Tag archive

Sopas

Capítulo 8 – A importância da sopa (Parte 2)

Novembro 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Sara Barbosa

Esta segunda parte do capítulo 8 apresenta uma abordagem mais prática do tema “a importância da sopa”. Como tal, seguem-se recomendações para uma confeção de forma adequada deste “prato” nutritivo e a quantidade sugerida de cada constituinte da sopa por pessoa e por refeição.



Hortícolas:

  • Escolha 3 a 4 hortícolas diferentes, em que um deles seja, preferencialmente, de folha verde, fresco, da época e de produção local;
  • Quantidade por pessoa por refeição: 180g de hortícolas crus (varia conforme a quantidade de hortícolas colocados no prato como acompanhamento ou caso a sopa seja o único prato da refeição).

Batata, arroz, massa ou leguminosas:

  • Selecione apenas um destes alimentos para a base da sopa;
  • Quantidade: 1 batata média (80g) ou 2 colheres de sopa de arroz ou massa crus (35g) ou 25g de leguminosas secas cruas (caso estas não sejam consumidas no prato principal).

Azeite:

  • Minimize a adição de gordura;
  • Quantidade: 1 colher de chá de azeite (no final da cozedura da sopa, após desligada a fonte de calor).

Sal:

  • Caso a sopa seja confecionada para 10 doses, coloque 2g de sal ou seja, 1 colher de chá.

Sugestão final:

Os hortícolas congelados podem ser uma boa opção para quem tem pouca disponibilidade para adquirir e preparar estes alimentos ou tenha necessidade de os conservar por mais tempo, desde que se preste muita atenção à leitura do rótulo no momento da compra e à forma de conservação.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo de, pelo menos, 400 g de fruta e hortícolas por dia. A sopa de legumes sendo uma excelente fonte de “saúde”, deverá ser consumida diariamente ao almoço e ao jantar, permitindo a ingestão de nutrientes reguladores, como a fibra, vitaminas, minerais e água.

Fonte: Associação Portuguesa dos Nutricionistas.

Visite o meu blog em (basta clicar no link):

http://sarabarbosa2008.wixsite.com/blognutricao.

Por: Sara Barbosa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Capítulo 8 – A importância da sopa (Parte 1)

Outubro 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Sara Barbosa

A sopa apresenta um elevado valor nutricional, pela sua riqueza em nutrientes, e um baixo valor calórico. A sopa é constituída por água e legumes, sendo que o consumo de legumes está associado a um menor risco de morbilidade e mortalidade, sobretudo do foro cardiovascular, e menor risco de incidência de alguns cancros, diabetes e obesidade. A água é essencial para a regulação do trânsito intestinal, proteção de tecidos e órgãos, transporte de nutrientes e manutenção da temperatura corporal. Como refere a Associação Portuguesa dos Nutricionistas, “mais que um alimento, a sopa é um prato de saúde”.




A sopa, se confecionada de forma adequada, é uma importante fonte de vitaminas (carotenos, vitaminas do complexo B e C), de minerais (maioritariamente cálcio, potássio e ferro) e de fibra. As vitaminas contribuem para o crescimento e manutenção do equilíbrio do organismo, regulando muitos processos que nele ocorrem, os minerais são importantes para a conservação e renovação dos tecidos e para o bom funcionamento das células nervosas, as fibras participam na regulação do organismo, nomeadamente no controlo da glicose e colesterol sanguíneos, do trânsito intestinal e do apetite.

Para além desta extraordinária composição, a sopa tem inúmeras vantagens, nomeadamente, o aumento da digestibilidade dos alimentos contidos nela, o que facilita a digestão e absorção de nutrientes, a manutenção das características nutricionais dos alimentos, se a cozedura for feita a baixas temperaturas, não havendo degradação dos nutrientes, o aproveitamento dos nutrientes que se dissolvem na água durante o processo de cozedura, a fácil confeção, conservação e consumo, a promoção da saciedade e, consequentemente, a diminuição do apetite. Ademais, a sopa pode constituir o prato principal de uma refeição se for enriquecida com alimentos fornecedores de proteína e alguns cereais.

Na próxima edição de “Nutra a sua vida” poderá continuar a ler o tema da “importância da sopa” mas com uma abordagem mais prática, não perca!

Fonte: Associação Portuguesa dos Nutricionistas.

Visite o meu blog em:

http://sarabarbosa2008.wixsite.com/blognutricao

Por: Sara Barbosa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)



III Fim de Semana dos Petiscos e das Sopas

Junho 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se, nos próximos dias 17 3 18 de junho, o III Fim de Semana dos Petiscos e das Sopas. Os Restaurantes e Tascas participam com uma grande diversidade de iguarias, que fazem lembrar a tradicional merenda de outrora, das jornas agrícolas, convidando a degustar o rojão no pão, as pataniscas, bôlas, bifanas, petinga, polvo, taquinhos de bacalhau, chispes, entre muitas outras opções.

Na edição deste ano encontrará, também, várias sopas e legumes, que mostram práticas agrícolas e a riqueza dos produtos da terra, desde as hortícolas, ao azeite, ervas aromáticas, entre outros sabores e produtos de elevada qualidade, disponíveis em espaços de excelência gastronómica na área dos Petiscos Tradicionais Minhotos.




No dia 17 de junho, os amantes dos petiscos poderão aprender a fazê-los num workshop dedicado à sua confeção, pelas 10h30, no restaurante Cantinho d’Armanda, na Silva. Neste workshop, todos os participantes poderão acompanhar a preparação de cogumelos frescos estufados e quiche variada.

As inscrições nos workshops são gratuitas, mas limitadas. Deverão realizar-se através dos seguintes contactos: email: turismo@cm-barcelos.pt; telefone nº 253 811 882.

Fonte: Município.

Ir Para Cima