Tag archive

Vítor Carvalho

Android Training Program no IPCA

Outubro 28, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Tecnologia (EST), recebe o projeto Android Training Program, da Google, no próximo dia 30 de outubro.



Este programa, pioneiro na Europa, pretende formar 3000 portugueses em programação Android até ao final do ano. O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) é uma das cinco instituições a nível nacional, e um dos três politécnicos, a receber a formação da Google.

O Android Training Program divide-se em dois momentos, uma palestra e os codelabs.

Uma palestra sobre ecossistemas abertos e a nova abordagem para aprender de maneira eficaz e eficiente no desenvolvimento de software. Integração no Jam básico de estudos do Android;

Codelabs:

Criar uma aplicação Android em Java

Criar uma aplicação no Kotlin        

Criar uma aplicação com os componentes de arquitetura

Cada sessão será conduzida por um orientador.

Após os codelabs, os participantes poderão frequentar qualquer um dos três cursos de Android gratuitos disponíveis. Nestes, incluem-se o Android Basics (nível básico – 60 horas), Developing Android Apps (nível intermédio – 60 horas) e o Build Native Mobile Apps with Flutter (nível intermédio – 60 horas).

Já é a segunda edição do Android Training Program da Google a decorrer no IPCA. Face ao sucesso da edição anterior, Vítor Carvalho, diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, adianta que esta formação “permite fomentar o uso da tecnologia para suportes móveis numa das plataformas com maior potencial de desenvolvimento e implantação junto do mercado. Esta é apenas uma das iniciativas que a parceria que a Escola Superior de Tecnologia tem prevista com a Google, uma vez que no futuro irão ser consideradas colaborações no âmbito da investigação e desenvolvimento, nomeadamente na área da Inteligência Artificial”.

Em Portugal, a Google foi responsável, indiretamente, pelo emprego de cerca de 10.000 programadores portugueses, que estão sobretudo ligados à criação de apps para Android.

O programa decorre no dia 30 de outubro, entre as 15h00 e as 19h00. A participação é gratuita e as inscrições realizam-se através de https://events.withgoogle.com/android-training-program-pt/.

Foto: IPCA.

Estudantes e docentes do IPCA recebem formação da Google

Março 25, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), através da Escola Superior de Tecnologia (EST), recebe o projeto Android Training Program, da Google, no dia 28 de março.



Este programa, pioneiro na Europa, pretende formar 3000 portugueses em programação Android até ao final do ano. O IPCA é uma das cinco instituições a nível nacional, e um dos três politécnicos, a receber a formação da Google.

O Android Training Program divide-se em dois momentos, nomeadamente a formação dos estudantes na plataforma Udacity e a formação de professores das universidades parceiras, neste caso o IPCA vai ter cerca de 20 professores certificados pela Google.

A formação dos estudantes do IPCA considera 3 codelabs para introduzir os alunos ao Android Training Program e iniciá-los nos cursos de nível básico e intermédio. Após os codelabs, os estudantes poderão frequentar qualquer um dos três cursos de Android gratuitos disponíveis. Nestes incluem-se o Android Basics (nível básico – 60 horas), Developing Android Apps (nível intermédio – 60 horas) e o Build Native Mobile Apps with Flutter (nível intermédio – 60 horas). Os codelabs estão marcados para o dia 28 de março no IPCA e decorrem entre as 9h15 e as 14h. No final dos codelabs, todos os alunos vão receber certificados, entregues pela Beta-i. A certificação de professores ocorre entre as 15h e as 16h30.

Para Vítor Carvalho, diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, esta formação da Google “permite fomentar o uso da tecnologia para suportes móveis numa das plataformas com maior potencial de desenvolvimento e implantação junto do mercado. Esta é apenas uma das iniciativas que a parceria que a Escola Superior de Tecnologia tem prevista com a Google, uma vez que no futuro irão ser consideradas colaborações no âmbito da investigação e desenvolvimento, nomeadamente na área da Inteligência Artificial”.

Segundo Helena Martins, responsável de políticas públicas da Google, esta iniciativa inspirada no projeto Grow With Google, fomenta ainda o empreendedorismo em Portugal: “A economia e a sociedade portuguesa estão a passar por uma transformação digital que oferece oportunidades enormes de crescimento, inovação e emprego. Com a iniciativa Grow With Google queremos contribuir para que o maior número possível de portugueses tenha as melhores ferramentas de formação para melhorar as suas competências, carreiras e negócios numa economia cada vez mais digital”.

Em Portugal, a Google foi responsável, indiretamente, pelo emprego de cerca de 10.000 programadores portugueses, que estão sobretudo ligados à criação de apps para Android.

Fonte e fotos: IPCA.

Pedro Fraga eleito Presidente do Conselho Geral do IPCA

Fevereiro 19, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Esta terça-feira, dia 19 de fevereiro de 2019, tomaram posse as personalidades externas cooptadas pelo Conselho Geral do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).



Na ordem de trabalhos estava a eleição do Presidente do Conselho Geral do IPCA, tendo sido eleito por unanimidade, Pedro Tinoco Fraga, CEO da F3M Information Systems, S.A..

O Presidente eleito tem desenvolvido atividades no âmbito do associativismo empresarial, integrando vários órgãos de entidades empresariais e do sistema universitário. Fruto do reconhecimento do seu trabalho em prol do crescimento económico na região, Pedro Fraga foi, em 2018, agraciado com a medalha de Mérito Empresarial da cidade de Braga.

Após a eleição como Presidente do Conselho Geral, Pedro Fraga, agradeceu o trabalho do seu antecessor e endereçou as suas primeiras palavras à Presidente do IPCA, Maria José Fernandes. “No que depender deste Conselho, tudo vamos fazer para que o IPCA continue a fazer história como tem vindo fazer e fez com o antigo presidente”.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, ficou agradada com a eleição do novo Presidente do Conselho Geral referindo que “o IPCA ficaria bem representado com qualquer um dos membros externos. Foi eleito o Pedro Fraga, o que muito nos honra pelas qualidades ímpares que demonstra a sua atuação no tecido empresarial da região, a quem felicito e desejo um bom trabalho agora enquanto presidente deste órgão estratégico do IPCA”.

Para além do presidente eleito, integram ainda o Conselho Geral do IPCA as seguintes personalidades externas: Filomena Moreira, Vice-Presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Contabilistas Certificados; Jorge Saleiro, Diretor do Agrupamento de Escolas de Barcelos; Jorge Silva, CEO da Osit Group (Prozis); Maria do Rosário Azevedo, Diretora Executiva da Comunidade Intermunicipal do Ave; Nuno Mangas, Presidente do IAPMEI e Ricardo Costa, CEO do Grupo Bernardo da Costa e da BC Segurança.

No decorrer da reunião de hoje foi, ainda, eleito o secretário do Conselho Geral do IPCA, Vítor Carvalho, diretor da Escola Superior de Tecnologia.

A tomada de posse dos membros internos do Conselho Geral, representantes dos professores e dos investigadores; do representante do pessoal não docente e dos representantes dos estudantes, realizou-se no dia 19 de dezembro de 2018.

A esta data, 19 fevereiro, o Conselho Geral do IPCA entra em plenitude das suas funções.

Fonte e foto: IPCA.

Próxima semana dedicada à Ciência no Colégio La Salle

Janeiro 12, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 14 e 18 de janeiro, o Colégio La Salle de Barcelos leva a cabo uma semana dedicada à Ciência, intitulada “Semana EUREKA”.



Ao longo da semana decorrem atividades relacionadas com a temática, com particular destaque para o “Cientista por um Dia”, que decorrerá no dia 16 de janeiro. ao abrigo do protocolo existente com o Colégio do Menino Deus. Esta atividade visa a abertura dos laboratórios a alunos do 1.º ciclo, onde serão convidados a realizar um conjunto de atividades experimentais que procurarão replicar e explicar aos seus encarregados de educação no final desse dia.

No dia 18 de janeiro, decorre um dia aberto à comunidade educativa e orientado para a divulgação científica. Durante a manhã, para as turmas do ensino secundário e do 9.º ano, decorrerão palestras de investigadores da Universidade do Minho e do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), nas áreas da Biologia, Geologia, Física, Química e Inteligência Artificial. As turmas do 2.º ciclo, do 7.º e do 8.º ano, terão a possibilidade de contactar com alguns pais e encarregados de educação que lhes apresentarão algumas descobertas científicas.

Durante a tarde, pelas 15h30, decorrerá uma Feira da Ciência que contará com a presença da Professora Doutora Maria José Fernandes, Presidente do IPCA, e do Professor Doutor Vítor Carvalho, Diretor da Escola de Superior de Tecnologia, do mesmo instituto, para a sua abertura.

Na Feira da Ciência, cada turma, do 5.º ao 12.º ano, realizará um conjunto de experiências no âmbito das várias ciências que demonstrará à comunidade educativa. Será constituído um júri multidisciplinar que avaliará as experiências realizadas e selecionará um grupo por ciclo para a atribuição de prémios.

Foto: CLS-B/DR.

IPCA disponibiliza novo curso: Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Julho 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) arranca o ano letivo de 2018-2019 com um novo curso de licenciatura: Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial, que abre com 25 vagas.



Este curso da Escola Superior de Tecnologia (EST) do IPCA, em colaboração com a Escola Superior de Gestão (ESG) do IPCA, segue as tendências mais atuais na formação de profissionais com os conhecimentos científicos de suporte a uma formação avançada de tecnologias industriais alinhadas com a nova revolução industrial.

Os primeiros alunos do novo curso poderão comprovar a aproximação da academia com o tecido empresarial da região, através da formação em contexto de trabalho desde o primeiro ano. Esta aproximação garante um cariz inovador a esta oferta educativa ao longo dos três anos.

Maria José Fernandes, presidente do IPCA, refere que este é mais um sinal notório do “crescimento sólido do IPCA e do alinhamento da sua oferta formativa com necessidades do tecido empresarial da região e do país”.

Já o diretor da EST, Vítor Carvalho, refere ainda que os futuros estudantes desta nova licenciatura irão beneficiar de uma estrutura adequada a esta oferta formativa, quer o corpo docente qualificado, quer os equipamentos e laboratórios disponíveis, bem como de uma nova infraestrutura em construção – o M-Factory Lab – onde vão existir espaços industriais como o Laboratório de Maquinação e Metrologia e uma oficina automóvel com a tecnologia Connected Repair (CoRe) da BOSCH.

A nova licenciatura junta-se aos 13 cursos já existentes no IPCA, aos 22 Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), aos 14 mestrados e às 8 pós-graduações.

Imagens: IPCA.

Presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia presente nas comemorações do Dia da Escola Superior de Tecnologia

Maio 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), Paulo Ferrão, marca presença nas comemorações dos 14 anos de existência da Escola Superior de Tecnologia (EST), que decorrem no dia 25 de maio.



Na mesa de honra da sessão solene do Dia da EST vão estar presentes a presidente do IPCA, Maria José Fernandes, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, o diretor da EST, Vítor Carvalho, a presidente da Associação Académica do IPCA, Sara Ferreira, e o presidente da FCT, Paulo Ferrão, convidado de honra, que irá proferir uma palestra sobre o tema: “Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento”.

A visita de Paulo Ferrão ao IPCA surge num período marcado por uma aposta clara do Instituto de Ensino Superior barcelense na dimensão da investigação, desenvolvimento e inovação, em particular após a submissão à FCT de uma candidatura para a criação de um novo centro de I&D em Inteligência Artificial Aplicada – o “Applied Artificial Intelligence Laboratory (2Ai)”.

No seguimento da aposta estratégica na investigação aplicada em articulação com as empresas, no final da sessão solene será assinado o protocolo de cooperação com a empresa Fujifilm que, entre outros objetivos, visa proporcionar estágios aos estudantes do IPCA, apoiar a realização de projetos e dissertações de mestrado e ainda a realização de projetos de inovação e desenvolvimento.

Serão ainda entregues os Prémios do “3rd Symposium of Applied Research”, que distingue os estudantes do 2º ano dos cursos de mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, em Engenharia Informática, em Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais e em Sistemas Integrados de Gestão QAS com melhor apresentação, melhor dissertação e melhor poster.

Laboratório em Inteligência Artificial Aplicada (2Ai)

Este Centro de I&D em Inteligência Artificial Aplicada (IAA) no IPCA visa dar resposta às necessidades do tecido empresarial e indústria da região, em que o desenvolvimento da IAA se vai desenvolver no âmbito da missão de um politécnico.

O diretor da EST, Vítor Carvalho, frisou a diferença da IA (Inteligência Artificial) da IAA: “Marshall desenvolveu há 100 anos uma fórmula, graças a ela hoje temos micro-ondas”. Vítor Carvalho refere, ainda, o facto de antigamente as empresas terem os centros de I&D fora do país e que este paradigma se está a alterar e o “IPCA poderá vir a ser parceiro de muitas dessas empresas de forma a criar valor acrescentado” uma vez que a área tecnológica está cada vez mais implementada sendo uma das principais áreas de intervenção.

Fonte e fotos: IPCA.

Novos Diretores das Escolas de Tecnologia e de Gestão do IPCA tomam posse

Julho 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), Maria José Fernandes, deu posse, esta sexta-feira, aos novos diretores da Escola Superior de Gestão (ESG), Verónica Ribeiro, e da Escola Superior de Tecnologia (EST), Vítor Carvalho. Em ambas as cerimónias, Maria José Fernandes falou na necessidade de dar continuidade ao trabalho desenvolvido e reforçar a notoriedade da marca IPCA na investigação.

O primeiro a tomar posse foi Vítor Carvalho, que era até agora presidente do Conselho Técnico-Científico da EST, além de outras funções que já desempenhava na instituição. Doutorado em Eletrónica Industrial – Ramo de Informática Industrial; Mestre em Eletrónica Industrial; e Licenciado em Engenharia Eletrónica Industrial, sempre pela Universidade do Minho, é, também, Investigador no Digital Games Research Center, no IPCA, e no Centro Algoritmi R&D, na Universidade do Minho.

Vítor Carvalho: novo Diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCA

Precisamente sobre a EST em concreto, Maria José Fernandes – que também tomou posse na passada segunda-feira – começou por agradecer ao anterior diretor, Nuno Rodrigues, pelo trabalho que desempenhou nos últimos anos e apontou como principais objetivos para o futuro “a afirmação da marca IPCA na investigação”, naturalmente mantendo as necessárias relações com outras instituições.

“A Escola Superior de Tecnologia do IPCA tem que ser muito competitiva, envolvendo os alunos, funcionários, professores e toda a comunidade externa”, disse. Salientou, contudo, a importância da “multidisciplinaridade com as outras escolas do IPCA”, que considerou “cada vez mais decisiva”.

Já o novo diretor da EST, Vítor Carvalho, depois de agradecer o “voto de confiança” enumerou três eixos de atuação que pretende adotar como orientadores da sua ação: ensino, investigação e ligação à sociedade.




No que se refere ao ensino, o novo diretor manifestou o desejo de “aumentar a oferta formativa de cursos de pós-graduação, mestrados e, quem sabe, de doutoramentos em parceria”. Por outro lado, “colocar em funcionamento a licenciatura aprovada de Engenharia e Gestão Industrial, oferecer novos cursos e programas de formação avançada, nomeadamente na Escola de Verão a criar em Esposende, e melhorar os níveis de sucesso escolar, especialmente ao nível dos mestrados.

Relativamente ao eixo da investigação, Vítor Carvalho referiu que irá procurar estimular o aumento da produtividade científica média por docente, criar um Centro de Investigação ou um polo de um Centro de Investigação reconhecido pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e aumentar o número de candidaturas e de projetos financiados. Por fim, “nacionalizar” ou “internacionalização o Simpósio de Investigação Aplicada que a EST realiza anualmente.

No que se refere ao eixo de ligação à sociedade, Vítor Carvalho manifestou a intenção de “continuar a desenvolver e a fazer crescer atividades como o iDrone Experience e o IPCA Games Jam, entre outras, bem como aumentar as prestações de serviços à comunidade”.

O novo diretor da EST fez, ainda, questão de enaltecer as qualidades de éticas e de liderança da nova presidente do IPCA, Maria José Fernandes, que foram decisivas para que tenha aceite o cargo.

Curso de Gestão de Empresas é um desafio para a ESG

Na tomada de posse de Verónica Ribeiro, a presidente do IPCA apontou o novo curso de licenciatura em Gestão de Empresas, que arranca já este ano, como “um dos grandes desafios” da Escola Superior de Gestão, sobretudo pela necessidade de “diferenciação”.

“Esta é a maior escola do IPCA, já tem muito trabalho feito nalgumas áreas em que se tornou numa referência a nível nacional, mas precisamos de trabalhar noutras que ainda não atingiram a necessária notoriedade”, salientou Maria José Fernandes.

Precisamente ao “herdar uma escola forte e produtiva”, a nova diretora, “com as suas qualidades, que revelou nomeadamente na direção do departamento de Contabilidade, será a pessoa certa”, disse a presidente do IPCA dirigindo-se a Verónica Ribeiro.



Maria José Fernandes fez, ainda, questão de agradecer à anterior diretora da ESG, Soraia Gonçalves, pelo trabalho desempenhado e que “ajudou a fazer crescer a escola mais antiga do IPCA”.

Contabilizando já 17 anos ao serviço da ESG, a nova diretora apelou ao envolvimento de todos na dinamização da escola, “tanto na sua vertente de formação e ensino/aprendizagem, como na vertente da organização e gestão da escola, mas também na promoção da sua ligação com o meio envolvente, apostando cada vez mais na internacionalização através da mobilidade tanto dos estudantes, como dos professores e funcionários”.

Verónica Ribeiro fez questão de recordar os anteriores quatro diretores da ESG, a que agora sucede: João Carvalho (que foi depois presidente do IPCA), Maria José Fernandes (atual presidente do IPCA), Agostinho Silva (vice-presidente) e a diretora cessante Soraia Gonçalves.

“Aproveito ainda a oportunidade para, publicamente, desejar à Professora Maria José o maior sucesso na governação do IPCA, ao seu maior nível, tendo por certo que dará continuidade ao caminho traçado pelo Professor João Carvalho”, disse.

Verónica Ribeiro: nova Diretora da Escola Superior de Gestão do IPCA

Verónica Ribeiro é Doutorada em Ciências Empresariais – Ramo de Contabilidade, pela Universidade de Santiago de Compostela; Mestre em Contabilidade e Administração, pela Universidade do Minho; e Licenciada em Gestão de Empresas, também pela Universidade. É membro do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do IPCA.

Fonte e fotos: IPCA.

Ir Para Cima