Tag archive

Liga Ledman Pro

Gil Vicente derrota Sporting B em Alcochete

Setembro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Ontem, no CGD Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete, o Gil Vicente conseguiu uma importante vitória forasteira, por 0-1, com um golo madrugador do “suspeito do costume”, Rui Miguel.



O jogo foi arbitrado por Fábio Piló (AF Porto), coadjuvado por Rui Freire e José Mira, sendo Tiago Rocha o 4º árbitro.

O Sporting B, orientado por Luís Martins, alinhou com Stojkovic, Bruno Paz, Kiki Kouyaté, Ivanildo Fernandes, David Sualehe, Bubacar Djaló (Pedro Marques, 75’), Cristian Ponde (Demiral, 60’), Rafael Barbosa, Pedro Delgado, Gelson Dala e Ary Papel (Kenedy, 80’). No banco ficaram: Diogo Sousa, Mauro Riquicho, Paulinho e Ronaldo Tavares.

Já o Gil Vicente, treinado por Jorge Casquilha, jogou com Rui Sacramento, Ricardinho, Sandro, Vítor Tormena, Luís Tinoco, Miguel Abreu, Jonathan Rubio, Rafael Batatinha, Fall (Valdeir, 81’), Rui Miguel (Camara, 77’) e James Igbekeme (Reko, 87’). No banco ficaram Júlio Neiva, Luiz Eduardo, André Fontes e João Pedro.

O jogo ficou marcado pelo golo madrugador de Rui Miguel, na marcação de uma grande penalidade, logo aos 6 minutos, e pela expulsão, por vermelho direto, de Kiki Kouyaté, aos 53 minutos, forçando Luís Martins a trocar um médio (Ponde) por um central (Demiral) para recompor a defesa.

Na disciplina, foram admoestados com amarelo Ivanildo Fernandes (21’), David Sualehe (27’), Rafael Barbosa (94’); Ricardinho (47’), Miguel Abreu (76’) e Jonathan Rubio (90’). Como referido, com vermelho direto, foi Kiki Kouyaté (53’).

Com esta vitória, o Gil Vicente subiu ao 4º lugar, com 11 pontos em 6 jogos. Tem exatamente os mesmos números do Famalicão, com quem divide a classificação: 3 vitórias, 2 empates e 1 derrota; 7 golos marcados e 5 sofridos.

Foto: GVFC.

 

Gil Vicente só pode vir a reintegrar a I Liga na época 2018/2019

Fevereiro 8, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

O clube barcelense só poderá reintegrar a I Liga (“Liga NOS”) na época 2018/2019 e, para isso, necessita que a decisão do “Caso Mateus” transite em julgado ainda esta época.

Por outras palavras, terá que haver uma época de premeio entre o transitar em julgado de um “caso” e a integração de um clube, quer na I Liga, quer na II Liga (“Liga Ledman Pro”).

Quando o Gil Vicente for reintegrado, a forma como se procederá o ajuste da Liga passará, ao que tudo indica, pela descida dos últimos três classificados. Toda esta informação consta do documento, fornecido pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional e a que este jornal teve acesso, que define o “critério de integração das sociedades desportivas por via de decisão judicial” e que foi aprovado pela maioria dos clubes.

Cai, assim, por terra a aspiração gilista de já na próxima época voltar a disputar a Liga principal e ficará sempre dependente, como referido, do trânsito em julgado do “Caso Mateus”.

Num outro plano, também ficou decidido que ambas as Ligas passarão a ser disputadas por 18 clubes. Atualmente, a Liga NOS é disputada por 18 e a Ledman Pro por 22.

 

Imagem: Facebook do Gil Vicente FC.

Gil Vicente empata em casa com o Benfica “B”

Janeiro 28, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

O Gil Vicente empatou 1 -1,  esta tarde, com o Benfica “B” no Estádio Cidade de Barcelos.

A equipa Gilista entrou bem no jogo mas o Benfica, com alguns contra-ataques venenosos, criou as melhores oportunidades da primeira parte. Num desses contra-ataques, a equipa lisboeta chegou ao golo. Aos 23 minutos, lance na direita do ataque do Benfica, Buta fez um passe de rotura para a zona central, onde se desmarcava Zé Gomes que, na cara do guarda-redes Gilista, não perdoou.

Até ao intervalo, o jogo manteve-se equilibrado, com uma ligeira superioridade da equipa da casa, que tinha Paulinho a criar algum pânico junto da defesa do Benfica.

Na segunda parte, o Gil Vicente entrou muito forte e aos 52 minutos de jogo chegou ao golo por intermédio de Paulinho, que respondeu ao cruzamento de Ricardinho da melhor forma, com um cabeceamento mortífero, colocando a bola ao segundo poste, sem hipótese de defesa para o guarda-redes.

O Gil manteve a toada e desperdiçou mais duas boas oportunidades para chegar à vantagem. O Benfica beneficiou de duas grandes penalidades, ambas defendidas por Vozinha.

 

gil 2

O Guardião Gilista defendeu com grande classe os dois penaltis, sendo que um foi o último lance da partida.

No final do jogo, na conferência de imprensa, ambos os técnicos consideraram injusto o resultado para as suas equipas.

 

Por: Gonçalo Santos.

Ir Para Cima