Tag archive

Museu de Olaria

Férias da Páscoa repletas de atividades para crianças e jovens

Fevereiro 25, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Durante a interrupção letiva das Férias da Páscoa, o Município de Barcelos vai promover múltiplas atividades lúdicas para o tempo livre dos mais novos, entre a Casa da Juventude, a Galeria de Arte, o Museu de Olaria, o Theatro Gil Vicente, a Biblioteca Municipal e o Pavilhão Municipal.



A Casa da Juventude apresenta um programa de oficinas dedicado às expressões plásticas e decorrerá entre 30 de março e 9 de abril, das 10h30 às 12h00, para grupos, e das 15h00 às 17h30, para individuais. A participação é gratuita, mas as inscrições são obrigatórias e limitadas, devendo todos os interessados proceder à inscrição até ao dia 25 de março.

No mesmo período, a Galeria Municipal de Arte propõe atividades dirigidas a crianças entre os 8 e os 16 anos e que se realizarão durante a parte da tarde, entre as 14h30 e as 17h00. Entre as propostas didáticas, encontram-se a criação do diário visual, a área dos cortes e recortes e do desenho 3D e a oficina da arte ao acaso. As inscrições são gratuitas, embora limitadas.

Já a parte da manhã, entre as 10h00 e as 12h00, ficará reservada ao Museu de Olaria e a vários ateliês direcionados para crianças entre os 6 e os 12 anos. A parte da tarde, entre as 14h30 e as 16h30 é destinada a crianças entre os 3 e os 14 anos com visitas orientadas às exposições patentes e atividades em oficina.

Numa divertida aventura no mundo dos livros, a Biblioteca Municipal de Barcelos preparou também um programa especial, destinado a crianças dos 6 aos 10 anos de idade, que procura motivar aprendizagens que valorizam a curiosidade e a criatividade, tendo como ponto de partida o contacto com o livro, entre a hora do conto, oficinas de leitura, expressão plástica, encontro com escritores, jogos e cinema.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias.

O Theatro Gil Vicente também promove, nos dias 31 de março, 1, 7, 8 e 9 de abril, atividades como cinema e teatro. As inscrições são feitas diretamente na bilheteira do Theatro Gil Vicente.

Fora de portas, as crianças poderão inscrever-se ainda nas Férias Desportivas, no Pavilhão Municipal, atividades dirigidas a crianças entre os 6 e os 15 anos. De entre as atividades destacam-se o futebol, badminton, patinagem e jogos lúdicos.

Todas as atividades do programa das Férias da Páscoa são gratuitas, à exceção das realizadas no Museu de Olaria, que têm o custo de 1,10€ por participante.

As inscrições para todas as atividades decorrem de 24 de fevereiro a 25 de março. As inscrições são obrigatórias e limitadas e deverão ser feitas através do formulário de inscrição disponível no site do Município: http://buonline.cm-barcelos.pt. À exceção das atividades no Theatro Gil Vicente que deverão ser feitas na bilheteira do mesmo.

Pode obter mais informações no Balcão Único do Município de Barcelos ou através do e-mail otldctjd@cm-barcelos.pt.

Fonte e imagem: CMB.

“O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção do Espanhol” no Museu de Olaria

Fevereiro 12, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Museu recebe em 2020 exposição inédita da barrista barcelense

Abre ao público, no próximo sábado, dia 15 de fevereiro, às 17h00, na Sala de Exposições Temporárias do Museu de Olaria, em Barcelos, a exposição “O Figurado de Rosa Ramalho na Coleção do Espanhol”, que reúne peças do colecionador Juan Yebra-Pimentel Rodríguez, um galego que, durante mais de uma década, recolheu figuras produzidas pela prestigiada barrista barcelense.



Juan Yebra-Pimentel Rodríguez, jurista e também escultor, natural de Lugo, na região da Galiza, ainda estudante, em meados da década de sessenta, teve contacto com as peças produzidas pela artesã Rosa Ramalho na casa de um amigo seu e tendo ficado rendido à beleza das mesmas começou por comprar alguns exemplares numa loja em Vigo, no Posto de Turismo de Barcelos e numa loja em Valença do Minho. Tendo decidido conhecer a barrista de perto, rumou a Galegos S. Martinho e passou a ser uma visita assídua na casa da mesma, acabando por travar uma grande amizade com a artesã.

Entre 1968 e 1977, Juan Rodríguez teve a oportunidade de privar com a artesã, à qual carinhosamente chamava “Rosinha” e começou a solicitar-lhe a produção de peças por ele desenhadas. “Fui conhecê-la e fiz-me amigo dela.  A figura dela já era bastante falada, porque, quando eu lhe fiz os desenhos dos pecados capitais, em Madrid, anunciavam-nos nos periódicos: o El País e o ABC diziam: venderam-se a vinte e oito mil pesetas, o que naquela época devia ser o equivalente catorze contos.”

Nesta exposição, podem ser vistas cento e dezasseis peças, de um conjunto de mais de quatrocentas por ele colecionadas, produzidas por Rosa Ramalho. De entre os trabalhos expostos, constam também as vinte e sete peças da última fase da vida da barrista barcelense. É uma coleção particular, um tesouro que agora é dado a conhecer a todos.

Rosa Ramalho, artesã barcelense, natural de Galegos S. Martinho, contribuiu de forma indelével para a construção da identidade da olaria local e nacional e, subsequentemente, fixou-se no imaginário e na memória coletiva do povo português.

Esta exposição estará patente até 20 de janeiro de 2021 e poderá ser visitada de terça a sexta, das 10h00 às 17h30, e aos sábados e domingos, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Fonte e imagem: CMB.

Filipe Miranda apresenta novo EP em Barcelos no âmbito do “triciclo”

Janeiro 21, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Filipe Miranda apresenta o seu mais recente disco no Museu de Olaria, em Barcelos. O concerto realiza-se na próxima sexta-feira e a entrada tem o custo de três euros.



O músico e artista plástico Filipe Miranda regressa a Barcelos com o seu mais recente disco, que vai ser lançado precisamente no concerto de dia 24. Marca mais um importante capítulo na carreira de Filipe Miranda e é o segundo disco em nome próprio, depois de ter editado “OOPART”, em 2019, e que marcou o seu regresso às canções cantadas em português.

Conhecido musicalmente por ter integrado bandas como os Kafka ou pelo seu projeto a solo, The Partisan Seed, Filipe Miranda regressa ao português para contar as suas histórias sublimes ao público que o viu nascer. Sempre na companhia da guitarra, a sua parceira de estrada.

Assista a um pouco da sua música, neste videoclipe “Sábado” (basta clicar no link para aceder automaticamente):

https://www.youtube.com/watch?v=0rMTUODVzbU .

Fotos: DR.

Museu de Olaria já é membro da Academia Internacional de Cerâmica

Outubro 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Cerimónia de boas-vindas aos novos membros acontece no Congresso 2020, em Rovaniemi, na Finlândia

O Museu de Olaria de Barcelos já é membro da Academia Internacional de Cerâmica, uma entidade associada da UNESCO que tem como objetivo estimular a fraternidade e a comunicação entre parceiros na área da cerâmica de todos os países, desenvolvendo formas de cooperação internacional destinadas a promover a cerâmica e encorajando e suportando os mais altos níveis de qualidade de produção, dentro das diferentes culturas cerâmicas.



“A integração do Museu de Olaria nesta rede é o reconhecimento do trabalho que o Museu tem vindo a fazer pela cerâmica em Portugal e nos países lusófonos, e vai permitir a valorização, dinamização e enriquecimento do património local e a interação entre os membros”, refere o Município.

A Academia Internacional de Cerâmica está empenhada em realizar projetos de grande escala para promover a cultura cerâmica, bem como debater, trocar, refletir e compartilhar conhecimentos. A influência da sua rede internacional é expressa em escala global e local e presta especial atenção à integração e especificidades.

A cerimónia de boas-vindas aos novos membros acontece no Congresso 2020, que irá realizar-se em Rovaniemi, na Finlândia, subordinado ao tema “On the edge”.

A Academia Internacional de Cerâmica foi fundada em 1952 por Henry J. Reynaud e associada à UNESCO desde 1958. É composta atualmente por 650 membros e constitui um acesso privilegiado a uma comunidade internacional que promove a cerâmica contemporânea através de uma larga rede de artistas, de críticos, de escritores, de historiadores, de galeristas, de museus e de outras instituições relacionadas.

Esta Academia é, hoje, a única associação que atua internacionalmente, reunindo ceramistas, artistas, designers, escritores, colecionadores, galeristas, curadores, conservadores e um vasto painel de instituições de prestígio.

Fonte e foto: CMB.

Barcelos comemora Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus

Maio 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos associa-se, uma vez mais, às comemorações do Dia Internacional dos Museus e da Noite Europeia dos Museus, e de forma a assinalar esta data realiza-se, no Museu de Olaria, um conjunto diversificado de atividades para todas as idades.



O programa abre no dia 18 com atividades durante a tarde para a comunidade escolar e, às 22h00, tem lugar a exibição da performance audiovisual “An Essence of a Legacy” inspirada na arte e na criatividade do Figurado de Barcelos que tem como objetivo desenvolver uma viagem de experiências percetivas, procurando representar as suas caraterísticas identitárias mais particulares.

No âmbito da atividade da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas (AptCC), em que Barcelos está incluído, realiza-se, no dia 19 de maio, a iniciativa “Bom Dia Cerâmica!”. Barcelos participa no evento, dando particular destaque às artes e ofícios tradicionais, mais especificamente à olaria e ao figurado.

Durante a tarde, no dia 19 de maio, às 14h30, o Campo 5 de Outubro recebe uma Mostra de Olaria e Gastronomia Local. Às 16h00, tem lugar, no Theatro Gil Vicente, o espetáculo de teatro “Argila”, pela Companhia de Teatro da Didascália e, às 17h00, o Campo 5 de Outubro recebe o concerto “Sons do Barro” pelo Grupo de Ocarinas da Banda Musical de Oliveira.

Quanto às restantes exposições patentes no Museu de Olaria, mantém-se, na sala de exposições temporárias “Geração Mistério”, até finais de dezembro e “Abordagens” de Joaquim Esteves, uma exposição de cerâmica, na sala da capela do Museu, até finais de junho.

As exposições têm entrada grátis e podem ser vistas de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 18h00; aos sábados, domingos e feriados, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

Fonte e imagem: CMB.

Barcelos presente no 1º aniversário das Cidades e Vilas Cerâmicas

Abril 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos esteve representado, ontem, pela Vereadora da Cultura, Armandina Saleiro, nas Caldas da Rainha, no âmbito do 1º aniversário de existência da APTCVC (Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica). Na comemoração, estiveram os catorze municípios cerâmicos portugueses que aproveitaram para divulgar os seus objetivos junto de outros municípios candidatos à Associação.



A representar Barcelos estiveram, também, os oleiros Paulo César Silva (olaria vidrada) e Armando Braz (olaria fosca), assim como o ceramista Joaquim Esteves (figurado/ cerâmica contemporânea).

A APTCVC tem como membros fundadores os municípios de Alcobaça, Aveiro, Barcelos, Batalha, Caldas da Rainha, Ílhavo, Mafra, Montemor-o-Novo, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Tondela, Viana do Alentejo, Viana do Castelo e Vila Nova de Poiares, todos com fortes tradições ou importância económica no campo da cerâmica artesanal, patrimonial ou industrial.

O programa “Bom Dia Cerâmica” foi, também, apresentado, no âmbito desta comemoração. Este ano terá lugar a 18 e 19 de maio em toda a Europa, para chamar a atenção do público e das autoridades nacionais para este produto e material ligado aos primórdios da civilização e que até hoje constitui um testemunho da criação humana e da criação de valor e de emprego.

O Município de Barcelos, através do pelouro da Cultura, tem preparado um programa conjunto com o “Bom dia Cerâmica” e as comemorações do “Dia Internacional dos Museus e Noite Europeia dos Museus. Para o dia 18 de maio, no Museu de Olaria, há visitas guiadas (manhã e tarde) e oficina de conto para famílias (tarde). À noite, na Noite Europeia dos Museus, há lugar para o concerto “perhaps only as a memory” – Barcelos Cidade Criativa, Projeto de Criação Artística de Frederico Dinis.

No dia 19 de maio, o “Bom dia Cerâmica” proporciona visitas guiadas – cerâmica nos espaços públicos de Barcelos; ”Olaria e Gastronomia” com uma mostra da gastronomia local tradicional, confecionada em objetos cerâmicos (Campo 5 de Outubro); uma peça de teatro “Argila”, pelo Teatro da Didascália, às 15h00,  no Teatro Gil Vicente; visitas guiadas ao Museu de Olaria; visita à exposição ABORDAGENS, da autoria do ceramista barcelense Joaquim Esteves; e oficinas de modelagem para o público em geral.

No início de maio, com a comemoração do Dia Nacional do Azulejo (6 maio), há visitas para grupos, com marcação prévia, para conhecer a rota dos azulejos, em Barcelos.

Fonte e foto: CMB.

Barcelos inicia processo de adesão à Academia Internacional de Cerâmica

Fevereiro 25, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Museu de Olaria de Barcelos pretende integrar a Academia Internacional de Cerâmica, uma entidade associada da UNESCO, que tem como objetivo estimular a fraternidade e a comunicação entre profissionais cerâmicos de todos os países, desenvolvendo formas de cooperação internacional destinadas a promover a cerâmica e encorajando e suportando os mais altos níveis de qualidade de produção, dentro das diferentes culturas cerâmicas.



No sentido de concretizar esta intenção, a Câmara Municipal de Barcelos deliberou, em reunião ordinária de 22 de fevereiro, remeter à Assembleia Municipal, para apreciação e votação, o pedido de autorização para a integração do Museu de Olaria de Barcelos na Academia Internacional de Cerâmica.

A integração do Museu de Olaria nesta rede revela-se de “grande importância para a valorização, dinamização e enriquecimento do património local”, refere o Município em nota. Com efeitos, a interação entre os membros valoriza o conhecimento e a mudança cultural e as contribuições coletivas resultam no enriquecimento de forma significativa da cerâmica a um nível internacional. A Academia está empenhada em realizar projetos de grande escala para promover a cultura cerâmica, bem como debater, trocar, refletir e compartilhar conhecimentos. A influência da sua rede internacional é expressa em escala global e local e presta especial atenção à integração e especificidades.

A Academia Internacional de Cerâmica foi fundada em 1952 por Henry J. Reynaud. Associada à UNESCO desde 1958. É composta atualmente por 650 membros e constitui um acesso privilegiado a uma comunidade internacional que promove a cerâmica contemporânea através de uma larga rede de artistas, de críticos, de escritores, de historiadores, de galeristas, de museus e de outras instituições relacionadas.

Os seus membros são oriundos de cerca de seis dezenas de países de todo o mundo, figurando até agora três membros portugueses, sendo Portugal um dos países com uma tradição na cerâmica mais forte e menos representada.

A Academia é, hoje, a única associação que atua internacionalmente, reunindo ceramistas, artistas, designers, escritores, colecionadores, galeristas, curadores, conservadores e um vasto painel de instituições de prestígio.

Fonte e foto: CMB.

Museu de Olaria dedica ano de 2019 à Família Mistério

Janeiro 30, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Exposição “Geração Mistério” abre dia de 2 de fevereiro, às 18h00, na Sala de Exposições Temporárias

O Museu de Olaria abre o ano de 2019 com uma exposição dedicada ao figurado da Família Mistério, dando continuidade ao ciclo de exposições sobre as famílias barristas mais emblemáticas da região oleira de Barcelos.



A história da família Mistério, na arte do figurado, começa no início dos anos vinte do século passado com Domingos Gonçalves Lima, “Mistério” de alcunha, cuja projeção se deveu, sobretudo, à ironia e irreverência criativa características das suas peças. Mistério era um barrista muito criativo e a sua esposa, Virgínia Coelho Esteves, uma das mais importantes pintoras do figurado barcelense, ajudava-o com a pintura das suas criações.

Com uma numerosa família de doze filhos, toda a prole passou parte da infância e juventude na oficina da família a trabalhar no barro. Se por um lado os rapazes se dedicavam mais ao forno e à modelação, às raparigas cabia a tarefa da pintura. Entre os doze, acabariam por ficar os filhos Manuel e Francisco, que continuam ainda hoje a contribuir para o engrandecimento do artesanato barcelense, tentando preservar o legado dos pais, mas procurando também arriscar as suas próprias criações.

Nesta exposição, que decorre entre 2 de fevereiro e 31 de dezembro de 2019, poderão encontrar-se cristos, santos, diabos, monstros, desfolhadas, carros de bois, pombais, músicos, apitos, galos, entre outras peças de uma das famílias mais emblemáticas do figurado barcelense, a Família Mistério.

O Museu de Olaria está aberto de terça a sexta-feira, das 10h00 às 17h30, e aos sábados, domingos e feriados das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. A entrada é gratuita.

Fonte e fotos: CMB.

“Do Bonequinho ao Pote” no Museu de Olaria de Barcelos

Outubro 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre hoje e dia 21 de outubro, o Museu de Olaria de Barcelos será o palco do Encontro com Oleiros de Cabo Verde.



O evento intitula-se “Do Bonequinho ao Pote” e é de entrada gratuita.

Imagem: CMB.

Olaria Regional em exposição no Museu de Olaria

Outubro 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 29 de setembro, no Museu de Olaria de Barcelos, foi inaugurada a exposição “Convergências, divergência e paralelismos: Olaria Regional da Sub-região do Cávado,” que para além dos designers e artesãos que desenvolveram propostas de cerâmica utilitária, contou com a presença da Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, da Diretora do Museu de Olaria, Cláudia Milhazes e da Diretora da Escola Superior de Design, do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Paula Tavares.



O resultado patente enquadra-se numa investigação realizada no âmbito do Mestrado em Design e Desenvolvimento do Produto da Escola de Design (IPCA), onde a proximidade possibilitada com o Museu de Olaria foi essencial.  As peças apresentadas baseiam-se na olaria tradicional da região e projetam o seu enquadramento na sociedade e hábitos contemporâneos, incorporando o saber-fazer e as técnicas tradicionais dos artesãos locais.

Durante este processo, consolidou-se uma rede passível de implementar estas abordagens, sendo de relevar a disponibilidade e motivação dos artesãos, o potencial positivo da colaboração institucional, bem como o valor efetivo a nível comercial e cultural da conformação destas peças numa marca ou linha de produtos que, através do design, posicione de forma distinta a olaria de Barcelos em Portugal e no Mundo.

Fonte e fotos: IPCA.

 

Ir Para Cima