Tag archive

Sala Gótica dos Paços do Concelho

Exposição “Do Grão à Chávena” decorre até 17 de setembro na Sala Gótica da Câmara

Agosto 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugurou, no passado dia 12 de agosto, na Sala Gótica da Câmara Municipal de Barcelos, a exposição “Do Grão à Chávena”, que ficará aberta ao público até 17 de setembro.

A exposição é constituída, exclusivamente, por uma parte da coleção do “Acervo do Café”, cedida para o efeito pelos seus proprietários, Manuel Guedes e Olga Carvalho. A exposição tem como finalidade dar a conhecer ao grande público o percurso do grão de café, torra, passando pela moagem e confeção através da escolha criteriosa de utensílios domésticos, todo um processo até chegar à chávena de cada consumidor.

Como complemento da exposição, serão expostos documentos relacionados com a compra e venda de café, torradores, moinhos, máquinas e cafeteiras representativas. A entrada será gratuita.

Mas vamos conhecer um pouco mais Manuel Guedes, emigrante na Suíça desde 1999, que foi integrado pela Associação Industrial e Comercial do Café e o considera um “embaixador do café português”.

Manuel Fernando Guedes de Almeida nasceu em Valongo, a 6 de setembro de 1975. Tal como referido, emigrou para a Suíça em 1999, onde reside com sua esposa, Olga Carvalho, em Gossau, St. Gallen. Lá, é chefe de linha numa empresa de produtos alimentares. O casal tem três filhos.

Este valonguense tem alma de colecionador, com espírito de partilha com os outros. Por um lado, anseia ajudar a preservar as memórias do passado mas, por outro, e principalmente, pretende partilhar com os demais os objetos, e a sua história. Objetos esses que vai adquirindo, nomeadamente, com emigrantes lusos na Suíça, Luxemburgo e Liechtenstein, tornando as suas coleções uma forma de identificação com a pátria para quem está longe. O seu pai incutiu-lhe este “bichinho”, também ele colecionador, levando-o, ainda garoto, a feiras de antiguidades e numismática, no Porto. No entanto, é quando emigra para a Suíça que este “bichinho” saiu “do casulo” e resultou no colecionador que hoje é. Após várias áreas de coleção, “apaixonou-se” pelo mundo do café. Selos, notas e moedas, títulos de câmbio, ações, livros, revistas, moinhos, torradores, serviços, máquinas e vários utensílios são alguns dos exemplares da sua coleção. Em conjunto, contam a história de Portugal no cultivo, transformação, comércio e consumo de café.

Dentro do seu espírito de partilha, Manuel Guedes criou (basta clicar no link para aceder) um blog m(http://acervodocafe.blogspot.com) e um site (http://www.acervodocafé.com) onde partilha a sua paixão pelo café e as atividades no âmbito do tema.

Para além do colecionismo, este emigrante na Suíça tem outros hobbies, como a rádio, sendo mentor do programa Baú do Colecionador, da RCE – Rádio Clube do Emigrante. Escreve, igualmente, artigos para a Gazeta Lusófona e para a página Bom Dia Europa (http://bomdia.eu).

Manuel Guedes é, ainda, membro da ACOBAR – Associação de Colecionismo de Barcelos; APCPV – Associação Portuguesa de Colecionadores de Papeis de Valor; do CFP – Clube Filatélico Português; e AICMV – Association Internationale des Collectionneurs de Moulins à Café [Associação Internacional de Colecionadores de Moinhos de Café]. Aliás, esta não é a primeira vez que Manuel Guedes mostra os seus itens de coleção. Já em 2015 marcou presença no XI Encontro Internacional de Colecionadores, organizado pela ACOBAR, no Estádio Cidade de Barcelos.

A este jornal, o colecionador salientou que o “Acervo do Café é um projeto de divulgação do património cultural português do café”. Sobre esta exposição, Guedes refere que está “muito grato a Barcelos e, sobretudo, à ACOBAR a abertura à ideia da exposição. Obrigado a todos!”

De regresso à Suíça, Manuel Guedes termina dizendo que regressa “com Barcelos no coração”, elogiando os barcelenses: “Boa gente!”, termina o colecionador “do café”.

Fotos e imagens: CMB/Manuel Guedes.

Exposição “Do Grão à Chávena” na Sala Gótica dos Paços do Concelho

Agosto 10, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora




Inaugura a 12 de agosto, pelas 19h30, decorrendo até às 16h00 de 17 de setembro, na Sala Gótica da Câmara Municipal de Barcelos, a exposição “Do Grão à Chávena”.

A exposição é constituída, exclusivamente, por uma parte da coleção do “Acervo do Café”, cedida para o efeito pelos seus proprietários, Manuel Guedes e Olga Carvalho. De salientar que Manuel Guedes, emigrante na Suíça, foi integrado pela Associação Industrial e Comercial do Café, que o considera um “embaixador do café português”. A exposição tem como finalidade dar a conhecer ao grande público o percurso do grão de café, torra, passando pela moagem e confeção através da escolha criteriosa de utensílios domésticos, todo um processo até chegar à chávena de cada consumidor.

Como complemento da exposição, serão expostos documentos relacionados com a compra e venda de café, torradores, moinhos, máquinas e cafeteiras representativas. A entrada será gratuita.

Fonte e imagem: AB.

Exposição “O Caminho de Santiago. Uma visão desde o Oriente” inaugura amanhã na Sala Gótica do Município

Julho 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura amanhã, 14 de julho, pelas 21h00, a exposição fotográfica “O Caminho de Santiago. Uma visão desde o Oriente”, de Tomohiro Muda. Estará patente na Sala Gótica do Município de Barcelos, entre 14 de julho e 6 de agosto e está integrada no programa do 6º aniversário da Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos.

Esta é uma exposição organizada pelo Turismo de Galicia e S.A. de Xestión do Plan Xacobeo, com a colaboração da Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos e do Município barcelense.




Tomohiro Muda é um fotógrafo japonês que fez duas vezes o Caminho rumo a Santiago de Compostela, e oferece, através da fotografia, a sua própria visão sobre a Peregrinação. Muda declara-se como um amante do Românico, de Santiago de Compostela e da Peregrinação Jacobeia.

Nasce em 1956 em Nara (Japão). Em 1988 leva a cabo a sua primeira exposição “A Terra de Sherpa”, com fotografias em Sherpa, nos Himalaias. Posteriormente, viaja pelo mundo, obtendo fotografias que retratam a arte japonesa, românica e bizantina, bem como ruínas budistas e pinturas rupestres chinesas, em Borobudur, Angkor e Ajanta. A recolha fotográfica reuniu-se, sob o tema “Espaços de oração, formas de oração”, em diversas exposições de fotografia e publicações.

Esta visão do Caminho Francês por um artista japonês, denominada “O Caminho de Santiago. Uma visão desde o Oriente” foi inaugurada em Paris no ano de 2008. Posteriormente, passou por Wakayama (Japão), Tóquio (onde esteve exposta durante três meses no Museu Aida), Cidade do México e Santiago de Compostela.




No ano de 2010, o S.A. de Xestión do Plan Xacobeo, iniciou a itinerância por vários municípios da Galiza, expondo, desta forma, a sensação que a experiência da Peregrinação provocou neste fotógrafo japonês. Em 2011, por intermédio do Consulado de Espanha em Hamburgo, esteve exposta em várias cidades da Alemanha, como Lübeck, Hamburgo, Hannover, Buxtehude e Kiel, conquistando um grande sucesso entre os visitantes. Terminou a sua itinerância na Alemanha em 2012, em Regensburg.

A exposição estreia-se, em Portugal, na cidade de Barcelos, em território com profunda identidade jacobeia, reflexo da Lenda do Galo, passagem obrigatória do Caminho Português rumo a Santiago de Compostela.

Fonte e imagem: AB.

Exposição de Jorge Corrêa na Sala Gótica dos Paços do Concelho

Maio 31, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos leva a cabo, de 02 de junho até 09 de julho, a exposição “BARCELOS revisitada a aguarela”, de Jorge Corrêa, que estará patente na Sala Gótica dos Paços do Concelho.

A inauguração da exposição, que conta com 32 quadros deste célebre pintor barcelense, será já no dia 02 de junho, pelas 18h00.

Quem quiser visitar, poderá fazê-lo de terça a sexta-feira, das 10h00 às 17h30, ou aos sábados, domingos e feriados, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.



Fonte e imagem: Município de Barcelos.

Exposição “Interpretações por Joaquim Esteves” na Sala Gótica dos Paços do Concelho

Abril 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 21 de abril e 28 de maio de 2017, estará patente, na Sala Gótica dos Paços do Concelho, a exposição “Interpretações por Joaquim Esteves”.

O intuito da exposição é o de relembrar o percurso singular e a capacidade criativa deste artista, capaz de conferir novas interpretações a peças, momentos, personalidades, contextos e factos do quotidiano atual e passado.

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM Barcelos.

Exposição “Metamorfoses Solares II” nos Paços do Concelho

Março 10, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A exposição do pintor Manuel Malheiro, “Metamorfoses Solares II”, inaugura a 11 de março, na Sala Gótica dos Paços do Concelho, e pode ser visitada até 16 de abril.

O artista expõe em Barcelos um conjunto de obras que versa sobre a figura do galo em múltiplos contextos e culturas. Ao longo da História, o galo assimilou diferentes simbolismos um pouco por todo o mundo, desde o país do sol nascente às terras gaulesas. Na exposição, o artista propõe novos olhares sobre o galo à luz destas representações.

Sobre Manuel Malheiro

Nasceu em Monção. Reside e trabalha em Matosinhos. Possui o Curso Superior de Desenho e o Mestrado em Artes Visuais e Intermédia da Escola Superior Artística do Porto, ESAP, onde foi professor. Foi assistente do Prof. Sá Nogueira na Escola Superior – Gallaecia, Vila Nova de Cerveira. Entre 1994 e 1998 lecionou no CLIP – Escola Internacional do Porto e no ensino oficial, em Viana do Castelo. Estágio de Desenho na National Academy of Design School of Fine Arts of New York. Leciona Artes Visuais no curso superior de Artes e Multimédia do ISMAI.

Participou em várias exposições individuais e coletivas, nacionais e internacionais: Mónaco / Alemanha / França / Espanha. Presente em várias coleções particulares.

Fonte e imagem: Município de Barcelos.

Ir Para Cima