Tag archive

Ténis - page 3

Parabéns, Miguel Fernandes

Março 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
carlosferreira
Carlos Ferreira

É um orgulho poder falar de um grande campeão e dar os parabéns a Miguel Fernandes, pelos resultados que tem obtido nas danças de salão em Portugal e, essencialmente, em competições internacionais. É o primeiro dançarino português a obter resultados de destaque em campeonatos do mundo.

Sei que de um sonho passou à realidade, com muito trabalho e dedicação, muitas horas de treino e viagens, muitos problemas para resolver e muito dinheiro gasto, sem ajudas ou comparticipações. Uma palavra para os pais e família, parte invisível do sucesso mas a primeira base e o grande apoio, essencialmente nos momentos difíceis, para se formar um campeão.

O gosto pelo treino e empenho para tentar atingir a perfeição são condições essenciais para que qualquer jovem possa atingir patamares elevados em qualquer desporto.

O desporto de alta competição, e em particular o ténis, exige muitas horas de treino diárias, muito descanso e uma alimentação muito cuidada. As festas e a vida social ficam sempre muito comprometidas. Normalmente, só sobra tempo para os estudos e a maior parte dos atletas tem excelentes notas.

Muitos sacrifícios são necessários de se fazer em prol do alcance de um sonho e, por vezes, este jamais é alcançado. Mas fica sempre um passado ganho, com uma experiência muito importante para o resto da vida.

A organização, empenho, competitividade e a superação são características deste tipo de atletas, que dedicam a maior parte da sua juventude à prática desportiva.

“O sonho comanda a vida” e os jovens devem sonhar. Mas, essencialmente, devem acreditar nesse sonho e prepararem-se para sofrer muito para o alcançar. As derrotas, as lesões e os inúmeros obstáculos que aparecem pela frente só servem se for para os fazer mais fortes e determinados, para alcançarem, não o sonho, mas, no fim, a realidade e o sucesso.

Pratiquem desporto, joguem ténis.

 

Por: Carlos Ferreira.

I Aniversário

Fevereiro 21, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
carlosferreira
Carlos Ferreira

Até parece que foi ontem que começámos e já estamos a comemorar o primeiro aniversário do Clube de Ténis Esaf.

Fazendo um balanço da atividade desenvolvida ao longo do ano, posso afirmar que superámos, em larga escala, as nossas previsões.

Clube aberto a toda a população e que procura divulgar e ensinar a pratica de ténis,  conseguiu, em pouco tempo, o que muitos demoram anos a fazer, com o apoio da Escola Secundária Alcaides Faria e dos nossos parceiros e patrocinadores, aos quais, desde já, agradeço a confiança neste projeto. Conseguimos realizar muitas ações a que nos propusemos desde a nossa fundação.

Começámos, desde logo, com ações de sensibilização pelas escolas do primeiro ciclo do Agrupamento Gonçalo Nunes; tivemos uma etapa do circuito Mini-Cir; fizemos um torneio interno conjuntamente com os alunos de ténis do desporto escolar, e a realização do nosso torneio de referência, o Open de Barcelos, torneio com prize money e que foi um enorme sucesso.

Alguns dos nossos atletas começaram a competir em torneios federados, apesar de praticarem ténis há muito pouco tempo, revelando coragem e gosto pela competição.

Claro que nem tudo foi como desejámos, mas estamos cientes das nossas dificuldades e esperamos melhorar a cada dia que passa.

A promoção e divulgação de um desporto tão exigente, competitivo e espetacular como o ténis é uma das nossas intenções para o próximo ano. Queremos captar mais jovens e adultos para a modalidade.

Num concelho muito jovem, ainda é muito baixa a taxa dos que praticam desporto com regularidade, sendo a prática desportiva essencial a um harmonioso e bom desenvolvimento físico-mental.

Pratiquem desporto, joguem ténis.

Nós cá estamos para vos receber. Vai ser mais um ano cheio de actividades, a começar já pelo torneio de aniversário, onde todos os alunos do clube participam e se divertem a jogar. Somos um clube jovem mas com vontade enorme de ser um clube de referência e excelência para a prática de ténis.

Contamos com todos.

Por: Carlos Ferreira.

Nova Temporada

Janeiro 21, 2017 em Atualidade, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
carlosferreira
Carlos Ferreira

Em janeiro começa a nova temporada de ténis, com torneios no hemisfério sul, essencialmente na Austrália, preparação para o Australia Open, primeiro grande torneio do ano em fins de janeiro.

Será que os novos líderes do ranking masculino e feminino, Andy Murray e Angelique Kerber respetivamente, vão conseguir manter os seus reinados, ou os seus antecessores estão ansiosos por voltar a reinar?

Após um ano fabuloso, Murray quer continuar a reinar e, por isso, está preparado para todos os embates, com a determinação que lhe é conhecida.

Kerber terá que defender o seu título na Austrália e será a sua primeira prova de fogo para se manter como nº 1.

Quer Novak Djokovic, quer Serena Williams tentarão tudo por tudo para reconquistar o seu posto. Após superar a lesão que o condicionou durante muito tempo na época passada, Djokovic entrará nesta temporada com mais pressão e a defender o seu título no Open da Austrália. O sérvio já provou, mais que uma vez, que consegue superar muitos desafios.*

Serena, após longa ausência dos courts, estará sem ritmo mas fará tudo para recuperar e não será fácil derrotar esta grande campeã, habituada a ganhar.

E o que podem fazer os regressados Nadal e Federer, capazes de bater qualquer jogador do circuito, e que podem muito bem complicar as contas aos primeiros do ranking?

Será que este ano irá aparecer um jovem jogador a dominar o circuito? Candidatos existem, a ver vamos como se comportam em campo.

Temos, assim, um início de temporada que muito promete e cheia de emoções.

E o que farão os nossos jogadores João Sousa e Gastão Elias? Será que conseguem manter-se na elite do ténis mundial e alcançar vitórias em torneios? Esperemos que sim pois têm capacidade para isso e seria fantástico que Elias conseguisse entrar no top 50, o que não será fácil. Mas achamos que está ao seu alcance.

Novos valores do ténis em Portugal estão para se afirmar e tentar chegar ao top 100, especialmente Frederico Silva.

No princípio de fevereiro, Portugal defronta Israel para a Taça Davis na primeira eliminatória do grupo I da zona Europa/África. E uma vitória seria um bom prenúncio na melhoria do ténis em Portugal.

 

(*ndr: o artigo foi entregue ao Barcelos na Hora antes da eliminação do sérvio.)

Por: Carlos Ferreira.

Janeiro 12, 2017 em Atualidade, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
carlosferreira
Carlos Ferreira

Entrando no novo ano com excelentes resultados desportivos em alguns desportos alcançados em 2016, Portugal ainda é hoje um país com deficiência desportiva em muitos aspetos.

Desde a falta de infra-estruturas, equipamentos, meios técnicos e sobretudo à falta de educação para a prática desportiva.

Esta para mim é a grande lacuna no desporto português: a passividade com que os jovens e suas famílias olham para o desporto. Este devia começar cedo para que se criem hábitos desportivos, capazes de criarem condições para um bom desenvolvimento da criança, não só fisicamente mas intelectualmente e socialmente.

A prática desportiva e a própria competição leva a que os atletas tenham que superar dificuldades de várias ordens, obrigando-os a tomar decisões em segundos, em prol de si, ou da equipa, o que os desenvolve física e mentalmente.

Está mais que provado, por diversos trabalhos de investigação, que a prática desportiva regular e a competição melhoram o rendimento escolar, contrariando muito a versão dos pais, ou mesmo dos atletas, com o argumento da falta de tempo.

A organização, método e disciplina são fatores que se aprendem e trabalham no desporto.

Felizmente em Barcelos existem muitos clubes com condições para a prática desportiva e, ultimamente, temos vindo a verificar o aumento de desportistas; mas ainda é uma percentagem muito baixa e é, essencialmente, a população que começa a olhar para o espelho e que tem de perder uns “quilitos”.

Temos que começar mais cedo a educar. Não é só escola ou centros de estudo. A preparação para uma vida competitiva assim o exige.

Quanto a nós, o clube de ténis Esaf está preparado para vos receber e vos proporcionar a prática de um desporto muito completo como o ténis.

Por: Carlos Ferreira

 

Ir Para Cima