Tag archive

Rui Miguel

Gil Vicente derrota Sporting B em Alcochete

Setembro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Ontem, no CGD Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete, o Gil Vicente conseguiu uma importante vitória forasteira, por 0-1, com um golo madrugador do “suspeito do costume”, Rui Miguel.



O jogo foi arbitrado por Fábio Piló (AF Porto), coadjuvado por Rui Freire e José Mira, sendo Tiago Rocha o 4º árbitro.

O Sporting B, orientado por Luís Martins, alinhou com Stojkovic, Bruno Paz, Kiki Kouyaté, Ivanildo Fernandes, David Sualehe, Bubacar Djaló (Pedro Marques, 75’), Cristian Ponde (Demiral, 60’), Rafael Barbosa, Pedro Delgado, Gelson Dala e Ary Papel (Kenedy, 80’). No banco ficaram: Diogo Sousa, Mauro Riquicho, Paulinho e Ronaldo Tavares.

Já o Gil Vicente, treinado por Jorge Casquilha, jogou com Rui Sacramento, Ricardinho, Sandro, Vítor Tormena, Luís Tinoco, Miguel Abreu, Jonathan Rubio, Rafael Batatinha, Fall (Valdeir, 81’), Rui Miguel (Camara, 77’) e James Igbekeme (Reko, 87’). No banco ficaram Júlio Neiva, Luiz Eduardo, André Fontes e João Pedro.

O jogo ficou marcado pelo golo madrugador de Rui Miguel, na marcação de uma grande penalidade, logo aos 6 minutos, e pela expulsão, por vermelho direto, de Kiki Kouyaté, aos 53 minutos, forçando Luís Martins a trocar um médio (Ponde) por um central (Demiral) para recompor a defesa.

Na disciplina, foram admoestados com amarelo Ivanildo Fernandes (21’), David Sualehe (27’), Rafael Barbosa (94’); Ricardinho (47’), Miguel Abreu (76’) e Jonathan Rubio (90’). Como referido, com vermelho direto, foi Kiki Kouyaté (53’).

Com esta vitória, o Gil Vicente subiu ao 4º lugar, com 11 pontos em 6 jogos. Tem exatamente os mesmos números do Famalicão, com quem divide a classificação: 3 vitórias, 2 empates e 1 derrota; 7 golos marcados e 5 sofridos.

Foto: GVFC.

 

Gil Vicente sofre golo do empate no último minuto do jogo frente a Académica

Agosto 28, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se hoje, no Estádio Municipal de Coimbra, e com início às 19h30, o jogo que opôs os “estudantes” e os “gilistas”, a contar para a 5ª jornada da LEDMAN LIGA PRO (2ª Liga).



O jogo contou com a arbitragem de Rui Oliveira, da AF do Porto, que teve como assistentes André Dias e Paulo Vieira. O 4º árbitro foi Gustavo Correia.

A Académica de Coimbra alinhou com Ricardo Ribeiro, Ricardo Dias, Zé Tiago, João Real, Nélson Pedroso, João Simões, Chiquinho, Harramiz (Djoussé, 72’), Brendon, Luisinho (Pedro Empis, INT) e Tozé Marreco (Diogo Ribeiro, 59’). Suplentes não utilizados: Guilherme, Ki, David Teles e Yuri.

Já o Gil Vicente apresentou Rui Sacramento, Ricardinho, Sandro, Vítor Tormena, Luís Tinoco, Reko (André Fontes, 70’), Miguel Abreu, James Igbekeme (Rafael Batatinha, 58’), Rui Miguel, Jonathan Rubio (Rui Faria, 80’) e Fall. Suplentes não utilizados: Júlio Neiva, Gonçalo Duarte, João Pedro e Camara.

Em termos disciplinares, felizmente, não se registaram expulsões mas o juiz da partida admoestou com cartão amarelo Reko (10’), James Igbekeme (36’), Miguel Abreu (83’), Rafael Batatinha (94’) e Ricardo Ribeiro (94’), este último, guarda-redes dos academistas.

A equipa orientada por Ivo Vieira conseguiu terminar o jogo com os melhores registos de jogo, com 16 remates contra 13 do Gil Vicente; posse de bola: 58% vs. 42%; 20 faltas contra 17 dos barcelenses; e cantos: 9 contra 3.

No entanto, e depois de um nulo ao intervalo, acabou por ser a equipa orientada por Jorge Casquilha a adiantar-se no marcador, por intermédio de Rui Miguel, aos 68 minutos de jogo. Curiosamente, o avançado gilista, que está a ter um bom início de Liga, acabou por marcar à sua antiga equipa, onde chegou mesmo a ser o melhor marcador.

Após o golo dos “Galos”, o jogo continuou muito intenso, com a Académica a procurar dar a volta ao resultado e o Gil Vicente a procurar segurar a vantagem e, se possível, ampliá-la. Se as trocas de Reko e James Igbekeme por André Fontes e Rafael Batatinha, respetivamente, pareciam ser “troca por troca”, já a de Jonathan Rubio por Rui Faria, defesa central, aos 80 minutos, indiciava que o treinador gilista pretendia “fechar a porta” e procurar a vitória.

Vitória essa que esteve pertíssimo de acontecer já que só mesmo no último minuto de jogo, sendo que o árbitro deu 5 minutos de desconto, é que os academistas marcaram o golo da igualdade, por Diogo Ribeiro, que tinha entrado para o lugar de Tozé Marreco.

Sendo assim, e apesar de tudo, o Gil Vicente trouxe 1 ponto de Coimbra, que pode ser muito importante no futuro. É verdade que a vitória estava mesmo ali mas o futebol é mesmo assim, por vezes pensa-se ter a vitória na mão mas ela escapa-se por entre os dedos.

Com este empate, o Gil Vicente consegue subir ao 6º lugar da classificação, com 8 pontos em 5 jogos, os mesmos de União da Madeira e Famalicão. Ainda há jogos em atraso mas em nada influenciarão a classificação dos gilistas já que o máximo que as equipas com menos um jogo podem alcançar são os 7 pontos.

Resultados das camadas jovens

Este fim de semana, as equipas de formação do Gil Vicente estiveram em ação, com um misto de resultados. Assim, em juniores, os gilistas deslocaram-se ao recinto do Vitória de Guimarães, de onde saíram, infelizmente, com uma derrota por 3-0. Em juvenis, receberam o Abambres e levaram de vencida, por 2-1. Finalmente, em iniciados, num jogo disputado ontem de manhã, em Martim, o Gil Vicente empatou a 0 na receção ao Aveleda.

Imagem: GVFC (alterada).

Gil Vicente traz empate da Póvoa de Varzim

Agosto 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora




Em jogo disputado no Estádio do Varzim SC, na Póvoa de Varzim, e perante cerca de 1500 espetadores, o Gil Vicente conquistou um precioso empate perante um adversário que, há bem pouco tempo e no mesmo terreno, derrotou para a Taça da Liga.

Assim, a turma treinada por Jorge Casquilha alinhou com Rui Sacramento, Ricardinho, Sandro, Vítor Tormena, Henrique, Jumisse, André Fontes (João Pedro, 70’), James Igbekeme, Fall (Tiger, 87’), Jonathan Rubio (Rafael Batatinha, 64’) e Rui Miguel.

No banco ficaram Júlio Neiva, Luiz Eduardo, Miguel Abreu e Camara.

Já a turma varzinista, orientada por João Eusébio, jogou com Paulo Vítor, Mário Sérgio (Jean Felipe, 87’), Sandro, Tiago Valente, Milhazes, Nélson Agra, Nelsinho, Pintassilgo (Jairo Jiménez, 79’), Rui Coentrão, Diogo Ramos e Lukman (Ruan, 63’).

Como suplentes não utilizados ficaram Marinho, Kaká, Jeferson e Fábio Fonseca.

O jogo foi dirigido por André Narciso, árbitro de 34 anos da Associação de Futebol de Setúbal, que admoestou com cartão amarelo André Fontes (35’), Nélson Agra (37’), Milhazes (46’), Henrique (91’), Rui Sacramento (93’) e Ruan (94’).

O jogo teve uma toada morna durante a primeira parte, resultando num nulo com que se saiu para o intervalo. Na segunda parte surgiram os golos. Os poveiros foram os primeiros a marcar, por intermédio de Rui Coentrão, aos 62 minutos. No entanto, um quarto de hora depois, aos 77 minutos, Rui Miguel restabeleceu a igualdade, através da conversão de uma grande penalidade, fechando, assim, o marcador no 1-1 final.

Com este resultado, e de acordo com a classificação oficial da Liga Portugal, o Gil Vicente sobe ao 9º lugar provisório – faltam disputar jogos para a esta jornada fique completa –, com 4 pontos em 3 jogos, fruto de 1 vitória, 1 empate e 1 derrota. Tem 4 golos marcados e 4 sofridos, dando-lhe uma diferença de 0 entre golos marcados e sofridos.

Foto: DR.

Gil Vicente abre a Liga a vencer fora o FC Porto B

Agosto 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo disputado no Estádio Municipal Dr. Jorge Sampaio, em Pedroso – V.N. de Gaia, iniciado às 16h00, o Gil Vicente FC levou de vencida a equipa B do FC Porto, na primeira jornada da Ledman LigaPro 2017/2018.

O FC Porto B, treinado por António Folha, alinhou com Diogo Costa, Bidi, Jorge Fernandes, Luís Mata, Rui Pires (Luizão, 59m), Fede Varela, Bruno Costa, Rui Moreira, Yahaya (Rúben Macedo, 88m), André Pereira (Tony Djim, 74m) e Galeno.

Suplentes não utilizados: Ricardo Silva, Diogo Queirós, Reabciuk e Madi Queta.

Já o Gil Vicente, orientado por Jorge Casquilha, alinhou com Rui Sacramento, Ricardinho, Sandro, Vítor Tormena, Luís Tinoco, Jumisse, André Fontes (Miguel Abreu, 67m), Jonathan Rubio (Luiz Eduardo, 88m), Rui Miguel, James Igbekeme (Henrique Brito, 90m) e Fall.

Suplentes não utilizados: Júlio Neiva, Nuno Lopes, Gastón Camara e João Pedro.

O jogo começou de feição para a turma gilista, com Rui Miguel a abrir o marcador, de grande penalidade, logo aos 7 minutos. A turma da casa igualou, aos 26 Minutos, por Fede Varela mas pouco tempo depois, aos 38 minutos, o nigeriano James Igbekeme voltou a colocar a turma barcelense na frente do marcador.




Ao intervalo o resultado marcava uma vitória forasteira, por 1-2, resultado esse que se manteve até ao final do jogo, com a equipa gilista a optar por trocas mais defensivas, jogando pelo seguro, por forma a assegurar o mais desejado: a vitória e os 3 pontos.

No final do jogo, e em declarações transcritas na página do clube, o técnico Jorge Casquilha referiu que “a estratégia teve êxito devido à qualidade e ao compromisso de toda a equipa neste jogo”. Também nas redes sociais, o Gil Vicente deixou um agradecimento a todos os adeptos que marcaram presença no jogo de Pedroso.

Foto: GVFC.

Gil Vicente apresenta Rui Miguel como novo reforço

Julho 27, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Hoje, por volta do final da tarde, o Gil Vicente Futebol Clube, através da sua página na rede social Facebook, apresentou o novo reforço para a frente de ataque gilista. Chama-se Rui Miguel e chega da Académica de Coimbra.

Rui Miguel Marinho dos Reis, conhecido no futebol por Rui Miguel, tem 33 anos, é um avançado de bom porte atlético, e já leva uma longa carreira no “desporto rei”.

Iniciou, nas camadas jovens, na Académica de Coimbra, onde começou como sénior. Depois, passou por Sporting de Pombal, Tourizense e deste clube, onde atuou por empréstimo dos “estudantes”, transferiu-se para a Bulgária, onde representou, sucessivamente, o Lokomotiv de Mezdra e o CSKA de Sófia. Teve uma breve passagem pelo Kilmarnock, da Escócia, voltando à “sua” Académica em 2011/2012. Desde então, já representou o Penafiel, o Moreirense e, de novo, a Académica, de onde se transfere para a equipa barcelense.




À página oficial do clube, no Facebook, Rui Miguel referiu que o projeto do Gil Vicente “é o melhor projeto para esta fase” da carreira dele

“Este é o melhor projeto para esta fase da minha carreira”, salientando que vem para uma equipa que tem um projeto bem definido, sendo que os objetivos da direção entusiasmaram o jogador. Em relação aos objetivos desportivos, refere que “vamos pensar jogo a jogo, na certeza que iremos ter um grupo focado e muito determinado”.

Foto: GVFC.

Ir Para Cima