Vamos a contas: 43 – 6 = ?

Agosto 31, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Hugo Pinto

É curioso o resultado deste cálculo, que passo a explicar. O aditivo, 43, refere-se ao número de milhões que o nosso SLB ganhou com o apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões. O subtrativo, 6, é o número de adeptos que andam com sabor “a pouco”, dadas as exibições encarnadas. Curiosamente, a diferença, 37, é o número do título nacional que deixámos escapar, tal como a hipótese de nos sagrarmos pentacampeões pela primeira vez na nossa história.



Vamos a factos. No derby do sábado passado, tal como eu previ/alertei na crónica anterior, o nosso querido SLB pôs-se a jeito e perdeu uma oportunidade rara de se distanciar na frente relativamente aos seus adversários diretos. O empate com o Sporting, com este Sporting, em casa, é um resultado fraquíssimo. Poderíamos perfeitamente ter ganho. A jogar em casa, deveríamos ter ganho. O Sporting teve um final de época passada surreal. A pré-época foi um corrupio de jogadores a chegar e a sair. O treinador, José Peseiro, convenhamos…não é nada de especial. Este Sporting está longe de ser um adversário difícil. E mesmo assim, foi uma aflição. E vamos sempre ter à mesma conclusão: joga-se pouco! Até defendemos mais ou menos, salvo algumas desconcentrações que, volta e meia, nos saem caras (veja-se o 1-0 em Salónica). Mas a atacar, então, é miserável de se ver. Muita corrida pelas alas e depois fica-se a ver para onde se vai cruzar…Normalmente, não está ninguém, ou se está, chegou tarde; ou se está a tempo e horas, falta a confiança na hora de faturar. Não entendo porque é que se fazem estágios e jogos de preparação para depois andar, já com o campeonato a decorrer, a ver se joga o Pizzi ou o Rafa, o Ferreyra ou o Seferovic…enfim. É de um amadorismo que não me passa. Custa a engolir. A Verdade, nua e crua, é que o SLB não tem treinador à altura.

Com o PAOK Salónica, mais do mesmo. Repare-se: nos dois jogos começámos a perder. Sei que dirão que foi uma goleada. Mas isso não significa que tenha sido um bom jogo. Em meu entender, significa apenas que faltou maturidade ao PAOK e depois perderam a cabeça. Muitas faltas. Muito nervo à flor da pele. E o Benfica ia aproveitando para fazer golos. Mas imaginem, por um momento, que o guarda-redes do PAOK não tinha cometido aquele erro tremendo…bastava que sofrêssemos novamente e voltava a tremedeira. Nem é bom pensar. Teria sido todo um outro jogo.

Pelo lado positivo, grande exibição de Jardel, em excelente forma. Imperial na defesa, conseguiu ainda “cavar” um penalty. Muito bem, esteve também Odisseas Vlachodimos. Sempre seguro, inspira bastante confiança à defesa. Gostei. Gostei ainda de ver Pelkas, do lado do PAOK. De cada vez que tocava na bola eu só pensava: “o Benfica podia ir buscar este…”. Perde a cabeça com facilidade, mas é talvez fruto de alguma imaturidade. Ainda assim, talvez fizesse bem um bocadinho de sangue “quente” ao plantel mais zen da europa, ali para os lados da Luz.

Pelo menos, parece que LFV aprendeu uma lição e deixou de vender tudo e todos só porque valem muitos milhões. Ter cometido os mesmos erros do ano passado e vender o Rúben Dias ter-lhe-ia custado ainda mais caro. Há que cuidar da tesouraria, mas os mais “antigos” sabem qual é o resultado de jogar com Kings, Paredões e Michael Thomas…

O grupo da Liga dos Campeões não é “de morte”, mas também não é “pera doce”. A começar pelo megalodonte de Munique, e passando pelo sempre difícil Ajax de Amsterdão e pelo aguerrido AEK de Atenas. A jogar assim, vamos a ver quantos pontos fazemos este ano.

Que me desculpem os benfiquistas por esta “habitual” nota de negrume clubista, mas não consigo assistir a este Benfica sem sentir repulsa. Adoro o Benfica. Adoro futebol. Mas este Benfica jogo pouco. Muito pouco. Ver jogos do Benfica, de há três anos para cá, é de um tédio imperdoável.

Abraço encarnado.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima