Tag archive

Pavilhão Municipal

Taça Continental de hóquei em patins disputa-se em Barcelos

Agosto 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Óquei Clube de Barcelos informou que a final four da Taça Continental deste ano disputa-se no Pavilhão Municipal de Barcelos, nos dias 29 e 30 de setembro.



A “Catedral” recebe os jogos:

FC Barcelona (vencedor da Liga Europeia) vs. Óquei de Barcelos (finalista vencido da Taça CERS); e

FC Porto (finalista vencido da Liga Europeia) vs. Lleida (vencedor da Taça CERS).

Os vencedores destes dois encontros disputarão o troféu.

Será, portanto, mais uma final four que colocará frente a frente representantes de Portugal e Espanha, esperando-se que, desta vez, as equipas nacionais levem a melhor.

Foto: DR (alterada).

 

III Torneio “Aprender a Vencer”, do JUBA, realiza-se no próximo sábado

Julho 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Sábado, dia 14 de julho, realiza-se o III Torneio “Aprender a Vencer”, organizado pelo Judo Clube de Barcelos (JUBA) e que terá lugar no Pavilhão Municipal de Barcelos.



O início está marcado para as 10h00 e o torneio destina-se a atletas com idades compreendidas entre os 4 e os 13 anos. O tempo de combate divergirá conforme as idades, ou seja, entre os 4 e os 6 anos terá uma duração de 2 minutos; entre os 7 e os 10, será de 2 minutos e meio; e entre os 11 e os 13 anos, será de 3 minutos.

Imagem: JUBA.

4º Mega Encontro Campeonato de Boccia de Barcelos realiza-se na próxima sexta-feira

Julho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 13 de julho, próxima sexta-feira, o Pavilhão Municipal de Barcelos é o local onde se realiza o 4º Mega Encontro Campeonato de Boccia de Barcelos.

Os jogos iniciam pelas 9h00 e serão disputadas as finais por equipas e individuais, da Liga Sénior I e Liga Sénior II.



Imagem: CMB.

CKAB organiza “15º Encontro Nacional de Karate CKAB 2018”

Junho 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo sábado, dia 23 de junho, pelas 9h00, o Pavilhão Municipal recebe o “15º Encontro Nacional de Karate CKAB 2018”, organizado pelo Clube de Karaté de Barcelos (CKAB).



Este é um torneio que se realiza há 15 anos, sendo que de há 5 anos para cá, inclui uma competição onde é disputada a Taça GProtect, com alguns dos melhores atletas a disputarem o troféu. É, igualmente, o 12º Open de Barcelos.

Fonte do CKAB salienta que o Encontro a “cada ano que passa tem melhorado e trazido a Barcelos um maior número de atletas, onde alguns ficam a pernoitar e a conhecer um pouco mais desta cidade”. Para este ano, esperam que corra bem mas já estão a pensar em melhorar o do próximo ano e, “quem sabe, trazer atletas de outras nacionalidades”, tudo dependendo dos apoios que terão, sendo que o CKAB, diz a mesma fonte, “nunca teve um núcleo de pais e associados tão bom como agora”, tendo “fé” de que conseguirão alcançar esse objetivo.

Por fim, de salientar que este é o último torneio de Karate do ano competitivo, com as competições a retomarem em setembro.

Imagem: CKAB.

Óquei de Barcelos vence Grândola por 6-3

Maio 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Pavilhão Municipal de Barcelos recebeu mais um jogo de hóquei em patins, a contar para a 24ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão, opondo o Óquei Clube de Barcelos (OCB) ao Grândola, com os da casa a vencerem por 6-3.



Florindo Cardoso (AP Minho) e António Santos (AP Aveiro) foram os árbitros do jogo que iniciou com as seguintes equipas:

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Rúben Sousa e Marinho (cinco inicial); André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Pedro Silva e Afonso Lima.

Grândola: Tiago Pereira, António Pereira, José Gonçalves, Hugo Santos e José Bernardo (cinco inicial); Ricardo Piteira, Márcio Rosa, João Ferro Pereira, Filipe Bernardino e Rúben Silva.

Logo aos 22 segundos de jogo, Zé Pedro abriu o marcador para o OCB. Aos 3’, foi Marinho a ampliar a vantagem. No entanto, no minuto seguinte, Hugo Santos reduziu para os forasteiros. Aos 12’, Rúben Sousa marcou para o OCB mas ainda dentro desse minuto, António Pereira tornou a reduzir para o Grândola. Joca Guimarães, aos 20’, recolocou a vantagem barcelense em 2 golos mas, aos 24’, Filipe Bernardino reduziu para os grandolenses, fechando o resultado ao intervalo num 4-3 para o OCB.

A segunda parte trouxe menos golos. Aos 4’, João Almeida marcou o 5-3 e, aos 15’, voltou a marcar, fazendo o 6-3 final. Até ao fim do jogo, ainda houve tempo para um azul a Tiago Pereira mas Marinho falhou a conversão do livre direto. Aos 20’, o OCB chegou à 10ª falta e, desta vez, foi José Gonçalves quem não conseguiu converter o livre direto.

Na próxima jornada, a penúltima, o OCB desloca-se, dia 02 de junho, a Tomar para defrontar o Sporting local.

Nico Dance Studio organiza primeiro campeonato a nível nacional só para Megacrews

Maio 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 2 de junho faz-se história na dança nacional e o palco será o Pavilhão Municipal de Barcelos, que, pelas 21h00, recebe o MEGAROOSTERS Dance Championship (bilhetes a 5 euros).



Este evento de Dança Urbano é organizado pelo Nico Dance Studio, de Barcelos, sendo o primeiro campeonato a nível nacional só para Megacrews (grupo de 15 a 40 elementos que compreende todas as idades).

Irão participar equipas de todo o país, “o que faz da cidade um ponto de referência na Dança Urbana nacional”, conforme refere Nicolau Santos, do Nico Dance Studio. “O projeto é arrojado, arriscado e diferente mas alguém tinha que o fazer”, salienta.

Para cativar a curiosidade e a vontade de se assistir ao evento, este responsável destaca que “as megacrews são um conjunto de força e espetáculo que não conseguimos parar de ver”.

Entre os convidados, da cidade de Barcelos, estarão alunos da Academia Nico Dance Studio e o Rapper M. (Márcio), com o novo tema “Fumo”.

Nicolau Santos termina convidando “todos os amantes desta modalidade e todos os barcelenses a assistir a este grande espetáculo”.

Imagens: NDS.

Óquei de Barcelos empata a 2 com líder Sporting

Maio 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Jogou-se ontem, no Pavilhão Municipal de Barcelos, mais um jogo a contar para o Campeonato da 1ª Divisão de Hóquei em Patins, mais propriamente para a 22ª jornada, com o Óquei Clube de Barcelos (OCB) a receber o líder Sporting, tendo o resultado final marcado um 2-2.



Arbitrado por Joaquim Pinto (AP Porto) e Paulo Rainha (AP Minho), o jogo contou com o cinco inicial do OCB constituído por Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa, tendo iniciado no banco André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Afonso Lima e Marinho.

Já o Sporting alinhou de início com André Girão, Pedro Gil, João Pinto, Matías Platero e Vítor Hugo, iniciando no banco José Diogo, Ferran Font, Caio, Toni Pérez e Henrique Magalhães.

O Sporting começou melhor, com Vítor Hugo a abrir o marcador logo aos 4 minutos. Aos 11, o espanhol do OCB, Juanjo López, restabeleceu a igualdade a 1 com que se foi para o intervalo.

O reatamento trouxe de novo o Sporting a marcar, novamente por Vítor Hugo, aos 8 minutos. Entretanto, aos 14 minutos, o OCB chegou à 10ª falta mas Caio não conseguiu desfeitear Ricardo Silva. Aos 21 minutos foi a vez de os sportinguistas chegarem à sua 10ª falta. Chamado a marcar o livre direto, Marinho não falhou e restabeleceu a igualdade, que viria a persistir até ao final do jogo.

Não, sem antes, logo no minuto seguinte, o treinador gilista Paulo Pereira ser admoestado com cartão azul por protestos.

Na próxima jornada, a 19 de maio, pelas 17h00, o OCB desloca-se ao Porto para defrontar o Infante de Sagres.

Fotos: André Miranda.

