Tag archive

Taça Cidade de Barcelos

Quem segue em frente na Taça Cidade de Barcelos

Novembro 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores.

O nosso futebol popular de Barcelos foi jogado, neste fim de semana, mas no âmbito da Taça Cidade de Barcelos.



Destaco o jogo Feitos-São Martinho, em que os da casa venceram por 2-0. Estas duas formações já haviam jogado para o campeonato, em que os homens comandados por Miguel Pereira, do São Martinho, tinham ganho por 0-4. O Feitos decidiu dar o “troco” esta semana.

Outro jogo que merece destaque é o Leões da Serra 1 – Carapeços 0. Num jogo de “mata-mata” e, certamente, muito aguerrido para as duas equipas, pois é o segundo troféu mais importante, a seguir ao campeonato. Os homens comandados por Miguel Campos levaram a melhor e venceram, por 1-0, os, até então, comandados por Miguel Sá Pereira. Sim, até então, pois o técnico, em acordo com a Direção, pediu a sua saída. Miguel Sá Pereira, um técnico que nos habituou a ganhar troféus, nestes 2 anos à frente do Carapeços, em que venceu o campeonato e uma supertaça. Deixa a equipa do Carapeços a 2 pontos do líder Leões da Serra.

Votos de um rápido regresso ao futebol popular de Barcelos, pois o futebol popular também precisa de si.

As equipas que seguem para a segunda eliminatória da Taça Cidade de Barcelos são: Baluganense – que mudou de técnico e já começa a faturar –, Aborim, Perelhal, Palme, Macieira, Leocadenses, Carvalhal, Águas Santas, Fonte Coberta, Remelhe, Pereira, Chorente, Lijó e Oliveira.

Votos de uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Campeão cada vez mais longe da revalidação

Março 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

O Campeão cada vez mais longe de revalidar o titulo, na segunda divisão muita luta pela subida e Taça sem segunda divisão

Gonçalo Santos

Olá, amigos!

Mais uma vez, escrevo-vos com simpatia e consideração.



Os acontecimentos desta semana, na primeira divisão, poderão ter colocado o Campeão em título, a equipa de Carvalhal, afastado da revalidação e, também, acabado com as poucas esperanças que os Leocadenses pudessem ter.

O Carvalhal empatou em casa, com o último classificado, a equipa do Campo, enquanto o Leocadenses empatou com a equipa de Pereira, que tem sido uma verdadeira “pedra no sapato” de alguns candidatos ao título.

A luta pelo título mantém-se, desta forma, reduzida a duas equipas: o atual líder da tabela classificativa, o Carapeços, e o seu mais fiel perseguidor, o Remelhe. Mesmo a distância entre ambos sendo significativa, o Remelhe não desarma da perseguição e, em breve, entraremos numa fase dura para os 6 primeiros classificados, sendo que entre a 27ª e 33ª jornada existirão embates entre ambos e avizinham-se jogos difíceis para todos. Certamente, os dois primeiros estarão a trabalhar para despontarem um novo pico de forma para a derradeira fase da luta pelo título.

Na parte de baixo, a luta pela manutenção também está bastante renhida, com 5 equipas a lutar, afincadamente, pela continuidade, sendo elas: Lijó, Negreiros, Baluganense, Silva e Campo. O Campo está em posição mais difícil pois encontra-se a 5 pontos dos lugares de manutenção, enquanto Baluganense e Silva apenas estão a 2 pontos do Negreiros. Quem também não pode ainda respirar de alívio é o Fonte Coberta, que já não vence há 5 jogos e, na próxima jornada, terá um embate com um concorrente direto pelo lugar classificativo acima.

Na segunda divisão, quem não tira o pé do acelerador é o Paradela que agora é ainda mais líder, ao vencer um concorrente direto, o Lama, por um expressivo 3-0. Aproveitou, também, para aumentar a vantagem sobre outros dois concorrentes diretos, o Aborim e o Milhazes, que se defrontaram esta jornada e empataram 4-4. A luta pelo título está significativamente mais difícil para Lama, Milhazes e Feitos, mas a subida ainda está “ali ao virar da esquina”, não só para estes, como também, para Águas Santas, S. Mamede, Cristelo e Bastuço, que mesmo estando a 6 pontos dos lugares de subida, ainda podem fazer um gracinha na ponta final do campeonato, uma vez que ainda faltam nove jornadas (27 pontos) para o términus da competição.



Na Taça Cidade de Barcelos, apenas passaram aos quartos de final equipas da primeira divisão, sendo elas: Oliveira, Fragoso, Lijó, Pereira, Remelhe, Negreiros, Silva e Carvalhal.

O principal destaque foi para o afastamento do líder da primeira divisão pela mão da “pedra no sapato” dos grandes, a equipa do Pereira, que foi vencer ao reduto do Carapeços.

Eu consegui assistir ao Remelhe 6 – 0 Aborim, em que considero o resultado demasiado expressivo para os acontecimentos do jogo. O resultado avolumou-se perto do final, tornando-se pesado para o que realmente aconteceu no jogo. Não coloco a justiça da vitória em questão, porque foi, de facto, o Remelhe a melhor equipa em campo e um justo vencedor.
Abraço deste vosso amigo.

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Surpresa na Taça Cidade Barcelos com tropeção do líder

Novembro 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Gonçalo Santos

Boa noite, amigos e amigas aficionados do Futebol Popular!

Esta semana vou começar pela segunda divisão. Os golos e as goleadas da segunda divisão continuam, semana após semana. Desta vez, a maior goleada foi imposta pelo São Martinho ao regressado Silveiros por 7 – 0; continuando o Silveiros sem pontuar na prova e apenas um golo marcado.



A outra goleada da jornada veio de Chorente, onde a equipa da casa venceu por 4 – 0 os vizinhos do Pedra Furada. O único empate foi a uma bola, entre o Águas Santas e o Moinhos de Paradela. O Carvalhas e o Aborim venceram em casa o Creixomil e o Cambeses, respetivamente e pela margem mínima, enquanto o Feitos e o Milhazes venceram, fora de portas, o Cristelo e o São Mamede, também pela margem mínima.

O estreante Bastuço São João conquistou a primeira vitória caseira, vencendo por 2 – 0 o Cossourado, que ainda não conquistou uma vitória até então. O Lama, que continua a fazer um início de época surpreendente, desta vez venceu em casa o Estrelas por 3 – 1 e mantém-se como a equipa com melhor diferença entre golos marcados e sofridos.

Mas quem lidera de forma ainda invicta é mesmo o Feitos, que soma 6 vitórias nos 6 jogos disputados.

A primeira divisão iniciou no sábado, também com uma goleada e, desta vez, da equipa mais titulada do futebol popular: o Carapeços venceu em casa, por 5 -0, a equipa do Silva, o que permitiu ao Carapeços manter-se no pódio.

Os empates da jornada aconteceram em Pereira e em Perelhal, em que o primeiro e o Palme empataram sem golos; enquanto o Perelhal empatou com o Fragoso a duas bolas. O Leões da Serra continua a fazer um campeonato aquém das espectativas e, desta vez, perdeu em casa com o Oliveira, por 1 -2.

Num dos jogos mais aguardados da semana, o Remelhe venceu, no seu reduto, a equipa do Negreiros, por 3 – 1. O Macieira desempatou-se do Lijó na classificação, vencendo-o em casa deste, por 0 – 3 e, assim, fugiu aos lugares de despromoção. O Sequeade continua a fazer um início de campeonato muito interessante, vencendo o Campo por 2 – 0. O Fonte Coberta foi empatar à casa do campeão Carvalhal por 2 – 2, fazendo com que o campeão perdesse a liderança da classificação para o Leocadenses, que está a fazer um início de época prometedor, em que o novo líder venceu, em casa, o Baluganense por um modesto 2 – 1. Desta forma, a turma de Santa Leocádia, tal como Fragoso e Palme, continuam sem qualquer derrota no campeonato.

Esta semana também tivemos a 1ª eliminatória da Taça Cidade de Barcelos, sem as equipas: Baluganese, S. Mamede, Perelhal e Cambeses que já tinham sido eliminadas na pré-eliminatória. Desta feita, seguem na taça: Fonte Coberta, Aborim, Negreiros, Leões da Serra, Sequeade, Oliveira, Silva, Campo, Fragoso, Carvalhal, Pereira, Feitos, Remelhe, Carapeços, Lijó e Cristelo.
Dois destaques nesta breve abordagem à Taça Cidade de Barcelos:  a surpreendente vitória do Lijó, último classificado da primeira divisão, diante do líder da classificação, o Leocadenses, por 2 – 0. O outro destaque vai para a Festa da Taça, que iniciou as eliminatórias com 63 golos marcados, fixando a média de golos próxima de 4 golos por jogo disputado.

Viva a Festa da Taça, Viva o Futebol Popular!

Um abraço deste vosso amigo!

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Final da Taça Cidade de Barcelos é já amanhã em Galegos Santa Maria

Junho 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Amanhã, pelas 17h00, o Estádio da Devesa, em Galegos Santa Maria, recebe mais uma grande final da Taça Cidade de Barcelos, que coloca frente a frente as equipas do Remelhe e do Oliveira.



Mas a festa da Taça e do futebol popular de Barcelos, organizada pela Associação de Futebol Popular (AFP) de Barcelos, com o patrocínio do Município de Barcelos, não terá apenas a vertente do futebol praticado dentro das quatro linhas.

Pelas 15h30, a AFP de Barcelos irá entregar os prémios e troféus relativos à última temporada, assim como, irá reconhecer algumas entidades.

Dinis Cruz (Carapeços /benjamins), Guilherme Martins (Macieira/infantis), Paulo Rosa (Carapeços/iniciados), ARC Sequeade (2ª divisão) e Igor Dantas (Remelhe/1ª divisão), irão receber o prémio de Melhor Guarda-Redes.

Rafael Alves (Carapeços/benjamins), Gonçalo Ferreira (Carapeços/infantis), David Pinto (Carapeços/iniciados), Rodrigo Oliveira (Paradela/iniciados), Davide Santos (Fonte Coberta/2ª divisão), Luís Sousa (Leões da Serra/1ª divisão) e Rui Santos (Leocadenses/1ª divisão), recebem o prémio de Melhor Marcador.

Cristelo (2ª divisão) e Pedra Furada (1ª divisão) recebem o Prémio Fair Play (equipa). Já Carlos Barros (UCR Aborim) recebe o de Dirigente Exemplo. O prémio Árbitros Melhores Classificados vai para José Carreira (1º), Rui Torres (2º), César Picas (3º), Carlos Machado (4º) e Sérgio Ferraz (5º).

As entidades que serão alvo de reconhecimento e agradecimento serão o Conselho de Arbitragem da AFP Barcelos, o Conselho de Disciplina da AFP Barcelos, Barcelos na Hora, Rádio Barcelos, Rádio Cávado, Jornal de Barcelos, Barcelos Popular, Programa “Pé na Bola”, da Rádio Barcelos, blogue “Domingo às 10”, Núcleo de Árbitros de Barcelos, Santa Maria FC e Bombeiros de Barcelos.

Imagem: AFPB.

E o Campeão voltou!

Maio 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

E eis que estamos na última crónica do ano!

E o Campeão voltou!

Quero, desde já, endereçar os parabéns ao Carvalhal pelo título conquistado.

Ao cabo de 34 jornadas, somou 74 pontos e voltou a conquistar o título.



Nesta jornada, fez o que nas outras 16 jornadas anteriores lhe competiu: vencer os jogos em casa. Nesta jornada, bastou um golo, apontado por Joca Salgado, para levar de vencida a equipa do Carapeços. Conseguiu algo inédito: 17 jogos, 17 vitórias e 51 pontos conquistados! Um dos segredos para esta conquista esteve nos jogos em casa. Fantástico este Carvalhal!

Quem se deixou ultrapassar na derradeira jornada foi o Leões da Serra. Perdeu frente ao anterior campeão, o Pereira, que esteve a vencer por 2-0, mas Luís, do Leões, ainda reduziu para 2-1. Nas duas anteriores jornadas, o Leões superou-se e ainda deu a “cambalhota” no resultado, mas nesta isso não aconteceu e perdeu por 2-1, deixando escapar o título…

Foram três as equipas que não perderam qualquer jogo em casa: Carvalhal – claro está –, Leões da Serra e Pereira.

As equipas com mais empates foram o Pereira, o Perelhal e o Campo, todas elas com 14 empates.

O melhor ataque pertenceu ao Carapeços, com 81 golos marcados.

A melhor defesa, a chamada “defesa de betão”, pertenceu ao Remelhe, com 22 golos sofridos e, ainda assim, chegou ao pódio, ocupando o 3º lugar.

O Feitos foi a terceira equipa a fazer companhia ao Pedra Furada e ao Cossourado, que já na jornada anterior tinha “garantido” a descida.

Na 2ª divisão, o Lijó tornou-se o campeão, depois de ter vencido o Ceramistas. Venceu já no último minuto dos descontos, através de uma grande penalidade convertida por Martins. Como não poderia deixa de ser, deixo aqui os meus parabéns ao Lijó pelo título alcançado.

O Sequeade também venceu (2-1) o São Mamede mas não foi suficiente para ser campeão.

Já o Fonte Coberta foi a terceira equipa a garantir a subida, mesmo perdendo em casa (2-3) com o São Martinho.

Parabéns às três equipas pois, para o ano, irão jogar no escalão maior do nosso futebol popular de Barcelos.

No próximo dia 2, às 17h00, irá jogar-se a final da Taça Cidade de Barcelos, que irá opor o Remelhe ao Oliveira, no Estádio da Devesa, em Galegos Santa Maria. Não percam a oportunidade de marcar presença pois este é o último jogo da época.

Bem, resta-me agradecer a todos os que leem as minhas crónicas e agradecer todo o trabalho que foi desenvolvido por todos nós, para fazer chegar até si o que de mais importante se passa no futebol popular de Barcelos.

Abraço e boas férias a todos!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Primeira divisão disputadíssima e já há finalistas da Taça Cidade de Barcelos

Abril 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Eis-me de volta para falar do nosso futebol. O campeonato de futebol de Barcelos.

O campeonato nunca à 29ª jornada teve tantas equipas a lutar pelo título! São seis as equipas que ainda sonham com ele. Do 1º ao 6º lugar, a diferença pontual são apenas 9 pontos, quando faltam jogar 5 jogos, 15 pontos em disputa. E algumas ainda se irão defrontar entre si.



Começo pelo líder, Leões (64 pontos), que regressou às vitórias e logo com “chapa 6” frente ao Cossourado (16º, 22 pontos), que ainda marcou o tento de honra. O Cossourado afunda-se, cada vez mais; já o Leões mantém a diferença de 2 pontos para o Carvalhal.

Carvalhal (62 pontos),  que jogou em Macieira e venceu por 0-1. Este, que era o “jogo da jornada”, fez com que o Carvalhal esteja a “morder os calcanhares” ao Leões; já o Macieira (4º, 55 pontos) mantém-se na luta mas está, agora, a 9 pontos.

Também “passo a passo”, o Leocadenses disputa o título. Recebeu e venceu o “lanterna vermelha”, Pedra Furada (8 pontos), por 4-2. Com esta derrota, o Pedra Furada caiu para divisão secundária; o Leocadenses (3º, 57 pontos) está a 7 do 1º.

O Carapeços sofreu um duro golpe! Foi a Palme (8º, 38 pontos) perder por 3-2. O Palme tem feito um campeonato de “encher o olho” e a cada ano tem melhorado cada vez mais! Será um dos candidatos no próximo ano. Já o Carapeços ficou mais longe do título. Está no 4º lugar, com 55 pontos.

O Remelhe, que jogou no sábado de tarde, recebeu e venceu o Negreiros, por uns expressivos 4-1. Remelhe, que tem feito uma 2ª volta fantástica, está a 9 pontos do Leões. O Negreiros está num confortável 12º, com 33 pontos.

O campeão Pereira voltou a vencer em casa. Nesta jornada venceu o Silva, por 2-1. Pereira: 7º, 40 pontos; Silva: 13º, 32 pontos.

O Oliveira deu um passo atrás! Foi a Salvador do Campo perder por 2-1. Um passo de gigante deu o Campo, pois assim subiu ao 11º, com 35 pontos. O Oliveira baixou ao 14º, com 31 pontos. Está 11 pontos acima da “linha de água”. No entanto, como verão mais adiante, esta semana foi “mista” para os homens de Oliveira no que concerne a alegrias e tristezas.

O Fragoso deslocou-se a Balugães e perdeu por 1-0. O Fragoso continua na disputa pelo 7º lugar mas desceu ao 9º, com 37 pontos. O Baluganense (15º, 28 pontos), com este resultado, teve um “balão de oxigénio”. Está, agora, 6 pontos acima da “linha de água”.

Tal e qual o Fragoso, o Perelhal (10º, 36 pontos) disputa o 7º lugar. Recebeu e empatou a 1 com o “aflito” Feitos (17º, 20 pontos).

Na próxima jornada, destaco o Negreiros-Leões, Leocadenses-Baluganense, Fragoso-Macieira, Carapeços-Oliveira e o “jogo da jornada” Carvalhal-Remelhe. O Carvalhal que não perdeu qualquer ponto em casa e Remelhe ainda não perdeu nesta 2ª volta!

Na segunda divisão, o líder Lijó (64 pontos), que também jogou no sábado, empatou a 1 com o São Mamede (6º, 41 pontos).

O Sequeade (2º, 62 pontos) “aplicou” 6-1 ao Lama (14º, 21 pontos).

O Fonte Coberta tem sido a “sensação” da 2ª volta! Estão num honradíssimo 3º lugar, a apenas 1 ponto do Sequeade e a 3 do Lijó, somam 7 vitórias consecutivas; só nesta 2ª volta, somam 9 vitórias e 2 empates! Simplesmente impecável! Nesta jornada, venceram o Águas Santas (10º, 36 pontos), por 2-1.

O Paradela (4º, 57 pontos e mais um jogo) somou a 6ª vitória consecutiva. Venceu, em casa, o Creixomil, por 1-0. Tem 10 vitórias e 1 derrota até então, na 2ª volta. A par do Fonte Coberta, o Paradela tem sido a sensação da 2ª divisão. Pelo que têm feito até agora, nesta segunda parte do campeonato, estas duas equipas até mereciam a subida…mas “até ao lavar dos cestos é vindima”!

O São Martinho (5º, 45 pontos) “folgou”.

Quase me esquecia…mas no feriado do 25 de Abril, em jogo em atraso a contar para a 22ª jornada, o Paradela venceu o São Mamede por 2-1.

Na próxima jornada, destaco o Cambeses-São Martinho e os dois “jogos da jornada”: o Lijó-Paradela e o Sequeade-Fonte Coberta.



Taça Cidade de Barcelos: Oliveira e Remelhe são os finalistas

No feriado que comemora a instauração da democracia neste nosso Portugal, disputou-se as meias-finais da Taça Cidade de Barcelos, para se apurarem os seus dois finalistas.

O Oliveira recebeu o Carapeços e, no final do tempo regulamentar, o resultado ficou em 1-1. No final do prolongamento, em 2-2. Teve que se ir para penáltis, onde os da casa foram melhores, vencendo por 7-6. Oliveira: primeiro finalista!

Já o Lijó, a jogar em casa, perdeu por 0-1 com o Remelhe. Remelhe: segundo finalista!

Portanto, a final terá um Oliveira-Remelhe a disputar a Taça Cidade de Barcelos. Parabéns aos finalistas!

Por esta semana é tudo.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Mexidas nas classificações, Taça…esta semana teve de tudo!

Fevereiro 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Nesta jornada houve mudanças na parte superior da tabela, tanto na primeira, como na segunda divisão. E, mais uma vez, há novo líder na segunda divisão!



Começo, então, pela divisão maior, onde o líder, Leões da Serra (1º, 44 pontos) cedeu terreno. Desta vez, voltou a “tropeçar” fora de portas. Empatou a um com o Perelhal, um conjunto que, apesar de ocupar o 9º lugar, com 24 pontos, ainda não perdeu qualquer jogo em casa! Pode-se, então, dizer que em casa o Perelhal é uma “fortaleza”! Quem os irá “derrubar”?

Quem aproveitou para se aproximar e estar apenas a 3 pontos, foi o Macieira, que se deslocou a Pedra Furada – o “lanterna vermelha”, com 6 pontos – vencer por 1-3, consolidando, assim, o segundo lugar.

O Leocadenses, 38 pontos, saltou para o 3º lugar, vencendo o Carapeços (5º, 37 pontos) por 1-2.Foram os primeiros pontos cedidos em casa pelo Carapeços e logo com uma derrota!

O Carvalhal, que partilha o 3º lugar com o Leocadenses, também fez o que lhe competia, vencendo o Negreiros (14º, 19 pontos e menos 1 jogo) por uns expressivos 4-0. Foi a goleada da jornada!

A melhor defesa do campeonato, pela quarta jornada consecutiva voltou a não consentir algum golo! Esta jornada não foi exceção, só que também não marcou qualquer golo. Falo-vos do Remelhe, que empatou com o Silva (10º, 23 pontos). Remelhe está no 6º lugar, com 33 pontos.

O atual campeão voltou a ceder pontos! Há 6 jornadas que não vence e o título é, cada vez mais, uma miragem. Está a 16 pontos dos Leões, ocupa o 6º lugar, com 28 pontos. Nesta jornada, empatou a zero frente ao Oliveira (15º, 18 pontos e menos 1 jogo).

Quem está numa boa fase é o Palme, que somou a segunda vitória consecutiva e não perde há 6 jogos. Nesta jornada foi ao vizinho Feitos vencer por uns magníficos 0-3! Magníficos pois o Feitos, até esta jornada, não tinha sofrido mais do que dois golos em casa!

Um jogo entre “aflitos” muito esperado era o Campo- Baluganense. Os homens da casa conseguiram uma importante vitória, vencendo os forasteiros por 2-0. Com esta vitória, o Campo aproveitou para subir ao 11º lugar, com 22 pontos. O Baluganense, com 21 pontos, ocupa o 12º lugar.

Outro jogo entre “aflitos”, e também com resultado imprevisível, era o embate entre o Fragoso e o Cossourado. Da mesma forma que o Campo, o Fragoso aproveitou para subir ao 13º lugar (21 pontos), depois de ter vencido os visitantes por 1-0, “afundando-os”, ainda mais, na classificação. O Cossourado é 17º, com 14 pontos. Nas últimas 6 jornadas, conquistaram apenas 1 ponto e somaram a quinta derrota consecutiva!

Com este conjunto de resultados, e estando a classificação desta forma, posso dizer que do 1º ao 6º lugar está tudo em aberto em relaçao ao título. São 11 pontos que os separam.

Do 7º ao 16º, o primeiro dos três lugares de descida, são apenas 10 os pontos que os separam. Ao rubro esta época!



Na 2ª divisão há novo líder, se bem que partilhado por duas equipas, que desde a 1ª volta têm alternado entre si o 1º lugar! Nesta jornada, “resolveram” partilhar! Senão, vejamos:

O Lijó, que era líder isolado e, aparentemente, tinha um jogo fácil, tornou as coisas difíceis, ao empatar em casa, frente ao Creixomil, equipa que ocupa 16º lugar, com 13 pontos. Talvez os homens de Lijó estivessem a pensar no jogo da Taça, que se iria realizar na terça-feira de Carnaval, e que abordarei adiante.

O azar de uns torna-se a sorte de outros. Quem não a desperdiçou foi o Sequeade (1º, 44 pontos) que triunfou, categoricamente, com os Estrelas de São Pedro (13º, 15 pontos), por 7-2!

A terceira vitória consecutiva do Fonte Coberta (38 pontos) fê-los manter no 3º lugar. Nesta jornada, receberam e venceram o Carvalhas (13º, 15 pontos), por 2-1.

O Paradela (4º, 32 pontos) somou a quinta vitória consecutiva! Sim, a quinta vitória! Está numa fase fantástica! Relembro que na jornada anterior venceu o Sequeade, por 2-0. Nesta jornada, foi a Milhazes (12º, 19 pontos) vencer por 1-2.

Em 5º está o Aborim, mas numa fase menos boa. Não vence há quatro jogos e, nesta jornada, foi ao Lama (13º, 15 pontos) empatar a 1.

A partilhar o 6º lugar está, agora, o São Martinho (29 pontos) e o Chorente. Os primeiros receberam o São Mamede (8º, 23 pontos) empatando a 2. Os segundos levaram de vencida a equipa do Cristelo (8º, 23 pontos), por 0-4.

Tudo muito indeciso em relação à subida de divisão, se bem que os primeiros têm o “pássaro na mão”.

Na próxima jornada, destaco os jogos grandes: Aborim-Sequeade, Lijó-Fonte Coberta e o Paradela-São Martinho.



Nesta semana carnavalesca também se jogaram os quartos de final da Taça. Foi na terça-feira de Carnaval, com os seguintes resultados: Cambeses 2 – Oliveira 3; Aborim 1 – Carapeços 3; Leocadenses 1 – Lijó 3; e Silva 0 – Remelhe 4.

Todas as equipas visitantes venceram os respetivos jogos, se bem que o destaque vai para o Lijó, que venceu o Leocadendes.

Passam, assim, às meias-finais o Oliveira, o Carapeços, o Remelhe e o Lijó. Parabéns a estas equipas pelo feito conseguido!

Por esta semana é tudo!

Votos de uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Futebol popular com muito que falar

Dezembro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Luís Gonçalves

Olá, amigos leitores!

Antes de mais, espero que o vosso Natal tenha sido aquilo que desejaram e tenha tudo corrido pelo melhor!



Eis-me de volta, no final deste ano de 2017, que está mesmo, mesmo quase no fim. É verdade que o meu artigo não saiu no dia do costume, ontem, mas como se recordarão, prometi escrever esta semana sobre a Taça Cidade de Barcelos e como ela apenas se disputou hoje (dia 30) – e como gosto de cumprir promessas – solicitei ao Barcelos na Hora que “atrasasse” o meu artigo para que pudesse abordar, igualmente, esta nobre competição. Mas já lá vamos.

Comecemos pelos campeonatos. E temos muito para falar! Já verão!

Na 1ª o líder é o mesmo mas houve mexidas atrás

Na 1ª divisão a liderança mantém-se nas mãos dos Leões (33 pontos), que esta semana receberam, e levaram de vencida, o sempre difícil Negreiros (15º, 13 pontos). É verdade que estes últimos não estão a atravessar um momento de grande fulgor mas continuam a ser uma equipa competitiva. E a prova disso está estampada no resultado: 1-0 para os homens de Airó.

A realizar um bom campeonato está o Leocadenses, que se encontra em 2º, com 28 pontos. Nesta jornada beneficiou da derrota do Carvalhal para se distanciar e isolar na vice-liderança do campeonato. Desta vez, obteve uma saborosa vitória fora, frente ao Baluganense (14º, 13 pontos), por 0-2.

Quem também beneficiou da “escorregadela” do Carvalhal foi o Macieira, que agora se posiciona no 3º lugar, com 26 pontos. Recebeu e venceu pela margem mínima, o Fragoso (17º, 12 pontos). É verdade que foi por “apenas” 1-0 mas para os macieirenses o mais importante foram os 3 pontos.

O jogo da jornada colocou frente a frente o Remelhe (4º, 25 pontos), em casa deste, e o Carvalhal (5º, 25 pontos). Já se antevia equilíbrio entre as duas equipas e o 1-0 final espelha isso mesmo. Com este resultado, o Remelhe colou-se ao Carvalhal, ficando mesmo à sua frente na classificação por causa da diferença de golos marcados e sofridos (+13 para Remelhe; +11 para Carvalhal).

Pereira (6º, 24 pontos) visitou o Pedra Furada (18º, 2 pontos) e levou para casa um “magro” 0-1 mas que lhes valeu os mesmos 3 pontos que lhes valeria uma goleada! Assim, conseguiu “fugir” ao Carapeços.

Outro bom jogo em perspetiva era o Oliveira (9º, 16 pontos) – Carapeços (7º, 22 pontos), que terminou empatado a 1 bola. Este resultado acabou por, apesar de bom para os forasteiros, penalizá-los mais, pois viram o Pereira distanciar-se na tabela classificativa.

Para mim, em Silva deu-se uma surpresa. É verdade que o jogo colocava o 8º classificado (17 pontos), Silva, frente a frente com o Feitos (10º, 15 pontos). Também é verdade que estes últimos são uma das equipas recém-promovidas. Mas também é verdade que o Silva vinha de uma fase muito boa, de bons resultados e subida segura na tabela. No entanto, o Feitos conseguiu desfeitear os homens da Silva, arrancando de lá uma saborosa vitória, por 1-2.

Os restantes jogos foram o Palme 1 – Cossourado 3 e Campo 1 – Perelhal 0.

A próxima jornada, a 14ª, que se realiza a 7 de janeiro, vai ser de “roer as unhas” e “suar de nervosismo”! Senão vejamos: Carvalhal – Leões da Serra (líderes visitam um terreno que só conhece a vitória!); Leocadenses – Macieira (2º contra 3º); Fragoso – Remelhe (o 4º visita um terreno sempre muito difícil!); Pereira – Baluganense; e Perelhal – Silva (vamos ver se a derrota caseira do Silva se reflete nos jogos seguintes). Como podem ver…vai ser uma jornada bem emotiva!



2ª divisão com novo líder

Confesso que há umas boas semanas atrás não me passaria pela cabeça (julgo que pela de muitos vocês também não) dizer isto…mas a 2ª divisão tem novo líder!

Falo do Lijó (30 pontos), que aproveitou, e de que maneira, o embate entre Fonte Coberta e Sequeade! Primeiro, foi ao sempre difícil terreno do Paradela (8º, 17 pontos) vencer por 0-2. Com isso, aproveitou o empate a 0 entre o Fonte Coberta (3º, 25 pontos) e o então líder Sequeade (2º, 29 pontos).

Quem aproveitou, igualmente, para se aproximar dos primeiros foi o Juventude São Martinho (4º, 25 pontos), que levou de vencida, em casa, o Cambeses (17º, 5 pontos), por 3-1.

Outro grande jogo opôs o Aborim (5º, 24 pontos) e o Chorente (6º, 21 pontos). Registou-se mais um empate, também a 0.

Destaque, igualmente, para a boa vitória caseira do Milhazes (10º, 15 pontos), por 3-0, sobre o Lama (15º, 10 pontos). Os outros resultados foram: Estrelas 2 – Creixomil 1; Ceramistas 1 – Águas Santas 0; e São Mamede 2 – Cristelo 1 (que se realizou hoje, dia 30, tal como os jogos da Taça). O Carvalhas “descansou”.

Na próxima jornada, também a 7 de janeiro, destaco Lijó – Estrelas, Sequeade – Milhazes, Ceramistas – Fonte Coberta, Creixomil – Aborim e Lama – São Martinho.



Taça Cidade de Barcelos com grandes surpresas

Os oitavos de final da Taça Cidade de Barcelos, disputados hoje durante a tarde, trouxeram-nos resultados surpreendentes, sendo que o atual detentor do troféu, Negreiros, “caiu aos pés” do Silva.

O jogo que opunha, como referi, o vencedor da última edição da Taça, o Negreiros, que está a passar por uma fase menos boa e que deslocou-se ao terreno de uma equipa que está numa fase oposta, ou seja, muito boa, se bem que saída de uma derrota caseira para o campeonato. No entanto, por serem os atuais detentores da Taça, recaía nos homens de Negreiros uma maior responsabilidade. Sendo primodivisionários, o equilíbrio seria maior…e isso veio a revelar-se! Tempo regulamentar: 3-3. No prolongamento não houve quem saísse vencedor. Foi preciso recorrer-se à “lotaria” das grandes-penalidades, onde os da casa foram mais fortes, vencendo por 6-4 e eliminando, desta forma, o atual detentor da Taça Cidade de Barcelos, o Negreiros!

Mas as surpresas não ficam por aqui! Numa espécie de “tomba gigantes”, o último classificado da 2ª divisão, com apenas 5 pontos em 12 jogos, Cambeses, eliminou, nada mais, nada menos que o campeão em título da 1ª divisão e seu atual 6º classificado, Pereira! No final do tempo regulamentar e do prolongamento, o resultado era um empate a 0. Nas grandes-penalidades, venceram os da casa, por 5-4, eliminando, assim e a meu ver, mais um candidato à vitória final nesta competição!

Onde quase aconteceu o mesmo foi em Vila Frescaínha São Martinho, onde a Juventude local, da 2ª divisão, levou o jogo para as grandes-penalidades. Recebeu o atual 2º classificado da 1ª divisão – e a atravessar um bom momento – Leocadenses e o resultado final foi um empate a 3 golos! No prolongamento o “nó não desatou” e a eliminatória pendeu de vez para os visitantes, por 6-8 nas grandes penalidades. Leocadenses que, a manterem a forma atual, são uns grandes candidatos à vitória final.

Mas talvez o jogo da eliminatória tenha sido o Macieira – Remelhe. Estamos a falar do 3º da 1ª divisão a receber o 4º! E eis que o visitante levou a melhor, eliminando mais um forte candidato à vitória final, em sua própria casa, por 1-3! Remelhe que se torna, assim e igualmente, um dos fortes candidatos a vencerem a Taça.

Destaco, também, a eliminação do Cossourado (1ª) pelo novo líder da 2ª, o Lijó, em casa deste, por 1-0, e o 5º classificado da 2ª, Aborim, a eliminar, em casa, o Palme (1ª), por 2-1! Nos restantes jogos, julgo que prevaleceu a “normalidade”: Oliveira (1ª) 3 – Paradela (2ª) 1 e Milhazes (2ª) 1 – Carapeços (1ª) 3. Atenção que o Carapeços também é um dos favoritos à vitória final!

Por hoje é tudo…e já não foi pouco! Mas falámos das duas competições do nosso futebol popular, recheadas de emoção, golos e surpresas…e é disto que o povo gosta!

Resta-me desejar a todos umas ótimas entradas no novo ano e que 2018 nos traga (a todos nós) muita saúde, amor, paz, sucessos e muito bom futebol!

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Semana com campeonato e Taça Cidade de Barcelos

Novembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Luís Gonçalves

Olá, amigos leitores!

O Leões da Serra perdeu os primeiros pontos, ao sair empatado a 0 bolas com o Baluganense. Desta forma, ficou a partilhar o primeiro posto com o Pereira, que venceu o Negreiros por duas bolas a 0. Ambas as equipas estão na liderança, com 13 pontos.



Logo a seguir, no 3º posto, está o Carvalhal, que venceu fora o Leocadenses por 1-2. No jogo do sábado passado (jornada anterior), o Carvalhal teve algumas contrariedades, destacando a expulsão de Joca, que entrou na segunda parte e foi expulso 3 minutos depois de entrar! Jogaram cerca de 35 minutos em inferioridade numérica.

O Macieira venceu por 2-1 o Remelhe, que ainda não tinha perdido no campeonato. Com este resultado, os Macieirenses ultrapassaram o seu adversário na tabela classificativa.

Quem também está a ter um bom início é o Palme, que esta jornada venceu fora de portas o Pedra Furada, por 1-2. O Pedra Furada ainda não pontuou.

O estreante Fragoso foi perder ao reduto do Campo por duas bolas a uma, sendo que foi a primeira vitória para a equipa do Campo.

O “tormento” do Carapeços fora de portas continua, ao somar a terceira derrota. Desta vez, foi em Perelhal (2-0), equipa que também não tinha vencido qualquer jogo.

Depois da goleada sofrida diante do Carapeços, o Feitos voltou a pontuar, desta vez em casa, com um empate diante do Cossourado por 1-1.

O Silva marcou o seu primeiro golo no campeonato, feito que foi suficiente para somar, também, a primeira vitória, diante do Oliveira. Obviamente, 1-0 foi o resultado final.

Destaque para o Carvalhal – Pereira e o Leões da Serra – Macieira da próxima jornada.

Na Segunda Divisão, o Sequeade continua de “vento em popa”, somando o pleno de vitórias, sendo que a “vítima” desta jornada foram os Ceramistas, com mais uma goleada, esta por 6-1.

A liderar o grupo perseguidor está o S. Martinho, que venceu nesta jornada, por 5-4, o Aborim.

O Fonte Coberta deu um salto na tabela classificativa, vencendo à tangente o Cristelo, por 2-1, e subindo ao 3º lugar. Sem vencer há dois jogos está o Milhazes, que desta vez empatou em casa por 2-2. Mesmo assim mantém o 4º lugar.

O Lijó folgou esta jornada e está na quinta posição.

Na próxima jornada o destaque vai para o Águas Santas – S. Martinho e Chorente – Sequeade.

A festa da Taça Cidade de Barcelos jogou-se neste último feriado de 01 de novembro, sendo que passaram à fase seguinte 10 equipas da primeira divisão e 5 da segunda.

Um fim de semana feliz, vos deseja o amigo Luís.

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

A bola voltou a rolar

Outubro 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Luís Gonçalves

Caros leitores,

Confesso que já estava com saudades de voltar a escrever-vos sobre o nosso futebol popular mas os campeonatos iniciaram apenas neste último fim de semana. E logo em dia de eleições! Ao que leio e ouço, a abstenção diminuiu (ainda bem), o que comprova que, se calhar, o futebol não é impeditivo para que aqueles que querem ser participantes nas escolhas democráticas deixem de o fazer. Bom…vamos mas é ao que interesse neste espaço: o futebol popular!



No passado domingo, a 1ª Divisão trouxe-nos algumas surpresas, ou pelo menos, alguns resultados mais inesperados. Houve 4 vitórias fora, 1 empate e 4 vitórias caseiras.

O campeão em título e vencedor da Supertaça deste ano, Pereira, iniciou a sua caminhada com uma vitória caseira sobre o Palme, por 1-0. É verdade que foi pela “margem mínima”, mas 3 pontos, são 3 pontos!

O 2º classificado do ano passado, Leões da Serra, também iniciou muito bem a sua caminhada, derrotando fora de casa o recém-promovido Feitos, por 1-2. Já o 3º classificado do campeonato passado, vencedor da Taça Cidade de Barcelos e finalista vencido da Supertaça, o Negreiros, também venceu fora, em Campo, por 2-3. Um jogo com 5 golos para animar o público presente!

Sendo assim, relativamente às 3 equipas mais fortes do ano passado nada de novo e de anormal. Triunfaram e estão, por tal, nos lugares cimeiros da classificação, com 3 pontos.

Um resultado que surpreendeu foi a vitória do Fragoso, outro recém-promovido, que derrotou, em casa, o 4º classificado da temporada anterior, o Carapeços. Foi, por isso, uma entrada excelente para uma equipa que inicia a sua prestação num patamar acima do do ano anterior.

Destaque, igualmente, para a goleada caseira do Carvalhal sobre o Cossourado (4-0); para a vitória tranquila do Leocadenses sobre o 5º classificado do ano passado, o Oliveira, por 3-1; para a vitória forasteira do Macieira em casa do Silva (0-1); para a boa vitória fora do Baluganense em casa do Pedra Furada (1-3); e para o empate do recém-promovido Perelhal, em casa, frente ao Remelhe (1-1).

Deste modo, há um vasto conjunto de equipas que conquistaram 3 pontos, sendo elas o Carvalhal, o Leocadenses, Fragoso, Pereira, Baluganenses, Negreiros, Leões da Serra e Macieira.

Na próxima jornada, a 2ª, destaco o Oliveira-Pereira (5º e 1º da época passada, respetivamente); o Negreiros-Carvalhal (3º do ano passado contra uma equipa que começou muito bem o campeonato); e, finalmente, o Carapeços-Leocadenses (4º do ano passado contra uma equipa que começou, também, muito bem o campeonato).



Na 2ª divisão, a bola também rolou. De destacar a presença de duas novas equipas, os Ceramistas (Galegos São Martinho) e os Estrelas de São Pedro (Vila Frescaínha São Pedro), em substituição do Silveiros e dos Águias de São Fins.

Por falar em novas equipas, que entrada no campeonato dos Estrelas de São Pedro, com uma goleada fora, em casa do Lama, por 2-5! Melhor começo não poderiam ter! Mas os Ceramistas, apesar de não terem ganho, não se podem queixar muito da sorte, pois conseguiram empatar a 1 bola em casa do Cristelo!

Tirando o Silveiros, que desistiu da competição, as outras duas equipas que desceram da 1ª divisão, o Fonte Coberta e o Sequeade, tiveram um bom começo de campeonato, com os primeiros a receberem e levarem de vencida o Creixomil (2-1) e os segundos a golearem, em casa, o Paradela (4-1)!

Quem goleou também foi a Juventude S. Martinho, que em casa levou de vencida o Carvalhas, por 4-0! Já o Aborim conseguiu, de igual forma, vencer, mas fora de portas, em Cambeses, por 0-1.

Ficam a faltar 2 jogos, que terminaram empatados. O Lijó e Chorente empataram, em casa do primeiro, a 2 bolas. Já em Milhazes, a equipa local recebeu e empatou a 1 com os Águias de S. Mamede, finalistas vencidos da Taça Cidade de Barcelos. O Águas Santas “descansou”!

Com tudo isto, e porque ainda era a 1ª jornada, há um grupo de equipas nos lugares cimeiros da classificação, com 3 pontos, sendo elas Juventude S. Martinho, Estrelas S. Pedro, Sequeade, Fonte Coberta e Aborim.

Para a próxima jornada, destaco o Estrelas de S.Pedro-Sequeade (nova equipa nesta divisão, que começou muitíssimo bem o campeonato, contra um recém-despromovido da divisão maior…e que também iniciou muito bem); o Águias S.Mamede-Juventude S.Martinho (finalista da Taça Cidade de Barcelos contra uma equipa que iniciou o campeonato com goleada caseira); e o Águas Santas-Cambeses (por ser o jogo de estreia dos da casa). Os Ceramistas “descansarão”!

E pronto, por hoje é tudo sobre as nossas duas divisões do Futebol Popular de Barcelos. Espero que tenham gostado da leitura e que continuem a seguir-nos neste espaço.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís.

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Ir Para Cima