Arquivo Mensal

Janeiro 2020 - page 2

Gil Vicente “dá luta” mas sai derrotado do Dragão

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo Por

O relvado do Estádio do Dragão, no Porto, recebeu, hoje, a partida FC Porto – Gil Vicente FC, a contar para a 18º jornada da Liga NOS, a primeira da segunda volta.



Sob arbitragem de Rui Oliveira (AF Porto), coadjuvado por Carlos Gomes e Nélson Cunha, com David Silva (AF Porto) como 4º árbitro, o jogo contou com os seguintes alinhamentos:

FC Porto – Marchesín, Alex Telles, Marcano, Mbemba, Manafá (Vítor Ferreira, 60’), Romário Baró (Luís Díaz, 67’), Sérgio Oliveira, Uribe, Corona, Marega (Fábio Silva, 80’) e Soares. No banco ficaram Diogo Costa, Diogo Leite, Loum e Saravia.

Gil Vicente FC – Denis, Fernando Fonseca, Rodrigo, Rúben Fernandes, Henrique Gomes, João Afonso, Soares, Kraev (Ahmed Isaiah, 80’), Lourency (Naidji, 79’), Arthur Henrique (Romário Baldé, INT) e Sandro Lima. No banco ficaram Wellington, Alex Pinto, Edwin Vente e Baraye.

O jogo foi equilibrado, com os gilistas a manterem-se vivos no jogo e a jogarem de igual para igual com o FC Porto. Numa jogada de contra-ataque, com quatro para quatro, Lourency leva a bola e Fernando Fonseca centra para área, onde o brasileiro Sandro Lima cabeceia à vontade, Marchesín tenta a defesa, mas a bola passa por debaixo do seu corpo, fazendo o 0-1 para os gilistas já perto do final da primeira parte. Quando se pensava que os gilistas iriam para intervalo com a vantagem, num último assomo portista, Marcano, em “mergulho” cabeceia para o fundo da baliza gilista, num centro longo de Uribe. Empate a 1 aos 47 minutos.

Na segunda parte, o jogo continuou equilibrado. Aos 57’, numa recuperação de bola bem perto da área gilista, o FC Porto trocou a bola até Baró a deixar à mercê de Sérgio Oliveira que, rematando em arco, coloca os portistas na frente do marcador. Aos 72’, João Afonso é expulso por acumulação de amarelos, tornando a tarefa mais difícil para os homens de Barcelos. No entanto, o equilíbrio foi a tónica do jogo até ao final, terminando este com a vitória do FC Porto sobre o Gil Vicente FC, por 2-1.

Desta forma, o Gil Vicente FC mantém o 9º lugar da classificação, com 22 pontos. Na próxima jornada, dia 02 de fevereiro, pelas 15h00, os gilistas recebem o Moreirense FC, a contar para a 19ª jornada.

ADC Manhente com três campeões zonais

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo Por

Equipa barcelense conquistou, também, uma medalha de bronze

No último domingo, dia 26 de janeiro, a Anadia recebeu o Campeonato Zonal de Cadetes, que contou com a presença de judocas da Associação Desportiva e Cultural (ADC) de Manhente.



A equipa barcelense trouxe para casa três títulos de campeão zonal e uma medalha de bronze. Os campeões foram David Costa (-50kg), Luís Costa (-73kg) e Luísa Silva (+78kg). A medalha de bronze foi conquistada por Leandro Miranda (-50kg).

De destacar o 7º lugar de João Mota (-55kg), com Bruno Gomes (-66kg) e Gabriel Coelho (-73kg) a competirem também neste campeonato.

Em nota, a equipa de Manhente deixou um “agradecimento especial” ao seu patrocinador Ginásio Stadium.

Fotos: ADCM.

Luís Carvalho, do Judo Clube de Barcelos, é campeão zonal (+90kg)

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo Por

Ana Gonçalves conquista medalha de bronze (-57kg)

O Pavilhão Municipal de Ferreira do Zêzere recebeu, no passado sábado, o Campeonato Zonal de Cadetes, que contou com a presença de judocas do Judo Clube de Barcelos.



A organização esteve a cabo da Associação de Judo do Distrito de Santarém e da Secção de Judo da Associação de Marinheiros de Ferreira do Zêzere, tendo contado com cerca de 130 atletas.

Luís Carvalho, em +90kg, sagrou-se campeão zonal. Ana Gonçalves, em -57kg, conseguiu o terceiro lugar do pódio. Da equipa barcelense também competiram Gonçalo Vieira, em -60kg, e Ricardo Fonseca, em -55kg.

Foto: JUBA.

Barcelense João Costa assina pelo Granada e vai jogar na 1ª Liga Espanhola

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo Por

O guarda-redes barcelense João Costa assinou, ontem, pelo Granada, atual 11º classificado da “La Liga”. O contrato é válido por duas temporadas e meia.



Com um ano de formação no ND Andorinhas e a restante formação a ser feita no FC Porto, onde conseguiu o feito inédito de sagrar-se Campeão Nacional em todos os escalões de formação, inclusive na equipa B, o guardião barcelense chegou à primeira equipa portista, em que fez parte do plantel na última conquista do campeonato por parte do FC Porto, tendo, no mercado de inverno, dito “sim” à solicitação do Gil Vicente, por empréstimo, no qual realizou 13 jogos.

Na temporada passada, alinhou, igualmente por empréstimo dos Dragões, no Cartagena, de Espanha, onde bateu recordes no clube, na divisão e também foi, durante grande parte da época, o guarda-redes com melhor média de golos sofridos de toda a Espanha, batendo nomes como Ter Stegen, do Barcelona, Jan Oblak, do Atlético de Madrid, ou Thibaut Courtois, do Real Madrid.

Antes de assinar peço clube de Granada, João Costa jogava no CD Mirandés, da segunda Liga Espanhola, onde chegou no verão passado, a título definitivo, proveniente do FC Porto.

João Costa irá encontrar-se com mais três portugueses, o central Domingos Duarte, o avançado Rui Pedro e o, também guarda-redes, Rui Silva.

O barcelense irá disputar o lugar na baliza do Granada com o atual titular, Rui Silva, e com o espanhol Aaron Escandell.

Em conversa com o jornal Barcelos na Hora, o guardião barcelense confessou estar “muito feliz por ter assinado pelo Granada”, estando, também, “consciente do desafio”, prometendo dar o seu “melhor ao serviço deste enorme clube”.

“Aproveito, também, o contacto do jornal Barcelos na Hora para agradecer todas as palavras de incentivo que tenho recebido de Portugal, especialmente dos barcelenses, que têm manifestado um carinho incrível por mim”.

Fotos: DR.

Hugo Vieira está de volta ao Gil Vicente FC

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo Por

O avançado barcelense Hugo Vieira foi anunciado hoje pelo Gil Vicente FC como reforço para o seu ataque. O anúncio foi feito através das redes sociais do clube gilista, na forma de um vídeo da GVTV (de onde foi retirado o excerto que faz foto de destaque a esta notícia).



Hugo Vieira, de 31 anos, chega proveniente dos turcos do Sivasspor, onde esteve época e meia. Antes, passou por (do mais recente para o mais antigo): Yokohama Marinos (Japão), Estrela Vermelha (Sérvia), Torpedo (Rússia), Gil Vicente FC; SC Braga, Sporting Gijón (Espanha), Santa Maria FC, Estoril Praia, Bordéus B (França). Fez a formação no clube de Galegos Santa Maria, que o emprestou ao clube francês e ao Estoril. Na primeira passagem pelos gilistas, de onde chegou do Santa Maria, saiu para o SL Benfica, tendo sido logo emprestado aos espanhóis e, de novo, aos gilistas. Depois de assinar pelo SC Braga, foi emprestado novamente ao Gil Vicente FC, de onde saiu para os russos.  

Agora volta a casa, para reforçar a frente de ataque e concorrer com, por exemplo, o brasileiro Sandro Lima, que tem estado em evidência. A turma de Barcelos ganha, desta forma, um reforço de peso, dadas as suas qualidades e experiência competitiva.

Joaquim Sousa vence as três etapas da Taça de Portugal de Orientação (H45)

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo Por

Realizou-se, no fim de semana de 25 e 26 de janeiro, a primeira prova de Orientação Pedestre referente a Taça de Portugal Vitalis 2020.



Este evento, organizado pelo Grupo Desportivo 4 Caminhos (Senhora da Hora), levou os atletas até a zona de Castelo de Vide e Portalegre, tendo realizado três provas de Orientação, que contaram para a classificação final deste evento.

O Barcelense, natural de Galegos Santa Maria, Joaquim Sousa, a representar, atualmente, o clube “Saca Trilhos Anadia”, começou da melhor maneira esta época desportiva ao vencer as três etapas deste troféu, assumindo, assim, a liderança da Taça de Portugal no escalão H45.

A próxima prova será a 15 e 16 de fevereiro, com a realização do Campeonato Ibérico em Navaluenga, Espanha.

Em nota, Joaquim Sousa agradece “a todos pelo apoio. Saca Trilhos Anadia, Inov, Valle Safras, Escola Pé de Dança e Serfisio Barcelos”.

Fotos: DR.

Equipa de Orientação dos Amigos da Montanha em força no Norte Alentejano “O” Meeting

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo Por

Disputou-se, no passado fim de semana, o Norte Alentejano “O” Meeting (NAOM), prova constituída por três etapas que contavam para o Ranking da Taça de Portugal (1ª e 2ª etapas) e, ainda, para o Ranking Mundial (2ª e 3ª etapa).



Na equipa dos Amigos da Montanha, continua a boa forma de Rodrigo Lima, Inês Laranjeira e Anabela Freitas. De realçar, igualmente, a estreia de Miguel Costa, com um excelente 2º lugar na geral e vitória numa etapa.

Rodrigo Lima foi primeiro classificado em M16, vencendo as três etapas. Inês Laranjeira conquistou o primeiro lugar em W14. Miguel Costa subiu ao segundo lugar do pódio em M12 e Anabela Freitas ao terceiro em W40.

Duarte Reis (M14) e Mariana São Bento (W16) conquistaram o quinto lugar. Fábio Batista (M18) e Beatriz Ribeiro (W12) foram 6º classificados.

Rodrigo Jaques (M14) foi 7º classificado, Edite Dias (W14) 10ª, Simão Carvalho (M14) e Adélio Gouveia (M40) foram 11º classificados.

Já Fábio Morais (M16) foi 12º, Artur Cunha (M18) e Guilherme Razão (M14) 13º, Daniel Martins (M14) 14º e José Vieira Maia (M18) 16º.

Fonte e fotos: AM.

CKAB representado nos treinos do CPK

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo Por

Realizaram-se, no passado dia 25, em Vila do Conde, os treinos tendo em vista a participação do CPK – Centro Português de Karate no Campeonato das Associações, organizado pela FNK-P – Federação Nacional de Karate de Portugal.



A atleta do CKAB – Clube de Karate de Barcelos, Tatiana Alves, selecionada para esta prova, mesmo lesionada, não quis deixar de dar o seu contributo.

Treinos Regionais CPK Shotokan

Já na cidade do Porto, no mesmo dia, realizou-se mais um treino regional orientado pelo Sensei Luís Moura (5º Dan).

Fazendo parte do currículo dos karatecas, o CKAB este presente com cerca de 10 graduados.

Este treino teve a participação de mais de uma centena de karatecas da região norte, em que os karatecas do CKAB puderam dar o seu contributo.

Foto: DR.

Filipa Faria e Times of Trouble lançam primeiro single

Atualidade/Concelho/Cultura/Mundo Por

Ex-aluna do IPCA e Ex-concorrente do The Voice Portugal, lança primeiro single que promete tocar, remexer e entrar na alma

Já está disponível no Youtube, “In The End”, o primeiro single dos Times of Trouble. A faixa marca o início da colaboração que junta a ex-concorrente do The Voice Portugal, Filipa Faria, com Nuno Veloso no baixo, Marco Silva nas teclas, Vítor Azevedo na guitarra e Nelson Silva na bateria.



“Fala sobre emoções que reprimi nos últimos anos de vida da minha avó e um profundo sentimento de culpa que surgiu após a sua morte”, diz Filipa Faria, vocalista.

Times of Trouble retratam vivências, sentimentos e histórias de vida, escritas essencialmente com o coração. De todos, para todos.

O single e videoclip foram gravados sem recurso a produtora, estúdio ou qualquer empresa. Tudo surgiu da junção das capacidades de cada elemento, as ferramentas disponíveis e a ajuda de Maria Cunha, amiga e youtuber. Querem experimentar e deixar as ideias fluir, sem restrições e sem medo de cometer erros.

Veja o videoclip aqui =  https://www.youtube.com/watch?v=EDYgIdFtrag

O single estará brevemente disponível nas restantes plataformas.

Além deste single, a banda está a trabalhar em muitos outros que prometem ser rebeldes, introspetivos e, principalmente, conectar pessoas através da música.

Siga a banda nas redes sociais @timesoftroubleband para o Instagram, Facebook e Youtube.

Fotos: DR.

Festival do Figurado e do Brinquedo Ótico ou preparar os artesãos barcelenses para as necessidades atuais e futuras de mercado?

Atualidade/Concelho/Cultura Por

O artigo que se segue é da minha inteira responsabilidade e foi por mim proposto para divulgação no presente jornal.



Sou proponente do projeto em título, no âmbito do Orçamento Participativo de Barcelos. Como é público, para votar neste orçamento é preciso inscrição até 31 de janeiro, decorrendo a votação entre 7 e 21 de fevereiro. O Orçamento Participativo de Barcelos, como mecanismo de democracia, pretende que os barcelenses tenham um papel ativo nas decisões sobre o município. Como acreditamos que compete a todos os barcelenses participarem na dinamização do nosso rico artesanato, só votando no projeto que subscrevo, poderá viabilizar e disponibilizar novos e melhores recursos aos artesãos e artesãs de Barcelos.

Este setor é considerado, quando aliado ao potencial económico e à criação de emprego, um significativo impulsionador em termos sociais, culturais, patrimoniais e turísticos. O artesanato contribui para a preservação dos saberes e da cultura, uma vez que estes passam de geração em geração. Desta forma, este possui algumas lacunas, quer ao nível da formação técnica dos nossos artesãos, quer no modelo de comercialização tradicional do artesanato.

Se, por um lado, o artesanato é tido como algo transversal a diversos setores económicos e composto por multiatividades, dividido em subgrupos com afinidades técnicas e materiais, nomeadamente, cerâmica, vidro, madeira e etc.; por outro, mantém-se nos moldes de comercialização tradicionais através da venda direta em ateliers, feiras e mercados. Defende-se uma aposta, não na redução de preços, através de produções mecanizadas, mas na diferenciação da qualidade, na apresentação das obras, nomeadamente no storytelling, no packaging e na disponibilidade imediata ao cliente final. No sentido lógico, quanto mais diversa for a visibilidade, maior a oportunidade de negócio. Ou seja, o projeto pretende facultar aos artesãos um sentido mais crítico, consoante as necessidades do mercado atual e tecnológico, sem perderem toda a característica estética e metodologias de produção artesanal inerente às suas obras.

Propõe-se, através de um Festival de Artesanato e Figurado de Barcelos, que será único no país, cuja estrutura assenta no desenvolvimento e no exercício metodológico, prático e criativo com o objetivo de formar e preparar os artesãos barcelenses para as necessidades atuais e futuras de mercado, nomeadamente do marketing, do design, da gestão e das novas tecnologias de informação e comunicação. Isto é, não se pretende alterar a manualidade característica da produção artesanal, para uma consequente redução de custos. O projeto pretende a valorização da marca “Artesanato de Barcelos” através da diferenciação de mercado. A nacionalização e internacionalização do artesanato de Barcelos só é possível através de um storytelling que represente todos os artesãos e dignifique todo o repertório e essência do artesanato barcelense.

Este projeto é também uma proposta cultural, alicerçada no âmbito de Barcelos Cidade Criativa da UNESCO e tem ainda como objetivo, incrementar criatividade e qualidade na agenda sociocultural do concelho de Barcelos, que vá de encontro com os interesses da população.

O Festival do Figurado e do Brinquedo Ótico é um projeto sujeito a votação no Orçamento Participativo do Município de Barcelos in: www.participe.cm-barcelos.pt/projetos/opb-ref-51-2019/.

Quer apoiar esta ideia?

Inscreva-se até 31 de janeiro in: www.participe.cm-barcelos.pt/inscricao-no-op-barcelos/

Cada inscrição tem direito a um voto e a mesma será exclusivamente online de 7 a 21 de fevereiro in: www.participe.cm-barcelos.pt/.

Selecione o OPB Ref. 51/2019.

Festival do Figurado e do Brinquedo Ótico

www.facebook.com/Festival-do-Figurado-e-do-Brinquedo-%C3%93tico-Barcelos/ .

Por: Mário Filipe Araújo*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Ir Para Cima