Tag archive

Pedro Lopes - page 2

Pedro Lopes e Manuel Barbosa, da ACR Roriz, em 2º no 28º Prémio de Ciclismo da ADRAP

Julho 26, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No último domingo, dia 23 de julho, realizou-se, em Galegos-Penafiel, o 28º Prémio de Ciclismo da ADRAP, prova pontuável para Taça Regional da Associação de Ciclismo do Porto.

Na categoria de Juniores, o atleta Pedro Lopes, com uma excelente prestação e trabalho de equipa de Carlos Vale, conquistou o 2º lugar, num disputado sprint final com três atletas, perdendo apenas para José Sousa (SILVA&VINHA/ ADRAP) e na terceira posição ficou Hugo Garcez, da mesma equipa penafidelense. Carlos Vale, com uma boa prestação, foi ainda 10º, numa prova onde estiveram presentes Luís Barbosa (16º) e João Sousa (20º). Por equipas, terminaram no 3º lugar.




Em Cadetes, destaque para Manuel Barbosa que, um pouco a exemplo do escalão Júnior, num sprint final, terminou na 2ª posição, também muito bem auxiliado pelos seus colegas em prova, Flávio Fernandes, que foi 4º classificado, e Bruno Silva, 14º. Por equipas, terminaram no 2º lugar.

Na categoria de Escolas, a ACR RORIZ SEISSA/ KTM-BIKESEVEN/ MATIAS&ARAÚJO/ FRULACT mostrou-se bastante equilibrada, levando para casa um brilhante 1º lugar.

Individualmente, destaca-se a vitória, em Juvenis, de Diogo Saleiro, com Diogo Carreiras a ficar em 19º, Nicole Gonçalves em 29ª e João Serre em 30º. Em Infantis, Gabriel Baptista foi 5º, João Martins 7º, Diogo Miranda 17º, Paulo Fernandes 18º, Guilherme Boas 24º e Rodrigo Rodrigues foi 30º.

Em Iniciados, Leandro Martins ficou na 7ª posição e Gustavo Fernandes na 11ª. Já em Pupilos/Benjamins, Dinis Carreiras foi 3º e Adelaide Palmeira foi 12ª.




Fonte e fotos: ACRR.

Pedro Lopes, da ACR Roriz, é 6º na Volta a Portugal Júnior

Julho 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Pedro Lopes, da equipa barcelense ACR RORIZ SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS&ARAÚJO/FRULACT foi o 6º classificado na 12ª edição da Volta a Portugal Júnior Liberty Seguros, que se disputou entre os dias 13 e 16 de julho.




A prova iniciou-se com um prólogo por equipas, na cidade do Bombarral, com uma extensão de 5km, onde a formação rorizense, constituída pelos atletas Carlos Vale, Francisco Moreira, Hélder Gonçalves, João Salgado, José Vieira, Pedro Lopes e Renato Costa não foi além da 7ª posição, com o tempo de 07m42s, mais 14s do que a formação da Bairrada, que foi a vencedora.

No segundo dia, os atletas tinham uma etapa relativamente plana, com uma distância de 115,5km, com início nas Caldas da Rainha e final em Rio Maior, prevendo-se muita velocidade e uma chegada em pelotão compacto. A equipa de Roriz tentou, por diversas vezes, a sua sorte mas todos os ataques foram, prontamente, anulados pelas principais formações. Um ataque nos últimos 3km, de Pedro Andrade (Moreira Congelados) resultou efeito, cortando a meta na 1ª posição, com o tempo de 02h53m51s, menos 2 segundos que o grande grupo perseguidor, onde Hélder Gonçalves foi o atleta melhor posicionado da equipa barcelense, no sprint final, ao cortar a meta na 5ª posição.

Já no terceiro dia, os atletas tiveram pela frente um duplo setor. Da parte da manhã, uma etapa em linha, com 50Km de distância, com início em Vila Franca de Xira e final em Póvoa de Santa Iria. A curta distância, e a grande velocidade imposta pelo pelotão, cerca de 42km/h, não permitiu que a principal fuga, onde se encontrava Renato Costa, vingasse, chegando o pelotão compacto até ao último quilómetro, onde duas quedas fracionaram o grupo. Pedro Lopes, graças a uma boa colocação, conseguiu escapar a esses incidentes e cortou a meta na 5ª posição, com o mesmo tempo do vencedor, o atleta João Dinis (Boavista). Já os restantes atletas da equipa não tiveram a mesma sorte, levando a que perdessem algum tempo para os primeiros classificados.

Da parte da tarde, o contrarrelógio individual iniciava-se na localidade de Torre (Carregado) e terminava, 11km depois, em Alenquer. Pedro Lopes e Francisco Moreira foram os atletas de Roriz melhores posicionados, terminando com o tempo 17m23s, o que lhes valeu o 19º e 20º posto, respetivamente, com mais 47s do que o vencedor, Carlos Salgueiro (Milharado).

Pedro Lopes era, à partida para a terceira e última etapa, o 11º classificado, a 41s do camisola amarela, Victor Giraldo (Bairrada). Com início em Torres Vedras e final no Alto da serra de Montejunto, os atletas tinham pela frente duas metas volantes e três contagens de Montanha, sendo a última considerada de 1ª categoria e coincidente com a meta, numa extensão total de 109km. João Salgado esteve em evidência na principal fuga do dia, que era constituída por cerca de 15 atletas, sendo apenas alcançado pelo pelotão no início da subida final, muito graças ao trabalho da formação do Alcobaça e do Sporting/Tavira. Com os 9 km de subida pela frente, Pedro Lopes foi o melhor posicionado na formação de Roriz, terminando na 5ª posição, com o tempo de 03h00m46s, a escassos 49s do colombiano Victor Giraldo (Bairrada), que venceu e segurou, assim, a conquista desta volta a Portugal. Nesta subida, destaque, ainda, para Hélder Gonçalves, que finalizou na 15ª posição, a 01m31s, e para José Vieira, na 29ª posição, a 02m57s do líder.

Na classificação geral final, para além do 6º lugar de Pedro Lopes, destaca-se o 17º de Hélder Gonçalves, o que lhe valeu o 7º Lugar na classificação da juventude (Camisola Branca). Ainda na geral individual, Francisco Moreira foi 23º, José Vieira 30º, João Salgado 44º, Renato Costa 45º, e Carlos Vale 80º.




Na classificação geral colectiva, a equipa ACR RORIZ SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS&ARAÚJO/ FRULACT foi a 5ª classificada entre as 21 presentes.

Fonte: ACRR.

Fotos: ACRR/UVP-FPC.

Pedro Lopes, da ACR Roriz, vence Prémio de Ciclismo Festas de Fafe em juniores

Julho 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Pedro Lopes, da ACR RORIZ SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS&ARAÚJO/FRULACT, foi o Grande Vencedor na categoria de Juniores do Prémio de Ciclismo Festas Cidade de Fafe, prova pontuável para a Taça do Minho de Estrada, com uma distância de 64 km e que decorreu no passado dia 8 de julho.

O atleta da ACR Roriz evidenciou-se, muito cedo, na corrida, ao entrar numa fuga com mais 2 ciclistas, que com o passar dos quilómetros recebeu mais atletas, que se juntaram à frente da corrida, entre os quais o seu colega de equipa José Vieira.

José Vieira viria a ser crucial no desenrolar da prova, com um trabalho incansável na resposta aos “ataques” dos mais diretos adversários, levando a que a corrida se discutisse num sprint final, onde o Pedro Lopes foi o grande Vencedor.

Para além desta vitória, destaca-se o 7º lugar de José Vieira, salientando-se o bom trabalho desempenhado pela restante equipa, onde Renato Costa termina na 12ª posição e Carlos Vale, vítima de avaria, é 24º classificado. João Araújo, João Sousa e João Salgado não concluíram. Com estes resultados a equipa terminou no 3º posto.



 

Pedro Silva é terceiro em dia de mais uma vitória coletiva de cadetes

A formação dos cadetes também esteve em especial destaque ao vencer, coletivamente, este Prémio de Ciclismo.

A corrida teve a distância de 42 km, sendo que a partir do quilómetro 20 o ritmo imposto pelos principais elementos do pelotão levou a que ficasse um grupo restrito na frente, com 13 atletas, entre os quais seis atletas da ACR Roriz, o Campeão Nacional de Cadetes, Pedro Silva; o Campeão Minhoto, Manuel Barbosa; Flávio Fernandes, João Lobo, João Almeida e Lucas Braga.




A decisão foi deixada para os metros finais onde, ao sprint, Pedro Silva foi 3º, Manuel Barbosa 5º, Lucas Braga foi 7º, João Lobo 8º, João Almeida 9º e Flávio Fernandes 10º. Momentos depois, chegou Vítor Costa, na 16ª posição, e Nuno Fernandes, no 20º lugar. Por equipas, a ACR Roriz foi a vencedora.

Fonte: ACRR.

Fotos: ACRR/ACM/Jorge Almeida.

Pedro Silva, da ACR Roriz, sagra-se Campeão Nacional de Estrada em cadetes

Julho 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Pedro Silva, da ACR RORIZ SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS & ARAÚJO/FRULACT, sagrou-se, no passado sábado, campeão nacional de fundo na categoria de cadetes, impondo-se ao sprint no final da corrida de 79,5 quilómetros, disputada em Castelo de Vide.

A corrida teve três voltas ao circuito, de 26,7 quilómetros, cuja maior dificuldade estava no último quilómetro. Nas duas voltas iniciais, o pelotão “partiu-se” em cada passagem pela meta, muito por ação da equipa de Roriz, SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS&ARAÚJO/FRULACT.

Apesar das movimentações, foi um grupo numeroso que iniciou a última subida para a meta. A prova acabou por decidir-se numa intensa disputa ao sprint. Pedro Silva levou a melhor, ao fim de 2h16m56s de corrida. O campeão nacional de contrarrelógio, João Macedo (ASS. 20 KM ALMEIRIM/RESTAURANTE O FORNO) foi segundo e o barcelense João Carvalho (SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS & ARAÚJO/FRULACT) fechou o pódio.

 

“A equipa trabalhou muito para este resultado. Nas duas primeiras voltas colocámos sempre muitos corredores nos grupos que se destacaram. Na chegada, o segredo da vitória foi esperar pelo momento certo para lançar o sprint e vencer”, conta o campeão nacional de cadetes, Pedro Silva.

Para além destes dois fantásticos resultados de Pedro Silva e de João Carvalho destaca-se uma excelente prestação de toda equipa de cadetes que resultou, ainda, no 8º lugar do Lucas Braga, Flávio Fernandes foi 23º, Bruno Silva 30º, João Almeida 32º, Manuel Barbosa 33º, Sandro Macedo 41º, Nuno Fernandes 48º e João Lobo 62º. Vítor Costa, vítima de queda, não concluiu.




Hélder Gonçalves e Pedro Lopes perto das medalhas

Já no domingo, realizou-se a prova destinada ao escalão Júnior, onde Hélder Gonçalves ficou muito perto das medalhas, ao terminar no 4º lugar. Destaque, ainda, para o 6º lugar de Pedro Lopes.

Os atletas juniores tiveram pela frente 133,5km (cinco voltas ao circuito de 26,7 quilómetros), com temperaturas a rondar os 40ºC, que aumentou, em muito, as dificuldades que os atletas tiveram de superar.

João Salgado, da SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS & ARAÚJO/FRULACT, o, também barcelense, Fábio Costa, do CC BARCELOS/AFF/ORBEA/ONDA, Francisco Guerreiro, da SICASAL/LIBERTY SEGUROS/BOMBARRALENSE, Francisco Marques, da ACD MILHARADO/EC MANUEL MARTINS e Wilson Esperança, igualmente da SICASAL/LIBERTY SEGUROS/BOMBARRALENSE saíram do pelotão na primeira das cinco voltas e animaram, de forma hegemónica, a primeira metade da corrida.

Com o avolumar dos quilómetros percorridos, a frente de corrida foi perdendo elementos e foi vendo aproximar-se o grupo dos favoritos, que deram um primeiro ar da sua graça à entrada para a quarta das cinco voltas. Nessa altura, os principais candidatos aceleraram e provocaram o primeiro abalo num pelotão já devastado pelo calor.

Fábio Costa (CENTRO CICLISTA DE BARCELOS) foi o único dos escapados que resistiu, entrando na volta final isolado, com quase 3 minutos de vantagem sobre o grupo principal, ao qual era abusivo chamar pelotão, uma vez que estava formado por apenas 13 corredores, onde se encontrava Hélder Gonçalves, Pedro Lopes e Francisco Moreira, da ACR RORIZ.

Guilherme Mota (CC ALCOBAÇA) saiu do grupo perseguidor e foi galgando terreno durante toda a volta final, aproximando-se de Fábio Costa, que resistia na dianteira, mas dava mostras de ceder ao cansaço de uma corrida toda feita em fuga. Na última subida da prova, Guilherme Mota passou direto por Fábio Costa e avançou, decidido, para a conquista do título nacional de juniores. No grupo dos candidatos não houve reação e Fábio Costa ainda viu coroado o esforço com o segundo lugar. Na terceira posição chegou Daniel Ramos (BAIRRADA) e, 14 seg. depois, o barcelense Hélder Gonçalves (SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS & ARAÚJO/FRULACT) na 4ª posição. Pedro Lopes (SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS&ARAÚJO/FRULACT) foi o segundo, no grupo dos perseguidores, terminando no 6º posto, sendo que Francisco Moreira foi 21º e José vieira finalizou na 50ª posição. Carlos Vale, Renato Costa, João Salgado Vinicio Rodrigues e João Araújo não concluíram.

Fonte e fotos: ACRR.

Pedro Silva e João Carvalho, da ACR Roriz, são 4º e 5º no Campeonato Nacional de Contrarrelógio de cadetes

Julho 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na última sexta-feira, a freguesia de Póvoa e Meadas, concelho de Castelo de Vide, recebeu os campeonatos nacionais de contrarrelógio para cadetes e juniores, onde os atletas da equipa SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS&ARAÚJO/FRULACT estiveram na discussão pelos lugares cimeiros.

Em Cadetes, Pedro Silva e João Carvalho foram 4º e 5º Classificados, a escassos 28 e 29 seg., respetivamente, do vencedor, João Macedo (ASS. 20KM, de Almeirim). Manuel Barbosa, da equipa barcelense, também esteve em bom plano, ao terminar no 11º lugar, entre os 39 atletas que disputaram esta competição.

Nos Juniores, a prova ficou marcada por uma participação mais discreta dos atletas barcelenses, onde Francisco Moreira foi 13º, Pedro Lopes 15º e Renato Costa 24º, numa competição onde estiveram 53 atletas.




Fonte: ACRR.

Fotos: ACRR e ARN-Ricardo Dias.

Rescaldo da Taça de Portugal de Juniores

Junho 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
António Matias
António Matias

Não quero alongar-me em justificações e explicações para a nossa derrota na Taça de Portugal. No princípio parecia canja, mas os adversários cresceram e reforçaram-se até que na última etapa (no Bom Jesus) levamos um xeque-mate que deixou o nosso Pedro Lopes banhado em lágrimas e a equipa toda meia paralisada.

Fomos a equipa que mais lutou para vencer esta taça, mas pronto, o adversário foi mais forte, e parabéns ao outro Pedro Lopes e à sua equipa, o Alcobaça.

Parabéns a todas as equipas que fizeram desta Taça de Portugal um grande espetáculo. Foi uma competição incrível que teve nas cinco etapas, cinco vencedores diferentes. Parabéns aos nossos ciclistas que deixaram na estrada sangue, suor e lágrimas; presentearam-nos com duas vitórias: a primeira em Alcobaça na casa dos vencedores, com o nosso Francisco Moreira; a segunda em Zambujeira do Mar com o nosso Pedro Lopes (haja quem me desminta); Pedro Lopes fez ainda segundo lugar em Odemira. Estes resultados e este empenho fazem de mim o treinador mais feliz do mundo.

Próximos grandes eventos

Será em Castelo de Vide o Campeonato Nacional onde estarão os nossos juniores e cadetes, de 30 de junho a 2 de julho. Nas vossas férias de verão não se esqueçam de passar pelo Montejunto para ver o final da Volta a Portugal de Juniores, lá bem no alto, onde os nossos ciclistas terão uma palavra a dizer.




Dia Mundial da Criança

A bicicleta foi a rainha da festa nas escolas de Roriz e de S. Veríssimo nas comemorações do dia mundial da criança. Foi muito bom para mim regressar à escola do Cruzeiro (Roriz) onde comecei esta minha já longa aventura no Norte que já dura há 32 anos. Senti imensas saudades dos meus tempos de professor primário, atividade que abandonei por incompatibilidade com a burocracia que inundou as escolas. Senti-me tão feliz, hoje [ndr: dia 01 de junho], com a participação entusiástica das crianças que não resisti a cantar com eles, no final da gincana, o hino do Roriz Pedal Clube com a música da “Ah ah ah minha machadinha”:

 

Ah ah ah minha bikezinha,

Quem te pôs o rabo sabendo que és minha!

Sabendo que és minha também eu sou teu,

Vou rolar contigo até furar o pneu.

Até furar o pneu, até ficar careca,

Vou rolar contigo até chegar à meta.

 

Saudações desportivas! Sejam felizes por favor!

Por: António Matias*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Pedro Lopes é 3º e ACR Roriz vence por equipas na Ruta do Viño Albariño, em Pontevedra

Junho 20, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O atleta júnior Pedro Lopes, da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, foi, no passado domingo, 3º Classificado na V Ruta do Viño Albariño – Memorial Modesto Sánchez Alba ‘Teto’, prova de Estrada constituída por duas etapas, para ciclistas juniores e sub-20, que decorreu na Região de Pontevedra – Espanha. A prova era pontuável para o Ranking da Real Federação Espanhola de Ciclismo e teve como vencedor o porto-riquenho Abner Alejandro González (Cidade de Lugo – Esturión).

Equipa barcelense vence classificação coletiva

De salientar, também, a vitória da equipa de Roriz na Classificação Coletiva desta competição, que contou com a presença várias equipas Espanholas e Portuguesas, num total de 92 atletas. Esta classificação foi dominada pelas equipas nacionais, pois em 2º lugar terminou a Bairrada e em 3º a equipa Cartaxo – Nicolau.

A primeira etapa foi constituída por dois setores: uma crono-escalada e uma prova em linha, com 54 km de distância, que revelou-se decisiva para as contas finais. Na Crono-escalada, o porto-riquenho Abner Alejandro González (Cidade de Lugo – Esturión) foi o vencedor, com uma vantagem de 19 segundos sobre o melhor atleta barcelense, que foi Pedro Lopes. Neste setor, destaque, igualmente, para José Vieira, que fechou no TOP 10, a 56 seg. do líder. Vinício Rodrigues foi 14º, Francisco Moreira 20º, Renato Costa 21º, João Salgado 52º, Carlos Vale 58º e João Araújo 68º.

No segundo setor da 1ª etapa, os atletas tiveram pela frente uma prova rolante, com 54 km de distância e um final em subida, que foi decidida a três, sendo Pedro Lopes o grande vencedor, deixando no 2º posto o colombiano Víctor Ocampo (Bairrada) e no 3º lugar, o líder da prova, Abner Alejandro González (Cidade de Lugo – Esturión). Nesta etapa, destaque para a vitória coletiva, onde Renato Costa foi 4º, Vinício Rodrigues 7º, José Vieira 8º, Francisco Moreira 13º, João Salgado 21º e Carlos Vale 56º. Destaque, também, para o 2º lugar de Vinício Rodrigues na Meta Volante do dia.

A 2ª, e última, etapa era constituída por um circuito de 23 km, onde os atletas tiveram de efetuar três voltas, constituído por três prémios de montanha e duas metas volantes, que não foram suficientes para fazer diferenças entre os principais atletas, acabando por o pelotão chegar ao sprint, sendo Vinício Rodrigues o melhor da equipa barcelense, com o 6º lugar. O vencedor foi o argentino Marcos Omar (ARTE EN TRANSFER – LEON). Nesta etapa destaca-se, também, a vitória de Carlos Vale na 2ª meta volante do dia.

Foi, assim, uma prestação positiva da equipa Júnior da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, que, para além da vitória na classificação coletiva, colocou vários atletas no TOP 10. Pedro Lopes no 3º Lugar, José Vieira no 6º e Vinício Rodrigues no 8º. Na classificação das Metas Volantes, Carlos Vale foi 3º e Vinício Rodrigues 5º.




Fonte e imagens: ACRR.

Pedro Lopes, da ACR Roriz, marca presença no Troféu Gersheim, da Taça das Nações de Juniores

Junho 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O atleta da equipa Júnior de ciclismo da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, em representação da Seleção Nacional, terminou a sua participação, este domingo, no Troféu Gersheim, prova da Taça das Nações de Juniores, que se realizou na Alemanha, com um 51º lugar, a 10m34s do vencedor, Julius Johansen, jovem talento da Dinamarca.

O atleta foi, mais uma vez, um dos principais elementos da Equipa Portugal de Estrada, que participou, de 8 a 11 de junho, nesta competição pontuável para a Taça das Nações e que contou com as principais Seleções Mundiais de Ciclismo, na categoria de Juniores.

Fonte e foto: ACRR.

Pedro Lopes, da ACR Roriz, convocado de novo para a Taça das Nações

Junho 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Pedro Lopes, atleta da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, foi um dos 6 ciclistas eleitos para representar a Seleção Nacional de Juniores “Equipa Portugal”, de 08 a 11 de junho, no Troféu Gersheim, prova da Taça das Nações de Juniores, que se realiza na Alemanha.

Este ciclista da equipa de Roriz foi o atleta português melhor classificado (19º) na anterior Taça das Nações, que decorreu na Suíça, e volta a ser um dos eleitos do Selecionador Nacional, José Poeira, para representar as cores nacionais além-fronteiras.




Fonte e imagem: ACR Roriz Cycling Team.

Pedro Lopes e Francisco Moreira, da ACR Roriz, na Taça das Nações

Maio 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Terminou este domingo, na Suíça, a participação dos atletas da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, Pedro Lopes e Francisco Moreira, em representação da Seleção Nacional, no Tour du Pays de Vaud.

Esta prova, pontuável para a Taça das Nações de Juniores, iniciou-se na quinta-feira e contou com 5 etapas, onde estiveram presentes os melhores atletas mundiais do escalão de Júnior.




Dois corredores da Seleção Nacional colocaram-se no top 20 final e, coletivamente, a equipa foi quinta classificada, revelando uma grande consistência coletiva.

pedro-lopes-acr-roriz-taça-nações

A última etapa, de 89,9 quilómetros, entre Gollion e Vullierens, com duas contagens de montanha, foi disputada em ritmo moderado, não permitindo que se fizessem grandes diferenças.

Um grupo de 51 corredores discutiu a tirada ao sprint, tendo Portugal colocado três ciclistas nesse pelotão, todos com o mesmo tempo do vencedor do dia, o belga Thibaut Ponsaerts.

Pedro José Lopes foi o 17.º da jornada, Pedro Miguel Lopes (ACR Roriz) foi o 30.º e Pedro Teixeira cortou o risco no 45.º posto, permitindo, desta forma, que a Equipa Portugal subisse um degrau na tabela coletiva, concluindo a corrida no quinto lugar entre 20 seleções participantes. Francisco Moreira (ACR Roriz) foi 84.º, a 9m38s. Afonso Silva, há dois dias a contas com problemas gastrointestinais, abandonou.

A última etapa não provocou mudanças significativas na geral, ganha pelo norueguês Andreas Leknessund. Pedro Miguel Lopes fechou a prova no 19.º lugar, a 1m58s, Pedro José Lopes foi o 20.º, a 2m00s, Pedro Teixeira acabou em 34.º, a 4m19s, e Francisco Moreira foi o 81.º, a 33m26s.

francisco-moreira-acr-roriz-taça-nações-2

 

“Foi uma prestação equilibrada na primeira experiência internacional dos juniores nacionais em 2017. Foi pena a última etapa não ter sido mais mexida, pois poderíamos subir algumas posições. Ainda tentámos mexer na corrida. Depois da passagem na primeira montanha, o Pedro José Lopes ficou na frente da corrida, num grupo de dez corredores. Só que uma passagem de nível fechada obrigou esse grupo a parar e a corrida foi reiniciada com todo o pelotão junto”, conta o selecionador nacional de estrada, José Poeira.




Fonte e imagens: ACR RORIZ CYCLING TEAM e FPC.

Ir Para Cima