Óquei de Barcelos derrotado em casa pelo SL Benfica, por 1-3

Abril 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Pavilhão Municipal de Barcelos foi palco de um dos jogos da jornada, opondo o Óquei Clube de Barcelos (OCB), 6º classificado, ao SL Benfica, 3º.



O treinador do OCB, Paulo Pereira, fez alinhar de início Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa. No banco iniciaram André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Afonso Lima e Marinho.

Já o treinador benfiquista, Pedro Nunes, fez alinhar de início Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolia e João Rodrigues. No banco iniciaram Guillem Trabal, Jordi Adroher, Tiago Rafael, Miguel Rocha e Vieirinha.

A arbitragem esteve a cargo de Miguel Guilherme e Ricardo Leão, da AP de Lisboa.

O jogo começou frenético, com o OCB a marcar primeiro, aos 6 minutos, por Hugo Costa. No entanto, ainda dentro do mesmo minuto, na marcação de uma grande penalidade, João Rodrigues restabeleceu a igualdade. O jogo foi decorrendo, com parada e resposta, quando, aos 23 minutos, o OCB beneficia de uma grande penalidade. No entanto, Rúben Sousa não conseguiu concretizar. Tal como aquando do primeiro golo, os benfiquistas responderam em força e, no minuto segundo, João Rodrigues tornou a marcar, colocando o Benfica na frente do marcador, a 1 minuto do intervalo. Assim, as equipas saíram para os balneários com os lisboetas a vencerem por 1-2.

Com o reatamento do jogo, este ganhou mais “sumo” e as incidências começaram a surgir com mais frequência. Assim, aos 15 minutos, Jordi Adroher voltou a marcar para os forasteiros, aumento a vantagem para 2 golos. No minuto seguinte, o Benfica cometeu a 10ª falta. Chamado a converter o correspondente livre-direto, Hugo Costa não conseguiu desfeitear o guardião benfiquista. O OCB não quis ficar atrás e também acabou por cometer a sua 10ª falta, logo no minuto seguinte. Desta feita, Nicolia também não conseguiu desfeitear Ricardo Silva.

Até ao final não se registaram mais alterações no marcador, com o OCB a ser derrotado pelo SL Benfica, por 1-3. Na próxima jornada, a 21 de abril, a equipa barcelense desloca-se ao sempre difícil Dragão Caixa, para defrontar o 2º classificado, FC Porto.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos perde com Oliveirense pela margem mínima

Março 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Pavilhão Municipal de Barcelos um dos jogos da jornada (18ª), opondo o Óquei Clube de Barcelos (OCB), 6º classificado, e a UD Oliveirense, 4ª classificada. A vitória “sorriu” aos visitantes, com a falta de eficácia do OCB nas “bolas paradas” a marcar o resultado final.



Com arbitragem de Miguel Guilherme (AP Lisboa) e Jaime Vieira (AP Alentejo), Paulo Pereira, técnico “óquista”, alinhou de início com Ricardo Silva, Juanjo López, Zé Pedro, Hugo Costa e Rúben Sousa. No banco iniciaram André Almeida, João Almeida, Pedro Silva, Afonso Lima e Marinho.

Já Tó Neves, técnico oliveirense, alinhou com Xavier Puigbi, Ricardo Barreiros, João Souto, Pedro Moreira e Jordi Bargalló. No banco iniciaram Domingos Pinho, Nuno Araújo, Jepi Selva, Pablo Cancela e Jordi Burgaya.

O jogo iniciou a ritmo frenético, com os visitantes a abrirem o marcador ainda no primeiro minuto, por João Souto. Três minutos depois, Rúben Sousa repôs a igualdade para os da casa. Aos 11 minutos, Hugo Costa teve a oportunidade de marcar, por grande penalidade, mas não conseguiu marcar aquele que seria o segundo golo do OCB. Aos 16 minutos, Bargalló foi admoestado com a cartolina azul. Zé Pedro foi o escolhido para a marcação do livre direto correspondente mas também não conseguiu concretizar. Logo no minuto seguinte, o OCB chega à 10ª falta. Pablo Cancela não falhou e recolocou os forasteiros na frente do marcador. O mesmo Cancela também acabou admoestado com um azul, a cerca de 2 minutos do final da primeira parte. Desta feita, o escolhido para o livre direto foi Marinho. No entanto, também não conseguiu desfeitear o guardião adversário. Mas no minuto seguinte, o mesmo Marinho redimiu-se e empatou a partida a 2 golos, resultado com que terminou a primeira parte.

A segunda parte foi menos “interessante” em momentos do jogo mas continuou um jogo renhido e muito disputado. Logo no segundo minuto, o guardião oliveirense foi admoestado com o cartão azul. Rúben Sousa foi incumbido de tentar concretizar o respetivo livre direto mas, também ele, falhou. Quem não falhou foi o veterano Ricardo Barreiros, que aos 9 minutos apontou uma grande penalidade, “fechando” o resultado no 2-3 final.

Com este resultado, o OCB mantém o 6º lugar mas vê aproximar-se a Juventude de Viana, que fica a 2 pontos. Na próxima jornada, no “distante” dia 24 de março, a equipa barcelense desloca-se ao sul para defrontar o Paço de Arcos.

Fotos: André Miranda.

Óquei de Barcelos volta às vitórias e derrota Valença por 4-2

Fevereiro 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No Pavilhão Municipal de Barcelos, a contar para a 15ª jornada da 1ª divisão de Hóquei em Patins, estiveram frente a frente o 7º classificado Óquei Clube de Barcelos (OCB), com 23 pontos, e o 9º Valença HC, com 13.



O jogo foi arbitrado por uma dupla de arbitragem mista, o que é sempre de louvar, composta por Orlando Panza e Sílvia Coelho, da AP Porto.

Paulo Pereira, técnico do OCB, fez alinhar de início Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa. No banco, de início, estavam André Almeida, Joca Guimarães, Pedro Silva, Afonso Lima e Marinho.

Já o técnico valenciano fez alinhar de início Rodolfo Sobral, Luís Viana, Guido Pellizari, Zé Braga e Miguel Fernandes. No banco, de início, ficaram Carlos Silva, Sérgio Jesus, José Campos, Tiago Pereira e Hélder Martins. De salientar que Orlando Graça, o treinador principal, foi expulso, com vermelho direto, tal como o seu jogador Nuno Pereira, no jogo anterior, frente ao HC Braga, e não pôde estar no banco, sendo substituído pelo seu 2º treinador, Pedro Gomes.

O jogo começou equilibrado, com as equipas a procurarem o golo. Aos 11 minutos, Rúben Sousa, que anda de “stick quente”, não conseguiu concretizar uma grande penalidade. Cerca de 5 minutos depois, foi o internacional moçambicano Marinho a abrir o marcador para o OCB, fazendo o 1-0 com que se foi para intervalo.

Poucos minutos após o reinício da partida, sensivelmente aos 4, foi a vez de José Campos falhar uma grande penalidade para os homens de Valença, mantendo-se o OCB na frente do marcador.

Este momento serviu de aviso para os jogadores da casa, que num espaço de 1 minuto, por volta dos 11, fizeram dois golos. Primeiro por Hugo Costa e depois por João Almeida, colocando a vantagem em 3 golos. Vantagem que foi reduzida logo no minuto seguinte, aos 12, por Zé Braga. Com o jogo parado, Hugo Costa foi admoestado com um cartão azul. Ainda no mesmo minuto, o Valença cometeu a sua 10ª falta mas o capitão Zé Pedro não conseguiu desfeitear o guarda-redes visitante. Foram, por isso, um par de minutos bem animados na quadra barcelense.



Aos 22 minutos, o OCB teve nova oportunidade de concretizar uma grande penalidade, algo que Marinho não deixou de fazer, apontando o 4-1. No minuto seguinte foi a vez da equipa da casa cometer a sua 10ª falta mas a 2 minutos do final, o jogo parecia “bem encaminhado”. No entanto, os livres têm que ser marcados e Zé Braga, de novo, não se viu rogado e apontou o segundo golo forasteiro, reduzindo a desvantagem para dois golos. O marcador ficou a marcar o 4-2 com que o jogo finalizou.

O OCB voltou às vitórias e somou mais 3 pontos. Na próxima jornada, que é só a 21 de fevereiro, pelas 21h00, a equipa barcelense desloca-se ao sempre difícil Valongo.

Fotos: Hugo Brito.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima