Tag archive

Sérgio Conceição

Teste à capacidade e estofo de campeão

Outubro 5, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores!

É sempre um prazer comentar futebol e falar dos meus clubes do coração aqui nesta coluna!



Neste fim de semana tivemos um dos maiores testes à nossa capacidade e estofo de campeão. Empatámos, sem sofrer, golos contra um rival e candidato ao título. As equipas respeitaram-se mutuamente, dentro e fora do campo. Foi um jogo muito interessante, onde o Porto foi muito rigoroso defensivamente, taticamente organizado e foi a equipa que dispôs das melhores ocasiões para marcar. Tivemos a infelicidade de jogar contra um Rui Patrício inspiradíssimo! Aceito que o empate seja um resultado justo mas a haver um vencedor esse seria o Futebol Clube do Porto, indiscutivelmente. Este FCP é o FCP que nós queremos e conhecemos! Equipa com atitude,crença, raça e paixão e os nossos adeptos têm sido inexcedíveis. Não sei até que ponto esta paragem para a Taça de Portugal e para compromissos da seleção vai ser benéfica para nós, mas confio no trabalho do Sergio Conceição, que até à data têm sido brilhante e um verdadeiro “Dragão”.

Venha o Paços de Ferreira!

Foi pena, nesta última jornada, o avançado do Marítimo “tremer”, aos 87 minutos, quando estava completamente isolado perante Julio Cesar!

Parabéns ao nosso Gil Vicente, que venceu categoricamente o Guimaraes B! Foi a melhor resposta depois do desaire da Taça de Portugal! Esta vitória foi, também, importante porque vêm aí dois compromissos importantes, casos do Leixões e Arouca. Boa Sorte, “Gilinho”!

Cumprimentos a todos!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Muito feliz!

Setembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores!

Confesso que estou muito feliz pela vitória do meu FCP em Braga! É que, ultimamente, o SC Braga tem-nos feito a “vida negra”!



Foi uma vitória da união, coesão, organização e da paixão, que esta equipa de Sérgio Conceição tem apresentado! 9 golos marcados e nenhum sofrido é um registo muito agradável! O que mais me irritou no jogo em Braga foi a provocação de claques do SC Braga para connosco (adeptos do FCP), fora do estádio, e o arremesso de pedras na nossa direção. Um miúdo de 14 anos foi atingido na cabeça, mesmo ao meu lado, por um “pedregulho” arremessado por adeptos do Braga! Isto para não falar da espera de 30 minutos, no fim do jogo, dentro do estádio e com o som no máximo, a ouvir música das claques bracarenses. O que nós não fazemos pelo nosso clube! Éramos 7 mil a uma só voz!

Fiquei, também, muito feliz por chegar o dia 31 de Agosto e o Porto não ter vendido nenhuma das suas “pérolas”! Com esta atitude e qualidade acredito que vamos fazer uma boa época! Estou muito satisfeito com o trabalho de Sérgio Conceição! Mais do que um treinador, precisávamos de alguém que “injetasse” moral, confiança e portismo na equipa e isso contagia todos os portistas! Cada jogo terá que ser encarado como final.Venha o Chaves.

Aqui fica a minha palavra, também, de carinho para o nosso Gil. Ficámos a segundos de vencer em Coimbra! Tem sido o campeonato possível…mas eu acredito nesta equipa e estrutura e com a cidade unida vamos ser ainda mais fortes!

Abraço a todos!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Estava com saudades!

Agosto 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimo leitores,

Já estava com saudades que a bola começasse a rolar e de ver o meu FCP jogar. A pré-época do meu clube foi interessante, o que traduziu num indicador de que iremos fazer um campeonato competente e que isso resulte em títulos para o nosso valioso museu!



Tenho gostado imenso da postura do nosso treinador! Sérgio Conceição foi uma bela escolha para voltar a trazer a mística e a agressividade (no bom sentido da palavra).

Dois jogos, duas vitórias! Melhor, para já, é impossível. A vitória de Tondela, na minha opinião, foi uma pequena amostra do que vai ser este campeonato: jogos disputados até ao último minuto e  incerteza no resultado.

Se ninguém do 11 inicial sair do Porto, a nossa equipa pode pensar, seriamente, em festejar, em maio, nos Aliados. Espero que não facilitem e que preparem todos os jogos como autênticas finais.

Quero, também, desejar as maiores felicidades ao nosso Gil Vicente. Que faça uma boa época e que regresse ao lugar que merece o mais rapidamente possível! Bons jogos para todos.

Ah…o SLB ganhou aos 92??? Mais do mesmo!!!

Voltei para ser sincero, não para agradar!

Obrigado pela atenção.

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

F.C.Porto vence na apresentação do Gil Vicente

Agosto 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em clima de festa, a equipa do Gil Vicente apresentou o plantel para a época 2017/2018 aos seus adeptos, com um convidado “de peso”, o Futebol Clube do Porto, em jogo disputado no Estádio Cidade de Barcelos.

Antes da partida, os jogadores do Gil foram chamados, um a um, ao palco, começando pelos Guarda-redes: Rui Sacramento, Júlio Neiva e Rafa, seguindo-se os jogadores de campo: Sandro, Jonathan Rubio, Vítor Tormena, James Igbekeme, Luís Tinoco, Ricardinho, André Fontes, Fall, Jumisse, Rui Miguel, Luiz Eduardo, Reko, Miguel Abreu, João Pedro, Rui Faria, Henrique, Tiger e Peter. Ficando para último, a surpresa reservada pela direção do Gil, o recém contratado ao Inter de Milão, Gastón Camara. A equipa técnica, liderada por Jorge Casquilha, também foi apresentada em palco bem como o diretor-desportivo, Mário Faria.

Findada a apresentação, seguiu-se o respetivo jogo  com o Gil Vicente a alinhar com: Rui Sacramento, Sandro, Jonathan Rubio, Vítor Tormena, James Igbekeme, Luís Tinoco, Ricardinho, André Fontes, Fall, Jumisse e Rui Miguel.
O F.C.Porto alinhou com: José Sá, Marcano, Felipe, Ricardo Pereira; Layún, André André, Óliver Torres, Otávio, Hernâni, Marega e Soares.

O jogo começou de feição para os dragões, com Soares a fazer o gosto ao pé logo aos 3 minutos de jogo, após assistência de Otávio. O Gil respondeu com bons lances de entrosamento no último terço do terreno; o primeiro aos 20 minutos, com uma bela jogada de James da esquerda para o meio, a assistir Fall, que na cara de José Sá atirou ao poste. Aos 24 minutos, novamente uma bela jogada do Gil a surgir de um entrosamento entre André Fontes e Jonathan Rubio, onde este terminou a jogada com um pontapé a rasar o poste de José Sá. Rubio que viria a restabelecer a igualdade aos 32 minutos.




O F.C.Porto podia ter ampliado a vantagem ainda na primeira parte, com Soares a rematar forte para defesa de Rui Sacramento.

Na segunda parte, e com as substituições da praxe em jogos particulares, o jogo baixou de intensidade e de espetacularidade, tendo os portistas mais controlo do jogo, destacando-se uma jogada de entendimento entre Otávio e Soares, aos 78 minutos, em que o primeiro cabeceou por cima da barra, já no interior da pequena área.

Mas golos mesmo só mais perto do final, quando aos 85 minutos, Soares bisou na partida após uma jogada individual em que tirou com uma finta de corpo o defesa gilista do caminho e rematou para o fundo das redes. Cinco minutos volvidos, o mesmo Soares volta a molhar a sopa e faz o hat-trick, respondendo que “sim” a um belo cruzamento de Sérgio Oliveira, estabelecendo o resultado final: 1-3.

 

No final, o treinador do Gil Vicente, Jorge Casquilha, manifestou-se insatisfeito com o resultado, mas satisfeito com a exibição da equipa de Barcelos, mediante tamanho adversário. Atirando até que: “merecíamos ir aos penaltis”.

Sérgio Conceição proferiu que: “foi o nosso pior treino da época, talvez por termos jogado de manhã, mas vamos conversar todos para ver o que aconteceu”.

Fotos: DR.

Ir Para Cima