Tag archive

Taça de Portugal - page 3

Duas equipas do Basquete de Barcelos chegam à centena de pontos no fim de semana

Outubro 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Feito alcançado pelos Sub-14 Masculinos e Sub-19 Femininas

No passado fim de semana, o Basquete Clube de Barcelos disputou 9 jogos, tendo o saldo final sido negativo para a equipa barcelense, com 3 vitórias e 6 derrotas.



Os Sub-16 Masculinos foram derrotados pelo CB Viana, em casa destes, por 70-40, no sábado. Ainda neste dia, os Sub-14 Masculinos “esmagaram” o ED Viana por 122-32. Os Sub-18 Masculinos foram derrotados, em casa, pelo BC Limiense, por 55-78. Já os Seniores Masculinos também perderam em casa, com o FAC Famalicão, por 64-88. No último jogo do dia, as Seniores Femininas deslocaram-se à quadra do BC Vila Real, levando de vencida por 40-63.

No domingo, os Seniores Masculinos jogaram novamente contra o FAC Famalicão, em casa destes, mas em partida a contar para a Taça de Portugal, tendo sido derrotados por 77-51. Em Sub-16 Femininos, o BCB perdeu apenas por 1 ponto, em casa do ED Viana, por 39-38. Os Sub-18 Masculinos receberam o Vitória de Guimarães, sendo derrotados por 42-57. Por fim, as Sub-19 Femininas recebeu o GDAS e conseguiu um resultado “incomum”, vencendo por 100-12.

Imagem: BCB.

Jogos do próximo fim de semana do Basquete de Barcelos com Taça de Portugal pelo meio

Outubro 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo fim de semana, as equipas seniores e de formação do Basquete Clube de Barcelos (BCB) entram de novo em ação, em mais dois dias repletos de jogos.



Os Seniores Masculinos defrontam o FAC Famalicão e, no intervalo do jogo, serão divulgados os atletas do mês de setembro. Já as Femininas, deslocam-se a Vila Real para defrontarem o BC Vila Real.

Na formação, no Pavilhão da Escola Secundária de Barcelos, os Sub-14 Masculinos jogam contra o ED Viana; os Sub-18 Masculinos contra o BC Limiense. No domingo, os Sub-18 Masculinos entram de novo em ação, em casa, frente ao Vitória de Guimarães. As Sub-19 Femininas defrontam o GDAS.

Sábado, fora, jogam os Sub-16 Masculinos, frente ao CB Viana. Também fora, mas no domingo, atuam as Sub-16 Femininas, frente ao ED Viana.

Por fim, ainda no domingo, e a contar para a Taça de Portugal, os Seniores defrontam novamente o FAC Famalicão, mas em casa destes.

Imagem: BCB.

Joaquim Sousa com pleno de vitórias em fim de semana de Taça de Portugal de Orientação

Outubro 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado fim de semana, as zonas de Mira e Vagos receberam mais uma prova de Orientação, composta por três etapas, a contar para a Taça de Portugal 2018, onde competiu o barcelense Joaquim Sousa.



Sábado de manhã, a 1ª etapa, de distância média, foi no mapa das Gafanhas, terreno de floresta com muito pormenor técnico e com algumas zonas de visibilidade reduzida. Com uma prova sem erros, Joaquim Sousa conseguiu vencer com alguma facilidade, somando, dessa forma, mais 100 pontos para a Taça de Portugal.

Ainda no sábado, mas na parte da tarde, a prova foi até à Praia de Mira para realizar a 2ª etapa, desta vez uma prova de Sprint. Mais um terreno muito adequado a essa vertente, sendo, no geral, do agrado de todos. Desta vez, o atleta barcelense cometeu um grave erro de navegação que quase o fez perder o 1º lugar nessa etapa. No entanto, e com alguma sorte, voltou a vencer mais uma etapa, confirmando, assim, o 1º lugar no seu escalão.

Por fim, no domingo de manhã, realizou-se a 3ª e última etapa, desta vez uma prova de distância longa e, novamente, no mapa das Gafanhas.

Mais uma vez, fez uma prova sem erros e, por isso, o melhor tempo voltou a ser seu, conseguindo, por tal, fazer o pleno no Troféu: 3 etapas 3 vitórias e vitória no Escalão de Veteranos 45, acumulando mais 300 pontos para a Taça de Portugal 2018.

Com estes resultados, o atleta de Galegos Santa Maria fica com o pleno no Ranking da Taça de Portugal em H45, ou seja, 1500 pontos, equivalentes a 15 vitórias.

Imagens: JS.

Gil Vicente eliminado da Taça de Portugal pelo Chaves (Satélite)

Outubro 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Grande penalidade decide eliminatória

O Gil Vicente Futebol Clube disputou, ontem, a 2ª eliminatória frente ao GD Chaves – Satélite, uma espécie de equipa B dos flavienses, tendo sido derrotado – e, consequentemente, eliminado – por 0-1.



A equipa orientada por Nandinho alinhou com Victor Brasil, Rui Faria, Hugo Russo, Henrique Brito, Edwin Vente, Junior, Ahmed Isaiah, Tiger (Tanko, 85’), Juan Villa (James Arthur, 81’), Joãozinho (Silas, 72’) e Dimba. No banco ficaram Wellington, Bruno Morais, Emerson e Bruno Lopes.

Já a equipa orientada por Carlos Guerra alinhou com João Kuspiosz, Nassali, Tiago Palancha, Marlon Rangel, Ibrahim, Njoya, Hélder Almeida, Zangre, João Bachi (Ivan Machado, 64’), Gustavo Souza (João Paredes, 66’) e Ndong (Francisco Delgado, 88’). No banco ficaram Nuno Dias, Ruca, Mika e Afonso.

Junior (72’), pelos gilistas; Hélder Almeida (45’) e Gustavo Souza (64’), pelos flavienses, foram admoestados com a cartolina amarela.

O autor do golo, na marcação de uma grande penalidade, foi João Paredes, aos 84 minutos, deixando os gilistas já com pouquíssimo tempo de reação.

Gil Vicente segue em frente na Taça de Portugal

Setembro 10, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Ontem, dia 9 de setembro, o Gil Vicente Futebol Clube deslocou-se a Viana do Castelo para defrontar o Vianense, em jogo a contar para a 1ª eliminatória da Taça de Portugal.



No Estádio Dr. José de Matos, José Pequeno, treinador local, fez alinhar: Vasco, Diogo Gonçalves, Vítor Veloso, Elson Marques, Rafa, Fábio Sequeira (Rúben Bicho, 67’), Vítor Moraes (Lucas, 57’), Tiago Magalhães, Vítor Hugo (Cristiano, 77’), Diogo Correia e Hélder Pinto. No banco ficaram Beto, Óscar Sá, Nuno Afonso e Duarte.

Já Nandinho, treinador gilista, fez alinhar Victor Brasil, Bruno Morais, Rui Faria, Edwin Vente, Junior, Ahmed Isaiah, Tiger, Juan Villa (James Arthur, 83’), Joãozinho, Tanko (Bruno Lopes, 57’) e Gabriel Mejía (Dimba, 67’). No banco ficaram Espíndola, Pedro Araújo, Kiko e Rui Gomes.

O árbitro Hugo Pacheco (AF do Porto) admoestou com cartolina amarela, do lado vianense: Vítor Hugo (41’), Fábio Sequeira (65’), Vítor Veloso (84’), Rúben Bicho (88’) e Rafa (90’). Já do lado gilista, admoestou: Tiger (39’) e Bruno Lopes (80’).

Ahmed Isaiah foi o autor do golo que valeu a passagem do Gil Vicente FC, aos 71 minutos. Na sequência da marcação de um pontapé de canto, e depois de muita confusão dentro da pequena área gilista, o nigeriano “fuzilou” as redes da equipa da casa, marcando o precioso 0-1 que valeu à equipa barcelense o passaporte para a 2ª eliminatória.

No final da partida, Nandinho realçou que o Gil Vicente passou “com todo o mérito”, pois foram a melhor equipa. Sabiam que seria um jogo com um grau elevado de dificuldade, já que o Vianense era uma equipa muito aguerrida, que ia criar dificuldades e foi isso que os gilistas encontraram. Foi uma equipa perigosa nos lances de bola parada, com muitos jogadores atrás da linha da bola. Na segunda parte, referiu Nandinho, “melhorámos e acabámos por fazer o golo, que trouxe justiça àquilo que foi o condão do jogo. Nós fomos melhores, tivemos sempre a iniciativa e fomos a equipa que quis, realmente, ganhar o jogo e passar esta eliminatória”.

De realçar a grande falange de adeptos gilistas que marcaram presença nas bancadas do recinto desportivo de Viana do Castelo.

Gil Vicente cede primeiros pontos no Campeonato

Setembro 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Ao contrário do que vinha sendo habitual, desta vez o Gil Vicente FC não jogou ao domingo à tarde, tendo realizado o seu jogo relativo à 4ª jornada do Campeonato de Portugal (Série A) no passado sábado, dia 1 de setembro.



A deslocação foi curta, até Merelim São Pedro (Braga), onde esperava os gilistas a equipa da casa, o Merelinense, para um jogo apitado por Pedro Ferreira, coadjuvado por Nuno Freitas e José Pereira e que terminou com um empate a 0 e a consequente divisão de pontos.

Carlos Cunha, treinador merelinense, fez alinhar Paulo Jorge, Cadú, Xavi, Ribeiro, Adebanjo, José Veloso (Jorge Chula, 78’), Henrique Vieira (Davide Caseiro, 68’), Valter Beck, João Freitas (Tiago Morgado, 55’), Jorginho e Fausto Lourenço. No banco ficaram Igor Bissoloti, Raphael Almeida, Zé Diogo e Fábio Pimenta.

Já Nandinho fez alinhar Wellington, Bruno Morais, Rui Faria, Edwin Vente, Junior, Ahmed Isaiah, Tiago Gomes, Juan Villa (Tiger, INT), Tanko, Bruno Lopes (Joãozinho, 78’) e Gabriel Mejía (Dimba, 67’). No banco ficaram Rafa Pires, Pedro Araújo, Kiko e Ramalho.

Da parte dos da casa, Tiago Morgado (60’) e Henrique Vieira (62’) foram “contemplados” com a cartolina amarela. Já da parte gilista, foi Edwin Vente quem foi admoestado com amarelo, aos 64 minutos.

Nandinho, treinador gilista, salientou que “foi um jogo com duas partes distintas. Uma primeira parte em que a equipa esteve bem, a controlar o jogo por completo, sempre com o domínio e o controlo do jogo, com boas oportunidades para marcar”. No entanto, “na segunda parte, as duas situações de perigo que eles tiveram foram numa desatenção nossa num pontapé de baliza, em que os nossos jogadores estavam muito subidos e não repararam que tinham um jogador nas costas, e num lançamento de linha lateral. De resto, não houve mais nada. Mas nós, também, na segunda parte caímos um bocadinho de produção, o jogo já ficou mais partido a partir do meio da segunda parte. Faltou-nos alguma capacidade física nos últimos minutos para definir melhor situações em que saímos e chegámos à zona de finalização. Se temos definido melhor o último passe, podíamos ter saído daqui com outro resultado. Mas, de qualquer forma, satisfeito com a postura, com a atitude competitiva da equipa”, salientou.

Com este empate, o Gil Vicente FC segue invencível, liderando “virtualmente” a classificação, com 10 pontos em 4 jogos. O próximo desafio será “a sério” e a eliminar, para a Taça de Portugal, frente ao Vianense, no terreno deste, já no próximo domingo, pelas 17h00.

Foto: GVFC.

Joaquim Sousa conquista 1º lugar na “Taça Ribatejo Norte 2018” em Orientação

Junho 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no passado fim de semana de 09 e 10 de junho, mais uma etapa da Taça de Portugal em Orientação Pedestre, em Abrantes. A “Taça Ribatejo Norte 2018”, organizada pelo COA – Clube Orientação e Aventura, constituída por três etapas, mas apenas duas a contar para a Taça de Portugal, contou com a participação do barcelense Joaquim Sousa.



O atleta de Galegos Santa Maria esteve muito bem, ao vencer as duas etapas a contar para a Taça de Portugal, sendo 2º na prova extra, o que foi mais do que suficiente para vencer, na geral, em H45.

Com estes resultados, Joaquim Sousa mantém, também, o 1º lugar na Taça de Portugal.

O atleta tem a próxima prova é já domingo, dia 17 de junho, e compete, no dia 24 de junho, no Trail de Airó.

Em nota, Joaquim Sousa agradece à “Serfisio Barcelos, pelo apoio e tratamento fantásticos, que têm sido fundamentais para eu conseguir conquistar estes resultados”.

Fonte e fotos: JS.

Juniores da ACR Roriz conquistam o 3º lugar na Taça de Portugal de Estrada

Maio 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Durante o passado fim de semana, disputaram-se as duas últimas etapas da Taça de Portugal de Estrada, para a categoria de Juniores, e que consagrou a formação de Roriz – Barcelos como a terceira classificada no Ranking Final.



Sábado, os atletas rumaram a Sobrado (Valongo) para disputar a 4ª etapa, que tinha uma distância de 115km e três contagens de montanha. Com a ausência, por lesão, de Pedro Silva, que à partida era o atleta melhor posicionado no ranking nacional desta equipa rorizense, ocupando a 5ª posição, a ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT apresentava-se com o objetivo de lutar pela etapa e pelas classificações complementares.

O seu atleta Hélder Gonçalves esteve em destaque, ao vencer a primeira contagem de montanha e ao ser terceiro na última, arrecadando os pontos suficientes para sagrar-se o “rei” da montanha.

Nas contas da classificação individual, destaque, ainda, para Rafael Torres, que fechou no TOP-5, logo seguido por Hélder Gonçalves, na 6ª posição. João carvalho e João Rocha foram 19º e 20º, respetivamente. Flávio Fernandes, 38º classificado, foi um dos mais combativos do dia, ao estar presente na principal fuga e um dos últimos atletas a ser alcançado, já nos 15km finais. Foi por essa altura, que Pedro Pinto (ADRAP-Sentir Penafiel) atacou e conseguiu levar o esforço até ao risco de meta, onde venceu com o tempo de 02h52m13s. Ainda nas contas finais, Manuel Barbosa foi 54º classificado. Com estes resultados, a equipa de Roriz conquistou o 2º posto da classificação coletiva.

No domingo, a exigência do traçado do Troféu Peixoto Alves, que contava com duas passagens pelo alto do Sameiro (Braga), viria a desfragmentar o pelotão. Hélder Gonçalves foi o melhor posicionado da equipa, ao terminar na 5ª posição, a 02m50s do vencedor, Diogo Barbosa (Vito-Feirense), que terminou com o tempo de 03h01m01s. Rafael Torres foi 14º, João Carvalho 23º, João Rocha 37º e Bruno Silva 76º. Manuel Barbosa e João Lobo não concluíram. Coletivamente, a equipa alcançou a 3ª posição.

Com estes resultados, e nas contas finais do ranking da Taça de Portugal, destaca-se o 3º posto na classificação coletiva da formação da ACR Roriz, repetindo, dessa forma, o lugar de 2017. Na primeira posição terminou o Sporting-Formação, seguidos pelo Vito-Feirense, no 2º lugar. Individualmente, Pedro Silva terminou na 11ª posição, Hélder Gonçalves 14ª, Rafael Torres 21ª, João Carvalho 32ª, João Rocha 40ª, Flávio Fernandes 69ª, Manuel Barbosa 75ª e Bruno Silva 86ª, numa competição vencida por Guilherme Mota (Alcobaça CC).

Fonte: ACRR.

Fotos: DR.

Pedro Silva, da ACR Roriz, sobe ao 5º lugar na Taça de Portugal de Estrada

Abril 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa Júnior da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT esteve presente, no passado fim de semana, no Troféu José Poeira, 2ª e 3ª prova pontuável para a Taça de Portugal de Estrada.



No sábado, os atletas tiveram pela frente um Contrarrelógio Individual (CRI), com 24km de extensão, na Zambujeira do Mar, onde Pedro Silva, com o registo de 00:32:46, conquistou o 7º melhor tempo, a 47s do vencedor, Guilherme Mota (Alcobaça CC).

Da mesma equipa, Rafael Torres e João Rocha efetuaram o mesmo tempo, 00:33:41, o que lhes ditou o 23º e 24º posto, respetivamente; Hélder Gonçalves foi 43º, com 00:34:30, Manuel Barbosa foi 46º, com 00:34:37, Bruno Silva foi 49º, com o tempo de 00:34:40, Flávio Fernandes foi 55º, com 00:34:49, João Carvalho 58º, com 00:34:54, e João Lobo foi 36º, com o tempo de 00:36:18. Estas classificações valeram o 6º posto na classificação coletiva.

No domingo, os atletas tiveram um exigente percurso, com 130 km de distância, com início em Vila Nova de Milfontes e meta em Odemira, onde o sobe e desce constante do Alentejo foi propício a várias tentativas de fuga. Rafael Torres e, numa fase inicial, Manuel Barbosa foram dois atletas que participaram na principal fuga do dia, onde tiveram a companhia de mais 8 atletas de várias formações. Foi desta fuga que quatro elementos viriam a discutir a vitória entre si, onde o mais forte foi Francisco Guerreiro (SICASAL | LIBERTY SEGUROS | BOMBARRALENSE). Pedro Silva atacou no pelotão, a cerca de 6 km, mas a distância foi curta para alcançar os fugitivos, terminando num honroso 5º lugar, a 44s do vencedor. Logo de seguida, chegou João Carvalho e Hélder Gonçalves, na 12ª e 16ª posição, respetivamente. Rafael Torres foi 45º, Flávio Fernandes 63º, João Rocha, que seguia no pelotão principal a 4km da meta, sofreu uma queda e terminou na 68ª posição, logo seguido por Bruno Silva, no 69º posto. João Lobo e Manuel Barbosa foram 96º e 97º, respetivamente.

Com estes resultados, a formação de Roriz-Barcelos arrecadou o 2º lugar coletivamente.

Feitas as contas do Ranking geral da Taça de Portugal, quando faltam duas provas, Pedro Silva encontra-se, neste momento, na 5ª posição, João Carvalho é 24º, Hélder Gonçalves 26º, Rafael Torres 39º, João Rocha 40º, Manuel Barbosa 61º e Bruno Silva 73º.

Fonte: ACRR.

Fotos: DR/ Ricardo Dias.

Óquei de Barcelos perde em Tomar e é eliminado da Taça de Portugal

Março 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Jogou-se hoje os oitavos de final da Taça de Portugal de Hóquei em Patins, com o Óquei Clube de Barcelos a deslocar-se a Tomar para defrontar o Sporting local. O resultado final ditou um 4-3, que afastou o OCB da Taça e dos quartos de final.



Arbitrado por Manuel Oliveira e António Santos (AP Aveiro), Nuno Domingues, treinador dos nabantinos, fez alinhar de início Diogo Alves, João Lomba, João Sardo, Ivo Silva e Paulo Passos, deixando no banco Marco Gaspar, Hernâni Diniz, Pedro Martins, Xanoca e Duarte Ferreira.

Já Paulo Pereira, técnico “óquista”, fez alinhar de início Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa. No banco ficaram André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Pedro Silva, Afonso Lima e Marinho.

O jogo começou tremendamente mal para os homens de Barcelos, com a equipa da casa a marcar o primeiro golo logo aos 49 segundos de jogo. O jogo continuou dividido mas aos 16 minutos, Pedro Martins aumentou a vantagem para o Sporting de Tomar. Ao intervalo, o marcador assinalava um 2-0 para a equipa da casa.

Se o início de jogo não foi o melhor, o reinício trouxe um OCB mais acutilante e à procura do golo. Aos 4 minutos da 2ª parte, o espanhol Juanjo López reduziu para 2-1. No minuto seguinte, o OCB chega à 10ª falta mas Ricardo Silva não deixou João Sardo aumentar a vantagem nabantina. Um minuto depois foi o OCB que não aproveitou o livre direto, a penalizar o Tomar pela 10ª falta. O jogo animou.

Aos 7 minutos, Rúben Sousa restabeleceu a igualdade. Dez minutos depois, o OCB chega à 15ª falta mas Ivo Silva não concretizou o livre direto, com Ricardo Silva a defender novamente. No entanto, no minuto seguinte, Hernâni Diniz recolocou os da casa na frente do marcador. Entretanto, no mesmo minuto, Hugo Costa é admoestado com azul, mas sem direito do Tomar a livre direto, e João Almeida tornou a empatar a partida, neste caso a 3. De seguida, o Tomar fez a 15ª falta mas João Almeida não conseguiu concretizar o livre direto.

O jogo continuava “taco a taco”, ou “stick a stick”, quando os da casa, já no último minuto do tempo regulamentar, marcaram o 4-3, por intermédio de João Sardo. E foi com este resultado que terminou o jogo, ficando o OCB pelo caminho nesta competição.

De relembrar que apenas neste jogo e no Sporting-FC Porto estavam envolvidas equipas da primeira divisão, o que torna evidente a “pontinha de azar” que o OCB teve no sorteio. OCB que classificou de “simplesmente vergonhoso o que se passou em Tomar”, na sua página do Facebook.

Ir Para Cima