Tag archive

Sporting Clube de Portugal

Transferências ou trapalhadas…eis a questão

Setembro 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
José Costa

Na crónica desta semana, uma referência especial a outras modalidades em que o Sporting Club de Portugal se destacou:

Supertaça de Futebol Feminino: Sporting 3 – Braga 1, em Coimbra, com Ana Capeta a protagonizar um hat-trick, que no prolongamento garantiu este troféu.



Supertaça de Futsal Masculino: Sporting 3 – Benfica 2. Para resumir, basta citar Nuno Dias, o técnico Sportinguista: “Penso que, acima de tudo, o Sporting CP foi melhor e venceu com toda a justiça contra uma equipa que tem muita qualidade e que nos obrigou a trabalhar nos limites para segurar a vantagem. Quando é assim, o futsal está de parabéns. Estamos todos de parabéns pelo que conquistámos, principalmente o Sporting pelo título que conquistou e que já fugia há dois anos”, concluiu.
Além dos dois títulos ganhos, também a equipa de andebol se destacou, ao conseguir a qualificação para a fase de grupos da EHF Champions League.

Agora no que ao futebol de onze diz respeito, depois da pausa no campeonato para os jogos da seleção, e apesar de todas as polémicas de propostas reais ou não, o certo é que William Carvalho se mantém, agora como capitão no lugar de Adrien Silva, transferido para o Leicester, mas que tudo indica, por atraso de 14 segundos no processo de registo junto da FIFA, em princípio ficará sem jogar até janeiro de 2018! Assim, no campeonato, em jogo frente ao Feirense, mais uma vez o Sporting “viu-se aflito”, de tal modo que, só nos descontos conseguiu alcançar a vitória, por 2-3. Continuando, deste modo, na frente do campeonato, juntamente com o F. C. Porto, este com vantagem em golos.

Para a Liga dos Campeões, frente ao Olympiacos, Jorge Jesus contou com a equipa na sua melhor condição, com uma primeira parte soberba, que garantiu a vitória histórica (2-3), num terreno sempre muito difícil. Aos 2 minutos, Doumbia abriu o marcador e, depois disso, a “dupla do costume”, primeiro Gelson, aos 13 minutos, a ampliar a vantagem e, mais tarde, Bruno Fernandes – o “jogador sensação” desta época, ao serviço do Sporting – marcou o terceiro golo, aos 43 minutos. Na segunda parte, o Olympiacos veio determinado a virar o resultado e, nos últimos minutos do jogo, Pardo marcou dois golos, que serviram de aviso para que o Sporting, em próximos jogos da Liga dos Campeões, esteja concentrado até ao fim do jogo, até porque os adversários são de respeito – Juventus e Barcelona –, não sendo permitidos erros de desconcentração. De referir que a vantagem poderia ter sido bem maior não fosse os vários remates ao ferro, que falharam golo por milímetros. Por fim, salientar a 21ª presença de Rui Patrício em jogos da Liga dos Campeões, tornando-se, assim, o jogador sportinguista com mais presenças.

Uma referência às seleções nacionais de futebol, para onde o Sporting contribuiu com muitos atletas. Assim, nas fases de qualificação em curso, foram bem-sucedidas, em duas das quatro “finais”. A seleção A venceu: Portugal 5 – Ilhas Faroé 1 e Hungria 0 – Portugal 1. A seleção de Futebol Sub-21, com a equipa das quinas a vencer: Portugal 2 – País de Gales 0.

Finalmente, um último destaque ao hóquei em patins. No mundial que decorreu na China, Portugal esteve, na fase de grupos, quase para ficar com os “olhos em bico”, tendo sido derrotado pela campeã em título, Argentina, e não fazendo melhor frente a Itália, com desempenhos sofríveis. Tendo sofrido bastante para passar à fase seguinte, com uma vitória em jogo impróprio para cardíacos. Nessa fase, venceu sem problemas Moçambique, por 6-2, e na meia-final acabou por vencer a Argentina, naquilo que poderíamos chamar de uma final antecipada, não fosse a final efetivamente ser frente a Espanha, outra “eterna” rival da equipa portuguesa, que acabou por levar a melhor, apesar de termos lutado até às penalidades, onde não conseguimos ser melhores.

O nosso Gil Vicente, num jogo onde estive de coração repartido, foi a Alcochete vencer o Sporting B, por 0-1, garantido, assim, uma vitória importante sobre um adversário nada fácil e em casa deste.

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

VAR – Vídeo Árbitro que me assustas!!

Setembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
José Costa

Este vai ser um comentário “peregrino” e aligeirado, tal como o período de férias (as minhas) impõe.



Assim, o Sporting, apesar de não ter brilhado como nas atuações anteriores, fez o que tinha a fazer e lá venceu o Estoril por 2-1. Mais uma vez, a dupla Gelson a abrir o marcador e Bruno Fernandes – o novo craque do Sporting – lá fez o segundo. A defesa também lá segurou o resultado, com pelo menos uma defesa soberba de Rui Patrício. Mas, infelizmente, a nossa defesa não era inviolável e acabou por surgir o golo do Estoril, que levou o Sporting a ter de “fazer pela vida”, ficando algumas vezes perto do golo, com Bas Dost quase a marcar, ora porque Moreira defendia, ora porque falhava por “milímetros”.

O Vídeo Árbitro (VAR) foi protagonista da parte final do desafio, invalidando 2 golos, um a cada equipa…mas de modo correto.

Por tal, e para nosso contentamento, o Sporting garante a liderança, apesar do susto.

E claro, J.J. diria que “na 2ª parte joguei com o cansaço dos jogadores: a uns fingi que não ouvia, a outros que não via”. Jorge Jesus no seu melhor!

Uma referência ao Gil Vicente que, apesar de merecer a vitória, só conseguiu assegurar o empate, apesar de só o ter cedido já nos descontos, frente à Académica. Um 6° lugar confortável! Que no próximo jogo possamos manter ou melhorar.

Aguardemos, por agora, o melhor desempenho da Seleção, para trabalhar na garantia do apuramento para próximo Mundial de 2018.

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

“Manita”…goleadas de “mão cheia”!

Agosto 25, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
José Costa

Nesta minha crónica desta semana, tenho que admitir que não esperava tão bom desempenho do meu Sporting. Ainda bem que tal aconteceu e o feito foi tão grande que melhor só se tivessem sido duas goleadas a zero (uma foi mas a outra não). Assim, o Sporting garantiu, na terceira jornada para o campeonato da 1ª Liga, uma vitória expressiva (0–5) sobre um Guimarães que não se encontrou ainda ao seu melhor nível esta época, o que facilitou o desempenho do nosso Sporting.



Sinto-me tentado a “provocar” Jorge Jesus, a ver se desse modo continuamos na senda dos bons resultados.

No que às competições europeias respeita, o Sporting, frente ao Steaua de Bucareste, concretizou uma vitória histórica, por ser única na Roménia, o que jamais havia sido conseguido, e desta feita, ainda complementada por números dilatados.

Uma primeira parte em que o Sporting teve mais jogo, assegurada por um golo madrugador de Doumbia, aos 13’. Contudo, uma intranquilidade defensiva preocupante permitiu ao Steaua sonhar com um resultado positivo. Pela primeira vez esta temporada, o Sporting sofreu um golo, aos 20’ deste jogo, marcado por Júnior Morais. E nesta toada de intranquilidade se foi fazendo o jogo até ao fim dos primeiros 45 minutos.

Na segunda parte, manteve-se de início alguma insegurança, que deixava a espaços que o Steaua de Bucareste se superiorizasse. Em contra jogo, o Sporting consegue alcançar o segundo golo, por Acuña aos 60’, o que começou a dar mais serenidade ao Sporting, não tardando o terceiro golo, concretizado por um dos melhores em campo – Gelson Martins. Decorridos 4 minutos, pondo ponto final nas aspirações dos romenos. Gelson, que repartia com Bruno Fernandes o lugar de melhor em jogo. Sendo que, sem dúvida, Bruno Fernandes foi fundamental nesta vitória histórica, com grandes passes, estando também, juntamente com Gelson, no quarto golo de Bas Dost. Depois da eliminatória mais que resolvida até Battaglia teve “direito” a marcar, fechando com mais uma mão cheia de golos, a segunda em menos de uma semana.

Como contra factos não há argumentos, o Sporting prossegue para a fase de grupos da Liga dos Campeões, otimista, mas não podendo esquecer que a verdadeira luta começa agora: No grupo D com Juventus, Barcelona e Olympiakos – nada fácil!

Para finalizar, J.J. não deixou de responder à sua altura, quando questionado sobre o desempenho nesta competição na época passada, onde o Sporting ficou cedo pelo caminho, não tendo conseguido sequer chegar à Liga Europa, pelo que terá, obrigatoriamente, de fazer melhor este ano, disse: “O nosso objetivo nós conquistámos. Agora vamos…criar esse clima de confiança, desfrutar esta nossa…passagem, porque foi aquilo que tínhamos que fazer, a partir daqui tudo o que vier é positivo.”

Para terminar, referir a vitória alcançada pelo nosso Gil Vicente frente ao União da Madeira. Três pontos conquistados depois de um empate frente ao Varzim, o que naturalmente anima os adeptos. Muito haverá a fazer para que seja alcançada a equipa ideal e os resultados pretendidos. Mas certamente, esta época o Gil Vicente dará boa conta dos seus objetivos na 2ª Liga.

Depois desta jornada, pausa para dois jogos da fase de qualificação da nossa seleção para o Mundial de 2018, primeiro com as Ilhas Faroé e depois com Hungria. Jogos para vencer!

 

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

O “Leão da Franqueira” está de volta!

Agosto 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
José Costa

Retomando os comentários ao desempenho do nosso Sporting Clube de Portugal, os sentimentos são ambíguos. Na pré-época, os resultados foram repartidos entre vitórias e derrotas, acabando por vencer o jogo de apresentação frente ao Mónaco, por 2-1, e o jogo do Troféu Cinco Violinos, frente à Fiorentina, com uma vitória por 1-0. Com muitas entradas e muitas saídas, se bem que por agora se mantêm as principais figuras, o que se nota claramente é falta de “fio de jogo”.



Vai-se salvando a “honra do convento” com duas vitórias no início do campeonato da 1ª Liga, com uma vitória clara sobre o CD da Aves, por 2-0, mas com algumas dificuldades. Dificuldades essas que foram acrescidas frente ao Vitória de Setúbal, com um jogo sofrível, acabando por conseguir garantir uma vitória pela margem mínima.

Já no que às competições europeias diz respeito, o Sporting, frente ao Steaua de Bucareste, apesar de muito esforço em chegar à baliza adversária, a equipa não conseguiu, esta terça-feira, a tão desejada vitória em casa. Segundo Jorge Jesus, não se cumpriu um dos dois objetivos do jogo: um era não sofrer golos e esse foi conseguido, o outro, que não foi conseguido, e portanto falhou, foi marcar ao adversário, segundo ele – “J.J.” – “o único senão que eu tenho para a minha equipa, é não ter feito golos, o resto foi tudo muito bom”…Esperemos que com um futebol “muito bom” não tenhamos que sofrer e, consequentemente, torna-se obrigatório ir a Bucareste, na quarta-feira da próxima semana, marcar o tão desejado golo. Será esta uma prova de fogo para a equipa, achando eu que este objetivo tem, obrigatoriamente, que ser cumprido, caso contrário, já não é a equipa – Sporting Clube de Portugal – que fica mal, mas sim a sua equipa técnica liderada por Jorge Jesus, que não terá muitas alternativas de sobreviver, caso fique tão cedo pelo caminho na Liga dos Campeões. Não se adivinha vida fácil para os Leões. A ver vamos, aguardemos que os próximos desafios possam apresentar mais segurança e melhor desempenho, para bem dos nossos anseios nas competições internas, mas também nas competições europeias.

Agora uma referência ao nosso Gil Vicente, que iniciou muito bem, desde logo no jogo de apresentação, frente à equipa principal do F. C. Porto, que apesar de não ter vencido, deixando que o troféu “Caixa Agrícola” tenha ido para o Dragão, teve melhor desempenho no primeiro jogo da 2ª Liga, frente ao F. C. Porto B, aí já com uma vitória justíssima. Já em casa, na segunda jornada, apesar de ter apresentado boa qualidade técnica e jogado o suficiente para justificar uma vitória, infelizmente a sorte não esteve do nosso lado e na primeira incursão à baliza do Gil Vicente, o Cova da Piedade marcou. E como se tal não fosse suficiente, iniciámos a segunda parte a sofrer um penálti, que condicionou bastante a equipa, que não conseguiu ir além de uma derrota por 1-2.

Os próximos tempos, apesar de ainda estarmos no início das competições, são cruciais para afirmar um espírito vencedor e que permita, desde já, amealhar pontos que poderão ser fundamentais na disputa dos lugares cimeiros. E que a qualidade de jogo permita a continuidade na disputa do maior número de competições e/ou troféus.

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Escola Academia Sporting de Barcelos nomeada para Academia do Ano

Junho 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 30 de junho saber-se-á se a Escola Academia Sporting de Barcelos venceu o prémio de Academia do Ano, na IV Gala Honoris Sporting, que terá lugar no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, com início marcado para as 20h45.

A nomeação desta Escola, e dos restantes nomeados, esteve a cabo do Conselho Diretivo. Ao contrário das modalidades e restante futebol, a Academia vencedora será decidida unicamente por esse Conselho Diretivo.

A Escola Academia Sporting barcelense “concorrerá” com as congéneres de Algés, Setúbal e Rustemburg (África do Sul).

A Gala terá transmissão em direto na Sporting TV.




Foto: DR.

Craques da Escola Academia Sporting de Barcelos integram equipas oficiais do Sporting

Junho 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em notícia avançada pela própria Escola, os pequenos craques Carlos Rodrigo e Igor Barbosa, ambos de 6 anos, vão integrar as equipas oficiais do Sporting Clube de Portugal SAD.

Este é mais um exemplo dos sucessos que esta Escola Academia Sporting de Barcelos tem tido.

Os dois pequenos talentos, naturais de Vila Frescaínha S. Martinho e de Alvito S.Pedro, são a mais recente promessa do futuro nacional no futebol.

escola-academia-sporting-barcelos-logo

Como se pode constatar pela imagem de destaque, a Escola Academia Sporting de Barcelos encontra-se em processo de captações para 2017/2018, desde o passado dia 01 de junho e até 27 de julho, no campo de futebol de 11 de Abade de Neiva, e de 19 de junho até 21 de julho, no campo da Academia Sporting de Barcelos.




Fonte e imagem: EASB.

Nova época

Maio 25, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
José Queirós
José Queirós

Finalmente acabaram as competições profissionais! Na próxima época não teremos Nacional e Arouca na Primeira Liga e para os substituir estarão o Portimonense e Desportivo das Aves.

Para os lados do Dragão, Nuno Espírito Santo foi despedido e aguarda-se pelo seu substituto no F.C. do Porto. Consequências de mais uma má época. Assim sendo, quem vier e não ganhar, já sabe que será despedido.

O Sporting acabou a época com uma vitória expressiva e mais um hat-trick de Bas Dost que, para além de ser, de longe, o melhor marcador da Liga, foi, também, o segundo melhor da Europa, atrás de Messi. Os adeptos, leia-se claque, mostraram, também, o seu desagrado pela má época, ao manterem-se calados durante vinte minutos. Para além disso, também fizeram questão de deixar alguns recados para dentro do clube, tendo em vista a próxima época.

Depois de algum alarido sobre a permanência de Jorge Jesus, o que também não é de estranhar, a estrutura leonina, com Jesus incluído, já prepara a nova temporada com o objetivo de destronar o Benfica. De “mãos dadas”, o Sporting e o F. C. do Porto terão a árdua tarefa de impedir o penta para a Luz.




O nosso Gil é que parece ter entrado de férias mais cedo e permitiu que o vizinho Famalicão continuasse na Segunda Liga. Aguardo pelo defeso para se tirar algumas ilações!

Um abraço para todos os amantes do futebol e, especialmente para os sportinguistas…saudações leoninas.

Por: José Queirós*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Parabéns ao Benfica!

Maio 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
José Queirós
José Queirós

Esta semana gostaria de endereçar os parabéns ao tetracampeão nacional que, na minha opinião, acabou por vencer bem este campeonato, apesar de algumas vicissitudes ocorridas ao longo do mesmo.

Desilusão é a palavra correta para o campeonato que o Sporting fez! Espero, e desejo, que quer o presidente, quer o treinador, tenham aprendido com os erros e que estes sirvam de lição para a época que se avizinha.

Já há contratações anunciadas para o Sporting. Outras virão, com certeza, para colmatar algumas lacunas que o plantel tem, sendo por demais evidentes em largos períodos da época. Vamos aguardar, restando ao Sporting não repetir as duas últimas exibições, para se despedir com mais dignidade perante os seus adeptos, que foram incansáveis ao longo da época, sem que daí tenham retirado quaisquer dividendos.

O terceiro lugar acaba por castigar, quer nesta época, quer na próxima, devido à pré-eliminatória da Liga dos Campeões que, como se sabe, irá disputar-se com a Taça das Confederações a decorrer e, por isso, o Sporting não poderá contar com grande parte dos principais jogadores. Outra “dor de cabeça” para a estrutura sportinguista!




O Porto foi outra desilusão e já se pode dizer, com toda a propriedade, que o poder do futebol mudou de ares e com ele criou-se um novo ciclo, porque quatro anos sem ganhar absolutamente nada pode levar o clube para um vazio difícil de ultrapassar.

O Gil Vicente sofreu pesada derrota na Madeira e acaba este campeonato a pensar na subida, devido ao caso Mateus. Julgo que ainda não será na próxima época. Temos que aguardar.

Saudações leoninas!

Por: José Queirós*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Bronca

Maio 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
josé-queirós
José Queirós

Com o título a poder ser garantido na próxima jornada, o Benfica prepara-se para ser “tetra” pela primeira vez na sua história. Com muita felicidade e ajuda, mais uma vez, lá venceu em Vila do Conde.

O Porto, mais uma vez, voltou a empatar e só se pode queixar de si mesmo, pois teve imensas oportunidades para retirar o título ao Benfica e nunca as soube aproveitar, o que demonstra falta de “estofo de campeão”. Um problema que se poderá perpetuar!

O meu Sporting derrapou, de forma inesperada, e foi, surpreendentemente, derrotado como há muitos anos não se via. Catalogou o presidente de deprimente a exibição naquele domingo, ao início da tarde. De facto, não há desculpas para uma exibição paupérrima, aliada a erros infantis, que foram determinantes para o resultado final.

Há que retirar ilações desta, e de outras exibições, para na próxima época não se cometerem os mesmos erros. Houve muitos erros, quer na elaboração do plantel, quer nas abordagens em alguns jogos, em que a displicência foi evidente, principalmente ao nível da concentração!




A “papel químico” foi o jogo do Gil Vicente, que também esteve a vencer por 1-0 e, nos minutos finais, acabou surpreendido e derrotado por 3-1. Também aqui, há que rever alguns aspetos que a nova direção terá que solucionar.

Saudações leoninas!

Por: José Queirós*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

União

Maio 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
josé-queirós
José Queirós

Ficou definido quem vai ficar em quarto lugar (Vitória de Guimarães) depois da derrota do Braga, na “pedreira”, frente a um Sporting muito forte para final de época.

Já quanto às contas do título, a continuar assim, o Benfica será campeão! Quando digo “a continuar assim” refiro-me, obviamente, à sorte que normalmente os campeões têm! Então desta feita, frente ao Estoril, foi por demais evidente a “estrelinha de campeão”.

O F. C. Porto, sabendo do resultado do rival, não vacilou e venceu, com mérito, um Desportivo de Chaves que raramente incomodou. Faltam três jornadas para ficar tudo definido.

Definido parece estar o lugar do Sporting, que na “pedreira” voltou a demonstrar que o seu lugar seria mais acima! A exibição muito boa de toda a equipa (alguns equívocos defensivos) foi demonstrativa da união da equipa em prol do seu treinador, que passou por um momento muito difícil, com a perda de um ente querido. Excelente resposta do grupo!




Mais uma vez, vou salientar a importância de Bas Dost nesta equipa do Sporting, ao entrar para o grupo restrito de goleadores leoninos com mais de trinta golos. Para época de estreia é fantástico! Outros jogadores em destaque são Gelson Martins e Podence. Se o primeiro já nos habituou a uma bitola exibicional bem acima da média, o segundo vai confirmando tudo aquilo que se espera dele, um talento puro. Os dois juntos fazem autênticas obras de arte, com desenhos só ao alcance dos predestinados, impossíveis de ver em qualquer relvado em que não estejam presentes.

A derrota do Gil Vicente não estava nos meus propósitos, mas em nada abala a excelente segunda volta da equipa barcelense.

Saudações leoninas!

Por: José Queirós*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Ir Para Cima