Tag archive

Teatro Gil Vicente

Britânicas Maggi Marello e Shaz Bilyard expõem “Duas Amigas, Dois Pincéis” no Teatro Gil Vicente

Abril 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura hoje, no Teatro Gil Vicente, a exposição “Duas Amigas, Dois Pincéis”, que estará patente até 27 de maio, com entrada gratuita.



Maggi Marello nasceu em Inglaterra, perto de Newcastle, em 1949. Já viveu em vários países, tendo chegado a Barcelos em 1973, onde viveu durante quase 10 anos. Hoje em dia, mora em Vila Nova de Gaia. Já teve oportunidade de expor algumas vezes em Barcelos, Santo Tirso, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila Nova de Gaia e também participou em exposições coletivas noutras ocasiões, no Norte de Portugal.

Já Shaz Bilyard nasceu em Londres mas também reside em Vila Nova de Gaia, junto à praia de Salgueiros, tendo vivido, igualmente, em Anadia, onde trabalhava como decoradora de interiores. Viveu parte da vida na África do Sul.

Imagem: CMB.

Concurso Nacional de Leitura com alunos de agrupamentos de escolas de Barcelos

Abril 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro Gil Vicente recebe, já amanhã, dia 20 de abril, a Prova Regional – Municípios da 12.ª edição do Concurso Nacional de Leitura.



As provas municipais organizadas pela Biblioteca Municipal contam com 32 alunos vencedores dos agrupamentos de escolas do concelho, nas várias categorias, do 1º Ciclo ao Ensino Secundário.

Os alunos vencedores desta final irão representar o Município de Barcelos nas provas da Comunidade Intermunicipal do Cávado, que se realizam em maio. A final é transmitida pela RTP, no dia 10 de Junho, data de celebração da língua portuguesa.

O concurso consta de uma prova escrita e de uma prova oral, subdividindo-se esta em prova de argumentação e prova de leitura, sendo o júri constituído por Pedro Chagas Freitas (escritor), José Campinho (professor) e Victor Pinho (Bibliotecário Municipal).

Aos alunos selecionados para a prova oral será atribuída uma menção honrosa e ao primeiro classificado será atribuído um prémio.

O Concurso Nacional de Leitura tem como objetivo central estimular o exercício da leitura e desenvolver competências de expressão escrita e oral e é promovido pelo Plano Nacional de Leitura, em articulação com a DGLAB- Direcção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, com a Rede das Bibliotecas Escolares e com o Camões- Instituto da Cooperação e da Língua.

Fonte: CMB.

Imagens: DR.

Teatro Gil Vicente recebe “O meu avô, o meu pai e eu – uma história da revolução”, da Companhia de Teatro de Santo Tirso

Abril 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 22 de abril, pelas 21h30, o palco do Teatro Gil Vicente recebe a peça “O meu avô, o meu pai e eu – uma história da revolução”, levada a cena pela Companhia de Teatro de Santo Tirso. A apresentação está inserida no programa da Festa das Cruzes 2018.



Esta peça será apresentada em Barcelos em ante-estreia, o que revela a proximidade desta companhia de teatro tirsense a este concelho, talvez também pelo facto de uma das suas principais figuras, Sérgio Macedo, ser barcelense. A estreia ocorre dois dias depois, em Santo Tirso.

O facto da Companhia de Teatro de Santo Tirso realizar uma ante-estreia e uma estreia em concelhos diferentes (Barcelos e Santo Tirso) é uma clara evidência da importância que a companhia tem vindo a conquistar com os seus trabalhos e a sua qualidade.

Esta 10ª produção da Companhia de Teatro de Santo Tirso, no seguimento da sua linha artística, é também ela a 10ª criação com texto próprio, revelando a aposta da companhia na criação de novos textos, novas dramaturgias e novos públicos.

Além da reflexão inerente do que somos como portugueses e a nossa relação com a história de Portugal, a peça tem uma forte componente pedagógica sobre os conteúdos históricos da Revolução do 25 de Abril e revela-se no meio escolar como uma oportunidade de assimilar aprendizagens efetuadas na sala de aula. Nesse sentido, estão já agendados diversos espetáculos em escolas e salas de espetáculo em concelhos como o de Santo Tirso, Barcelos, Braga e Guimarães.

Com texto de António Rodrigues, a peça: “O meu avô, meu pai e eu – uma história da revolução” retrata as condições de vida em Portugal durante a ditadura de Salazar e os principais acontecimentos que conduziram ao dia 25 de abril de 1974. Inspirado em “As portas que Abril abriu”, de José Carlos Ary dos Santos, esta peça viaja até 1975, a uma sala de estar onde pai e filho, recordando a história recente de um país saído de uma revolução, vão esgrimindo argumentos e considerações, criando momentos de conflito ao reviver a história.

Um pai que ainda vive segundo o trinómio “Deus, Pátria e Família”. Um filho que reclama os valores de Abril. Um país que vive em instabilidade política e social após 48 anos de ditadura. É a história narrada dentro de uma história.

 

Fonte e imagens: CTST.

Teatro de Balugas leva a cena “Abaixo o Aeroporto en Rianxo” no Teatro Gil Vicente

Abril 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O palco do Teatro Gil Vicente recebe, dia 14 de abril, pelas 21h30, a companhia barcelense Teatro de Balugas, que leva a cena a sua peça “Abaixo o Aeroporto en Rianxo”



Depois da estreia em Rianxo, terra de Castelao, Dieste e Manuel Antonio, nomes incontornáveis da literatura galega, o Teatro de Balugas apresenta a sua nova produção intitulada, em galego, “Abaixo o Aeroporto en Rianxo”, que é uma divertida comédia dedicada a essa vila piscatória da província da Corunha, onde o português, o galego e castelhano se misturam na história da mais pequena comunidade portuguesa radicada na Galiza, da qual o Governo Português nunca deve ter ouvido falar.

Ti Abílio há muito que ouve mal, diz que foi da fome que passou. Zé Bidão é dançarino de danças de salão nas horas vagas e biscateiro de profissão. O romeno Yuran, ilegalmente a trabalhar em Espanha, fala mal a língua de Cervantes, mas entende bem a preguiça de Zé Bidão. Ele veio à procura de fortuna e vê-se metido na maior alhada da sua vida, quando Ti Abílio, inocentemente, entendeu que ia ser ali o aeroporto e a notícia correu rápido.

A partir daqui, Zé Bidão, de biscateiro passa a engenheiro da empreitada. Como rapidamente surge a notícia, rapidamente cai também por terra o aeroporto de Rianxo: um político de Lisboa aproveita-se da situação transfronteiriça, argumentando que ali não pode ser construído, devido um corredor aéreo da avifauna, em especial de rolas turcas. A polícia é chamada a intervir, há um motim originado por Maria das Dores, mãe solteira que aproveita a presença de um canal televisivo sensacionalista de Madrid.

O texto e direção artística estão a cabo de Cândido Sobreiro. Conta com as interpretações de André Sobreiro, Aurélio Magalhães, Cândido Sobreiro, Cristina Faria, Cristiano Esteves, Diana Gonçalves, Davide Faria, Gilda Silva, Jorge Teixeira, Juliana Pereira e Rui Pereira.

A produção é de Diana Gonçalves; Luz e Som de Matilde Esteves; Cenografia e Carpintaria de Cristina Faria e David Pereira; Guarda-Roupa de Manuela Rosas e Diana Gonçalves; Apoio de Cena de Ana Magalhães; e Cartaz de André Sobreiro.

A peça tem o apoio do Teatro de Balugas, Município de Barcelos, Junta de Freguesia de Balugães, Barcelos Cidade Educadora, Teatro Gil Vicente, Fundação Inatel e ID3 – Design e Publicidade.

A entrada é livre e os bilhetes podem ser adquiridos no local ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou por telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: TB.

Banda barcelense L-Blues apresenta novo álbum no Teatro Gil Vicente

Abril 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A 6 de abril, sexta-feira, pelas 21h30, o palco do Teatro Gil Vicente recebe a banda barcelense L-Blues, para um concerto de apresentação do seu novo álbum “Vol.2”.



Este novo álbum é composto por seis músicas de Rock N’ Roll, Blues e Folk. “És Pó”, “Fúria”, “Outono”, “Ódio de amor”, “Cães negros” e “Perto do longe” são os títulos dessas seis músicas, de um disco que tem distribuição digital mundial nas lojas digitais como Spotify, Amazon, Itunes, HMV digital, Google Play ou Soundcloud, mas também está disponível em formato físico nas lojas FNAC.

A banda L-Blues tem origem em 2010, quando se cria o projeto “Guitarras de Manhente”, por intermédio de Bruno Lopes, músico que tem no seu historial vários projetos artísticos, entre os quais, os High Flying Bird (2003/2013), de música Folk e Blues e que editou seis discos, ou a banda The Pisces (1998/2001), na área da música rock.

Tal como referido, o folk, country, Blues e rock constituem as sonoridades desta banda. O seu nome faz uma homenagem à mitologia do pacto com o diabo, de Robert Johnson, e da encruzilhada (crossroads) dos Blues. A banda é constituída por Bruno Lopes (Voz, Guitarras, Slide, Harmónicas), Diogo Silva (Baixo), Jorge Braga (Bateria), Céu Neiva (Teclas, Violino e Guitarra Elétrica) e Ana Neto (Voz).

A entrada é gratuita mas não dispensa a reserva de lugar. Para mais informações e/ou reservas, pode utilizar o e-mail  tgv@cm-barcelos.pt  ou o telf. 253809694.

Fonte e imagem: AB.

Mês de abril traz música, teatro e cinema ao Teatro Gil Vicente

Março 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Já é conhecida a programação do Teatro Gil Vicente para o próximo mês de abril, com música, teatro e cinema em destaque.



Assim, a Associação Zoom – Cineclube abre a programação no dia 5, às 21h30, com a exibição do filme “Os Cavaleiros do Asfalto”, de Martin Scorsese; no dia 12, é a vez do filme “Maridos”, de John Cassavetes, e no dia 19, o filme “Lucky” de John Carroll Lynch. As sessões têm início às 21h30 e têm entrada paga.

Ainda no dia 8, às 16h00 e para os mais pequenos, a Zoom apresenta o Cinema em Família com a exibição do filme “O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu.

No domínio musical, o Teatro Gil Vicente recebe, no dia 6, às 21h30, a apresentação do novo álbum Vol.II dos “L-Blues”; no dia 13, é a vez do concerto solidário de Hugo Torres, promovido pela Delegação de Barcelos, do Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro. No dia 29, com duas sessões às 16h00 e 18h00, a classe de iniciação musical e coro juvenil do Conservatório de Música de Barcelos apresenta o espetáculo musical “Espelho de Paz”.

O teatro regressa ao palco do Gil Vicente com as peças “Avó Prícia, ou no Início e no Fim dos Tempos”, pelo Teatro Nacional Académico Musical, no dia 7; ”Abaixo o Aeroporto em Rianxo”, pelo Teatro de Balugas, no dia 14; “Meu Avô, Meu Pai e Eu”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso, no dia 22. “Cárcere”, solo de Vinícius Piedade, nos dias 25 e 26, às 21h30 e 16h30, respetivamente. A entrada é gratuita, mas sujeita a reserva.

A dança marca presença nos dias 9, 16, 23 e 30, às 21h00, com as habituais sessões da Folk Sessions Barcelos, do Grupo de Danças e Cantares de Barcelos e a Associação Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas. As sessões são de inscrição obrigatória.

No âmbito do Dia Mundial do Livro, no dia 23 de março, o Teatro Gil Vicente recebe o Sarau Literário e Musical Comemorativo do Dia Musical do Livro, promovido pelos Sons de Coimbra e Coro de Câmara de Barcelos.

No dia 10, às 14h30, o Conselho Empresarial da Região do Ave promove o Fórum “Inovação, Exportação, e Excelência Empresarial; no dia 11, às 15h00, a Escola Básica e Secundária de Vale D’Este, Viatodos, promove uma conferência intitulada “Cinema e Educação: Desafios e Oportunidades”.

O espaço cénico recebe nos últimos dias do mês, 24 e 26 de março, das 19h00 às 22h00, o workshop “Ator Inconformado” protagonizado por Vinícius Piedade.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Concerto solidário de Hugo Torres em favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro

Março 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A 13 de abril próximo, sexta-feira, pelas 21h30, Hugo Torres sobe ao palco do Teatro Gil Vicente – Barcelos para um concerto solidário em favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro.



O concerto tem o custo de 3 euros, com a receita a reverter para o Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Hugo Torres é um cantor bracarense, nascido a 16 de setembro de 1978. Licenciado em Educação Musical pela Escola Superior de Educação de Viana do Castelo, tem, também, o curso de Canto e Dança Teatral pela Academia Pineapple, de Londres – Reino Unido. Em 2013 lança o seu primeiro álbum de originais, “Trilhos”, de onde se destaca a música “Mãos”, que fez parte da banda sonora de “Doida por ti” (TVI). “Cores” é o próximo trabalho a surgir.

Para mais informações sobre o concerto, pode informar-se na Delegação de Barcelos, do Núcleo Regional do Norte, da Liga Portuguesa Contra o Cancro, em Arcozelo, ou através dos contactos telefónicos 253 088 415 | 91 430 6628. Também pode consultar a página da Liga, em www.ligacontracancro.pt (basta clicar no link para aceder automaticamente).

Os bilhetes pode ser adquiridos na bilheteira do Teatro Gil Vicente, ou usar os contactos 253 809 694 e/ou e-mail tgv@cm-barcelos.pt.

Imagem: LPCC-DB.

3ª Gala do Desporto da Moto Galos realiza-se já amanhã

Março 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

O palco do Teatro Gil Vicente recebe amanhã, dia 24 de março, pelas 21h00, a terceira edição da Gala do Desporto da Moto Galos.



A gala marcará o início da época desportiva para as várias equipas da Moto Galos, nomeadamente, de downhill, jet ski, mototurismo, enduro, velocidade, supermoto e trial. De igual modo, a associação aproveitará o ensejo para homenagear atletas e responsáveis que a representaram ao longo do ano passado, nas várias modalidades, quer pelo país, quer pelo estrangeiro.

Segundo a Moto Galos “o objetivo é dar a conhecer e valorizar o mérito das três dezenas de pilotos que, durante o ano, desempenharam um importante papel na promoção da prática desportiva, elevando o nome do clube e de Barcelos aquém e além-fronteiras”, refere na página do evento, no Faceboook

O evento contará, igualmente, com momentos de stand up comedy a cargo de Joel Ricardo Santos. Entrada gratuita.

Imagem: AMG.

Folk Sessions continuam a animar Barcelos e têm sessão na próxima segunda-feira

Março 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro Gil Vicente continua a ser o ponto de encontro para quem gosta de dança, nomeadamente, de dança tradicional. O intuito é, não só, dançar, como aprender novas danças tradicionais de várias regiões do mundo.



As “Folk Sessions Barcelos” são, por tal, sessões de formação e partilha, lideradas por um coletivo de bailadores, “num ambiente de grande partilha, alegre convívio, plena integração e muito boa energia entre todos os seus participantes”, conforme nos revela Raquel Peixoto, da organização.

A partir do Teatro Gil Vicente, são realizadas “viagens” por terras e épocas, próximas e distantes, sempre na companhia de lindas músicas e elegantes e entusiasmantes danças.

Raquel Peixoto salienta que “ao longo deste projeto pretende-se associar Músicos, amadores e profissionais, assim como Monitores de Dança, de forma a abrilhantar ainda mais estas sessões”.

Concertos em formato “Baile Folk” também farão parte deste projeto, assim como a participação em Festivais nacionais e Internacionais.

Este projeto formativo assenta numa parceria entre três entidades: a Câmara Municipal de Barcelos (logística, suporte técnico e financiamento), o Grupo de Danças e Cantares de Barcelos (promotor e suporte administrativo) e a CORETO – Associação Cultural para a Promoção de Artes e Culturas Tradicionais (marketing e conteúdos pedagógicos).

Conforme referido no título, a próxima sessão é já dia 26 de março, segunda-feira, entre as 9h00 e as 23h00, no Teatro Gil Vicente. .

Foto: GDCB.

HARMOS Festival de volta a Barcelos com três concertos de música de câmara

Março 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O HARMOS Festival volta a trazer a Barcelos alunos das melhores instituições de ensino musical da Europa, entre os dias 21 e 23 de março, com a realização de três espetáculos, com entrada livre, no Salão Nobre e no Teatro Gil Vicente.



O primeiro dos três concertos será protagonizado pelo Accendo Quartet, da Guildhall School of Music and Drama, de Londres, Inglaterra, no dia 21 de março, pelas 15h00, no Teatro Gil Vicente. O espetáculo será comentado por Mário Azevedo e é particularmente dirigido à comunidade sénior.

O festival de música de câmara prossegue no dia seguinte, 22 de março, pelas 21h30, com a atuação do quinteto De Formule, da Koninklijk Conservatorium Den Haag, da Holanda, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Este ciclo musical encerra com a performance do quarteto Marc Aurel, da University of Music and Performing Arts Vienna, da Áustria, no dia 23 de março, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente.

Além da cidade de Barcelos, que acolhe o HARMOS ininterruptamente desde 2010, esta 11.ª edição do festival conta com outras quatro cidades parceiras da região Norte do país, nas quais também se realizarão espetáculos musicais: Porto, Vila Nova de Gaia, Braga e Santa Maria da Feira.

O HARMOS é organizado pela Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Instituto Politécnico do Porto, em colaboração com uma vasta rede de Instituições de ensino superior artístico em todo o mundo.

Através desta parceria, o Município de Barcelos pretende “proporcionar, de forma gratuita, uma programação de comprovada qualidade no âmbito da música erudita, diversificando e enriquecendo o variado leque de propostas culturais que tem para oferecer”.

Fonte e imagem: CMB.

1 2 3 11
Ir Para Cima