Tag archive

Miguel Bastos

Portugal, com o barcelense Hugo Pinheiro, termina Mundial de Futebol Adaptado no 12º lugar

Setembro 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

“Fizemos o nosso melhor. Obrigado a todos pelo apoio!”



É com estas palavras que o barcelense Hugo Pinheiro, de Bastuço São João, nos mostrou o seu estado de espírito, deixando o seu testemunho a este jornal, através do seu (nosso) amigo, Miguel Bastos.

A Seleção Portuguesa de Futebol Adaptado, que contou, como referido, com a prestação do barcelense Hugo Pinheiro, não conseguiu, infelizmente, alcançar os seus objetivos, que passavam por terminar o Mundial de San Luís, na Argentina, pelo menos no 9º lugar.

Ao longo da prova, Portugal apenas conseguiu um triunfo sobre o Canadá por 1-0. Desde muito cedo, o barcelense Hugo Pinheiro e os seus colegas sentiram inúmeras dificuldades.

Hugo Pinheiro (em pé, com o nº 3)

O sorteio da fase de grupos não foi o melhor, com a presença de três das melhores equipas do mundo, Rússia, Irão e a seleção da casa, a Argentina. Como resultado disso, Portugal averbou 3 derrotas em 3 jogos, mas obrigando essas seleções a “puxarem pelo estatuto” para vencerem.

Após a fase de grupos, Portugal jogou para o 9º ao 12º, mas a única vitória que conseguiu na prova, sobre o Canadá, foi insuficiente para alcançar o objetivo traçado.

Todo este trajeto de Portugal não desanimou o barcelense Hugo Pinheiro que, apesar de tudo, considera que foi uma experiência que enriqueceu tudo e todos. Eis o que o Hugo nos contou, nas suas próprias palavras:

“Lutámos com as armas que tivemos. Nunca virámos a cara a nenhum jogo. Neste tipo de provas, a diferença existe entre seleções, nomeadamente, a nível de treinos e apoios. Não conseguimos o nosso objetivo, que era o 9º lugar. Uma fase de grupos muito complicada em que estavam três das cinco melhores equipas do mundo. Perdemos os 3 jogos, mas com a Argentina foi um pouco injusto, em que o árbitro não expulsa um jogador quando estava com o cartão na mão e quando viu que tinha amarelo, não o expulsou.

Contra a Rússia e contra o Irão só com um milagre sairíamos vencedores. Mas lutámos sempre. Seguiu-se o Canadá, em que foi um jogo muito bem disputado, até ao final, em que conseguimos vencer, com o golo apontado ao minuto 59.

Contra a Austrália e, aí sim, correu-nos mal, sem conseguirmos fazer o nosso jogo e eles, num lance em que já estávamos avisados, fizeram o golo.

Por fim, no último jogo, começámos a vencer mas logo de seguida sofremos o empate. Criámos muitas oportunidades só com a baliza pela frente mas não marcámos. Fomos para prolongamento, em que jogámos melhor futebol, mais oportunidades de golo mas eles, num lançamento, marcaram.

Ficar em 12º lugar, entre 16 seleções do Mundo, não envergonha ninguém. Lutámos, suámos por dignificar o nosso país. Quero agradecer a todos que, ao longe, estiveram presentes e nos incentivaram. Estão todos, sem exceção, no nosso coração. Foi muito bom não se esquecerem de nós. Ao Barcelos na Hora, o muito obrigado pela oportunidade de ter falado da nossa seleção em particular. Senti que em Barcelos mostraram interesse neste mundial por eu estar presente.”



Por fim, o quadro de resultados da seleção portuguesa neste Mundial:

Argentina 3 – Portugal 1; Rússia 3 – Portugal 0; Irão 3 – Portugal 0; Canadá 0 – Portugal 1; Austrália 2 – Portugal 0; e Irlanda do Norte 2 – Portugal 1 (após prolongamento).

Fotos: HP.

Barcelense Hugo Pinheiro estreia-se no Campeonato do Mundo de Futebol Adaptado

Setembro 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O barcelense, de Bastuço São João, Hugo Pinheiro estreou-se no passado dia 10 de setembro, no Estádio La Pedrera, em San Luís – Argentina, precisamente contra a equipa da casa.



Lutámos até ao fim por um resultado positivo

Mais uma vez, através do seu amigo Miguel Bastos, o jogador da seleção nacional de futebol adaptado fez-nos chegar o “antes e o depois” do primeiro jogo das cores nacionais, numa espécie de diário para que o leitor conheça melhor os meandros destas competições.

Hugo Pinheiro:

Levantámos às 9h00, pequeno-almoço às 9h30, com descanso de 1 hora. A seguir, fizemos ginásio para ativar as pernas. Almoço, partida às 14h15 para o jogo. Chegada só às 15h30 ao campo. O jogo adiado para as 17h30.

Um bom começo de jogo nosso, com a primeira oportunidade a ser nossa. A partir daí, uma desconcentração nossa e golo da Argentina, que é, somente, a quinta melhor seleção do Mundo em futebol adaptado.

Passados dez minutos, uma perda de bola nossa e golo deles.

Aos cinco minutos da segunda parte, livre a nosso favor e golo de Luís Ferreira.

Com apenas um golo de diferença, o jogo foi repartido, com Portugal a arriscar o empate.

Esse risco penalizou a nossa equipa nos minutos finais, onde subimos já em desespero e eles em contra-ataque marcaram.

Resultado injusto! O empate era um prémio para as duas equipas. Mesmo assim, estamos muito contentes com a nossa prestação.

Segue-se, agora, a Rússia, que é a sétima melhor equipa do Mundo. Portugal, para quem não sabe, é o décimo primeiro classificado.

Tudo vamos fazer para dignificar o nosso país.

Um muito obrigado a todas as mensagens de apoio que têm chegado aqui à Argentina. Sentimos isso com muita gratidão!

Como nos contou o Hugo Pinheiro, o resultado final foi um Argentina 3 – Portugal 1. No outro jogo do grupo, a Rússia, adversário seguinte dos portugueses, goleou o Irão por 6-2.

Hugo Pinheiro (em baixo, segundo a contar da esquerda, um pouco “escondido”

Dois dias depois, ou seja, ontem, Portugal defrontou a poderosa Rússia, vinda de um resultado moralizador e com melhor ranking que os portugueses.



Novamente na primeira pessoa, Hugo Pinheiro conta-nos como foi esse jogo:

Entrámos mal, a perder aos 3 minutos de jogo, num remate fora da área. Depois, recuámos no terreno. Tinha que ser! Eles trocam muito bem a bola!

Aos 18 minutos de jogo, tivemos uma oportunidade de golo que não concretizámos. Até que aos 25 minutos, eles fazem o segundo golo.

Na segunda parte, entrámos bem. A defender cá atrás e a tentar sair para o contra-ataque. Por volta do quarto de hora, eles marcam o 3º golo. A partir daí, tivemos mais bola e tivemos uma ou duas grandes oportunidades de golo. Nota para a estreia na seleção de Ivo Correia.

Jogámos contra a melhor equipa do Mundo e, mesmo perdendo, deixámos uma boa imagem.

Sendo assim, e como se pode constatar das palavras do jogador barcelense, o resultado final foi um Rússia 3 – Portugal 0. No outro jogo da 2ª jornada, a equipa da casa, a Argentina, foi goleada. Irão 8 – Argentina 3 foi o resultado final.

Hugo Pinheiro (em baixo, terceiro a contar da direita)

O grupo é liderado pela Rússia, com 6 pontos, fruto de 2 vitórias. Segue-se o Irão e a Argentina, com 3. Apesar do bom futebol e da “luta” que tem dado em campo, a seleção portuguesa ainda não conseguiu pontuar.

Fotos: DR.

Barcelense Hugo Pinheiro e Portugal preparam primeiro jogo do Mundial de Futebol Adaptado

Setembro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A competição, que decorre em San Luís, na Argentina, contará com a participação da Seleção Nacional de Futebol Adaptado, que integra o barcelense Hugo Pinheiro. Os jogos iniciam já amanhã e a cerimónia de encerramento está agendada para o próximo dia 23 de setembro.



Este jogador, de Bastuço São João, já teve a sua vida um pouco retratada por uma notícia deste jornal, datada de 5 de setembro último.

Com a ajuda do amigo Miguel Bastos, Hugo Pinheiro fez-nos chegar o relato, na primeira pessoa, do que foi o primeiro dia destes grandes jogadores que, orgulhosamente, nos representam em tão grande competição, no “País das Pampas”.

Eis o que Hugo tem para nos contar:

A hora de despertar, neste primeiro dia de estadia em terras argentinas, foi por volta das 9h00. Seguimos logo diretos para o pequeno-almoço, no hotel, por volta das 9h30. Foi um pequeno-almoço animado onde reinou a boa disposição no seio da equipa.

Em seguida, foi tempo de descontrair um pouco e começar a ativar as pernas, onde aproveitámos para conhecer o vasto espaço verde em torno do hotel, realizando uma caminhada. O passeio matinal acabou por volta do meio-dia (hora local) e, logo de seguida, a equipa regressou aos quartos para repousar até à hora do almoço.

O almoço foi por volta das 13h30 e não podíamos deixar de dar uma nota bastante positiva acerca da gastronomia argentina. Almoço terminado, a equipa recolhe, uma vez mais, aos seus aposentos. É tempo de descansar e preparar a sessão de treinos da tarde.

A sessão da tarde começou por volta das 16h00. Notou-se muita vontade e empenho por parte da Seleção Nacional e foi, claramente, positiva. O treino acabou por volta das 17h30. Tempo de regressar ao hotel… Jantar às 21h00 e recolher obrigatório aos quartos às 22h30. É tempo de descansar e refletir sobre o primeiro dia e restante competição.

Assim foi o primeiro dia da Seleção Nacional de Paralisia Cerebral em solo argentino”.

Fotos: DR.

Barcelense Hugo Pinheiro representa Portugal no Mundial de Futebol Adaptado

Setembro 5, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora




Com vinte e dois anos de idade, Hugo Pinheiro, natural de Bastuço São João, volta a estar entre os escolhidos para representar a Seleção de Portugal no Mundial de Futebol Adaptado, prova que se realiza na Argentina até ao próximo dia 28 de setembro.

Uma disputa de bola normal, num jogo de futebol de iniciados com as cores do Bastuço São João, na altura em que tinha catorze anos de idade, originou um traumatismo cranioencefálico, que lhe motivou a paralisação do lado esquerdo do corpo.

Apesar da lesão, nunca deixou de fazer o que gostava, jogar futebol, mas faltava quem o acompanhasse.

Sempre rodeado de grandes amigos, nomeadamente os responsáveis do Café São João, em Bastuço, Fábio Borges e João Moreira, onde Hugo Pinheiro soube da existência, em Famalicão, de uma equipa de futebol para pessoas com deficiência.

Hugo Pinheiro ladeado por Fábio Borges (esquerda) e João Moreira (direita)

De imediato, voltou a jogar e as suas capacidades foram reconhecidas tendo, de forma rápida, chegado à Seleção Nacional de Futebol adaptado.

Recorde-se que esta seleção incorpora pessoas com paralisia cerebral ou lesões cerebrais, tais como traumatismos cranioencefálicos e vítimas de AVC.

Atualmente, Hugo Pinheiro mostra que a sua deficiência não o impede de fazer uma vida normal, estando a efetuar um contrato de emprego de inserção na Casa da Juventude de Barcelos, depois de anteriormente ter efetuado um estágio profissional no mesmo local.



Segue-se, então, a presença, com a Seleção de Portugal, no Mundial da Argentina, em San Luís. Num Mundial, onde o sorteio não foi nada “agradável” para Portugal, que vai medir forças, na fase de grupos, com três grandes seleções: a Argentina, a Rússia e o Irão. As restantes seleções presentes na competição serão a Austrália, Canadá, Japão, Irlanda do Norte, Ucrânia, Venezuela, Brasil, Inglaterra, Irlanda, Holanda, Espanha e EUA.

O grupo português partiu esta terça-feira para a Argentina, onde tem prevista a chegada, a San Luís, para quarta-feira, pelas 22h00.

O Barcelos na Hora irá acompanhar de perto a presença do barcelense Hugo Pinheiro, bem como a prestação de toda a Seleção.

Por: Miguel Bastos.

Fotos: DR.

Óquei de Barcelos com o plantel completo

Julho 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Apesar das cinco saídas – Luís Querido para o Lodi e Reinaldo Ventura para o Viareggio, de Itália; Miguel Vieira para o Benfica; Álvaro Morais para o FC Porto, e o abandono da modalidade do guarda-redes João Pereira “ Ginho “ – a equipa barcelense conseguiu compor o grupo para a próxima época.

Foi em Itália, destino de Querido e Ventura, que a direção do Barcelos encontrou reforços.

Destaque para a aquisição do goleador português, Mário Rodriguez “ Marinho “, ex-Follonica, e para o espanhol, defesa, Juan López, ex-Cremona.

A nível interno, contratou João Almeida, ex-Valongo, e promoveu Afonso Lima, que completou o último ano de júnior, e Pedro Silva, este último, ainda júnior.

O grupo para a próxima temporada terá onze jogadores, juntando-se a continuidade de Ricardo Silva, André Almeida, Hugo Costa, Zé Pedro, Joca Guimarães e Rúben Sousa.

Com a classificação obtida na época passada, quinto lugar, o OC Barcelos vai disputar a II edição da “Elite Cup”, em Coimbra, nos dias 5, 6 e 7 de outubro, defrontando, no primeiro dia, o quarto classificado, o Sporting CP.

Neste evento, que coloca em pista os oito primeiro classificados, o FC Porto defronta o Valença, o Benfica a AD Valongo e a Juventude de Viana joga com a Oliveirense.




Plantel do OC Barcelos:

Guarda-redes: Ricardo Silva e André Almeida;

Jogadores de pista: Zé Pedro, Juan López (ex-Cremona), Rúben Sousa, Afonso Lima (ex-júnior), Hugo Costa, Mário Rodriguez “Marinho“ (ex-Follonica), Joca Guimarães, Pedro Silva (júnior) e João Almeida (ex-Valongo);

Treinador: Paulo Pereira.

Em foto de destaque, os reforços, Pedro Silva (1), Afonso Lima (2), Juan López (3), João Almeida (4) e Mário Rodriguez “Marinho” (5).

Texto e foto: Miguel Bastos.

Em jogo de despedidas, Óquei de Barcelos vence Paço d’Arcos

Junho 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Foi com enorme emoção que os adeptos do OC Barcelos, presentes em grande número, ontem, no Pavilhão Municipal, disseram adeus e muito obrigado a cinco jogadores.

No último jogo em casa, na presente temporada, diante do Paço d’Arcos, o OC Barcelos venceu, por 2-0, mas “perdeu” o guarda-redes Ginho (acabou a carreira), o capitão Luís Querido e o “Rei” Ventura, ambos para Itália, o mágico Vieirinha, para o Benfica, e o malabarista Álvaro Morais, de regresso ao FC Porto.

óquei-barcelos-paço-d'arcos

O adeus aos atletas deixou para segundo plano o jogo, motivando, na parte final, o agradecimento mútuo entre jogadores e público.

Nos últimos minutos, o treinador do OC Barcelos aproveitou para que todos recebessem o carinho e o agradecimento dos seus adeptos. Com estes de pé, um a um, foram sendo substituídos, levando a algumas lágrimas e muitas palmas.

A maior ovação da noite foi para o guarda-redes Ginho, que deixou de jogar ao fim de vinte e oito anos com a camisola do OCB. O atleta foi brindado com lembranças da direção, das camadas jovens e de todos os seus colegas.

Ginho
Ginho

Quanto ao jogo, o OC Barcelos, diante da equipa da “Linha de Cascais”, resolveu a seu favor, com um golo em cada parte, apontados por Álvaro Morais e Luís Querido.

Ao OC Barcelos, com o quinto lugar assegurado, resta apenas um jogo neste campeonato, com a deslocação à Sanjoanense, equipa que desceu de divisão.

A noite foi, também, marcada pela apresentação de Mário Rodriguez “Marinho”, ex-Follonica (Itália), como reforço do clube para a próxima temporada.




Texto: Miguel Bastos.

Fotos: Miguel Bastos e Pedro Miguel Miranda.

Óquei de Barcelos defronta Paço d’Arcos em jogo de despedidas

Junho 8, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Restam apenas duas jornadas para o fim do campeonato nacional da 1ª divisão de hóquei em patins.

Numa dessas rondas, o OC Barcelos joga, pela última vez na presente época, diante o seu público, sábado, às 21h30, com o Paço d’Arcos.

Com o quinto lugar garantido depois do triunfo nos Açores na anterior jornada, o jogo deste fim de semana servirá para a despedida de alguns jogadores que envergam a camisola do clube de Barcelos.

Entre eles, estão o capitão Luís Querido que, tal como Reinaldo Ventura, irão jogar para o campeonato italiano, para Lodi e Viareggio, respetivamente.

Reinaldo-ventura+luís-querido
Luís Querido e Reinaldo Ventura

Quem também deixa o OC Barcelos é Miguel Vieira, que ruma ao Benfica, e Álvaro Morais, de regresso ao FC Porto.

Em relação ao guarda-redes João Pereira, “ Ginho “, tudo indica que termina a sua carreira desportiva.

Face a estas saídas, o clube já garantiu, esta semana, o avançado Mário Rodriguez “Marinho”, ex-Follonica.

Marinho
Marinho

O internacional moçambicano, que foi o melhor marcador do campeonato de Itália, estará mesmo, no sábado, em Barcelos, para começar a sentir a sua nova casa.

Para as outras duas vagas, vários nomes têm vindo a público, mas a direção barcelense ainda não confirmou oficialmente, entre elas, a de João Almeida, ex-AD Valongo.

Assim, no sábado, será um misto de alegria/tristeza para os jogadores que deixam o clube.

Naturalmente que deixam o OCB com o dever cumprido, onde conquistaram, entre vários pontos positivos, duas Taça CERS.

O público barcelense saberá reconhecer a entrega dos atletas durante o período em que vestiram a camisola do clube barcelense.

A partida começa às 21h30 e será apitada por Orlando Panza e Sílvia Coelho.




Texto: Miguel Bastos.

Fotos: Miguel Bastos e Vincenzo Biagini.

Luís Querido deixa Óquei de Barcelos

Maio 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na próxima temporada, Lodi, em Itália, é a nova “casa” de Luís Querido, atual capitão do OC Barcelos.

Foi o próprio jogador que, publicamente, confirmou a mudança de clube. “Confirmo que na próxima época serei jogador do Lodi de Itália. Quero, no entanto, referir que tudo farei para que o OC Barcelos consiga chegar ao quarto lugar apesar de depender de terceiros”, referiu Querido.

Para o barcelense, será a segunda experiência fora de Portugal, depois de ter jogado nos juniores do Barcelona e nos juvenis do Corunha, após período de formação até esse escalão no “seu” OC Barcelos.

Ainda no passado sábado, após o jogo com o Valença, Luís Querido, orgulhosamente, mostrou a todos a distinção de equipa do ano do OC Barcelos, por parte do CNID.




Quanto ao desafio diante o Valença HC, a equipa de Barcelos voltou aos triunfos na prova, mantendo, assim, o 5º lugar.

A três jornadas do fim, o OC Barcelos pode repetir a posição da época passada, bastando vencer uma dessas três partidas que faltam: Candelária e Sanjoanense fora e em casa, com o Paço d’Arcos.

Matematicamente, ainda pode atingir o 4º lugar mas só uma conjugação de resultados tornaria esse objetivo uma realidade. O OC Barcelos teria que ganhar todos os jogos e o Sporting CP perder também os seus três jogos.

Ainda em relação ao jogo com o Valença, o OC Barcelos derrotou o seu adversário por 5-2, com golos de Reinaldo Ventura (3), Joca Guimarães e Zé Pedro.

óquei-valença-jogo

No próximo sábado, a equipa de Barcelos joga na Ilha do Pico, com o Candelária, equipa que luta pela manutenção.

 

Por: Miguel Bastos.
Fotos: Município de Barcelos (destaque) e Miguel Bastos (jogo).

Óquei de Barcelos visita Tomar

Maio 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Após a pausa do campeonato nacional para a realização da Liga Europeia, o OC Barcelos tem uma deslocação complicada a Tomar, onde irá defrontar um adversário que luta pela manutenção.

Quando faltam apenas cinco jornadas para o fim do campeonato, a equipa barcelense irá procurar os três pontos, de modo a continuar a pensar em chegar, “matematicamente”, ao quarto lugar.

Neste momento, os barcelenses estão a nove pontos do Sporting CP, que inicia este fim de semana a série de jogos entre os quatro primeiros, visitando o FC Porto.




Para além de tentar chegar ao quarto lugar, uma vitória em Tomar permitirá manter, ou aumentar, a distância para o sexto classificado, a Juventude de Viana, que viaja ao, também aflito, Turquel.

O jogo em Tomar começa às 17h00 de sábado, tendo como árbitros, Jaime Vieira, do Alentejo, e Paulo Carvalho, de Leiria.

Esta semana, ficou-se, também, a conhecer o cartaz da Taça Continental, que se realiza em outubro. O OC Barcelos, como vencedor da Taça CERS, irá medir forças com o finalista vencido da Liga Europeia, a Oliveirense. Na outra meia-final, jogam Reus e Viareggio.

 

cartaz-taça-continental2017

 

Por: Miguel Bastos.

CNID nomeia Óquei de Barcelos para Equipa do Ano

Maio 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A excelente campanha do OC Barcelos, especialmente nas competições europeias, levou a que a Associação dos Jornalistas de Desporto nomeasse a equipa de Barcelos para uma das melhores do Ano.

cnid-logoRecorde-se que o OC Barcelos conquistou, em Itália, e pela segunda vez consecutiva, o troféu de vencedor da Taça CERS.

Juntamente com o clube de Barcelos estão, também, nomeadas as seleções de futebol A, masculina e feminina, a equipa de atletismo do Sporting Clube de Portugal e a equipa de ciclismo do Futebol Clube do Porto.

O evento terá lugar no próximo dia 22 de maio pelas 16h30, no Museu do Desporto, na Praça dos Restauradores em Lisboa.

Os galardões destinados aos futebolistas e treinadores (jogadores e técnicos do ano em Portugal) serão divulgados mais tarde e entregues, igualmente, no dia 22.




Lista completa dos premiados

EQUIPA DO ANO

Selecção A (futebol), Selecção A feminina (futebol), equipa de Atletismo do Sporting Clube de Portugal, Óquei Clube de Barcelos e equipa de Ciclismo do Futebol Clube do Porto.

Prémio Prestígio Fernando Soromenho

Manuel Sérgio.

Prémio Carreira

Carlos Godinho – FPF.

Prémio José Neves de Sousa – Imprensa Escrita

Planisférico – Rubrica Jornal Público.

Prémio Vítor Santos – Revelação Imprensa Escrita

Rui Melo – A Bola.

Prémio Artur Agostinho – Rádio

Equipa da Antena 1 na cobertura do Euro 2016: Alexandre Afonso e Nuno Matos.

Prémio Alves dos Santos – Televisão

Programa Titulares – Sport TV.

Prémio Nuno Ferrari – Fotografia

Paulo Esteves (A Bola) e Manuel Azevedo (Record) – a título póstumo.

Prémio On-Line

Jornal Record.

Atleta Revelação do Ano

Victoria  Kaminskaya – Natação – Estrelas S. João de Brito.

Atletas do Ano

Inês Henriques – Clube de Natação de Rio Maior, Frederico Morais – Surfing Clube Costa do Sol, Nelson Évora – Sporting Clube de Portugal, Patrícia Mamona – Sporting Clube de Portugal e Telma Monteiro – Sport Lisboa e Benfica.

Prémio Dedicação

Domingos Estanislau – Presidente do Clube Futebol Benfica.

Prémio Reconhecimento

Lenine Cunha – Anddi Portugal.

Treinadores Portugueses no estrangeiro

Leonardo Jardim – AS Monaco e Paulo Fonseca – Shakthar Donetsk.

Atletas Portugueses no Estrangeiro

Bernardo Silva – AS Monaco, Cristiano Ronaldo -Real Madrid e Ricardinho – Movistar.

Por: Miguel Bastos.

Ir Para Cima