Tag archive

Literatura

José Rodrigues dos Santos, escritor e jornalista da RTP, na Biblioteca Municipal

Junho 5, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

José Rodrigues dos Santos, jornalista, pivot do “Telejornal” da RTP, e um dos mais lidos romancistas portugueses, vai deslocar-se a Barcelos, no próximo dia 6 de junho, quinta-feira, às 19h00, para um encontro com os leitores, na Biblioteca Municipal. A sessão será moderada pela jornalista Sónia Sousa.



Trata-se de uma oportunidade única de os barcelenses conhecerem de perto um dos escritores portugueses contemporâneos a alcançar maior número de edições com livros, que venderam mais de cem mil exemplares cada. O romance de estreia, intitulado «A Ilha das Trevas» foi reeditado pela Gradiva, em 2007, atual editora do autor.

«A Filha do Capitão», o seu segundo romance, é um tributo aos seus antepassados que participaram na 1ª Guerra Mundial, na Flandres e na Guerra Colonial.

José Rodrigues dos Santos é um dos mais premiados jornalistas portugueses, tendo sido galardoado com o Grande Prémio de Jornalismo, em 1994, atribuído pelo Clube Português de Imprensa. Internacionalmente, venceu três prémios da CNN: O Best News Breaking Story of the Year, em 1994, pela história “Huambo Battle”, relacionada com a guerra de Angola; o Best News Story of the Year for the Sunday, em 1998, pela reportagem “Albania Bunkers”; e o Contributor Achievement Award, em 2000, pelo conjunto do seu trabalho, aquele que é considerado o Pullitzer do jornalismo televisivo.

Fonte e foto: CMB.

Câmara de Barcelos evoca centenário do nascimento de Sophia com conferência

Junho 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos vai evocar o centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen com uma conferência, no próximo dia 5 de junho, quarta-feira, às 15h00, na Biblioteca Municipal de Barcelos.



Intitulada “Sophia: a Poesia à luz da Ética”, a conferência será proferida por Maria João Reynauld, licenciada em Filologia Românica e professora associada da Faculdade de Letras do Porto, onde leciona a cadeira de Literatura Portuguesa (séculos XIX e XX) e orienta seminários de Poesia Portuguesa Contemporânea (Cursos de Mestrado e Pós-Graduação).

Trata-se de uma iniciativa conjunta com a “Barcelos Sénior” – Associação Educacional, Cultural, Social e Recreativa de Formação Permanente, em que se procura destacar o contributo ético e cultural da poesia de uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX, a primeira mulher portuguesa a receber o Prémio Camões, em 1999, o mais importante galardão literário da língua portuguesa.

A Câmara Municipal de Barcelos vai ainda evocar Sophia com uma série de iniciativas no decorrer da 37ª Feira do Livro, que se vai realizar de 5 a 14 de julho próximo.

Fonte e imagem: CMB.

Barcelos promove a Semana Concelhia da Leitura

Março 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Semana Concelhia da Leitura, organizada pelos Pelouros da Educação e Cultura da Câmara Municipal de Barcelos, arranca a 11 de março e prolonga-se até ao dia 16 de março, na Biblioteca Municipal e na rede de bibliotecas do concelho.



O dia do arranque desta iniciativa, dia 12 de março, às 21h30, traz a Barcelos o escritor Gonçalo M. Tavares, para um encontro com os seus inúmeros leitores . No dia seguinte, da parte da manhã, o escritor desloca-se às bibliotecas das Escolas Secundárias de Barcelinhos e Alcaides de Faria.

Sessões de teatro, ateliês, escrita criativa e exposições integram, também, o programa da Semana Concelhia da Leitura, que procura fazer uma verdadeira festa da leitura.

Haverá, ainda, um conjunto de iniciativas a que se deu o nome de “Partilha de Boas Práticas”, onde os alunos e professores das diversas escolas partilham, reciprocamente, atividades de animação da leitura.

A Semana Concelhia da Leitura encerra, na Biblioteca Municipal, com o concurso “Pequenos Grandes Poetas”, a realizar nos dias 15, às 21h00, para os alunos do 2º e 3º ciclo e ensino secundário e, no dia 16, às 15h00, para os alunos do pré-escolar e 1º ciclo, que conta com a participação dos escritores e ilustradores, Joana Luísa Matos, Alexandra Gonçalves, Franquelim Neto e Rui Sousa Basto.

A Semana Concelhia da Leitura tem como objetivo celebrar a leitura, o livro e o leitor, devendo ser promovidas atividades para festejar a leitura como um ato comunicativo, diálogo entre as artes, as humanidades e as ciências e um espaço de encontro criativo e colaborativo.

Fonte e imagens: CMB.

Biblioteca Municipal de Barcelos recebe duas apresentações de livros

Novembro 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se, nos dias 16 e 17 de novembro, na Biblioteca Municipal de Barcelos, o lançamento de dois livros.



O primeiro, intitulado “Enterro da Loba”, do barcelense António Gaspar Cunha, será apresentado por José Moreira da Silva, no dia 16, às 21h30. Trata-se de um livro de ficção, editado pela Editorial Novembro, sobre as praxes académicas, com a história de uma aluna universitária.

António Gaspar Cunha começou por escrever poesia, dando expansão ao saber e, sobretudo, ao viver acumulados durante os seus 50 anos de vida. Escrever é, para si, não só uma emancipação, mas também uma expressão do seu pensamento acerca do mundo atual, fazendo-o através de uma “tormentosa serenidade”, expressa quer na sua escrita poética, quer na narrativa.

“Yang Sheng” é o título do livro de Wenqian Chen, que será apresentado no dia 17 de novembro, às 15h00, e que fala dos fundamentos da Medicina Tradicional Chinesa e como podemos aplicá-los no nosso dia a dia.

Wenqian Chen, fundadora e diretora do Centro de Terapias Chinesas em Lisboa, partilha a sua experiência quotidiana com doentes portugueses para nos oferecer conselhos práticos e fáceis de seguir e revela os segredos de uma ciência milenar, a medicina tradicional chinesa, que cada vez conquista mais adeptos entre os ocidentais.

Fonte e foto: CMB.

António Gaspar Cunha apresenta “Enterro da Loba” na Biblioteca Municipal

Novembro 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 16 de novembro, pelas 21h30, a Biblioteca Municipal de Barcelos será palco da apresentação da obra “Enterro da Loba”, da autoria de António Gaspar Cunha.



A obra, tal como o autor, será apresentada por José Moreira da Silva. Este é um livro de ficção editado pela Editorial Novembro, que retrata a história de uma aluna universitária – Ana – convicta de que certo tipo de praxe são desvios ausentes da humanidade. Ela não é contra as praxes, é contra a falta de humanidade e a violação dos direitos humanos que se perpetuam nesses rituais.

O “Enterro da Loba” é o segundo romance deste autor barcelense, nado em 1964, depois de ter publicado: “O menino de África e outros contos” (contos), 2017; “A Fronteira do Amor”, (romance), 2016; “Tormentosa Serenidade” (poesia), 2015; “Amo a Ideia de Ti” (poesia – com o pseudónimo de João Raphaël), 2014; e “O Triunfo dos Cucos & Outros Contos” (contos), 2014.

António Gaspar Cunha nasceu em Barcelos, tendo-se licenciado na Escola de Engenharia da Universidade do Minho em 1991. Desde então é docente do Departamento de Engenharia de Polímeros dessa mesma Universidade, onde fez o Doutoramento em 2000 e as provas de agregação em 2014.

No âmbito do seu trabalho científico/técnico foi editor de 4 livros, autor e/ou coautor de cerca de 17 capítulos de livro, de cerca de 40 artigos científicos com revisão pelos pares e de mais de 100 artigos publicados em conferências internacionais.

Imagem: DR.

Município de Barcelos faz balanço positivo da Feira do Livro deste ano

Julho 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A 36.ª edição da Feira do Livro de Barcelos, que decorreu entre os dias 6 e 15 de julho, conseguiu, mais uma vez, trazer à cidade um grande número de visitantes aos stands de livros e às muitas atividades que decorreram em simultâneo.



Durante dez dias, o Largo da Porta Nova, a Avenida da Liberdade e o Campo 5 de Outubro, no centro da cidade de Barcelos, acolheram as diversas atividades da Feira e os 18 pavilhões das mais de 90 editoras presentes neste certame que, este ano, teve como tema a importância da cultura e dos livros para a paz e coesão social.

Marcada por lançamentos e apresentações de livros, recitais de poesia e música, teatro, concertos e animação de rua, a Feira do Livro de Barcelos voltou a oferecer uma grande variedade e qualidade de eventos. Por isso, o público correspondeu em grande número, quer visitando os stands e adquirindo livros, quer participando nas tertúlias, convivendo de perto com grandes nomes da cultura e da música portuguesas.

O evento abriu com uma intervenção artística de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, seguindo-se a sessão inaugural com a presença de Fernando Baptista Pereira, adjunto do Gabinete do Ministro da Cultura, e, mais tarde, o conceituado jornalista José Milhazes, ex-correspondente da SIC na Rússia, apresentou o livro “Lavrenti Béria – um carrasco ao serviço de Estaline”.

José Milhazes, Joana Amaral Dias, Valter Hugo Mãe e Ricardo Carriço foram alguns dos nomes mais sonantes do programa. Os escritores barcelenses tiveram um lugar de grande destaque neste certame que, como habitualmente, contemplou um espaço reservado ao público infantojuvenil com muitas atividades diárias.

O espaço infantil voltou a ser centro das atenções para as inúmeras crianças, graças ao vasto e variado conjunto de atividades, como ateliês, apresentação de livros, pintura, leitura de histórias e sessão de contos. Os mais novos tiveram, ainda, oportunidade de usufruir de atividades permanentes, tais como, o cantinho da leitura, jogos didáticos, mural de pintura e desenhos para colorir.

Todos os dias a animação de rua esteve a cargo de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos.

Fonte e fotos: CMB.

36.ª edição da Feira do Livro de Barcelos começa dia 6 de julho

Julho 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A 36.ª edição da Feira do Livro de Barcelos realiza-se entre os dias 6 e 15 de julho, na Avenida da Liberdade e no Largo da Porta Nova, tendo como tema a importância da cultura e dos livros para a paz e a coesão social.



José Milhazes, Joana Amaral Dias, valter hugo mãe e Ricardo Carriço são alguns dos nomes mais sonantes do programa. Os escritores barcelenses terão lugar de grande destaque neste certame que, como habitualmente, contempla um espaço reservado ao público infanto-juvenil com muitas atividades diárias.

A 36.ª edição da Feira do Livro de Barcelos conta com a presença de mais de 90 editoras, que se fazem representar por 18 livreiros, distribuidores e alfarrabistas, ocupando uma área com 171 metros de stands. O horário de funcionamento é das 17h00 às 00h00.

No dia 6, às 17h30, o programa inicia com uma visita aos editores e livreiros presentes no evento. Às 18h30, realiza-se a sessão inaugural com a presença de Fernando Baptista Pereira, adjunto do Gabinete do Ministro da Cultura, que também participará, às 21h00, na tertúlia “Miguel Ventura Terra: o arquiteto da República”, juntamente com José Pedro Tenreiro, Ana Marques, Margarida Acciaiuoli e Fernando Miguel (moderador).

No mesmo dia, às 22h00, o conceituado jornalista José Milhazes, ex-correspondente da SIC na Rússia, lança o livro “Lavrenti Béria – um carrasco ao serviço de Estaline”. No dia 7, às 22h00, a ex-deputada à Assembleia da República e psicóloga Joana Amaral Dias apresenta a sua mais recente obra, “Sonhos Públicos”.

Além da literatura, também a música será trazida a debate, no dia 11, através da tertúlia “As palavras e as guitarras”, com os músicos António Manuel Ribeiro (UHF) e Sérgio de Castro (Trabalhadores do Comércio).

No dia 14, o destaque vai para a apresentação do livro do músico e ator Ricardo Carriço, “A Verdade de cada um”, e a 36.ª edição da Feira do Livro termina no dia 15, com destaque para a conversa do escritor valter hugo mãe com Eduardo Figueiredo.

Montra de excelência dos autores locais, a Feira do Livro promove diariamente, às 18h00, uma sessão de autógrafos com escritores de Barcelos, tendo sido selecionados os autores com mais de uma obra literária publicada: Domingos da Calçada e Inês Faria (dia 7), Rui Sousa Basto e Joana Luísa Matos (dia 8), Alberto Serra e Manuel José (dia 9), Bernardete Costa e Conceição Carvalho (dia 10), António Magalhães, Avelino Mesquita e Fernando Pinheiro (dia 11), Flávio Lopes da Silva, José Ilídio Torres e M. Branco de Matos (dia 12), Frei Lopes Morgado (dia 13), Evandro Morgado e José Pedro Lima Reis (dia 14), Maria das Dores e Maria Isabel Cunha (dia 15).





Muitas atividades para o público infanto-juvenil

A Feira do Livro contempla um vasto programa para o público infantil e juvenil, com diversas atividades diárias: pinturas faciais, jogos didáticos, mural de pintura, desenhos para colorir e conversas com vários autores, como Pedro Seromenho (dia 6), Sérgio Macedo (dia 8), Zetho Cunha Gonçalves (dia 10), José Fanha (dia 12) e Joana Luísa Matos (dia 14).

O certame conta, ainda, com animação musical, destacando-se os concertos de Telmo Pires, que irá apresentar o seu mais recente disco, “Ser Fado” (dia 6), de Beni Mizrahi & The Soulbenders (dia 7), da Arts Academy de Barcelos, que leva ao palco o espetáculo “Street Art” (dia 8), e de Daniel Pereira Cristo (dia 13).

Todos os dias haverá animação de rua pela “A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos”.

Fonte e imagens: CMB.

Lançamento do IIIº Volume do livro “Apontamentos para a História de Barcelos”

Junho 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos (SCMB), com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos, apresenta oficialmente o IIIº Volume do livro “Apontamentos para a História de Barcelos”, de António Miguel da Costa Almeida Ferraz.



A apresentação, que decorrerá no próximo dia 8 de junho, pelas 21h30, no auditório da SCMB, estará a cargo do Pe. Prof. Doutor António Júlio Trigueiros.

Fonte e imagem: SCMB.

Biblioteca Municipal de Barcelos assinala o 130º aniversário do nascimento de Fernando Pessoa

Junho 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os 130 anos do nascimento de Fernando Pessoa vão ser assinalados no dia 6 de junho, na Biblioteca Municipal de Barcelos, com uma palestra subordinada ao tema “Fernando Pessoa: a dispersão – uma maneira de ser moderno”, proferida por Dália Dias, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, pelas 15h00, e a exibição do “Filme do Desassossego”, de João Botelho, com a presença e intervenção do realizador, pelas 21h30.



A iniciativa é do Clube de Leitores da Barcelos Sénior, em parceria com a Câmara Municipal de Barcelos, através da Biblioteca Municipal.

Fernando Pessoa (Lisboa, 13 de junho de 1888 – Lisboa, 30 de novembro de 1935) é uma figura incontornável da cultura portuguesa. Enquanto poeta, escreveu sob diversas personalidades – heterónimos – como Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro, sendo estes últimos objeto da maior parte dos estudos sobre a sua vida e obra.

Fonte e imagem: CMB.

OPEN B dinamiza atividades no âmbito da Semana da Leitura de Barcelos

Março 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O Projeto OPEN B – CLDS 3G, a convite da Escola Básica 2,3 Gonçalo Nunes e em parceria com esta, dinamizou, ao longo do dia 07 de março, duas atividades no âmbito da Semana da Leitura de Barcelos.



A primeira atividade teve como principal objetivo a projeção de contos e histórias infantis através de meios audiovisuais, por forma a sensibilizar os alunos para outras possibilidades de leitura que não o papel, necessariamente. Numa era marcada pela tecnologia e inovação e tendo ao dispor ferramentas como a Internet, os alunos, as famílias e as escolas podem, através de uma pesquisa rápida, encontrar livros para serem lidos online ou até mesmo para fazer o download e posteriormente serem revisitados.

A segunda atividade contou com a participação do Escritor e Professor José Ilídio Torres para, numa conversa inicial, dar a conhecer um pouco do seu percurso pessoal e profissional mas, também, para a leitura de dois contos muito interessantes e que logo cativaram a plateia, composta por alunos do 5º ano de escolaridade.

Os alunos que participaram nesta atividade tiveram a oportunidade de colocar questões ao Escritor e as dinâmicas de partilha revelaram-se muito importantes para o descortinar de alguns mitos associados aos Escritores e para fomentar o gosto pelas leituras nos mais jovens.

Estas duas atividades integraram-se no Eixo II de Intervenção – Intervenção Familiar e Parental Preventiva da Pobreza Infantil.

Fonte e fotos: OPEN B.

Ir Para Cima