Tag archive

Mini-CIR

Nadal Imperador de Paris

Junho 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora
Carlos Ferreira
Carlos Ferreira

Rafael Nadal venceu Roland Garros pela décima vez, em doze finais, de forma categórica, não deixando dúvidas em ninguém sobre a sua supremacia em jogos de ténis em terra batida.

Vencendo Wawrinka, pelos parciais de 6/2, 6/3 e 6/1, e não perdendo nenhum set em todo o torneio, Nadal demonstrou toda a sua força e garra, apresentando um ténis de elevado nível, como há muito não se via.

Nadal é, assim, o novo Imperador de Paris, deixando uma marca muito difícil de igualar.

Este ano, o circuito profissional de ténis tem sido dominado pelas duas lendas vivas do ténis, Federer e Nadal, cada um nas suas superfícies favoritas.

Alguma desilusão de Andy Murray e Novak Djokovic, pois ainda não conquistaram nenhum título importante este ano e perdendo pontos preciosos para a manutenção dos seus lugares no ranking.

No torneio feminino, uma grande surpresa vinda da Letónia, mas treinando em Espanha, Jelena Ostapenko, de apenas 20 anos, superou a grande favorita, Simona Halep, em três sets, pelos parciais de 4/6, 6/4 e 6/3.




Este fim de semana, decorreu nos courts do Clube de Ténis ESAF, a terceira etapa do Circuito Mini-CIR, prova por equipas até aos dez anos de idade.

Com a presença de seis equipas, incluindo a da casa, num total de 30 atletas, os jogos foram decorrendo com muita animação e empenho, pois nestas idades, o resultado é o que menos interessa, estando todos de parabéns pelo sucesso do torneio.

Aprendendo a competir e a superar desafios, ao mesmo tempo que se diverte, é a grande vantagem deste tipo de torneios, para os jovens jogadores.

Pratiquem desporto, joguem ténis.

Por: Carlos Ferreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Terceira etapa do Circuito Mini-CIR no Clube de Ténis ESAF

Junho 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Decorreu, no último sábado, dia 10 de junho, nos courts do Clube de Ténis ESAF, a terceira etapa do Circuito Mini-CIR, torneio de ténis organizado pela Associação de Ténis do Porto, em colaboração com o Clube de Ténis Esaf.

Este é um torneio de ténis por equipas, de jogadores até 10 anos de idade, com um formato diferente do habitual, já que os jogos são determinados por tempo e não pelo resultado.

Com a presença de 6 equipas, incluindo a “equipa da casa”, num total de 30 jogadores, os jogos foram decorrendo com muita alegria e empenho de todos.

O resultado final não é o mais importante neste tipo de torneio, mas sim, proporcionar aos jovens jogadores uma aprendizagem e experiência para futuras competições, essas sim, bastante mais duras e exigentes.




Texto: Carlos Ferreira.

Foto: CT ESAF.

“Mini-CIR 2017”, de ténis, na Secundária Alcaides de Faria

Maio 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se no próximo dia 13 de maio, nos courts de ténis da Escola Secundária Alcaides de Faria, a 1ª etapa do circuito Mini-CIR para equipas de sub10 (jogadores entre os 8 e 10 anos).

A organização local estará a cargo do Clube de Ténis ESAF.

As próximas etapas – mais três – passarão por Vila do Conde, Lousada e Amarante.

Imagem: Clube de Ténis ESAF.



Federer, Nadal e Estoril Open

Maio 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
carlosferreira
Carlos Ferreira

Contrariando todas as expectativas, o circuito profissional de ténis tem sido dominado, este ano, por Rafael Nadal e Roger Federer.

Até agora, os principais torneios têm sido conquistados por estes dois grandes campeões, e com um ténis de elevada qualidade, voltando os dois a reentrar no top 10.

Jogar com esta paixão após tantos anos, com graves lesões pelo meio e depois de terem ganho quase tudo o que havia para ganhar, só é possível com uma dedicação total ao ténis. Exemplos a seguir, quer dentro, quer fora dos courts.




Decorreu, na passada semana, o “Estoril Open”, que é o torneio de ténis mais importante de Portugal, nos courts do Clube de Ténis do Estoril.

Num apontamento pessoal, em jeito de preâmbulo, tenho a certeza de que seria uma boa notícia se o Estoril Open voltasse a ter o quadro feminino. Seria uma referência, e experiência, para algumas das nossas melhores jogadoras.

Com a presença dos melhores jogadores nacionais, e alguns internacionais, os jogos foram decorrendo com algumas surpresas, positivas e negativas.

A positiva, foi a passagem de quatro jogadores portugueses para a segunda ronda, sendo eles Pedro Sousa, Gastão Elias, João Domingues e Frederico Silva. Infelizmente, nenhum conseguiu passar para a terceira ronda, pois os seus oponentes eram jogadores muito bem cotados e com maior experiência.

As negativas, foram, uma vez mais, João Sousa não conseguir ganhar um encontro no Estoril Open, perdendo sempre na primeira ronda, e as desistências de Juan Martin del Potro e Nick Kyrgios, ambos pelo falecimento dos seus avós, que os levou a retirarem-se, prematuramente, do torneio.

O grande vencedor do torneio foi o argentino Pablo Carrena Busta, que venceu na final o luxemburguês Gilles Müller, por 6/2, 7/6 com 7/5 no tiebreak.

Carreno Busta já tinha sido finalista o ano passado, mas desta vez não deixou fugir o troféu, provando, uma vez mais, que está a ter um princípio de ano muito bom e preparado para os grandes torneios que se avizinham.

Uma palavra para o acordo entre a Federação Portuguesa de Ténis e a Santa Casa da Misericórdia, que vai investir no Centro de Alto Rendimento (CAR) de Ténis. Espero que consigam proporcionar excelentes condições aos melhores jogadores portugueses, quer masculinos, quer femininos, pois, até agora, só os homens tinham acesso ao CAR.

No próximo sábado, dia 13 de maio, vai decorrer no clube de ténis Esaf mais uma etapa do circuito de ténis Mini-CIR, torneio para crianças até 10 anos, sendo uma prova por equipas e na qual o nosso clube vai estar representado com alguns atletas.

Convidamos, desde já, os barcelenses a assistir aos jogos destes pequenos jogadores, capazes de fazerem coisas muito bonitas.

Termino com uma palavra de orgulho para os nossos jovens jogadores do Clube de Ténis Esaf, que iniciaram a competição em torneios federados e têm tido uma postura digna, num desporto duro e competitivo. A aprendizagem também é feita de competição, com vitórias e derrotas, sabendo estar nas duas.

Pratiquem desporto, joguem ténis.

 

Por: Carlos Ferreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)



Ir Para Cima