Último ato

Maio 17, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Hugo Pinto

Preparam-se os palcos. Testam-se os projetores. Pela última vez as cortinas correrão esta época.



Algures perto dos finais de maio, num sábado ou num domingo, milhares de adeptos e sócios de futebol vestem-se “de gala”.  Indumentárias a preceito e acessórios vários, desde o comum cachecol, à bandeira, ou desde a barba por desfazer até às cuecas da sorte. Roem-se unhas, partem-se amendoins, roem-se tremoços. As minis estão geladinhas e a garrafa de espumante está secretamente a refrescar no frigorífico (não vá agoirar).

Sente-se um friozinho no estômago. O nervosismo e a impaciência dão de si. Olha-se para o relógio. Caramba, ainda só são três da tarde. O jogo é só às seis e meia. Faz-se zapping pelos canais desportivos, à cata de qualquer informaçãozinha que entretenha. Tenta-se ver um filme para matar o tempo e acelerar o relógio. Não resulta. Volta-se ao zapping. Vai-se ao FB, leem-se umas “bocas”, responde-se à letra. Volta o arrepio. E se corre mal? Não corre. Não pode correr. Está ganho, que o adversário é acessível…E se corre mal? E se os rapazes se enervam?

Houve tempos em que os (outros) adeptos eram privados destas emoções. Era-se campeão em abril e arrumava-se com a coisa tranquilamente. Mas foram outros tempos. Era outra…fruta.

Agora fala-se em Colinho. Como virgens ofendidas, que julgam todos pela sua própria bitola. Estavam mal-habituados. Seja como for, prefiro falar em #Reconquista. Temos equipa, temos treinador. O Samaris renovou. Gosto do rapaz. E ele Gosta do Benfica. Devia ser capitão do Benfica. Gosto dele, pronto. Talvez por ele falar tão bem português e parecer gostar tanto de vestir à Benfica.

Se correr mal, outros rirão. Eu vou andar meio maldisposto. Mas não perco o sono. É um jogo. É um jogo…

Mas há de correr bem. E então vou celebrar. E celebrar, enquanto embalo para entrar nos 40 com alegria redobrada.

Siga a rusga. Siga a #Reconquista. Viva o Benfica

E pluribus unum.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima