Arquivo Mensal

Janeiro 2018 - page 12

Médio costa-marfinense Alphonse está de volta ao Gil Vicente

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

O Feirense anunciou na sua página oficial que cedeu, por empréstimo até ao final da época, o médio costa-marfinense Kódjo Alphonse ao Gil Vicente.



Este é um regresso a Barcelos deste médio que atuava exatamente pelos gilistas antes de ser contrato pelos fogaceiros. Antes do Gil Vicente, Alphonse atuou pelo Académico de Viseu e Oliveirense (em ambos os casos, emprestado pelos gilistas), pelo Mirandela e pelos juniores do Chaves, onde chegou proveniente do Stade d’Abidjan, da Costa do Marfim.

O atleta de 24 anos, esta época, apenas jogou 4 jogos, com 212 minutos, repartidos pela Liga NOS, Taça Portugal e Taça CTT.

No referido comunicado, o CD Feirense – Futebol SAD “deseja uma restante época de sucesso desportivo e pessoal, compatível com o talento de que dispõe”.

Foto: Francisco Leong (alterada).

Teatro Gil Vicente recebe 2018 com teatro, música e dança

Atualidade/Concelho/Cultura/Mundo port

O programa cultural do mês de janeiro do Teatro Gil Vicente leva a palco teatro, música e dança. A programação arranca com música no dia 6, pelas 21h00, com o espetáculo “Concerto de Ano Novo”, pelo Conservatório de Música de Barcelos.



No dia 13, pelas 22h00, é a vez do grupo musical “Mocho” apresentar o seu novo álbum “Mocho II”. A componente musical termina no dia 31, às 21h30, com a intervenção do jovem cantor francês Raoul Vignal na apresentação do seu novo álbum “The Silver Veil”.

A dança marca presença no dia 7, às 15h00, com o espetáculo “Reis Magos?? Não, Rainhas Godas”, pela Escola de Dança de Barcelos; e no dia 24, às 21h00, com as habituais sessões da Folk Sessions Barcelos, da Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas.

Os mais novos começam o ano no reino da fantasia, com a peça “O Príncipezinho”, no dia 16 de janeiro, às 14h30, pelo Grupo de Teatro da APACI; e no dia 23, em duas sessões, às 10h30 e às 15h00, a Companhia de Teatro Lafontana – Formas Animadas apresenta a peça de teatro “Apologia de Sócrates”, através de marionetas, máscaras e teatro de sombras.

Depois, o teatro regressa no fim do mês, dia 20 de janeiro, às 21h30, com a peça “Que Vida Zé!”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso.

Ainda na programação do Teatro Gil Vicente para o mês de janeiro, destaque para uma sessão de poesia por Alberto Serra (Voz) e Nuno Fernandes (Guitarra), intitulada “A Poesia não vai à mesa”.

Os espetáculos têm entrada gratuita, à exceção do dia 7 e do dia 13. Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Barcelense José Dias, ex-ACR Roriz, sobe ao escalão máximo do BTT

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

O atleta barcelense José Dias, natural da freguesia de Fragoso e que militou nos últimos 3 anos na equipa de BTT da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, assinou contrato profissional pela Equipa de BTT Italiana DMT RACING TEAM BY MARCONI, juntando-se, assim, a Tiago Ferreira, atual campeão Europeu e Nacional de BTT-XCM (Campeão Mundial 2016).


José Dias torna-se no primeiro atleta de Barcelos a pertencer a um grupo bastante restrito de atletas nacionais que seguem para o profissionalismo na vertente de BTT, sendo um passo em frente na sua carreira, que promete ser de sucesso. Para trás ficam excelentes momentos e várias conquistas que vão ficar na história da equipa rorizense.

O atleta foi Campeão Nacional de XCO Sub-23; Campeão Nacional de Ciclocrosse Sub-23; Vice-campeão Nacional de XCO-Sub23; duas vezes vencedor da Taça de Portugal Sub-23; 2º Classificado na Taça de Portugal 2017 (elites); 3º Classificado na Taça do Mundo XCM Açores; Vitória na Maratona do Raid do Facho; várias presenças em Campeonatos do Mundo, Europa e Taças do Mundo pela seleção nacional; inúmeras vitórias no Campeonato do Minho de XCO; duas vezes Campeão do Minho de Ciclocrosse, entre outras.

Depois dos gémeos Gonçalves, de João Matias e de Hélder Ferreira, a Escola da ACR Roriz, com esta transferência, assume-se como uma das principais formações do país a lançar atletas para o profissionalismo, agora também na vertente de BTT.

Fonte: ACRR.

Foto: DMT.

1 10 11 12
Ir Para Cima