Tag archive

Resulima

RESULIMA lança app “Recycle BinGo”

Outubro 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Cada vez que complete um cartão, o utilizador ganha ‘EcoMoedas’

Lançado em fevereiro pela VALORSUL, AMARSUL e VALORLIS, com o apoio do Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente, o “Recycle BinGo” chega à Região do Norte, Vale do Lima e Baixo Cávado, pela mão da RESULIMA.



O “Recycle BinGo” é uma aplicação móvel que promete deixar as famílias residentes nos municípios de Arcos de Valdevez, Barcelos, Esposende, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo, com o “bichinho da reciclagem”, refere a empresa. Apesar de ser uma app, funciona sobretudo como um jogo que torna a experiência da reciclagem muito mais divertida e compensadora. Como?

“Simples. A missão principal do jogo é fazer visitas ao nosso Ecoponto Habitual. Através da geolocalização, o nosso Smartphone sabe que nos encontramos perto dele. Ao fazermos check-in, desbloqueamos um conjunto de simpáticos bichinhos, os ‘EcoGifts’, com os quais vamos preenchendo os nossos cartões ‘BinGo’. Cada vez que completamos um cartão, ganhamos ‘EcoMoedas’ – que podemos trocar por ótimos prémios, como bilhetes de cinema, vales de desconto, e muito mais”, esclarece a RESULIMA.

Além desta missão principal, a aplicação vai lançando missões especiais surpresa com o intuito de melhorar os conhecimentos dos portugueses sobre a reciclagem e manter o envolvimento com o Recycle BinGo. E, claro, recompensar os mais amigos do planeta.

O “Recycle BinGo” está disponível na App Store e no Google Play

A RESULIMA é uma empresa de referência no setor ambiental, sendo responsável por reciclar e tratar mais de 13 mil toneladas de resíduos, servindo 6 municípios e mais de 321 mil habitantes.

“Estamos certos de que esta associação da RESULIMA ao ‘Recycle BinGo’ nos vai ajudar a todos a cumprir as importantes metas de reciclagem com que Portugal se depara a curto prazo. Para que isso aconteça, é preciso que esta notícia se espalhe.Ajude-nos a espalhar o bichinho da reciclagem”, concluiu a empresa.

Imagem: RESULIMA.

Câmara de Barcelos e Resulima colaboram na recolha de biorresíduos

Março 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou um acordo de colaboração com a Resulima para a recolha, tratamento e valorização dos resíduos orgânicos, tendo em vista reduzir a deposição destes materiais nos aterros.



A Resulima, empresa concessionária da exploração e gestão do sistema multimunicipal de tratamento de resíduos sólidos urbanos dos concelhos de Arcos de Valdevez, Barcelos, Esposende, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo, apresentou uma candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), tendo em vista o desenvolvimento de um projeto de valorização dos resíduos orgânicos que têm vindo a ser depositados em aterro.

A Estratégia Nacional de Redução de Resíduos Urbanos Biodegradáveis propõe a redução de 63% para 35% da deposição em aterro, seguindo as diretivas da União Europeia quanto à reciclagem de embalagens e aos aterros, sobressaindo a obrigação de recolha seletiva de biorresíduos a partir de 2023.

Para o sucesso da candidatura e do seu programa de execução, a Resulima está a criar as condições que assegurem a recolha seletiva de resíduos urbanos biodegradáveis nos municípios que integram a concessão e o consequente cumprimento das metas ambientais concelhias e nacionais.

O acordo de colaboração atribui à Resulima as responsabilidades de recolha e tratamento dos resíduos, a campanha de informação junto da população e a gestão das entregas dos materiais.

A Câmara Municipal tem como obrigações o apoio à candidatura e a promoção do programa de recolha dos resíduos.

A empresa vai adquirir duas viaturas de recolha para a remoção hermética dos materiais e uma viatura para lavar contentores; 327 contentores para colocação na rua, com capacidade aproximada de 800 litros, equipados com controlo de acesso e identificador; 33 contentores destinados ao pequeno comércio, com capacidade aproximada de 80 litros, equipados com controlo de acesso e identificador; 11.383 baldes com capacidade até cinco litros, com controlo de acesso ao contentor da rua, para separação dos resíduos orgânicos nas habitações.

Para efeitos de recolha e tratamento no âmbito deste programa são considerados os seguintes resíduos orgânicos: resíduos de agricultura, horticultura, aquacultura, caça e pesca e da preparação e processamento de produtos alimentares; resíduos da preparação e do processamento de frutos, legumes, cereais, óleos alimentares, cacau, café, chá e tabaco; resíduos da produção de conservas; resíduos da produção de levedura e da preparação e fermentação de melaços; resíduos da indústria de laticínios; resíduos da indústria de panificação, pastelaria e confeitaria; resíduos da produção de bebidas alcoólicas e não alcoólicas; resíduos urbanos e equiparados; resíduos biodegradáveis de cozinhas e cantinas; resíduos de mercado.

Fonte e foto: CMB.

Município de Barcelos e RESULIMA lançam campanha “Comércio a Reciclar”

Outubro 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Serviço de recolha gratuito para comércio e serviços

O Vereador do Ambiente, José Beleza, e o representante da RESULIMA, Rui Silva, apresentaram ontem de manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a campanha “Comércio a Reciclar”, que até ao final do mês prevê visitar 300 estabelecimentos, sensibilizando-os para a correta separação dos resíduos valorizáveis.



Segundo José Beleza “temos de melhorar o nosso índice de separação de resíduos e isto é um exemplo do que estamos a fazer”, lembrando que a Câmara Municipal de Barcelos tem vindo, ao longo do ano, a promover ações nos vários nichos da população, como famílias, escolas, indústrias e agora é a vez do comércio e serviços”. O vereador assinalou como grande objetivo nesta campanha de recolha seletiva de resíduos “chegar ao final do ano de 2018 com índice de separação de resíduos superior ao ano anterior”.

Já Rui Silva lançou o repto para que ”reciclem, guardem os recicláveis convosco  e agendem, connosco, uma recolha de resíduos”, lembrando que Barcelos foi o primeiro município onde a RESULIMA ensaiou este tipo de recolha e atualmente já conta com  90 clientes. O representante da RESULIMA salientou que este serviço é premium, pois é gratuito, e todos os dias os colaboradores da empresa fazem recolha em Barcelos, basta para isso que os comerciantes e industriais agendem a recolha, terminando dizendo que “esta campanha pretende alertar os comerciantes e industriais para a necessidade de reciclar, deixando os ecopontos disponíveis para os munícipes.”

O projeto tem o apoio do Fundo de Coesão da União Europeia através do PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

As ações de sensibilização visam educar, sensibilizar e promover, junto do comércio e serviços, uma maior informação sobre as vantagens de adotar comportamentos ambientalmente corretos no âmbito da valorização dos resíduos urbanos. Através do contacto direto, associado de forma concreta aos serviços de recolha seletiva, pretende-se motivar a alteração de comportamentos que permitam melhorar o desempenho ambiental do município.

Fonte e foto: CMB.

Câmara de Barcelos promove recolha de “monstros” domésticos

Março 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos dispõe de um serviço de recolha de equipamentos e produtos/resíduos, os chamados “monstros” domésticos, como eletrodomésticos de grandes dimensões, equipamentos eletrónicos, móveis, colchões, entre outros, e que, dadas as suas características ou volume, não podem ser depositados nos ecopontos, nem nos contentores para lixo indiferenciado. Muitas vezes, estes objetos são incorretamente depositados nos ecopontos e nos contentores para o lixo, de forma desordenada e indiscriminada, ou deixados num qualquer terreno, como matas, descampados, bouças, etc.



A responsabilidade pela gestão destes equipamentos e do seu correto encaminhamento cabe aos respetivos proprietários ou detentores, que os enviam para os ecocentros. No caso de Barcelos, são encaminhados pelos seus proprietários para o Ecocentro existente nas instalações da RESULIMA, em Vila Fria, Viana do Castelo.

No caso de os proprietários não possuírem meios para a sua entrega, podem solicitar o serviço de recolha à Câmara Municipal, através do e-mail geral@cm-barcelos.pt ou através da página do Município, no link “A minha rua”.

Quanto aos “monstros domésticos” de particulares, e por forma a facilitar a sua correta gestão, o Município de Barcelos dispõe de um local situado no Parque de Viaturas – Rua do Faial, n.º 106 – 4750-783, em Vila Boa, onde podem ser depositados, todos os dias úteis.

Trata-se, em qualquer um dos casos, de um serviço gratuito onde, após confirmação da data e hora para a sua realização, o munícipe deverá colocar e acondicionar os resíduos a entregar em local de fácil acesso a definir pelos serviços municipais.

Em todas as situações, o proprietário é sempre identificado, bem como o tipo de material a entregar, quantidades, local onde o mesmo se encontra e um contacto telefónico expedito.

Fonte e foto: CMB.

Município de Barcelos lança apelo para recolha seletiva de resíduos

Julho 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos lançou um repto às Juntas de Freguesia e Uniões de Freguesia no sentido de se melhorar a recolha seletiva de lixo.

É comum ver, por todo o concelho, nos contentores do lixo, o depósito de resíduos verdes, que impedem, depois, a deposição de resíduos indiferenciados. Neste sentido, a Câmara Municipal de Barcelos solicitou a colaboração das Juntas/Uniões de Freguesia para disponibilizarem um espaço/terreno onde os munícipes possam depositar as podas de árvores e, posteriormente, os funcionários municipais procedem ao levantamento desse material.

Relativamente às relvas, folhas e resíduos de limpeza de jardins ou de quintais, têm os munícipes de proceder à sua compostagem ou recorrer a outro método de valorização. Se necessário, o Município de Barcelos disponibilizará técnicos, para conjuntamente com os produtores desses resíduos, encontrarem solução de valorização dos resíduos produzidos, de preferência no próprio local de produção.

No caso dos grandes produtores de vidro, cartão e embalagens, como por exemplo estabelecimentos comerciais, caso a Junta de Freguesia tenha conhecimento da dificuldade na utilização dos ecopontos, deverá entrar em contacto com o Município de Barcelos através e-mail: geral@cm-barcelos.pt ou telefone: 253 809 600.




Além disso, como as Juntas/Uniões de Freguesia têm um papel muito importante junto dos munícipes, o Município solicitou, também, a colaboração destas para afixarem mensagens, no site da Junta/União de Freguesia, e para o Pároco divulgar na missa, de forma a que os munícipes possam fazer a deposição dos resíduos corretamente, utilizando os ecopontos, e depositando os resíduos verdes resultantes de poda de árvores ou arbustos num terreno vedado, a ser disponibilizado pela Junta/União de Freguesia.

De acordo com o Município de Barcelos, este “continua a apostar na melhoria da qualidade de serviço de recolha de Resíduos Urbanos e na procura de soluções práticas para o desenvolvimento sustentável, sendo o objetivo seguir as linhas orientadoras estratégicas definidas nos planos de ação de gestão de resíduos urbanos, municipais e intermunicipais, para cumprimento das metas nacionais estabelecidas no PERSU 2020 (Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos)”.

Fonte e imagem: CMB.

Ir Para Cima