Tag archive

Música

Festa da Juventude e Mostra Urbana regressam à Alameda das Barrocas

Julho 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

A Festa de Juventude e Mostra Urbana 2018, promovida pela Câmara Municipal de Barcelos, arranca já amanhã, dia 19 de julho, às 19h00, na Alameda das Barrocas.



O evento inclui atividades diferentes até domingo, dia 22, numa mostra onde participam 30 associações do concelho e onde haverá animação de rua.

Esta iniciativa do Município pretende mostrar o dinamismo associativo do concelho, promover e dar visibilidade às atividades e projetos das associações que atuam nas mais diversas áreas.

No primeiro dia, pelas 21h30, realiza-se o Festival de Bandas, integrado no Projeto Artístico, desenvolvido pelo Pelouro da Juventude, com as seguintes bandas: Gator- The Alligator, Acoustic Dive, DD Rock, Lazy Eye Society, Hull, Laranjinha Descascada Cortadinha e Little Boys from Hiroshima. A partir de sexta-feira e até domingo, a Mostra Urbana abre às 18h00.

No dia 20, a partir das 19h30, atua a Arts Academy Barcelos e, às 21h30, realiza-se uma aula de zumba com a dinamização da Barcelos Saudável.

No sábado, dia 21, a partir das 21h30, realizam-se concertos com João Dias, Jukebox e RJ e convidados. No domingo, às 18h00, decorre o Festival de Dança, com os seguintes grupos: Academia João Capela, Nico Dance Studio, H.A.D – Histórias da Arte e da Dança, Fisiofitness, Escola de Dança de Barcelos, Academia Rosália Ferreira e ARCA Dance Studio. A Mostra Urbana encerra às 21h30, com o espetáculo de Paulo Neiva.

Durante o tempo de realização da Festa da Juventude, decorrem atividades permanentes das associações da Mostra Urbana e animação de rua.

A Mostra Urbana e Festa da Juventude têm como objetivo, segundo o Município, “apresentar um conjunto diversificado de atividades, capazes de mobilizar as associações, grupos juvenis, os jovens e as suas famílias para momentos lúdicos, culturais e de convívio”.

O acesso a todas as atividades da Festa é livre.

Imagem: CMB.

Cursos de Música de Verão na Casa de Fralães

Julho 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Associação Cultural de Monte de Fralães organiza, entre 4 e 8 de setembro, mais uma edição dos seus Cursos de Música de Verão, a realizarem-se na Casa de Fralães.



Nesta XIX edição, os participantes contarão com os ensinamentos de Paulo Gaio Lima, em violoncelo; Nuno Soares, em violino; e Anna Tomasik-Michalczyk, em piano (professora acompanhadora).

As inscrições podem ser efetuadas online através de (basta clicar no link para aceder automaticamente): https://bit.ly/2keGBMq.

Para mais informações, pode usar o e-mail acmfralaes@sapo.pt ou os contactos telefónicos: 96 326 51 33 / 91 916 26 49.

Imagem: ACMF.

Conservatório de Música de Barcelos enche novamente Casa da Música do Porto

Julho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 9 de julho, o Conservatório de Música de Barcelos (CMB) realizou o seu já tradicional Concerto Final de Ano na Casa da Música, no Porto. Pelo quinto ano consecutivo, segundo na Casa da Música, este concerto contou com a participação de mais de 300 alunos, que transformaram a Sala Guilhermina Suggia, completamente esgotada, numa verdadeira Festa da Comunidade Educativa do CMB.



O programa apresentado, que teve como intenção “torná-lo o mais próximo possível do grande público”, segundo o CMB, foi constituído por duas partes distintas e que, de certa forma, se completaram.

A primeira parte começou com a Abertura da ópera “O Barbeiro de Sevilha”, de G. Rossini (arr. J. Manoukian), pela Orquestra de Cordas Juvenil, a que se juntou, de seguida, o Coro Juvenil e o Coro Vozes D’Ouro para apresentarem a obra “Salmo 23”, do compositor canadiano S. Irving Glick.

O programa continuou com a Orquestra de Sopros Juvenil, que interpretou a obra “The Lion King”, de H. Zimmer (arr. J. Higgins), que deu vez à sua “homónima mais crescida”, a Orquestra de Sopros, que juntamente com o Grande Coro (cerca de 200 alunos) apresentaram trechos da ópera “Carmen”, de G. Bizet, começando com “Avec la Garde Montante”, seguindo-se das árias “Habanera” e “Toreador”, que tiveram como solistas os alunos Cláudia Pereira e João Miranda, respetivamente, momento que fez recordar a tão bem conseguida produção que o CMB realizou com esta ópera no passado mês de junho.

A primeira parte, caracterizada por um programa cheio de variedade, frescura e fantasia, culminou com a ritmada obra “Heijamano”, de B. Appermont, e “We All Stand Together”, de P. McCartney. Nesta última, juntou-se ao Grande Coro, o Coro da Iniciação e a Orquestra Sinfónica do CMB, o que permitiu às pessoas que estavam no público ir para intervalo “leves”, “felizes”, “cheios de reminiscências”, como alguns tiveram a oportunidade de partilhar.

A segunda parte, com um programa, de certo modo, mais contemplativo, foi toda constituída por grandes obras primas, presentes nos inúmeros registos discográficos dedicados aos grandes hits da Música Clássica, o que permitiu manter a matriz de um concerto popular. Começou pelo segundo andamento do “Concerto de Aranjuez”, de J. Rodrigo para Guitarra Clássica, que teve como solista o aluno Diogo Carlos acompanhado ao piano pela Prof. Eugénia Moura, seguindo-se a Orquestra de Cordas, que interpretou o “Adágio”, de T. Albinoni, e o “Verão” (das quatro estações), de A. Vivaldi. Esta última teve como solistas os alunos João Carvalho e Joana Ribeiro e contou com a colaboração do cravista Diogo Zão.

Seguiu-se a Orquestra Sinfónica para voltar a trazer fantasia, esta com tons “natalícios”, com a Suite do Bailado “O Quebra Nozes”, de P. I. Tchaikowsky, e a sua famosa “Valsa das Flores”, que contou com a colaboração da harpista Eleonor Picas antes de se juntar, novamente, o Grande Coro para terminar o Concerto com o apoteótico “Halleluja”, de G. F. Haendel.

“Este ambicioso projeto, idealizado desde o início ano letivo, materializou-se essencialmente com a realização de dois estágios intensivos, na interrupção letiva do Carnaval e ao longo de toda a última semana, que o tornou possível com um querer muito expressivo, uma dedicação de toda a comunidade, desde a direção, professores, alunos, pais e funcionários”, refere o CMB em nota.

Sob a liderança da Direção Pedagógica do CMB, este projeto teve como professores responsáveis Adalgisa Pontes (Coro Iniciação), Joana Ribeiro (Coro 2.º ciclo), Isabel Silva (Coro 3.º ciclo) e Maria João Gonçalves (Coro Galtom), Carlos Martinho (Orquestras de Sopros e Orquestra Sinfónica), Jorge Teixeira (Orquestras de Cordas) e contou com a participação dos alunos em regime integrado, articulado com as escolas protocoladas com  o CMB –Agrupamento de Escolas de Barcelos, Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes, Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho, Agrupamento de Escolas Vale de Tamel, Agrupamento Vertical de Vila Cova, Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio e Colégio da Trofa  – e regime supletivo.



Na mesma nota, a direção do CMB “congratula-se com mais este feito educativo e agradece aos pais, alunos, professores e a todas entidades que connosco colaboram, pelo empenho e dedicação”.

Fotos: CMB.

A celebrar 20 anos, “Jogos do Rio” voltam ao areal de Barcelinhos já este fim de semana

Julho 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O areal de Barcelinhos é, novamente, o local escolhido para ser o centro desportivo dos “Jogos do Rio”, edição de 2018, organizados pelos Amigos da Montanha, com o apoio do Município de Barcelos, da Junta de Freguesia de Barcelinhos e de várias outras entidades e empresas. Estes Jogos têm lugar em todos os sábados de julho, ou seja, a 7, 14, 21 e 28 de julho, a partir das 14h30, com participação gratuita.


A iniciativa dos Amigos da Montanha, comemora, este ano, a vigésima edição e o programa traz novidades mas também reaviva as memórias de tempos idos em que o areal se enchia de gente todos os verões. Essas memórias dos barcelinenses foram, igualmente, responsáveis pela revitalização do areal que deu origem, em 1999, aos “Jogos do Rio”.

No rio Cávado, junto ao areal de Barcelinhos, foi já colocada uma das grandes novidades, uma estrutura que recria a ponte e piscinas, que até 1988 eram colocadas no local e que eram ponto de encontro e lazer. A ponte une agora as duas margens do Cávado e servirá de ligação entre Barcelos e Barcelinhos para todos os que forem até aos “Jogos do Rio” usufruir do espaço e do programa preparado pelos Amigos da Montanha.

Do lado de Barcelos será colocado, de igual modo, um slide que atravessa o Cávado até ao areal de Barcelinhos. Mas as animações serão muitas. Todas as atividades disponibilizadas no programa das tardes dos dias 7, 14, 21 e 28 são de participação livre e gratuita e a animação será garantida no areal, que será palco de música ao vivo, dança, ginástica, karaté, insufláveis, water roller, slide & splash, water trampoline, rockit, escorrega de água, air bungee, giroscópio, bike looping, surf mecânico, piscinas para crianças, slide, passeios de canoa, motos de água, workshops, festa da espuma e outras surpresas.

A preparação para os “Jogos do Rio” já começou a 30 de junho, com a limpeza do areal do rio Cávado, cumprindo o propósito que viu nascer este evento desportivo e cultural.

O programa do próximo sábado começa, desde logo, com dança e com a Nico Dance Studio a fazer a sessão de abertura, pelas 14h30. Durante a tarde, enquanto decorrem os torneios feminino, infantis e seniores e de voleibol, orientação e canoagem com equipas federadas, o programa de animação tem o atelier de Olaria, com o artesão Fernando Pereira, que em anos anteriores conquistou muitos jovens artistas; o atelier de atividades ambientais do programa BiodiverCidade, dos Amigos da Montanha; e “Água Segura”, com pinturas faciais, desenhos e outras surpresas, dinamizado pelas Águas de Barcelos. Há, ainda, jogos populares, paintkids (paintball) e, como novidade, a animação mais radical com o Air Bungee. Neste programa tão diverso há ainda um curso de Suporte Básico de Vida, pelos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos. A jovem Ariana Torres traz música ao vivo e o teatro chega com Sílvia Ferreira, Sílvia Costa, Mariana Campinho e Beatriz Silva e a peça “As Surdas”.

Sempre muito animadas são as modalidades Fitness, com o apoio Máximo Gymnasius, que no primeiro sábado trazem a aula de Zumba e a aula de Step.

Também no primeiro dia dos “Jogos do Rio”, 7 de julho, a animação não acaba ao final da tarde. O programa prolonga-se pela noite dentro e valerá a pena. Expensive Soul – a comemorarem, igualmente, 20 anos de carreira -, DJ Diego Miranda, Dear Telephone e os DJ’s residentes Fábio Vasquez, Viktor Soul e Pette vão fazer a festa.

A entrada é livre e o concerto terá como palco privilegiado o areal de Barcelinhos e como cenário a beleza do rio Cávado.

Os “Jogos do Rio” têm a sua base numa iniciativa de intervenção ambiental, realizada pela primeira vez no dia 10 de junho de 1998, onde a Associação Amigos da Montanha recuperou o Areal de Barcelinhos, um espaço que se encontrava ao abandono. No ano seguinte, para continuar a revitalização desse espaço, foram feitos os primeiros “Jogos do Rio”, que viriam a tornar-se num evento de destaque no verão barcelense e que este ano comemoram 20 anos de realização ininterrupta.

A intervenção realizada anualmente pelos Amigos da Montanha para a realização do evento, que inclui a limpeza da Ponte Medieval e do areal de Barcelinhos, tem permitido a manutenção deste espaço de excelência, fomentando, igualmente, a prática desportiva e estilos de vida saudável ao mesmo tempo que se proporciona uma tarde de animação e lazer para todos.

Este ano, os “Jogos do Rio” trarão, novamente, novidades no âmbito do programa de animação e lazer preparado pelos Amigos da Montanha e que decorre em paralelo com os torneios que envolvem cerca de 300 atletas nas competições seniores, infantis e femininas que praticam as modalidades voleibol, futebol, corrida de sacos, atletismo, orientação e canoagem.

Os Amigos da Montanha têm procurado, anualmente, diversificar e enriquecer o programa de diversão para todos, trazendo cada vez mais jovens e uma maior dinâmica ao areal de Barcelinhos, com milhares de pessoas a passarem pelo espaço durante o evento.  Para isso, contam, também, com a colaboração de outras associações, que vão até ao palco do areal de Barcelinhos mostrar a sua atividade.



Programa

7 julho

14h30: Sessão de Abertura com a participação de Nico Dance Studio.

Torneios: feminino, infantis e seniores;

Torneios: voleibol, orientação e canoagem com equipas federadas;

Ateliers/Workshops:

Atelier de Olaria com o artesão Fernando Pereira;

– Atividades ambientais: BiodiverCidade no areal de Barcelinhos e no rio;

– “Água Segura”: pinturas faciais, desenhos e outras surpresas, pelas Águas de Barcelos.

Jogos Populares;

Paintball: Paintkids;

Animação radical em Air Bungee;

Exibição de dança com Nico Dance Studio;

Mass Training Suporte Básico de Vida, pelos Bombeiros Voluntários de Barcelinhos;

Música ao vivo, com Ariana Torres;

Teatro “As Surdas”, com o grupo de jovens Sílvia Ferreira, Sílvia Costa, Mariana Campinho e Beatriz Silva.

17h00: Modalidades Fitness com o apoio Máximo Gymnasius:

– Aula de Zumba;

– Aula de Step.

Insufláveis: piscina; Slide & Splash; Water Roller; escorrega de água; water trampoline; rockit; insufláveis infantis diversos;

Passeios de canoa, slide, baloiços, música ambiente.

20h00

Concerto “20 anos Jogos do Rio”:

DJ Viktor Soul, Dear Telephone, Expensive Soul, DJ Pette, DJ Diego Miranda e DJ Fábio Vasquez.

14 julho

14h30: Abertura.

Torneios: feminino, infantis e seniores;

Animação radical em Giroscópio;

Ateliers e Workshops:

Atelier de Olaria com o artesão Fernando Pereira;

– Atividades ambientais: BiodiverCidade no areal de Barcelinhos e no rio;

– “Água Segura”: pinturas faciais, desenhos e outras surpresas, pelas Águas de Barcelos.

Jogos Populares;

Paintball: Paintkids;

Exibição de Capoeira pelo grupo Filosofia Ancestral;

17h00: Modalidades Fitness com o apoio Máximo Gymnasius:

– Aula de Aerodance;

– Aula de Body Combat.

Insufláveis: piscina; Slide & Splash; Water Roller; escorrega de água; water trampoline; rockit; insufláveis infantis diversos.

Passeios de canoa, slide, baloiços, música ambiente.



21 julho

14h30: Abertura

Torneios: feminino, infantis e seniores;

Animação radical em Bike Looping;

Ateliers e Workshops:

– Atividades ambientais: BiodiverCidade no areal de Barcelinhos e no rio;

– “Água Segura”: pinturas faciais, desenhos e outras surpresas, pelas Águas de Barcelos.

Jogos Populares;

Passeios de Motas de Água, pela Associação Moto Galos;

16h00: Workshop de ChaChaCha e exibição de danças latinas pela Academia João Capela – Escola de Dança

Demonstração de Karaté, pelo Clube de Karaté de Barcelos;

Aula de CrossfitCrossfit de Barcelos.

17h00: Modalidades Fitness com o apoio Máximo Gymnasius:

– Aula de TRX;

– Aula de Pilates.

Insufláveis: piscina; Slide & Splash; Water Roller; escorrega de água; water trampoline; rockit; insufláveis infantis diversos.

Passeios de canoa, slide, baloiços, música ambiente.

28 julho

14h30: Abertura

Torneios: feminino, infantis e seniores;

Animação radical em Surf Mecânico

Ateliers e Workshops:

– Atividades ambientais: BiodiverCidade no areal de Barcelinhos e no rio;

– “Água Segura”: pinturas faciais, desenhos e outras surpresas, pelas Águas de Barcelos.

Jogos Populares;

Pesca Desportiva pela Associação Desportiva, Recreativa e Cultural de Gilmonde, Secção Pescagil;

Atuação de Grupos Folclóricos participantes no Festival do Rio organizado pelo Grupo Folclórico de Barcelinhos;

16h00: Modalidades Fitness com o apoio de Stadium Fitness Center e Máximo Gymnasius:

– Maratona de SpinBike;

– Aula de Jump.

18h00: Cerimónia de Entrega de Prémios.

18h30: Festa da Espuma com Zumba, pela Instrutora Luciana Silva.

Insufláveis: piscina; Slide & Splash; Water Roller; escorrega de água; water trampoline; rockit; parque de insufláveis infantis diversos.

Passeios de canoa, slide, baloiços, música ambiente.

Fonte e imagens: AM.

Teatro Gil Vicente não fecha para férias e tem mais atividades para todos os gostos

Julho 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro Gil Vicente apresenta, para o mês de julho, uma programação cultural diversificada, com entradas gratuitas.



A programação inicia com a Zoom, que organiza três momentos culturais a reter:” Uma História Simples” de David Lynch, projetado no dia 1; “Ramiro”, de Manuel Mozos, no dia 19, às 21h30, e “Best Of Curtas de Vila do Conde”, no dia 26, às 21h30, no Largo Dr. Martins Lima.

A dança marca presença nos dias 2. 9, 16, 23 e 30, às 21h00, com as habituais sessões da Folk Sessions Barcelos, da Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas.

No dia 4, às 21h00, será inaugurada a Exposição de Fotografia de João Sousa, “Mãos do Ofício”.

Já no dia 6, às 21h30, a Associação Clube Moto Galos apresenta o espetáculo de música “2.º Cinemoto Barcelos”.

O Ciclo “Jazz ao Largo” volta a Barcelos no dia 27 de, às 21h30, com Julius Gabriel – Saxofone – e João Pais Filipe – Percussão.

Ainda na programação do Teatro Gil Vicente para o mês de julho, destaque para duas sessões de música e teatro musical: no dia 13, às 21h30, a Junta de Freguesia de Arcozelo protagoniza “Cantar Portugal” e no dia 14, às 21h30, o Centro de Atividades Ocupacionais – APAC apresenta o teatro musical “E o Galo Cantou”.

A Art’ e Vida- Escola de Artes protagoniza dois momentos no Teatro barcelense. No dia 21, o Espetáculo Final de Ano, um espetáculo de dança, e no dia 22, um espetáculo de música. Ambos os espetáculos são para maiores de 3 anos e têm entrada gratuita.

Ainda na dança, o Teatro terá os dias 15, 20 e 28 reservados a esta expressão cultural. No dia 15, às 16h00, a ARCA- Associação Recreativa de Arcozelo protagoniza a Mostra Coreográfica, para maiores de 3 anos; no dia 20, às 21h30, é a vez da Academia Rosália Ferreira – Núcleo Artístico e Cultural de Barcelos apresentar o espetáculo “Paris Je T’Aime” e, para encerrar a programação do mês de julho, a escola de dança Arts Academy apresenta o Espetáculo Final de Ano, no dia 28.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

36.ª edição da Feira do Livro de Barcelos começa dia 6 de julho

Julho 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A 36.ª edição da Feira do Livro de Barcelos realiza-se entre os dias 6 e 15 de julho, na Avenida da Liberdade e no Largo da Porta Nova, tendo como tema a importância da cultura e dos livros para a paz e a coesão social.



José Milhazes, Joana Amaral Dias, valter hugo mãe e Ricardo Carriço são alguns dos nomes mais sonantes do programa. Os escritores barcelenses terão lugar de grande destaque neste certame que, como habitualmente, contempla um espaço reservado ao público infanto-juvenil com muitas atividades diárias.

A 36.ª edição da Feira do Livro de Barcelos conta com a presença de mais de 90 editoras, que se fazem representar por 18 livreiros, distribuidores e alfarrabistas, ocupando uma área com 171 metros de stands. O horário de funcionamento é das 17h00 às 00h00.

No dia 6, às 17h30, o programa inicia com uma visita aos editores e livreiros presentes no evento. Às 18h30, realiza-se a sessão inaugural com a presença de Fernando Baptista Pereira, adjunto do Gabinete do Ministro da Cultura, que também participará, às 21h00, na tertúlia “Miguel Ventura Terra: o arquiteto da República”, juntamente com José Pedro Tenreiro, Ana Marques, Margarida Acciaiuoli e Fernando Miguel (moderador).

No mesmo dia, às 22h00, o conceituado jornalista José Milhazes, ex-correspondente da SIC na Rússia, lança o livro “Lavrenti Béria – um carrasco ao serviço de Estaline”. No dia 7, às 22h00, a ex-deputada à Assembleia da República e psicóloga Joana Amaral Dias apresenta a sua mais recente obra, “Sonhos Públicos”.

Além da literatura, também a música será trazida a debate, no dia 11, através da tertúlia “As palavras e as guitarras”, com os músicos António Manuel Ribeiro (UHF) e Sérgio de Castro (Trabalhadores do Comércio).

No dia 14, o destaque vai para a apresentação do livro do músico e ator Ricardo Carriço, “A Verdade de cada um”, e a 36.ª edição da Feira do Livro termina no dia 15, com destaque para a conversa do escritor valter hugo mãe com Eduardo Figueiredo.

Montra de excelência dos autores locais, a Feira do Livro promove diariamente, às 18h00, uma sessão de autógrafos com escritores de Barcelos, tendo sido selecionados os autores com mais de uma obra literária publicada: Domingos da Calçada e Inês Faria (dia 7), Rui Sousa Basto e Joana Luísa Matos (dia 8), Alberto Serra e Manuel José (dia 9), Bernardete Costa e Conceição Carvalho (dia 10), António Magalhães, Avelino Mesquita e Fernando Pinheiro (dia 11), Flávio Lopes da Silva, José Ilídio Torres e M. Branco de Matos (dia 12), Frei Lopes Morgado (dia 13), Evandro Morgado e José Pedro Lima Reis (dia 14), Maria das Dores e Maria Isabel Cunha (dia 15).





Muitas atividades para o público infanto-juvenil

A Feira do Livro contempla um vasto programa para o público infantil e juvenil, com diversas atividades diárias: pinturas faciais, jogos didáticos, mural de pintura, desenhos para colorir e conversas com vários autores, como Pedro Seromenho (dia 6), Sérgio Macedo (dia 8), Zetho Cunha Gonçalves (dia 10), José Fanha (dia 12) e Joana Luísa Matos (dia 14).

O certame conta, ainda, com animação musical, destacando-se os concertos de Telmo Pires, que irá apresentar o seu mais recente disco, “Ser Fado” (dia 6), de Beni Mizrahi & The Soulbenders (dia 7), da Arts Academy de Barcelos, que leva ao palco o espetáculo “Street Art” (dia 8), e de Daniel Pereira Cristo (dia 13).

Todos os dias haverá animação de rua pela “A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos”.

Fonte e imagens: CMB.

No próximo domingo há “Magia Disney” no Teatro Gil Vicente

Junho 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Domingo, primeiro dia do mês de julho, a ACAB – Associação Cantoral e Atonal de Barcelos, através da sua Academia Sons da Arte (ASA), leva ao palco do Teatro Gil Vicente o seu espetáculo “Tarde com Magia Disney”.



Com entrada gratuita, o evento inicia pelas 17h00 e tem o apoio do Município de Barcelos. Nele, serão tocados temas famosos da Disney pelos alunos da ASA, que certamente encantarão miúdos mas, igualmente, “graúdos”, que recordarão músicas que marcaram a sua infância.

Imagem: ACAB.

Festival “Milhões de Festa” realiza-se em setembro

Junho 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos e a Lovers&Lollypops decidiram dar continuidade, em Barcelos, ao festival “Milhões de Festa”.



Após o término, no ano passado, do protocolo celebrado entre o Município e a promotora, ambas as partes manifestaram vontade de manter o festival na cidade de Barcelos, onde acontece desde 2010 e com a qual já criou uma relação umbilical.

Por proposta da promotora, a 11.ª edição do “Milhões de Festa” realiza-se entre os dias 6 e 9 de setembro, entendendo que, para este ano, seria interessante experimentar uma nova abordagem ao formato do mesmo, na perspetiva do crescimento sustentado do festival e da sua contínua afirmação a nível nacional e internacional.

Fonte e foto: CMB.

Projeto Artístico 2018 arranca com Festival da Canção

Junho 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O Projeto Artístico (P.A.) Barcelos 2018 arranca com o Festival da Canção, que decorre nos dias 22 e 23 de junho, pelas 21h30, no Largo da Porta Nova.



O Festival tem duas categorias: Versão Original e Cover. O P.A. é organizado pela Câmara Municipal de Barcelos através da Casa da Juventude e decorre entre junho e dezembro, contemplando várias áreas de ação e de interesse.

O Projeto Artístico é uma iniciativa dedicada à educação através das expressões artísticas e que tem como principal objetivo criar condições de produção, revelação e valorização das competências dos jovens do concelho.

Este ano, o Festival da Canção conta com a participação de 17 artistas, com seis a cantarem temas originais e 11 a tocarem versões cover. No dia 23, pelas 21h00, haverá ainda o concurso de Karaoke. A apresentação fica a cargo de Vítor Sá Pereira e a animação a cargo da Arts Academy Barcelos.

Já em julho, no dia 19, decorre o Festival de Bandas de Barcelos, pelas 21h30, na Alameda das Barrocas, onde também decorrerá, no dia 22, pelas 18h00, o Festival de Dança. As inscrições para estas duas iniciativas estão abertas até dia 22 de junho.

Depois do verão, o projeto continua com o Encontro de Coros no Teatro Gil Vicente, no dia 24 de novembro, às 21h30, e no dia 25, às 16h00, e cujas inscrições estarão abertas até dia 31 de outubro. O auditório do teatro receberá, ainda, a Noite de Fados, no dia 1 de dezembro, pelas 21h30. As inscrições decorrem até dia 31 de outubro, e o casting de seleção decorre no 3 de novembro, pelas 10h00, na Casa da Juventude.

Os jovens barcelenses têm vindo a revelar um interesse proeminente nas áreas relacionadas com as múltiplas dimensões artísticas, nomeadamente na música e na dança, o que se reflete na forte adesão aos eventos realizados pelo Pelouro da Juventude.

Fonte e imagem: CMB.

110 alunos do Conservatório de Música de Barcelos participam na ópera “Carmen”, de Bizet.

Junho 13, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Conservatório de Música de Barcelos (CMB) apresentou, nos dias 8, 9 de 10 de junho, a famosa ópera Carmen, de C. Bizet, no Teatro Gil Vicente em Barcelos.



Este foi um projeto preparado pelo estúdio de ópera do CMB ao longo de todo o ano letivo, esta obra-prima do compositor francês é uma das mais apresentadas nos teatros e festivais de ópera do mundo (nos últimos cinco anos uma média superior a 3000 récitas/ano), a par com a “Traviata”, de G. Verdi, e a “Flauta Mágica”, de W.A. Mozart.

O Estúdio de Ópera do CMB tem como objetivos principais proporcionar aos alunos de canto uma formação base de interpretação cénica e fazer chegar ao público este grandíssimo género musical. OPERA significa Grande Obra, por conjugar várias artes, como a música, o texto literário, o teatro, a cenografia, figurinos e adereços, numa só obra.

O elenco desta produção (cerca de 110 alunos), que teve como responsáveis os Professores Carlos Martinho (direção musical), Maria João Gonçalves (responsável pelo estúdio de ópera) e Ana Quinta (figurinos, cenários e adereços), contou com a participação dos alunos Catarina Miranda e Cláudia Pereira (Carmen), Pedro Cibrão (Don José), Juliana Macedo e Tânia Macedo (Micaela), João Miranda (Escamilho), Bruno Miranda (Moràles), Lucas Lomba (Zuniga), Bárbara São Bento e Mariana Figueiredo (Frasquita), Diana Martins, Inês Cibrão e Joana Teixeira (Mercedes), Marco Vilas Boas (Dancaire), Inês Ferreira (Lillas Pastia), Bruno Miranda e Tiago Carvalho (Guia) e, ainda, o Coro dos Pequenos Cantores, Coro Galtom e Orquestra de Sopros do CMB.

Uma das professoras responsáveis salientou que “a qualidade dos alunos da classe de canto, bem como uma rara sensibilidade da Direção do CMB em dar todas as condições possíveis e um trabalho de equipa excepcional, permite-nos ter a ousadia de abraçar este tipo de projetos, que começaram com pequenas cenas de ópera até chegarmos a produzir óperas completas. Neste projeto específico, tivemos a felicidade de contar com a participação do Coro Galtom e o Coro dos Pequenos Cantores, bem como da Orquestra de Sopros do CMB, que muito contribuíram para transcender a nossas expetativas, dado o grau de exigência física, mental e emocional que este tipo de projetos exige.”

Numa história carregada de fortes manifestações humanas, como o amor, o ciúme, a sensualidade, o deslumbramento, que culminou num final naturalmente trágico, onde o público saboreou, durante mais de duas horas, todo este enredo, que passou pelas famosas árias Habanera e Toreador, que muito contribuíram para a expressiva manifestação de contentamento do público, que esgotou o Teatro Gil Vicente nos três dias.

Fonte e foto: CMB.

1 2 3 14

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima