Tag archive

Porto

Conservatório de Música de Barcelos enche novamente Casa da Música do Porto

Julho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 9 de julho, o Conservatório de Música de Barcelos (CMB) realizou o seu já tradicional Concerto Final de Ano na Casa da Música, no Porto. Pelo quinto ano consecutivo, segundo na Casa da Música, este concerto contou com a participação de mais de 300 alunos, que transformaram a Sala Guilhermina Suggia, completamente esgotada, numa verdadeira Festa da Comunidade Educativa do CMB.



O programa apresentado, que teve como intenção “torná-lo o mais próximo possível do grande público”, segundo o CMB, foi constituído por duas partes distintas e que, de certa forma, se completaram.

A primeira parte começou com a Abertura da ópera “O Barbeiro de Sevilha”, de G. Rossini (arr. J. Manoukian), pela Orquestra de Cordas Juvenil, a que se juntou, de seguida, o Coro Juvenil e o Coro Vozes D’Ouro para apresentarem a obra “Salmo 23”, do compositor canadiano S. Irving Glick.

O programa continuou com a Orquestra de Sopros Juvenil, que interpretou a obra “The Lion King”, de H. Zimmer (arr. J. Higgins), que deu vez à sua “homónima mais crescida”, a Orquestra de Sopros, que juntamente com o Grande Coro (cerca de 200 alunos) apresentaram trechos da ópera “Carmen”, de G. Bizet, começando com “Avec la Garde Montante”, seguindo-se das árias “Habanera” e “Toreador”, que tiveram como solistas os alunos Cláudia Pereira e João Miranda, respetivamente, momento que fez recordar a tão bem conseguida produção que o CMB realizou com esta ópera no passado mês de junho.

A primeira parte, caracterizada por um programa cheio de variedade, frescura e fantasia, culminou com a ritmada obra “Heijamano”, de B. Appermont, e “We All Stand Together”, de P. McCartney. Nesta última, juntou-se ao Grande Coro, o Coro da Iniciação e a Orquestra Sinfónica do CMB, o que permitiu às pessoas que estavam no público ir para intervalo “leves”, “felizes”, “cheios de reminiscências”, como alguns tiveram a oportunidade de partilhar.

A segunda parte, com um programa, de certo modo, mais contemplativo, foi toda constituída por grandes obras primas, presentes nos inúmeros registos discográficos dedicados aos grandes hits da Música Clássica, o que permitiu manter a matriz de um concerto popular. Começou pelo segundo andamento do “Concerto de Aranjuez”, de J. Rodrigo para Guitarra Clássica, que teve como solista o aluno Diogo Carlos acompanhado ao piano pela Prof. Eugénia Moura, seguindo-se a Orquestra de Cordas, que interpretou o “Adágio”, de T. Albinoni, e o “Verão” (das quatro estações), de A. Vivaldi. Esta última teve como solistas os alunos João Carvalho e Joana Ribeiro e contou com a colaboração do cravista Diogo Zão.

Seguiu-se a Orquestra Sinfónica para voltar a trazer fantasia, esta com tons “natalícios”, com a Suite do Bailado “O Quebra Nozes”, de P. I. Tchaikowsky, e a sua famosa “Valsa das Flores”, que contou com a colaboração da harpista Eleonor Picas antes de se juntar, novamente, o Grande Coro para terminar o Concerto com o apoteótico “Halleluja”, de G. F. Haendel.

“Este ambicioso projeto, idealizado desde o início ano letivo, materializou-se essencialmente com a realização de dois estágios intensivos, na interrupção letiva do Carnaval e ao longo de toda a última semana, que o tornou possível com um querer muito expressivo, uma dedicação de toda a comunidade, desde a direção, professores, alunos, pais e funcionários”, refere o CMB em nota.

Sob a liderança da Direção Pedagógica do CMB, este projeto teve como professores responsáveis Adalgisa Pontes (Coro Iniciação), Joana Ribeiro (Coro 2.º ciclo), Isabel Silva (Coro 3.º ciclo) e Maria João Gonçalves (Coro Galtom), Carlos Martinho (Orquestras de Sopros e Orquestra Sinfónica), Jorge Teixeira (Orquestras de Cordas) e contou com a participação dos alunos em regime integrado, articulado com as escolas protocoladas com  o CMB –Agrupamento de Escolas de Barcelos, Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes, Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho, Agrupamento de Escolas Vale de Tamel, Agrupamento Vertical de Vila Cova, Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio e Colégio da Trofa  – e regime supletivo.



Na mesma nota, a direção do CMB “congratula-se com mais este feito educativo e agradece aos pais, alunos, professores e a todas entidades que connosco colaboram, pelo empenho e dedicação”.

Fotos: CMB.

Óquei de Barcelos goleia Infante Sagres em casa destes

Maio 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A contar para a 23ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins, o jogo opôs o 13º classificado – Infante Sagres – e o 8º – Óquei Clube de Barcelos (OCB), que ditou a goleada dos homens de Barcelos, por 2-8, com Marinho a destacar-se nos golos marcados.



O Pavilhão do Infante Sagres (Porto) recebeu Orlando Panza e Porfírio Fernandes (AP Porto) como árbitros e teve o seguinte alinhamento das equipas:

Infante Sagres: Joka, Tiago Ferraz, Celso Silva, Carlos Rodrigues e Bruno Fernandes (cinco inicial). Pedro Maia, Nuno Barata, Bernardo Marques, Pedro Cardoso e João Campelo iniciaram no banco, treinados por Fernando Almeida.

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Rúben Sousa e Marinho (cinco inicial). André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Pedro Silva e Afonso Lima iniciaram no banco, treinados por Paulo Pereira.

O OCB entrou a “todo o gás”, marcando dois golos em dois minutos. Primeiro por Marinho (8´) e, depois, por Rúben Sousa (9’). Aos 18 minutos o OCB teve uma grande penalidade a favor mas Joka acabou por defender o lance de Rúben Sousa. Nesse mesmo minuto, Bernardo Marques reduziu para os da casa. Aos 24 minutos, Joka foi admoestado com a cartolina azul, com o jogo parado, tendo sido esta a última incidência de destaque na primeira parte, que terminou com a vitória do OCB, por 1-2.

No reatamento, o OCB voltou a entrar forte e Rúben Sousa bisou na partida, aos 4 minutos, dando início a uma autêntica “avalanche” de golos barcelenses. Seguiram-se Marinho (7’), Juanjo López (12’) e, de novo, Marinho (13’), a colocarem o OCB a vencer por 1-6. Aos 18 minutos, Ricardo Silva deu o lugar a André Almeida. Dois minutos depois, Marinho – a figura do jogo – marcou novamente, colocando o OCB a vencer por 1-7. No entanto, nesse mesmo minuto, Bruno Fernandes reduziu para 2-7. Ainda antes do término do jogo, aos 23 minutos, o capitão Zé Pedro estabeleceu o resultado final em 2-8 para o Óquei Clube de Barcelos.

Na próxima jornada, dia 26 de maio, pelas 21h30, o OCB recebe o Grândola.

 

Barcelense Joaquim Sousa com dois lugares de pódio em Braga

Abril 10, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado fim de semana, a cidade de Braga recebeu a segunda etapa do circuito “Portugal City Race 2018”, em Orientação e que contou com a participação do barcelense Joaquim Sousa.



A etapa esteve a cargo do clube  .COM – Clube de Orientação do Minho e contou com duas provas. No sábado houve uma com caráter local e que deu aos atletas a possibilidade de poderem escolher o seu percurso e de fazerem uma prova aleatória. Já no domingo, foi a vez da prova do circuito City Race, onde os atletas tiveram que realizar o percurso delineado pela organização, com o intuito de conseguir o menor tempo possível na conclusão da prova.

O atleta de Galegos Santa Maria foi 2º classificado na prova de sábado e 3º na de domingo, conseguindo, dessa forma, manter o 2º lugar no ranking do Portugal City Race.

A cidade do Porto recebe a próxima etapa, nos dias 21 e 22 de abril. Em nota, Joaquim Sousa agradece “a todos pelo apoio, especialmente à Serfisio Barcelos”.

Fonte e fotos: JS.

Mexicano Sérgio Astorga expõe na Biblioteca Municipal de Barcelos

Abril 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 7 de abril e 5 maio, a Biblioteca Municipal de Barcelos recebe a exposição “Os Galos”, do artista plástico mexicano Sérgio Astorga, que reside atualmente na cidade do Porto. A inauguração faz-se pelas 17h00 de dia 7 de abril.



Esta exposição é sobre um olhar diferente sobre o galo, de um artista que se licenciou em Comunicação Gráfica pela Escola de Artes da Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM), tendo ensinado desenho no curso de Grafia Musical da Escola Superior de Música do Instituto Nacional de Belas Artes (INBA) e desenho gráfico na Escola Nacional de Artes Plásticas da UNAM.

Astorga também ilustrou vários livros e terá uma obra sua reproduzida em lenços de seda natural, por Pineda Covalin S.A. de C.V., na série “Pintores Contemporâneos”, no México. Tem, igualmente, colaborado em revistas e suplementos literários com textos e desenhos, publicou um livro de poemas chamado “Temporal” e escreveu, em coautoria, o livro “Calacafilia, lendas, ilustrações e rimas”.

O pintor mexicano tem, igualmente, participado em diversas exposições individuais e coletivas, tais como, “Entrelaçados”, Galeria Vantag Bombarda, Porto (2013), Galeria Montessori School, Withwe Rock, New Mexico, EUA (2010), “Com Paz“, Modo Urbano, Porto (2008) e “Olhares”, Associação Tane Timor, Porto (2007) – individuais –  e XXX Exposição dos Sócios da Árvore, Galeria Municipal de Matosinhos (2017), Center for the Arts, Chicago, EUA (2016) e “Catrina”, Centro Cultural Arte Contemporânea, cidade do México (2016) – coletivas.

Fonte e imagem: AB.

Escuteiros de Barcelos partilham “Luz da Paz de Belém” esta sexta-feira

Dezembro 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Chegou a Portugal, no último domingo, a “Luz da Paz de Belém”, uma iniciativa organizada pelo Corpo Nacional de Escutas (CNE) que visa levar ao máximo de lares do nosso país a chama acesa na Gruta da Basílica da Natividade, em Belém. É já uma iniciativa tradicional, que este ano junta CNE e a Cáritas Portuguesa, com o tema «Luz para Viver – Na Luz da Paz Vivemos Cristo».



Acesa a 25 de novembro por uma criança austríaca, a chama é levada para Viena, onde é partilhada por delegações de todo o mundo. O CNE envia, anualmente, uma comitiva, que este ano trouxe a chama até ao Porto, onde, no último domingo, decorreu uma Eucaristia na Sé presidida pelo bispo auxiliar D. António Augusto.

De candeia em candeia, a chama passa agora para as várias regiões, núcleos e agrupamentos do país, até chegar às famílias. O Núcleo de Barcelos irá realizar uma cerimónia no próximo dia 22 de dezembro, sexta-feira, pelas 20h30, na Igreja Paroquial de Cossourado, para passar a chama aos agrupamentos que, depois, a levarão até cada uma das comunidades paroquiais.

O objetivo é manter a chama acesa durante a quadra natalícia, de modo a testemunhar, no meio da sociedade, os valores da esperança e da vida, com base no nascimento de Cristo.

A partilha da chama será feita em vários contextos, como as igrejas, hospitais, instituições de solidariedade social e muitos outros, sempre com a meta de chegar ao maior número de famílias possível.

Fonte e foto: JNB-CNE.

Agência Portuguesa do Ambiente lança serviço telefónico de apoio sobre Guias Eletrónicas de Acompanhamento de Resíduos

Dezembro 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) criou um call-center com uma linha telefónica de apoio aos utilizadores das novas Guias Eletrónicas de Acompanhamento de Resíduos (e-GAR), que, a partir do primeiro dia de 2018, passarão a acompanhar, de forma obrigatória, todo o transporte de resíduos em Portugal, substituindo as atuais guias em papel. Em funcionamento desde 11 de dezembro, o número 808 203 855 foi criado para esclarecer todas as dúvidas sobre as e-GAR e estará disponível sete dias por semana.



Este novo serviço de apoio telefónico é mais uma iniciativa da APA para proporcionar acompanhamento personalizado aos utilizadores que ainda não se registaram no SILiAmb. Para além disso, e com o objetivo de alertar para o período de transição estar prestes a terminar, a APA tem também vindo a promover, em todo o país, ações de sensibilização e formação para esclarecer dúvidas sobre o processo e facilitar uma transição mais fácil para este novo modelo.

No âmbito da sua política de melhoria contínua de proteção do ambiente e valorização dos serviços oferecidos aos cidadãos, a APA criou as Guias Eletrónicas de Acompanhamento de Resíduos (e-GAR) para substituir as atuais GAR (Guias de Acompanhamento de Resíduos), GARH (Guias de Acompanhamento de Resíduos Hospitalares) e GARCD (Guias de Acompanhamento de Resíduos de Construção e Demolição). Na Europa, Portugal é o primeiro País a adotar este modelo, cujas vantagens ambientais, económicas e sociais são tão notórias que outros países europeus já mostraram interesse em importar este conceito.

As e-GAR são aplicáveis ao transporte rodoviário, ferroviário, marítimo, fluvial e aéreo de resíduos em território nacional. Foram apresentadas em Maio de 2017, para permitir não apenas a transição mais eficaz das guias em papel para o modelo eletrónico, como também a adaptação mais fácil por parte de todas as entidades envolvidas nas diferentes fases do circuito de resíduos – produção, transporte e tratamento.

As entidades emissoras e destinatárias das e-GAR têm de estar obrigatoriamente registadas no SILiAmb – Sistema Integrado de Licenciamento do Ambiente e de criar os respetivos estabelecimentos (localização) nessa plataforma, pelo que deverão proceder à sua inscrição o quanto antes. A partir de 1 de janeiro de 2018, apenas as guias de acompanhamento de resíduos eletrónicas emitidas no SILiAmb serão válidas para o transporte de resíduos.

A transição para o novo modelo eletrónico aporta benefícios evidentes, do ponto de vista económico, ambiental e social. Tem vantagens para os produtores de resíduos, para quem os transporta, para quem os recebe, garante a integridade e qualidade da informação, agiliza e acelera os processos, reduz custos e minimiza o impacte ambiental.



Uma das mais-valias da digitalização do processo é a poupança de mais de 6 milhões de folhas de papel por ano. Ao contrário do modelo anterior, que consistia no preenchimento de um impresso em papel, referentes às GAR em triplicado, o modelo digital e-GAR pode ser preenchido através de um telemóvel ou tablet, a qualquer hora e em qualquer lugar. Ou seja, além de substituir o papel, garante uma maior facilidade, comodidade e rapidez no preenchimento das guias.

A redução de custos é evidente no modelo eletrónico de Guias de Acompanhamento de Resíduos. Segundo os resultados provisórios de um estudo da NOVA IMS, Information Management School, que inquiriu empresas gestoras de resíduos, antes da implementação das e-GAR, o custo total para a empresa, por guia de transporte de resíduos, era de 4,56 euros e o custo total de preenchimento por cada Mapa Integrado de Registo de Resíduos (MIRR) era de 248,88 euros. Após a aplicação das e-GAR, o custo total para a empresa, por e-GAR, é de 0,18 euros.

Também para a Administração Pública, a implementação das e-GAR traduz-se numa poupança de tempo, recursos administrativos e financeiros. Com o modelo antigo, o tempo total despendido pela Administração Pública por formulário MIRR era de 3,18 horas, enquanto com o modelo e-GAR passa a ser de 0,002 horas, ou seja, 7,2 segundos.

Tendo em conta a avaliação do impacte absoluto da medida, por ano e por atividade administrativa, efetuada também no âmbito deste estudo, verifica-se que, com a substituição das guias em papel pelas e-GAR e a extinção da necessidade de preenchimento do MIRR, a poupança anual para as empresas em custos administrativos é de 9,891 milhões de euros e o Valor Acrescentado Potencial (VAP) é de 21,280 milhões de euros. Para a Administração Pública, a medida reflete-se numa poupança total anual de 17.259 horas.

Após a implementação das e-GAR, o mesmo estudo refere que foram avaliados positivamente, pelos inquiridos, o desempenho e a eficácia da plataforma. Para a avaliação da eficácia, foram considerados quatro factores, os quais obtiveram avaliação muito positiva – redução de custos (81,5%), critérios simplificação (71,1%), comodidade e conveniência (73,3%) e redução de tempo (73,3%).



O novo modelo eletrónico permite a diminuição da carga burocrática aos cidadãos e às empresas. Além de agilizar o relacionamento com os serviços da Administração Pública, nomeadamente no preenchimento de Mapas Integrados de Registo de Resíduos (MIRR), permitem uma maior facilidade na gestão das guias e qualidade da informação, bem como um maior rigor nos dados através da integração automática dos dados anuais no MIRR e no PRTR – Registo de Emissões e Transferências de Poluentes. Em complemento, o presente modelo pretende compatibilizar as informações constantes dos Documentos de Transporte ADR (Mercadorias Perigosas), substituindo também este documento. Com as e-GAR, os procedimentos são mais simples, baratos, eficazes e transparentes.

Para garantir uma transição fácil dos modelos em papel para o digital, estão a ser realizadas pela APA sessões de divulgação e esclarecimento sobre as e-GAR, em todo o território continental e Região Autónoma da Madeira, em parceria com as CCDR, associações empresariais, setoriais e entidades municipais. Além das sessões de esclarecimento, a APA criou o número 808 203 855, uma linha telefónica de apoio que está em funcionamento desde dia 11 de dezembro, reforçando assim a sua ação de sensibilização junto dos operadores e gestores de resíduos, que, em Portugal, são cerca de 1500 a 2000, sendo o universo de utilizadores das e-GAR cerca de 250 mil.

As próximas sessões de esclarecimento mais próximas de Barcelos serão a 15 de dezembro, para profissionais de oficinas automóveis e comércio automóvel, na ANECRA – Porto, e no mesmo dia, para o setor têxtil e vestuário, no CITEVE – Famalicão.

Para além destas, serão agendadas outras sessões de esclarecimento sobre as e-GAR, até ao final do ano. A lista destas sessões está em permanente atualização no site da APA: www.apambiente.pt (basta clicar no link para aceder).

O transporte de resíduos encontra-se atualmente regulado pela Portaria nº145/2017, de 26 de abril, que sucede à Portaria nº 335/97, de 16 de maio, que instituiu o uso obrigatório de GAR. As e-GAR são uma iniciativa do Ministério do Ambiente, em parceria com o Ministério da Administração Interna, Ministério da Saúde, Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e Ministério do Planeamento e das infraestruturas, e encontra-se inscrita no Programa Simplex + 2016, pelo que se articula com outras medidas de natureza transversal e administrativa.

Fonte: APA.

Imagens: DR.

Equipa de natação dos Amigos da Montanha obtém bons resultados no último fim de semana

Dezembro 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de natação Amigos da Montanha/Becri participou, no último fim de semana, em duas competições.



No domingo, realizou-se, no Porto, o Campeonato Nacional de Juvenis e Seniores. O atleta Rui Costa, a competir no escalão de seniores, participou nos 100m costas e, depois de nas eliminatórias ter obtido um novo recorde pessoal, com o tempo de 57,26 e o apuramento para a final, nesta conseguiu um excelente 7.º lugar, com o novo recorde pessoal de 56,94.

Em Ponte da Barca, no sábado e domingo, participaram 10 atletas – 4 cadetes e 6 infantis – no “Torregri de Natal”, de Cadetes e Infantis. A equipa barcelense registou quatro lugares de pódio e 18 recordes pessoais.

Destaque para o 2º lugar de Diana Gomes, cadete B, nos 50m costas/bruços. Esta atleta conquistou, também, o 3º lugar nos 100 livres, 50 mariposa/costas e 50 bruços/livres.

Fonte e foto: AM.

Barcelense RECOVERY IPSS conquista o 2º lugar do Prémio Manuel António da Mota

Dezembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em cerimónia realizada hoje, no Palácio da Bolsa, no Porto, a associação barcelense RECOVERY IPSS, presidida por Miguel Durães, foi distinguida com o 2º lugar do Prémio Manuel António da Mota, entregue pelo Primeiro-Ministro, António Costa, e atribuído pela Fundação Manuel António da Mota.



O 1º lugar foi conquistado pela matosinhense AE20 – Associação para a Educação de Segunda Oportunidade (Escola de Segunda Oportunidade de Matosinhos) e o 3º foi para G.A.TO – Grupo de Ajuda a Toxicodependentes.

Foram, ainda, distinguidas sete instituições com uma menção honrosa, que receberam cinco mil euros. Foram elas a Associação das Orquestras Sinfónicas Juvenis Sistema Portugal; Associação para o Planeamento da Família; Centro Social e Cultural São Pedro de Bairro; Crianças da Vila – Associação de Proteção de Menores e da Família; Fundação do Gil; Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canaveses; e Santa Casa da Misericórdia do Peso da Régua.

O momento da entrega do 2º prémio ao presidente da RECOVERY IPSS, Miguel Durães:

 

Foto e vídeo: MD.

CKAB presente em Open na Póvoa de Varzim e com duas novas árbitras

Outubro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Pavilhão Municipal da Póvoa de Varzim foi palco, no último domingo, dia 8 de outubro, do Open Internacional de Karaté daquela cidade, organizado pelo Centro de Karaté Aguçadourense (CKA), com o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, e no qual participou o Clube Karaté de Barcelos (CKAB).



O clube barcelense fez-se representar por 11 atletas, de vários escalões, que competiram entre mais de meio milhar de atletas.

Na primeira competição da época, Porfírio Isidoro, diretor-técnico do CKAB, salientou que ficou “satisfeito com o desempenho de todos os atletas”.

Neste grande evento também houve lugar para algumas estreias, mas destacando-se Diogo Borges, que na categoria de Kumité, em Iniciados -44kg, alcançou a medalha de bronze, realçando-se pela prestação em todas as provas que realizou.

CKAB com duas novas árbitras de Karaté

Uns dias antes do Open poveiro, mais concretamente no feriado de 5 de outubro, realizou-se o Curso de Técnicos de Arbitragem, organizado pela Federação Nacional de Karaté na cidade do Porto.

Andrea Barroso e Daniela Martins, obtendo uma excelente nota de curso, juntam-me a Porfírio Isidoro e a Inês Pereira, constituindo uma equipa que em muito contribuem para o Karaté, quer no nosso Concelho, quer para a competição nacional.

Uns dias após este curso, foram colocadas “à prova”, fazendo a sua estreia no referido Open Internacional de Karaté Póvoa de Varzim, onde tiveram uma prestação dentro da normalidade.

O CKAB não quis deixar passar a oportunidade de dar os “parabéns a todos”.

Fonte e foto: CKAB/AC.

Barcelense Joaquim Sousa com fim de semana em grande no Porto

Setembro 25, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

As cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia receberam, este fim de semana, três provas de orientação, que contaram, entre outros, com a participação do barcelense Joaquim Sousa.



Começando pela mais recente, realizou-se, este último domingo, na zona ribeirinha de VN de Gaia e do Porto, a “prova rainha” do fim de semana de competição, a Porto City Race 2017, etapa pontuável para os circuitos, Portugal City Race e City Race Euro Tour.

Joaquim Sousa, atleta barcelense de Galegos Santa Maria, conseguiu o segundo lugar em VET1, a escassos 18 segundos do vencedor.

Com este resultado, Joaquim Sousa garantiu, desde já, a vitória no circuito Portugal City Race e amealhou pontos importantes para o circuito City Race Euro Tour.

De relembrar que para o circuito europeu contam 4 etapas, tendo Joaquim Sousa apenas participado em duas. Para garantir um lugar no pódio do ranking final em VET1, Joaquim Sousa terá que, obrigatoriamente, participar nas duas últimas etapas, em novembro, a de Barcelona (dia 05) e de Bilbau (dia 12).

Na primeira prova de três que se realizaram este fim de semana, no Porto e VN de Gaia, Joaquim Sousa, a representar o Clube de Orientação do Centro, entrou da melhor maneira e venceu a Porto by Night, prova noturna que se realizou sexta-feira à noite, no Parque da Cidade do Porto.

No dia seguinte, sábado de manhã, no Porto, realizou-se a segunda etapa da Porto City Race, onde, mais uma vez, Joaquim Sousa foi o vencedor em VET1.

Em nota enviada a este jornal, Joaquim Sousa agradece à Serfisio pelo apoio prestado na sua recuperação.

A sua próxima participação em eventos de Orientação será no próximo fim de semana, sábado, dia 30 de setembro, numa prova local organizada pela secção de Orientação dos Amigos da Montanha, em Barcelos, seguindo-se, nos dias 14 e 15 de outubro, a penúltima etapa do circuito nacional, Portugal City Race.

Fonte e fotos: JS.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima