Workshop sobre Marketing de Experiências e Sensações no IPCA

Março 4, 2019 Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo

No próximo dia 7 de março, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto promove no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) um workshop, integrado no programa Mosteiro de Emoções, sobre “Marketing de Experiências e Sensações”. A iniciativa conta com as intervenções de Sofia Marinho, Paulo Jorge Teixeira e, ainda, Diana Coelho e Nuno Rebelo, do Projeto Raízes.



O mercado está em constante mudança e as entidades são obrigadas a adaptar-se rapidamente e, até mesmo, antever as mudanças, para se manterem competitivas. Ao marketing cabe o papel de atualização contínua para melhor corresponder às necessidades sentidas pelo mercado. A saturação publicitária, a sua ineficácia, a redução do poder de compra e o excesso de informação são alguns dos fatores que tornam o consumidor, cada vez mais, indiferente às promessas comunicacionais, uma vez que cada compra tende a ser exaustivamente analisada.

No Marketing de Experiências e Sensações encontra-se uma alternativa à comunicação tradicional e massificada. Passa a ser direta, sensorial e, sobretudo, emocional, servindo como plataforma relacional para a fidelização de consumidores e preferência em momentos de indecisão futuros. A comunicação emocional tem por objetivo a “criação de uma expectativa fantasiosa e hedónica que deverá ser ultrapassada pelas empresas que têm no cerne do seu negócio o consumidor e a oferta de experiências de consumo”.

Quanto aos oradores, Sofia Marinho é Coordenadora do Geoparque Litoral de Viana do Castelo (2017-2018), no Município de Viana do Castelo. Doutoranda em Jornalismo, na Universidade Autónoma de Barcelona, onde concluiu os Estudos Superiores especializados em Ciências da Comunicação.

Paulo Jorge Teixeira é Presidente da Cooperativa de Solidariedade Social do Povo Portuense (CSSPP). Presidente da Assembleia de Freguesia de Paranhos (Porto). Licenciado em Direito pela Universidade Católica Portuguesa.

O Projeto Raízes nasceu de um concurso de Empreendedorismo, o Desafio Empreendedor IN-Ave 2014, do qual saiu vencedor. A partir daí, Nuno e Diana, ambos licenciados em Biologia, mestres em Engenharia do Ambiente e apaixonados por Turismo de Natureza, foram aperfeiçoando os serviços ligados ao turismo de Natureza e crescendo profissionalmente de forma orgânica e contextualizada com os seus princípios e valores. É uma empresa sediada em Cabeceiras de Basto, que tem como principais objetivos a sensibilização ambiental e a dinamização de um concelho com um vasto património natural e edificado.

Já o programa “Mosteiro de Emoções” tem como elemento central o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, magnífico monumento beneditino em Cabeceiras de Basto. Dirigido a um público diversificado, o programa desenvolve-se em três eixos temáticos: Cultura/Artes Performativas, Gastronomia/Sabores e Saúde e Bem-Estar, que aliam a itinerância, a combinação e a diversidade. Este vasto programa cultural estende-se até julho deste ano e assenta em parcerias alargadas que vão desde as instituições locais a diversas entidades regionais e nacionais.

Pretendendo ser um importante motor de dinamização cultural, contempla iniciativas culturais e artísticas diversas, das artes plásticas às artes performativas, da literatura às atividades holísticas e ao artesanato, privilegiando, ainda, manifestações de divulgação histórica, patrimonial e gastronómica. Todas estas atividades decorrem sob diversos formatos: exposições, concertos, concursos, mostras, festivais, provas e degustações, workshops, tertúlias, master-classes e visitas, dirigidas a públicos distintos e potenciais visitantes, turistas e parceiros. As atividades têm decorrido preferencialmente em locais simbólicos do Município cabeceirense, especialmente no Mosteiro de S. Miguel de Refojos, mas também em espaços culturais, escolas e universidades, associações e clubes culturais de Cabeceiras de Basto ou de municípios estratégicos e vizinhos.

Trata-se de um programa cultural que resulta de uma candidatura a fundos comunitários designada “Mosteiro de S. Miguel de Refojos, Património Cultural Ímpar”, através do NORTE 2020, e que integra, para além de um conjunto de ações materiais, obras de reabilitação de coberturas e fachadas do Mosteiro e requalificação da antiga livraria beneditina, um programa cultural que se materializa em múltiplas manifestações artísticas, de exaltação do património, tradição e história.

O programa cultural “Mosteiro de Emoções” desenvolve-se até julho de 2019 e integra 23 atividades. Especial destaque para o envolvimento de inúmeros parceiros de Cabeceiras de Basto, desde a comunidade educativa, empreendedores locais, passando pelo movimento associativo e outras instituições do concelho, mas também parceiros externos como universidades, escolas profissionais, orquestras, cooperativas, empresas de dinamização cultural, entre outros.

O Mosteiro de S. Miguel de Refojos continuará a atrair e a seduzir cada vez mais visitantes e turistas, levando o nome de Cabeceiras de Basto bem longe e, dessa forma, contribuirá também para o aumento do prestígio e da imagem de Cabeceiras de Basto.

Dos três eixos temáticos – Cultura/Artes Performativas, Gastronomia/Sabores e Saúde e Bem-Estar – que continuará a contar com o envolvimento de muitos parceiros, ao longo dos próximos meses, destaque para as iniciativas: “Sebenta do Património”; a “Noite das mil e uma histórias”; o Seminário Internacional “Ora et Labora”; Festival Ibérico de Canto Gregoriano; a “Mesa de Cabeceiras”; “Dá lã um abraço ao Mosteiro”; o “Encontro Holístico”, entre muitos outros.

Fonte e imagens: CMCB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

A Procura

Procuro o cheiro O abraço, o sabor Da loucura a memória A
Ir Para Cima