Tag archive

Pedro Sousa

Ténis de Mesa: Casa do Povo de Alvito “em grande” no Torneio Cidade de Braga

Junho 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No último domingo, dia 17 de junho, o Pavilhão Desportivo de Vilaça – Braga recebeu o I Torneio de Ténis de Mesa Cidade de Braga, organizado pelo Grupo Desportivo Bairro da Misericórdia e onde marcou presença a equipa de Ténis de Mesa da Casa do Povo de Alvito.



A equipa barcelense alcançou várias vitórias e pódios, “regressando a casa” com a “bagagem” repleta de troféus e medalhas.

Assim, em Seniores Masculinos, João Costa foi 2º classificado e Carlos Xavier Silva foi 3º, fechando o pódio. Já em Femininos, o pódio foi todo de Alvito, com Catarina Ferreira (1ª), Jéssica Fernandes (2ª) e Marta Henriques (3ª).

 

João Costa

Em Juniores Femininos, a vitória também foi para a equipa de Alvito, com Eva Marques em 1º lugar e Érica Silva em 2º. No Cadetes Masculinos, Tiago Sousa foi 2º classificado.



No escalão de Infantis, em Masculinos, nova vitória barcelense, para Pedro Sousa. Em Femininos, para não “ficarem atrás”, a vitória foi igualmente para a equipa de Alvito, com Susana Costa a vencer, Beatriz Pereira a ser 2ª e Sofia Bettencourt 3ª.

 

Pedro Sousa

Por fim, em Não Federados, nova vitória, por intermédio de João Nogueira, com André Silva a ficar no 2º lugar.

João Nogueira

Fonte e fotos: CPA-TM.

Caixa Geral de Depósitos encerra balcão de Arcozelo

Junho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A “onda” de encerramentos encetada pela administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD), liderada por Paulo Macedo, parece não querer parar, nem abrandar, chegando, desta vez, a Barcelos e a Arcozelo mais concretamente.



Sabe-se, agora, que uma das 75 agências que são para encerrar este ano é a de Arcozelo, situada na Praceta do Correio-Mor, que encerra – consta-se – já no final deste mês de junho. Essa decisão, da qual os moradores da zona vão ficando a saber, está a indignar e a revoltar não só os habitantes da freguesia, como os habituais utilizadores dessa agência, que não moram nela.

Pedro Sousa, cliente, morador em Arcozelo e diretor deste jornal, salienta que “esta decisão é imensamente prejudicial para nós, moradores aqui da zona da agência, mas também, para quem a utiliza para tratar dos seus assuntos bancários. É verdade que com o encerramento da agência de Santo António, como era conhecida, junto ao Pavilhão Municipal, a afluência de clientes na de Arcozelo aumentou consideravelmente, havendo dias de filas enormes e muito tempo de espera. Mas isso só confirma que a agência não estava sem clientes, não estava ‘moribunda’. Pelo contrário, estava a precisar de ver serem-lhe alocados mais recursos humanos para menorizar esses efeitos. E o que é que a administração da CGD decide, lá de Lisboa? Encerrar uma agência que tem muita afluência e movimento”, conclui.

Mas os problemas não se ficam por aqui. Pedro Sousa relembra que “com este encerramento, a não ser que haja abertura de outra agência, quem quiser tratar de algum assunto numa agência da CGD terá que se deslocar ao centro da cidade, à agência junto à Praça de Pontevedra, ou a Barcelinhos. Agências essas que ficarão ainda mais ‘atoladas’ de clientes”. A agência de Arcozelo é utilizada por cidadãos de várias freguesias. “Só em Arcozelo moram mais de 13 mil habitantes que veem o único balcão do banco público fechar”, refere Pedro Sousa. “Julgo que a decisão não é a melhor. Para quê ter-se um banco público se ele não serve os seus clientes e os seus ‘proprietários’, que são os portugueses?”, pergunta este arcozelense.

O Barcelos na Hora sabe que há abaixo-assinados a circular pela zona da agência, nomeadamente, em estabelecimentos comerciais, que as pessoas podem assinar, numa tentativa de demover a administração da CGD, algo que poderá ser, obviamente, muito difícil.

Pedro Sousa deixa, igualmente, o “apelo à Câmara Municipal de Barcelos, à Junta de Freguesia de Arcozelo, às Assembleias – Municipal e de Freguesia –, às forças políticas e movimentos civis que tomem ações fortes no sentido de se demover a administração da CGD, sentada na capital, desta decisão que provoca dano, não só aos arcozelenses, como aos barcelenses em geral. Já enviei um e-mail ao Presidente da Câmara e outro ao Presidente da Junta a solicitar mais reação e desencadeamento de ações políticas e de protesto, tendo-me, até, disponibilizado para participar nelas, se necessário. Entretanto, peço a todas as pessoas que assinem os abaixo-assinados a circular na zona da agência e que, tal como eu, façam chegar a vossa voz a todas as entidades, políticas e não só, para que estas compreendam que esta decisão não é boa, nem para Arcozelo, nem para Barcelos”, concluiu.

Entretanto, o Barcelos na Hora sabe que a Junta de Freguesia de Arcozelo não foi informada oficialmente deste encerramento. Mal soube, de forma oficiosa, contactou o Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, para o colocar ao corrente do assunto e enviou um ofício ao Presidente da CGD protestando contra esse encerramento. Como já referido, a Junta está a realizar abaixo-assinados e o Presidente da Câmara reunirá, ao que tudo indica ainda esta semana, com o Sub-Diretor da Região Norte, onde estará, igualmente, o Presidente da Junta, José Monteiro da Silva. Nessa reunião tratar-se-á, obviamente, deste assunto, deste encerramento anunciado.

Foto: Google Maps (alterada).

[Notícia atualizada às 18h22, do dia 11-06-2018]

Casa do Povo de Alvito com três vitórias individuais no Torneio de Ténis de Mesa “Didáxis”

Junho 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no passado dia 2 de junho, em Famalicão, o 3º Torneio Aberto de Ténis de Mesa “Didáxis”, marcado pela excelente prestação dos mesatenistas da Casa do Povo de Alvito.



Em Seniores Masculinos, a vitória foi para Carlos X. Silva, da equipa de Alvito, com Filipe Lobo a conseguir um bom 3º lugar.

Já Catarina Ferreira [ndr: à esquerda na foto de destaque] conquistou o 1º lugar na vertente de Seniores Femininos. Em Femininos mas no escalão de Juniores, a vitória também foi para Alvito, com Érica Silva a conquistar o 1º lugar.

Por fim, em Infantis Masculinos, Pedro Sousa conquistou um ótimo 2º lugar.

Fonte e fotos: CPA-TM.

Ténis de Mesa: EBS Vale do Tamel com quatro primeiros lugares de pódio no Desporto Escolar de Braga

Março 13, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado fim de semana, a equipa de ténis de mesa da Escola Básica e Secundária Vale do Tamel, do Agrupamento de Escolas Vale do Tamel, arrecadou os quatro primeiros lugares do Pódio, na competição de Infantis B (Série A) do Desporto Escolar de Braga.



No jogo da final, Tiago Sousa derrotou o seu irmão Pedro Sousa, por 2-1.

No jogo para disputar o 3° e 4° lugar, Susana Costa venceu a sua colega de equipa Rita Vale, por 2-0.

Já Santiago Lagarteira perdeu na fase de grupos, classificando-se em 9° lugar da competição.

Fotos: SE.

Equipa de Ténis de Mesa da EBS Vale Tamel (Lijó) vence 1ª jornada da Séria A – CLDE Braga

Fevereiro 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No último sábado, o Grupo-equipa de Ténis de Mesa da Escola Básica e Secundária Vale do Tamel (EBSVT), de Lijó, deslocou-se à EB Gonçalo Nunes para disputar a 1ª jornada de Ténis de Mesa da Série A (Barcelos/Famalicão).



Para além da equipa da casa, esteve também em competição a equipa da EB Vale do Este, Arnoso. A formação de EBSVT, constituída pelos alunos Susana Costa, Tiago Sousa, Pedro Sousa, Rita Vale e João Bettencourt alcançou, respetivamente, o 1º, 2º, 3º, 4º e 6º lugares individuais da competição.

Acompanhou a equipa, nas funções de arbitragem, a aluna Sofia Bettencourt.

Fonte e foto: ETM-EBSVT.

“Jazz ao Largo” termina com sessões de free jazz

Setembro 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Depois de quatro noites, pelas ruas de Barcelos, por onde o jazz foi o som mais ouvido, terminou o Festival “Jazz ao Largo”.



Ao contrário do ano passado, em que o jazz esteve presente nas sextas-feiras do mês de setembro, este ano foram cinco dias dedicados em exclusivo a um género musical que deleita um grande número de seguidores com um cartaz de luxo que contou com grupos nacionais de renome, reunindo as tendências atuais do jazz nacional.

De 13 a 17 de setembro houve lugar para workshops, sessões de free jazz; cinema ao ar livre, com o Filme “Bird”, de Clint Eastwood (parceria com a Zoom); concertos de Tim Tim por Tim Tum, Coreto Porta Jazz, Susana Santos Silva + Jorge Queijo, Gabriel Ferrandini + Pedro Sousa e ainda um concerto especial dos barcelenses La La La Ressonance, inspirado na obra do “gigante” Charles Mingus, a convite do festival.

Com diferentes sons e animação à mistura, ao longo de três noites, o Largo Dr. Martins Lima reuniu um grande número de apreciadores deste género musical que fizeram questão de reservar o seu lugar.

O “Jazz ao Largo” é um festival que dispensa apresentações. Realizado pelo segundo ano consecutivo, tem vindo a conquistar e cativar o público barcelense.

Fonte e foto: CMB.

“Jazz ao Largo“ está de volta

Setembro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora




No final do verão, Barcelos volta a ser ponto de passagem obrigatório para os amantes de Jazz. Depois do sucesso da primeira edição em 2016, o “Jazz ao Largo” tem regresso marcado para os dias 13 a 17 de setembro.

O evento, que assinala o regresso do Jazz ao espaço público da cidade, é organizado pelo Município de Barcelos em parceria com a Associação Burgo Divertido, destacando-se “como um dos eventos que marca a atual política de oferta cultural do Município”, conforme este refere em nota enviada a este jornal.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, o “Jazz ao Largo” corresponde às ambições da autarquia em ter um concelho que se orgulhe da sua dinâmica e oferta cultural variada. “É a segunda vez que promovemos o ‘Jazz ao Largo’ e, novamente, mantendo a entrada livre para todas as atividades. Em 2016, o evento terminou com um balanço extremamente positivo, contabilizando uma assistência de cerca de 800 pessoas. Com o cartaz de elevada qualidade que apresentamos, estão reunidas as condições para que esta edição seja um sucesso. O importante é que o evento seja um fator de atração de diferentes públicos à cidade”, salienta Miguel Costa Gomes.

O Festival “Jazz ao Largo”, cuja direção artística está a cargo do músico Pedro Oliveira, apresenta este ano um grande cartaz, que conta com grupos nacionais de renome, reunindo as tendências atuais do jazz nacional.

Este ano, para além dos habituais concertos no exterior do Teatro Gil Vicente, o evento conta com sessões de free jazz na Frente Ribeirinha da Azenha, com os duos Susana Santos Silva + Jorge Queijo e Gabriel Ferrandini + Pedro Sousa. Outra novidade em destaque é a parceria com a ZOOM, que resulta na apresentação do filme “Bird – Fim do Sonho”, de Clint Eastwood, que retrata a vida do ícone do jazz, Charlie Parker.

O concerto de abertura, no dia 14, está a cargo do grupo TIM TIM POR TIM TUM, um projeto acústico singular que junta em palco o talento de quatro bateristas.

No dia seguinte, é a vez da banda barcelense LA LA LA RESSONANCE apresentar um concerto original inspirado no afamado contrabaixista e compositor icónico norte-americano, Charles Mingus.

Os CORETO PORTA JAZZ, um grupo formado por 12 elementos da nova geração de músicos sediados no Porto, cujas atividades individuais são reconhecidas na cena jazzística nacional, encerram o ciclo de concertos, no dia 16.

O festival promove, para além dos concertos, um workshop de improvisação liderado pelos músicos Susana Santos Silva e Jorge Queijo.

Fonte e imagem: CMB.

Ténis de Mesa da Casa do Povo de Alvito em destaque nos Campeonatos Nacionais

Junho 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizaram-se, este último fim de semana, em Rio Maior, os Campeonatos Nacionais Singulares e Pares, no escalão de Iniciados, com a equipa de Alvito a conseguir bons resultados.

A mesatenista Susana Costa arrecadou o 3º lugar nas provas “Singulares” e “Pares Femininos”, tendo jogado com a atleta do AE Cacém, Catarina Ferro.

Susana Costa (atleta posicionada mais à direita)
Susana Costa (atleta posicionada mais à direita)

Já Rita Vale e Pedro Sousa conseguiram o apuramento na fase de grupos da prova individual, tendo-se classificado, respetivamente, entre os 16 e os 32 melhores de Portugal.

Estes são os melhores resultados alcançados, até ao momento, pela jovem formação resultante do Projeto “O Ténis de Mesa Vai à Escola”, uma parceria entre a Casa do Povo de Alvito e o Agrupamento de Escolas Vale do Tamel.

[ndr: na foto de destaque, Rita Vale (esquerda), Susana Costa (centro) e Pedro Sousa (direita)]




Fonte e fotos: CPA.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima