cávado, no qual os participantes puderam constatar o sucesso da primeira fase da intervenção de remoção dos jacintos.

Fonte e fotos: CMB.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima