Arquivo Mensal

Fevereiro 2021 - page 3

Câmara Municipal vai reabilitar edifício para apoio aos peregrinos

Atualidade/Concelho/Mundo/Turismo Por

A Câmara Municipal vai reabilitar um edifício para apoio aos peregrinos, uma obra que tem como objetivo valorizar o Caminho de Santiago na sua passagem pela cidade de Barcelos.

 
A empreitada, já adjudicada, representa um investimento total de 285.140,38€, sendo comparticipada com 178.075,00€ e tendo dez meses como prazo de execução. 

O edifício situa-se no centro histórico da cidade e a sua construção data do início do século XIX. Reflete um inegável valor patrimonial, devido à sua natureza arquitetónica e, sobretudo, pelo enquadramento com diversos monumentos nacionais, designadamente o edifício do Solar dos Pinheiros, as ruínas do Paço dos Duques de Bragança, a Igreja Matriz de Barcelos e o Pelourinho, todos monumentos nacionais. 


Este “Help Point” será um espaço onde os caminheiros e peregrinos poderão recolher informações sobre a cidade de Barcelos e a região, ao mesmo tempo que será feita a monotorização do Caminho de Santiago. 
O edifício será dotado de uma sala de receção e estar, zona de informação multimédia/internet, minibar de apoio com bebidas quentes e frias, montra de lembranças e de artesanato local, sala de exposições, bem como, instalações sanitárias.

De forma a tirar partido do logradouro e dos vãos existentes, será construído um passadiço, que permitirá usufruir de um pequeno jardim localizado nas traseiras do edifício e, em simultâneo, ter acesso direto para o jardim público situado sobre o parque de estacionamento subterrâneo. 
Sendo Barcelos uma cidade de referência na salvaguarda da identidade do Caminho de Santiago e na aplicação de boas práticas de acolhimento e de apoio ao peregrino, o surgimento desta estrutura pretenderá dinamizar e valorizar a ligação da cidade com o peregrino e com o próprio Caminho. 
O edifício, que se encontra atualmente em ruínas, está inserido num terreno com cerca de 163 metros quadrados. Tem dois pisos acima da cota de soleira, uma área de implantação de 123 metros quadrados e uma área bruta de construção de aproximadamente 246 metros quadrados. Conta, ainda, com um logradouro, com cerca de 40 metros quadrados. 

Fonte: MB

Foto: @DR MB

Hospital Santa Maria Maior, EPE – Barcelos lança app “My HSMM”

Atualidade/Concelho/Mundo/Saúde Por

Já está disponível online a aplicação para dispositivos móveis MyHSMM, que tem como objetivo principal a melhoria da acessibilidade dos utentes à sua informação clínica/ de saúde e facilitar a comunicação entre estes e o hospital, sobretudo nestes tempos de grande afluência e em que as deslocações devem ser evitadas. 

@DR

Com esta aplicação, os utentes passam a poder gerir de forma rápida e intuitiva os dados pessoais que constam no seu processo clínico hospitalar e a aceder de forma simplificada a múltiplos serviços e funcionalidades do hospital. Esta ferramenta permitirá aos utentes, entre outras funcionalidades:

Consultar e receber notificações de consultas, exames e cirurgias agendadas;

Cancelar ou pedir o reagendamento das mesmas;

Visualizar valores em dívida para pagamento (taxas moderadoras); 

Consultar o histórico de atos médicos realizados;

Pedir relatórios médicos e resultados de exames; 

Responder a inquéritos de satisfação;

Apresentar reclamações ou sugestões;

Receber notícias do hospital;  

Visualizar tempos de espera na urgência;  

Consultar farmácias de serviço; 

Consultar o corpo clínico do hospital; 

Consultar informação útil acerca dos serviços que o HSMM disponibiliza; 

Realizar navegação GPS até ao hospital. 

Acopladas à MyHSMM, e a operar em breve, outras três funcionalidades irão facilitar ainda mais a vida dos nossos utentes: uma que possibilitará aos utilizadores efetuar check-in automático nos quiosques de admissão para consultas e exames, outra que permitirá a todos os utentes, de uma forma significativamente melhorada, receber notificações dos agendamentos, via sms, nos telemóveis e outra que possibilitará a assinatura de documentos, como o consentimento informado para cirurgias, com recurso à Chave Móvel Digital.

Para além disso, brevemente, os utentes poderão efetuar o pagamento das taxas moderadoras através de mbway e referência bancária e, ainda, receber no seu telemóvel informações atualizadas sobre o estado de saúde do seu familiar que se encontra no Serviço de Urgência.Esta aplicação é gratuita e estará disponível nas versões Android, IOS e Windows e poderá ser descarregada na App Store, Google Play e em app.gov.pt.

O desenvolvimento desta solução foi cofinanciado pelo Fundo Social Europeu do Sistema de Apoios à Modernização Administrativa (SAMA 2020).

Saiba mais em: http://app.hbarcelos.min-saude.pt/

Fonte|Foto: HSMM

Câmara adjudica obras nas unidades de saúde de Sequeade e de Fragoso

Atualidade/Concelho/Mundo/Saúde Por

Foram adjudicadas duas importantes obras no concelho de Barcelos relacionadas com a área da saúde. Trata-se das empreitadas de remodelação das atuais instalações da Extensão de Saúde de Sequeade, a funcionar no edifício da sede da Junta de Freguesia de Sequeade, e da reconversão da antiga EB1 de Fragoso, onde vai passar a funcionar a extensão de saúde desta freguesia. Os dois projetos implicam um investimento global superior a 576 mil euros, com uma taxa de financiamento de 85 por cento por parte do Programa Operacional Norte 2020. 

Unidade de Saúde de Sequeade


Apesar da responsabilidade dos investimentos nos cuidados de saúde primários competirem ao Ministério da Saúde, o Município de Barcelos chamou a si a realização destas obras tendo, para o efeito, elaborado protocolos com a ARS Norte. 


Em Sequeade, as atuais instalações da Extensão de Saúde serão alvo de um investimento global de 185.485,43€ (IVA incluído). Serão melhoradas as condições físicas e os equipamentos desta unidade, garantindo os requisitos adequados ao funcionamento dos cuidados de saúde da população servida por aquela extensão. A unidade de saúde vai passar a funcionar no rés do chão do edifício da Junta de Freguesia, tendo sido aprovado um contrato programa com a autarquia para esse fim. O prazo de execução da obra é de 90 dias. Quando à sede da Junta de Freguesia, esta passará a funcionar no piso superior. 
Já na Extensão de Saúde de Fragoso, que conta com cerca de 3.700 utentes inscritos, o valor do investimento é de 390.598,15€ (IVA incluído). O objetivo da empreitada passa por requalificar o edifício da antiga escola primária da freguesia (propriedade do Município) para a instalação da unidade de saúde, assim como da aquisição e instalação de equipamentos. 
As atuais instalações não correspondem às exigências de qualidade do serviço, pelo que se torna imperiosa uma resposta ao nível das instalações, de acordo com o mapeamento dos investimentos prioritários em infraestruturas de saúde no concelho, contribuindo, assim, para a melhoria e consolidação da rede de cuidados de saúde primários. Esta obra tem um prazo de execução de 365 dias.

Fonte|Foto: MB

Amanhã em Barcelos, Tribuna pública “Reforçar o SNS, Combater a Covid-19”

Atualidade/Concelho/Mundo/Opinião/Política Por

O Partido Comunista Português promove amanhã em Barcelos, no Largo da Porta Nova, pelas 10 horas da manhã, uma tribuna pública com o tema “Reforçar o SNS, Combater a Covid-19”, enquadrada numa acção nacional de luta em defesa do SNS.


O PCP considera que, numa altura em que se regista uma diminuição de casos positivos e uma abrandamento da pressão sobre as unidades do Serviço Nacional de Saúde, é urgente preparar o regresso à atividade normal e recuperar os atrasos verificados noutros planos da saúde. Como se provou, foi, é e será no SNS que os portugueses encontrarão a resposta e o acesso aos cuidados de saúde a que têm direito.

IPCA organiza primeira edição do Lastra´21

Atualidade/Concelho/Educação/Mundo/Opinião Por

A Escola Superior de Design (ESD) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) organiza a primeira edição do Lastra´21- Conversas sobre Design e Inovação na Cerâmica e Olaria, no dia 19 de fevereiro pelas 15h.

Este evento pretende promover a partilha e o debate de projetos de designers, educadores e empresas do setor cerâmico e olárico de forma a dar visibilidade e criar massa crítica sobre a importância, oportunidades e potencialidades futuras do setor.  

João Nunes Sampaio, é docente da ESD do IPCA e um dos organizadores do Lastra juntamente com os docentes Demétrio Matos e Guilherme Braga da Cruz, e refere que o Lastra “quer dar visibilidade ao sector e à sua associação com design. Nesta edição as conversas estão afetas ao tema do Design e da Inovação pelo que futuramente os motes serão diferentes embora sempre centrados no design, na cerâmica e olaria”.  

A nível regional o IPCA e a ESD assumem a importância de terem papel ativo na promoção, estímulo e dignificação do saber instalado nas atividades de cerâmica e olaria. Desta forma, expor e mostrar aos estudantes este universo procura potenciar um novo modus operandi benéfico para ambas as partes.   

A primeira edição do Lastra conta com a presença de Alda Tomás, Diretora Criativa da Vista Alegre; Mónica Braga dos Santos, fundadora do atelier Monica Santos Studio; Arturo Borrego, professor Cerâmica no Limerick Institute of Technology e consultor de modelação 3d, engenharia inversa e prototipagem rápida; Rita Frutuoso, designer, investigadora e técnica superior na ESAD.CR em projetos de cerâmica, vidro e gesso e Alvaro Catalán de Ocón, designer responsável pelo ACdO S.L., a marca de edição de objetos e autoprodução como o Projeto Lâmpada PET. Segundo João Sampaio, os oradores vão “expor uma diversidade de experiências pessoais, desta forma será possível apresentar perspetivas de educadores/docentes de design e design cerâmico; designers que apresentam a sua prática anexa à cerâmica, quer numa vertente pessoal de desenvolvimento de pequenas edições, quer a nível profissional na resposta de encomendas e criação de peças para marcas e empresas; designers que ocupam uma posição estratégica na gestão do design em contexto de empresa e marca; e por último designers com processos exploratórios e de investigação através do design”.  

Devido ao contexto de pandemia este evento realiza-se on-line, pelo que nas próximas edições, pretende-se que seja realizado num formato presencial ou misto, visto que a vertente on-line possibilita à organização atingir outros públicos, assim com ter a presença de convidados internacionais.  

A participação do mesmo é vinculada ao registo obrigatório:  

http://lastra.ipca.pt/

https://www.facebook.com/lastra21

Município de Barcelos promove a 14.ª edição do Concurso Nacional de Leitura

Atualidade/Concelho/Cultura/Mundo Por

A Câmara Municipal de Barcelos promove nos dias 18 e 20 de fevereiro a 14.ª edição do Concurso Nacional de Leitura – Fase Municipal de Barcelos, através da Biblioteca Municipal de Barcelos e da Rede de Bibliotecas de Barcelos. 


A iniciativa organizada pelo Plano Nacional de Leitura tem como objetivo estimular o gosto e o prazer da leitura, melhorar o domínio da língua portuguesa e a sua compreensão. 
Nesta fase, participam 58 alunos, representantes de todos os agrupamentos de escolas do concelho, nas várias categorias, desde o 1º Ciclo do Ensino Básico ao Ensino Secundário. 


A fase Municipal é composta por dois momentos: uma prova escrita, a realizar-se dia 18 de fevereiro, às 10h00 e uma prova oral, a decorrer no dia 22 de fevereiro, para os seis alunos selecionados, por ciclo de ensino, na prova anterior. 
O Concurso Nacional de Leitura, em Barcelos, tem como júri o professor José Campinho, a Coordenadora Interconcelhia da RBE, Fernanda Freitas e o escritor Miguel Borges. 
O concurso será organizado em formato online, através da plataforma Google, para a realização da prova escrita e da plataforma Zoom, para a realização da prova oral. 


Os 4 alunos vencedores, por cada ciclo de ensino, irão representar o Município de Barcelos na Fase Intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura, que decorrerá no mês de abril, em Vila Verde. 
A final será realizada em Oeiras e transmitida pela RTP, dia 5 de junho. 
Este concurso, organizado pelo Plano Nacional de Leitura, em colaboração com a Rede de Bibliotecas Escolares, a Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, realiza-se com propósito de celebrar a leitura e o prazer de ler, reforçando o seu caráter universal.

Fonte|Foto: MB

Saiba como controlar a temperatura da sua casa

Atualidade/Economia/Mundo/Opinião Por

Com o inverno a casa fica mais fria e húmida, provocando paredes carregadas de fungos, tetos cheios de mofo e toda a família cheia de frio. O Gabinete de Aconselhamento de Energia da DECO deixa-lhe algumas sugestões.

É importante controlar a temperatura do espaço em que vivemos: se a casa for muito fria e húmida, as paredes podem desenvolver mofo, o que pode afetar negativamente a saúde dos consumidores. 

Deixamos-lhe algumas dicas para aquecer a sua casa:

A maneira mais fácil de economizar energia no aquecimento é manter o interior à temperatura recomendada: 21ºC durante o dia e 15-18ºC à noite. Porém, no Inverno é muito difícil e a solução mais comum será ligar o aquecimento, o que significa gastar mais energia, mas ao diminuir 1ºC poderá reduzir o consumo de energia em 6-7%.

Ligue o aquecimento apenas quando precisa dele. Se decidir ligar o termóstato em temperaturas mais altas no início não significa que consiga aquecer a sala mais rapidamente, apenas conseguirá gastar mais energia e dinheiro.

O radiador e o termóstato do aquecedor devem estar sempre desimpedidos. Não é boa estratégia “escondê-los” atrás de cortinas ou móveis, já que o calor ficará como que bloqueado e o ambiente não aquecerá adequadamente. Acresce que se consumirá muito mais energia.

A regra é apenas para reduzir o aquecimento, pois se desligar totalmente, a casa esfriará rapidamente, o que levará ao superaquecimento para atingir uma temperatura favorável. Reduza a temperatura, mas não abaixo de 15 graus, caso contrário o ar fica muito húmido e aumenta o risco de mofo.

Consulte a nossa plataforma de aprendizagem ACT4ECO e fique a saber mais sobre eficiência energética. 

No Gabinete de Aconselhamento de Energia da DECO poderemos analisar detalhadamente o seu problema, ajudar-lhe a gerir melhor o seu consumo de energia e informando-o, inclusivamente, sobre medidas de apoio a que poderá recorrer.

Para mais informações a DECO – Delegação Regional do Minho, sita na Avenida Batalhão Caçadores, 9, Viana do Castelo encontra-se disponível podendo contactar-nos através do 258 821 083 ou por e-mail para deco.minho@deco.pt.

Covid-19, concelho de Barcelos deixa de estar em risco extremo de contágio

Atualidade/Concelho/Mundo/Saúde Por

Está a verificar-se uma desaceleração dos contágios por COVID-19 em Portugal e consequentemente em Barcelos, em consequência das medidas de confinamento.

De acordo com os últimos dados divulgados pela Direção Geral de Saúde (DGS), Barcelos deixa de pertencer ao grupo de concelhos com risco extremamente elevado por contágio de Covid-19.

Com uma incidência de casos confirmados entre (480 – 959,9) por 100 000 habitantes, Barcelos passa a estar na lista de concelhos de risco muito elevado.

Recolha de Sangue e Medula Óssea dia 19 fevereiro em Fragoso

Atualidade/Concelho/Saúde Por

A Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos, vai realizar a seguinte recolha de sangue e de medula óssea:

No dia 19 de Fevereiro, em Fragoso, no Centro Paroquial das 15:00 às 19:00 horas. 

Como Ser Potencial Dador de Medula Óssea?

Ter entre 18 e 45 anos

Ter no mínimo 50kg e 1.50m de altura

Ser saudável

Nunca ter recebido uma transfusão de sangue, desde 1980

Atendendo à falta de sangue que se verifica no país, agravada pela pandemia do Covid-19, a Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos apela para a dádiva de sangue.

Águas de Barcelos volta a assinalar o Dia de São Valentim

Atualidade/Concelho/Educação/Mundo Por

Com o objetivo de continuar a estimular, junto dos mais jovens o gosto pela escrita e pela leitura, a Águas de Barcelos desafiou os alunos do 3º e 4º ano, do Ensino Básico, a assinalarem o Dia de São Valentim com um poema recheado de sentido. O Concurso de Poesia sob o tema «Falar de Água com Amor» abrange todas as escolas públicas do 1.º ciclo do ensino básico do concelho e cada participante poderá concorrer com apenas um trabalho. ALUNOS DO 1º CICLO VÃO «FALAR DE ÁGUA COM AMOR» 

A poesia deverá ser original, criativa, coerente, pertinente ao tema, com ideias e vocabulários compatíveis à sua categoria, bem como conter as palavras ‘Águas’ e ‘Barcelos’. Cada participante poderá concorrer com apenas um trabalho e cada escola deverá enviar os seus poemas a concurso, num envelope ou por email (digitalização do poema original manuscrito), com os poemas devidamente identificados com o nome do aluno e o nome da escola até ao dia 24 de março.

PRÉMIOS MAIS MOTIVADORES E APELATIVOS

Até ao final do mês de maio serão escolhidos os vencedores. Serão atribuídos os seguintes prémios:

1.º lugar: portátil híbrido 

2.º lugar: portátil

3.º lugar: tablet

À escola do aluno vencedor será oferecido um vídeo projetor. Todos os alunos participantes receberão diplomas de participação e os melhores poemas serão depois expostos em data a definir.

O júri é composto por Joana Luísa Matos, Víctor Pinho e José António Serra.

Regulamento do concurso em

https://www.aguasdebarcelos.pt/pt/campanhas/falar-agua-com-amor

Ir Para Cima