Tag archive

Pintura

Exposição coletiva “Entre Margens” na Sala Gótica dos Paços do Concelho

Julho 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura dia 21 de julho a exposição coletiva “Entre Margens”, que ficará aberta ao público até 26 de agosto.



Esta é uma exposição de pintura, escultura, desenho e fotografia do Grupo Arte Celano, composto Madalena Macedo, Monteiro da Silva, António Miranda, Mário Rebelo, Luís Carvalhido, Lurdes Rodrigues e António Nunes.

A entrada é grátis.

Imagem: AB.

“Eduardo e a Cidade Criativa” está patente na Galeria Municipal de Arte

Julho 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A Galeria Municipal de Arte de Barcelos tem patente ao público a exposição de pintura “Eduardo e a Cidade Criativa – as Rosas, Júlias, Baraças e outros mistérios de Barcelos”, do pintor barcelense Eduardo Matos de Faria.



Aberta até 23 de setembro, o visitante poderá admirar uma arte moderna, nova, original, onde os recursos e capacidades técnicas e teóricas que distinguem esta pintura, demonstram uma evolução criativa, resultando num conjunto de obras de elevada expressão plástica.

A exposição é uma homenagem do pintor à “Cidade Criativa” e à Arte Popular e Tradicional, que servem de inspiração a uma pintura contemporânea que se mantém cheia de cor e movimento, onde se continua a rever os passos das “estórias” que, uma vez ou outra, foram ou são as de todos, que é sempre um prazer partilhar e desfrutar.

Fonte e imagem: AB.

Barcelense Laurinda Brito expõe na Biblioteca Municipal de Barcelos

Julho 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Está patente ao público na Biblioteca Municipal de Barcelos a exposição da artista plástica barcelense Laurinda Brito, que decorrerá até dia 17 de agosto.



Maria Laurinda Correia de Brito nasceu em Barcelos, a 4 de abril de 1950, mas reside em Esposende. O gosto pela pintura e pelo desenho surgiu ainda frequentava a escola primária, sendo bastante elogiada e incentivada pela sua professora primaria e, posteriormente, pelos seus professores de desenho do ciclo preparatório e secundário.

No início da década de noventa, decide libertar a sua antiga vocação, tendo começado a frequentar alguns cursos relacionados com as artes decorativas, a decoração de interiores e a pintura a óleo sobre tela. Contudo, este não foi um percurso contínuo, dado que tinha de conciliar os cursos de pintura com a sua atividade docente e as funções de mãe. Por brincadeira, costumava dizer que “ia tirar o pó aos pinceis”.

Atualmente, é orientadora das aulas de iniciação à pintura do Instituto Autodidacta de Estudos Superiores do Minho (IAESM).

Em 1989, participou numa exposição de Artes Decorativas, organizada pela Casa do Professor de Braga, que teve lugar na Casa dos Crivos. Participou, igualmente, em diversas exposições promovidas pelo Centro de Apoio Pedagógico de Barcelos. Em outubro de 2000, expôs no Museu Municipal de Esposende, a convite da Câmara Municipal. Posteriormente, teve oportunidade de expor os seus trabalhos, a convite de Mário Borges, cujo ateliê frequentou, em Braga.

Imagem: AB.

Águas de Barcelos coloca cerca de 100 crianças a desenhar sobre a água nos Jogos do Rio

Julho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Durante todos os sábados de julho (7, 14, 21 e 28) o areal de Barcelinhos é o palco, o parque de jogos e diversões, dos Jogos do Rio 2018, organizados pelos Amigos da Montanha e que celebram este ano o seu 20º aniversário. São 20 anos a animar Barcelos e a colocar as suas gentes a praticar desporto e a vivenciar novas experiências.



É neste âmbito – vivenciar experiências – que se integra a colaboração da Águas de Barcelos com este evento, que coloca ao dispor de todos os visitantes e participantes várias baterias de água fresca, garrafas de água reutilizáveis, workshops de desenho, pinturas faciais e muitas surpresas. Neste primeiro dia de Jogos do Rio, fizeram o seu desenho sobre a água cerca de uma centena de crianças.

Jogos do Rio 2018

No rio Cávado, junto ao areal de Barcelinhos foi colocada uma das grandes novidades deste ano. Falamos de uma estrutura que recria a ponte e piscinas que até 1988 eram colocadas no local e eram ponto de encontro e lazer. A ponte une agora as duas margens do Cávado e serve de ligação entre Barcelos e Barcelinhos para todos os que visitem os Jogos do Rio.

Do lado de Barcelos foi também colocado um slide, que atravessa o Cávado até ao areal de Barcelinhos. Mas as animações serão muitas. Todas as atividades disponibilizadas no programa das tardes dos dias 7, 14, 21 e 28 de julho são de participação livre e gratuita, com a animação a ser garantida, no areal, pelos insufláveis, piscinas, ateliers de diversas temáticas, dança, ginástica, karaté, entre outras modalidades; e no rio, pelos insufláveis aquáticos, pelos passeios de canoa e de mota de água.

Fotos: AdB.

Biblioteca Municipal de Barcelos expõe “(Des)Figurado”, de Lurdes Rodrigues

Maio 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Biblioteca Municipal de Barcelos inaugura, no próximo sábado, dia 12 de maio, pelas 17h00, a exposição “(Des)Figurado”, de Lurdes Rodrigues, que estará patente até ao fim do corrente mês.



Ao todo, são dezassete telas reunidas em torno da série que dá o nome à exposição “(Des)Figurado”, onde a artista revela uma produção diversificada e uma reflexão sobre o tema escolhido, que é uma homenagem ao figurado de Barcelos.

Da sua obra, destaca-se um período inicial muito próximo da corrente artística surrealista, caracterizando-se por uma narrativa simbólica, recorrendo a composições figurativas com forte ligação ao real, refletindo ainda o que somos, figurativo ou não, materializando-se em formas, cores, movimento, simetria e sentimentos que ficam registados implicitamente numanoutra dimensão.

Maria de Lurdes Rodrigues nasceu em Priscos (Braga), em 1957, e reside em Vimieiro (Braga). É licenciada em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes do Porto. Possui, ainda, uma Pós-Graduação em Ensino Especial. É associada nos grupos artísticos GALG e CELANO. A sua primeira exposição ocorreu em 1993 e tem participado, desde então, com regularidade, em exposições individuais e coletivas em Portugal e Espanha.

O seu interesse pela pintura surgiu na adolescência, influenciada de forma positiva por uma professora de artes, que lhe abriu os horizontes para a criatividade.

Até aos trinta anos, dedicou-se à família, deixando pendente o seu percurso académico. Com a vida familiar estabilizada, retomou os estudos, tendo concluído a licenciatura em Artes Plásticas – Pintura na Faculdade de Belas Artes do Porto, iniciando a sua atividade profissional no ensino, onde se encontra atualmente.

Nos últimos anos, recebeu alguns prémios de pintura atribuídos por entidades institucionais nacionais.

Fonte e imagem: CMB.

Galeria de Arte apresenta exposição de Maria Casal e Francisco Pazos

Abril 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura sábado, pelas 18h00, na Galeria Municipal de Arte, a exposição “Diálogo de Cor e Volume”, da pintora Maria Casal e do escultor Francisco Pazos. A exposição estará patente até 24 de junho.



Em “Diálogo de Cor e Volume” fundem-se duas artes, a pintura e a olaria. Nas palavras de Tere Suárez, crítica de arte e comissão da exposição, esta exposição trata-se de “uma ampla visão da obra de dois criadores galegos, que compartilham a maneira de olhar e a incansável necessidade de experimentar, na tentativa de captar o instante e transformá-lo em eterno”.

Maria Casal, nascida em 1954, em Catoira, Pontevedra, começou a expor em 2004, contando, desde então, com dezenas de exposições individuais e coletivas, no seu país de origem, e vários prémios em mostras de arte.

Francisco Pazos nasceu em 1961, em Meaño, Pontevedra. Foi Professor de escultura, entre 1990 e 1997, na Escola de Canteiros, onde se formou. Logo no início de carreira, em 1983, foi laureado na Bienal de Pontevedra com uma bolsa destinada a novos valores e, ao longo dos anos, a sua obra tem sido por diversas vezes premiada.

Fonte e imagem: AB.

Britânicas Maggi Marello e Shaz Bilyard expõem “Duas Amigas, Dois Pincéis” no Teatro Gil Vicente

Abril 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura hoje, no Teatro Gil Vicente, a exposição “Duas Amigas, Dois Pincéis”, que estará patente até 27 de maio, com entrada gratuita.



Maggi Marello nasceu em Inglaterra, perto de Newcastle, em 1949. Já viveu em vários países, tendo chegado a Barcelos em 1973, onde viveu durante quase 10 anos. Hoje em dia, mora em Vila Nova de Gaia. Já teve oportunidade de expor algumas vezes em Barcelos, Santo Tirso, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila Nova de Gaia e também participou em exposições coletivas noutras ocasiões, no Norte de Portugal.

Já Shaz Bilyard nasceu em Londres mas também reside em Vila Nova de Gaia, junto à praia de Salgueiros, tendo vivido, igualmente, em Anadia, onde trabalhava como decoradora de interiores. Viveu parte da vida na África do Sul.

Imagem: CMB.

Mexicano Sérgio Astorga expõe na Biblioteca Municipal de Barcelos

Abril 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 7 de abril e 5 maio, a Biblioteca Municipal de Barcelos recebe a exposição “Os Galos”, do artista plástico mexicano Sérgio Astorga, que reside atualmente na cidade do Porto. A inauguração faz-se pelas 17h00 de dia 7 de abril.



Esta exposição é sobre um olhar diferente sobre o galo, de um artista que se licenciou em Comunicação Gráfica pela Escola de Artes da Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM), tendo ensinado desenho no curso de Grafia Musical da Escola Superior de Música do Instituto Nacional de Belas Artes (INBA) e desenho gráfico na Escola Nacional de Artes Plásticas da UNAM.

Astorga também ilustrou vários livros e terá uma obra sua reproduzida em lenços de seda natural, por Pineda Covalin S.A. de C.V., na série “Pintores Contemporâneos”, no México. Tem, igualmente, colaborado em revistas e suplementos literários com textos e desenhos, publicou um livro de poemas chamado “Temporal” e escreveu, em coautoria, o livro “Calacafilia, lendas, ilustrações e rimas”.

O pintor mexicano tem, igualmente, participado em diversas exposições individuais e coletivas, tais como, “Entrelaçados”, Galeria Vantag Bombarda, Porto (2013), Galeria Montessori School, Withwe Rock, New Mexico, EUA (2010), “Com Paz“, Modo Urbano, Porto (2008) e “Olhares”, Associação Tane Timor, Porto (2007) – individuais –  e XXX Exposição dos Sócios da Árvore, Galeria Municipal de Matosinhos (2017), Center for the Arts, Chicago, EUA (2016) e “Catrina”, Centro Cultural Arte Contemporânea, cidade do México (2016) – coletivas.

Fonte e imagem: AB.

Celeste Ferreira dá workshop de pintura na Galeria Municipal

Março 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 18 de março, a partir das 14h30, a pintora Celeste Ferreira orienta uma oficina de pintura na Galeria de Arte Municipal de Barcelos.



Este é um workshop para maiores de 12 anos, gratuito mas com inscrições obrigatórias e limitadas.

Para efetuar a inscrição deverá usar o contacto telefónico 253 809 695 ou o e-mail galeriamunicipalarte@cm-barcelos.pt.

Fonte e imagem: AB.

Biblioteca Municipal de Barcelos expõe “Pincel de Fogo”, de Ana Ribeiro

Janeiro 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura no dia 13 de fevereiro, pelas 15h00, na Sala de Exposições da Biblioteca Municipal de Barcelos, a exposição “Pincel de fogo”, de Ana Ribeiro. Esta é a sua décima segunda exposição individual, que poderá visitada até ao dia 24 do mesmo mês, de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e, aos sábados, das 9h30 às 12h30.



Ana da Conceição Leal Ribeiro nasceu em Paços de Ferreira, em 12 de Outubro de 1964. Reside, atualmente, em Barcelos.

É uma autodidata e com ávida curiosidade, que conta com trabalhos em gesso, tela, falsos vitrais e, mais recentemente, piro gravura. A sua obra “A Ressurreição de Cristo”, que se encontra na capela do hospital Padre Américo, em Penafiel, valeu-lhe já a admiração de conceituados artistas.

Fez os seus estudos primários na freguesia de Modelos, seguindo-se o preparatório e o secundário na então vila de Paços de Ferreira. Após o secundário, resolveu entrar no mundo do trabalho e deixar para mais tarde a continuação da formação académica. Toda a sua experiência profissional em departamento de finanças, rádio, clínica dentária e, mais recentemente, como instrutora de condução, contribuíram para a sua maturidade inteletual, que se reflete nos seus trabalhos artísticos, paixão esta que nunca a abandonou.

A veia artística despertou, quando foi galardoada com o 1º Prémio para melhor pintura numa competição no ensino preparatório. Mais do que um reconhecimento, este foi o incentivo necessário para continuar a explorar as várias formas de arte.

Conciliando a sua vida profissional com a artística, participou em vários cursos e workshops, pretendendo a sua evolução técnica. A sua arte inspira-se, tanto em situações do quotidiano, como nos edifícios, museus e igrejas emblemáticas, que muitas vezes visita.

Já participou em várias exposições coletivas e individuais, sendo esta mais um passo no desejo de partilhar com os outros as suas obras e de se afirmar no fantástico mundo da arte.

Fonte e imagem: AB.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima