Voltaram as oscilações exibicionais

Janeiro 11, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH.

Na 15ª jornada do Campeonato Nacional, recebemos e vencemos, por 2-1, o Belenenses SAD, que era, até este jogo, uma equipa sem derrotas fora de casa e a segunda menos batida do campeonato. Deu-nos uma boa réplica, mas o nosso triunfo pareceu-me incontestável. Os 3 pontos ficaram, com justiça, em Alvalade.



Já na jornada seguinte, na 16ª, deslocamo-nos a Tondela e perdemos por 2-1.

Voltei a não gostar da exibição da nossa equipa.

O nosso golo solitário resultou de uma jogada às “três pancadas” já no minuto 76, quando jogávamos contra dez desde os 51′, por expulsão de um defesa da equipa beirã.

A superioridade numérica de pouco ou nada nos valeu. Grande parte do segundo tempo decorreu com a equipa desorganizada, sem finalizadores de classe (não temos no plantel um verdadeiro substituto a Bas Dost).

Pela primeira vez, não gostei de Keizer. Acho que não estudou o adversário devidamente.

Terminámos a partida com dois centrais como pontas-de-lança?!?!

O caudal ofensivo nunca se traduziu em qualidade de passe ou decisões corretas no momento de rematar à baliza. Foi mais um autêntico “chuveirinho”, a ver no que dava. Não deu em nada! É pouco, muito pouco, para quem quer algo mais do que se classificar para a Liga Europa.

Depois de um início fulgurante, com Keizer ao leme, as exibições começam novamente a oscilar demasiado e, principalmente nos dois últimos jogos fora, as exibições foram demasiado fracas, sem dúvida alguma! Assim se foram 6 pontos num ápice.

O plantel é curto, a qualidade é restrita e o cansaço parece-me evidente demais, para continuarmos na “luta” pelo título.

Já estamos a 8 pontos da liderança e já jogamos o clássico como se de uma final se tratasse, pois só a vitória nos pode fazer reentrar na disputa pelo título.

Espero, sinceramente, que a reabertura de mercado dê, pelo menos, para equilibrarmos o plantel, pois senão parece-me, de todo, que será uma época para lutarmos, apenas e só, por um lugar na Liga Europa.

Desporto é Vida! Vive o Desporto com “Respect” e “Fair-Play“.

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima