Tag archive

Teatro - page 14

“A Lenda da Senhora que Passou” no Teatro Gil Vicente

Abril 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 07 de abril, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente, é levada a cena a peça “A Lenda da Senhora que Passou”.

Esta peça é uma interpretação popular da origem do nome do Rio Homem, principal afluente do Cávado, recolhida por Gentil Marques e passada para teatro por Fernando Pinheiro.

Conta com a participação da Oficina do Teatro, do Clube de Leitores e da Tuna da Barcelos Sénior.

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM de Barcelos.

“Cuidado, Mulheres!” no Teatro Gil Vicente

Abril 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora





No próximo dia 05 de abril, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente, é levada a cena a peça “Cuidado,Mulheres!, uma comédia em duas partes, de Andrei Kureichik.

Num breve resumo, cerca de meia hora antes do início do espetáculo, os espetadores entram na sala. Encontram-se numa avenida francesa, onde um músico de rua toca acordeão, dois mimos interagem com o público e um jovem pintor anda à procura da namorada.

Junto aos espetadores, os actores entram num café, à espera do milagre do teatro. É uma história trivial, de um jovem pintor que ama três mulheres diferentes. O pintor é julgado e condenado severamente pelas três, pois cada uma delas pretendia ser a única.

 

Os jovens atores desempenham com maestria os seus papéis, com uma dramaturgia de alto nível atribuindo ao espectáculo um charme especial.

cuidado-mulheres2

O diretor e encenador é Sergii Pavliuk e o elenco é constituído por: Aleksandr Melnik, Sergei Mikhailovskii, Ruslan Vishnivetskii, Tatiana Provorova, Olga Boitsova, Kseniia Saveleva, Pavel Kostenko.




O texto original é em russo e a peça tem a duração de 1h50.

Fonte e imagens: Agenda Cultural da CM Barcelos.

Épocas e estilos diferentes sobem ao palco do Teatro Gil Vicente

Março 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O arranque da programação de abril do Teatro Gil Vicente (TGV) é realizado por uma das mais tocantes histórias de amor, o tradicional conto de fadas francês, “A Bela e o Monstro”, nos dias 1 e 2, às 21h30, e a peça o “Diário de um Palhaço”, que retrata o mundo mágico do dia a dia da vida de um palhaço, no dia 3, às 10h00. Ambos os espetáculos são uma encenação e adaptação da autoria da conceituada Companhia de Teatro de Barcelos – A Capoeira, que regressa novamente às luzes da ribalta, no dia 28, para encerrar a programação do mês de abril com o clássico “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente.



A 5 de abril, o Teatro Nacional de Kherson, da Ucrânica, vem a Barcelos apresentar a comédia “Cuidado, mulheres!”, pelas 21h30.

O fim de semana de 7, 8 e 9 será, igualmente, dedicado às artes cénicas, com a peça “A Lenda da senhora que passou”, na sexta-feira, protagonizada pela Universidade Sénior de Barcelos, e o espetáculo de dança “Barbie e Ken”, pelo Nico Dance Studio, no sábado e domingo. O coreógrafo e matemático Pedro Carvalho regressa ao TGV com o espetáculo “O Homem que só pensava em números”, a história de um homem que dedica toda a sua vida e existência aos números. Esta performance, que alia duas disciplinas, a dança e a matemática, será apresentado numa sessão dedicada às famílias, no dia 23, e no dia 24 apresenta quatro sessões destinadas às escolas.




A música está a cargo da banda barcelense Waterland que, no dia 22, dá a conhecer o seu novo álbum “Signs of Freedom” com a participação do coro Jesus Choir.

O cineclube ZOOM apresenta uma programação variada, onde constam obras do mestre da animação, Hayao Miyazaki, cinema português e do incontornável Wim Wenders, que será alvo de um ciclo. A 21 será exibido novamente o documentário sobre os barcelenses na I Grande Guerra, “Lutaram como diabos”, no dia em que se comemora o centenário da partida do contingente barcelense dos Paços do Concelho rumo às trincheiras.

Fonte e imagem: Município de Barcelos.



Musical “Um tesouro do tamanho do Mundo” no Teatro Gil Vicente

Fevereiro 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

É já nos próximos dias 15 (15h00) e 17 de fevereiro (21h30) que o Instituto Autodidata de Estudos Superiores do Minho apresenta a peça de teatro musical “Um tesouro do tamanho do Mundo”, levada a cena no Teatro Gil Vicente – Barcelos.

A peça retrata que “nos tempos dos nossos descobrimentos, sulcavam os mares navios de piratas que saqueavam as terras por onde passavam.

O nosso barco de piratas viajava através do mundo em busca de tesouros, e nas costas de diversos países, em vez de tesouros, os piratas descobrem a cultura e costumes desses povos, e como tal vão ficando muito agastados com a sua desdita.

No final da viagem, e de mãos vazias, quando o capitão dos piratas, na praia da última ilha que visitaram, amaldiçoa tudo por não ter encontrado tesouros, aparece a deusa do mar que lhe fala e faz ver que afinal não encontrou ouro, mas encontrou a amizade dos povos, a cultura, os seus costumes, e não saqueou ninguém, portanto, isso era um tesouro do tamanho do mundo.”

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM de Barcelos.

«Maria, Senhora de Mim» no Teatro Gil Vicente

Janeiro 26, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O grupo de teatro Pateo das Galinhas Teatro de Bico apresentará no Teatro Gil Vicente o espetáculo «Maria, Senhora de Mim», no próximo dia 28 de janeiro, pelas 21h30.

Este espetáculo do grupo de teatro experimental da Figueira da Foz está integrado no programa “A Capoeira’ 40 anos”, que pretende comemorar os 40 anos d’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos.

A entrada tem o custo de 2€ e os bilhetes podem ser levantados na bilheteira do Teatro Gil Vicente.

Breve resumo:

A peça retrata três mulheres, três vidas. Um passado que se revisita e um presente que magoa. O desencanto, a aceitação, a entrega, o corpo que se vende e o amor. Verdadeiro, mas traído. Porque a existência obriga, a solidão arrasta, a vontade enfraquece. Três mulheres leem o mundo e os que o povoam. De forma profunda, mas também simples, como marginais e como gente vulgar que apenas quer sobreviver. A felicidade pode não ser possível, os que vivem podem não existir e a tragédia reside na compreensão vaga de que tudo o que há em nós pode ser absurdo e …não ter sentido.

Uma mulher sai, numa noite, para vender o corpo. Vive ou morre?

A Encenação estará a cargo de Ricardo Kalash e a peça terá como elenco: Helena Adão, Isabel Cardoso, Lígia Bugalho, José Fonseca e Rui Féteira. Figurinos deFilomena Praça, desenho de luz de Luís Ferreira e Produção do Pateo das Galinhas.

Terá a duração de 60 minutos e será para maiores de 12 anos.

 

Imagem: Agenda Cultural da CM de Barcelos.

1 12 13 14
Ir Para Cima