Arquivo Mensal

Agosto 2021

Peça artística do Quadrilátero Cultural em Barcelos

Atualidade/Concelho/Cultura Por

Já está em Barcelos, na parte exterior do Museu de Olaria, a escultura do Quadrilátero, que apresenta o projeto de uma forma artística.

Inspirada pela história das quatro cidades que integram o Quadrilátero Cultural (Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães), a artista Aheneah selecionou quatro espaços patrimoniais como ponto de partida para a narrativa desta peça que tem estado exposta em locais de destaque em cada uma das cidades, acompanhando a restante programação Quadrilátero Cultural 2021.

Com a paleta de cores do Quadrilátero Cultural, a artista fez uma seleção de várias tonalidades de lã que lhe permitiu criar um jogo de luz e sombra, com altos contrastes e cores vibrantes.


Quando vista de perto, a peça faz com que o olhar se perca na abstração das cruzes; à distância, desvenda o grafismo.

Depois de uma primeira paragem em Guimarães, cidade onde começou a programação, a peça viajou entre os municípios de Famalicão, Braga e, por fim, Barcelos, onde ficará até 19 de setembro.

Fonte: MB

Santa Clara vence Gil Vicente pela margem mínima em jogo muito disputado

Atualidade/Concelho/Desporto Por

O Santa Clara venceu o Gil Vicente por 1-0, em jogo da quarta jornada da I Liga de futebol, alcançando a primeira vitória no campeonato, num encontro muito disputado, marcado por várias faltas.

O golo decisivo foi apontado por Rui Costa aos 12 minutos, num jogo em que o árbitro mostrou 10 cartões, dois dos quais vermelhos diretos: a Allano, do Santa Clara, e a Ruben Fernandes, do Gil Vicente.

Na véspera do encontro, foi conhecida a demissão de Rui Cordeiro da presidência do clube e da SAD do Santa Clara, espelhando os conflitos internos que assolam os açorianos e que não ficaram de fora do jogo, como revelado pelos apupos dos adeptos ao novo presidente da SAD, o turco Ismael Uzun.

Dentro das quatro linhas, o Santa Clara entrou melhor na partida e conseguiu chegar ao golo aos 12 minutos. Após um livre cobrado rapidamente, Allano correu pela esquerda e cruzou de forma tangencial para Rui Costa, que só teve de encostar.

O Gil Vicente respondeu, quatro minutos depois, por intermédio de Fujimoto, que, depois de trabalhar bem no meio dos centrais, rematou para uma defesa segura de Marco.

Aos 18 minutos, foi o Santa Clara que esteve perto de fazer o segundo golo, num contra-ataque ‘fulminante’ que acabou com um remate forte de Cryzan para uma defesa atenta Kritsyuk.

Em vantagem, a equipa de Daniel Ramos manteve os blocos juntos e manteve a organização defensiva, enquanto o Gil Vicente assumiu o controlo da posse de bola.

Com dificuldades em penetrar no último terço, o melhor que a equipa de Ricardo Soares conseguiu até ao final do primeiro tempo foi mais um remate de Fujimoto, aos 43 minutos, que saiu por cima da baliza da equipa da casa.

No regresso para a segunda parte, o jogo manteve-se equilibrado e muito disputado na zona central. O Santa Clara dominou a posse de bola, mas ambas as equipas mostraram dificuldades em criar lances de golo, também devido às condições do relvado.

O ‘tapete’ do estádio de São Miguel esteve completamente encharcado devido à intensa chuva, dificultando a circulação da bola.

Com o passar do segundo tempo, o Gil Vicente passou a dominar o jogo, mantendo a posse de bola e jogando no meio-campo contrário. A equipa de Barcelos teve várias iniciativas perigosas junto da baliza de Marco, mas não conseguiu, contudo, criar oportunidades de golo.

Aos 70 minutos, uma confusão entre vários jogadores resultou numa dupla expulsão: Allano, do Santa Clara, e Ruben Fernandes, do Gil Vicente.

Já com as duas equipas a jogarem com 10 jogadores, aos 79 minutos, Jean Patric arrancou pela direita e esteve perto de fazer o segundo golo, mas o remate saiu a rasar a poste da baliza contrária.

Até ao final do encontro, a equipa de Barcelos ‘bombardeou’ várias bolas para área contrária, mas sem sucesso.

Portugal é escolhido para acolher maior atividade escotista mundial de 2025

Atualidade/Concelho/Portugal Por

A Federação Escutista de Portugal (FEP) foi eleita para organizar o próximo World Scout MOOT. Portugal receberá, assim, em 2025, milhares de escuteiros na maior atividade escutista de jovens adultos a nível mundial.


Depois de ter submetido a sua candidatura para acolher o MOOT2025, Portugal foi eleito para ser o país organizador, durante a 42ª Conferência Mundial do Escotismo, que está a decorrer desde 25 de agosto.

Engage (“Envolve-te”) será o mote da atividade, promovida pela Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME), que juntará jovens dos 18 aos 25 anos, vindos de todo mundo, que serão desafiados a percorrer o país e contactar com a comunidade local, juntando-se, por fim, no Centro Escutista do Buçaquinho, em Ovar.

Foto:JMF

Ricardo Soares quer Gil Vicente a “trazer pontos” dos Açores

Atualidade/Concelho/Desporto Por

O treinador Ricardo Soares disse prever um jogo “muito competitivo” diante do Santa Clara, no domingo, para a quarta jornada da I Liga de futebol, mas frisou a ambição do Gil Vicente de “trazer pontos” dos Açores.

Depois das vitórias nas primeiras duas rondas, os minhotos vêm de uma derrota caseira com o Benfica (2-0) que “deixa as marcas naturais de quem queria conquistar pontos e não conseguiu, mas já é passado”, frisou o técnico, e defrontam uma equipa que foi eliminada da Liga Conferência Europa pelo Partizan, na quinta-feira, em Belgrado.

Ricardo Soares frisou “não estar à espera de facilidades, pelo contrário”, pela densidade elevada de jogos do Santa Clara e disse prever “um jogo muito competitivo, contra uma excelente equipa, muito bem orientada e com bons jogadores”.

“Fez grandes resultados lá fora, na minha opinião foi até eliminada injustamente, fez um grande campeonato no ano passado, conhecemo-la bem e sabemos o que nos espera. Vai ser um jogo de grau de dificuldade elevado, mas nós também temos o nosso valor, temos a intenção de impor o nosso jogo e vamos lá com o objetivo de trazer pontos”, disse na conferência de imprensa de antevisão da partida.

O treinador gilista elogiou ainda a “dinâmica muito própria” do Santa Clara e destacou a qualidade individual de jogadores como Lincoln, Cryzan, Rui Costa ou Alano.

O defesa central brasileiro Iago Maidana, emprestado pelo Atlético Mineiro, é o mais recente reforço da equipa de Barcelos e, apesar de ter chegado há pouco tempo e estar ainda em fase de integração às ideias do técnico e ao país, Ricardo Soares disse que tem “gostado bastante” do que já viu.

“Vem para acrescentar e trazer mais competitividade interna que faz a equipa crescer”, assegurou.

O ponta de lança espanhol Fran Navarro foi baixa de última hora com as ‘águias’, com um contratempo físico durante o aquecimento, e continua em dúvida para domingo.

“Tem progredido bem, está sem queixas, e se continuar assim contamos com ele, mas temos mais um dia para analisar, até porque depois o campeonato”, notou.

O ‘mercado’ fecha dentro de poucos dias [na terça-feira] e Ricardo Soares frisou que, até lá, não pode dizer que o plantel esteja fechado, mas considera que o plantel “dá garantias de ir a qualquer jogo para lutar pelos pontos”, salvaguardando a diferença para os “’grandes’, incluindo o Braga”.

“Estamos atentos, importante era não perder ninguém. Estou contente com o meu plantel. Temos um longo caminho por percorrer, não vai ser um mar de rosas, este ano vai haver um equilíbrio ainda maior, espero um campeonato altamente competitivo, qualquer equipa poder perder em casa e ganhar fora”, disse.

João Afonso e Antoine Léautey continuam de fora por lesão.

Gil Vicente, quinto classificado, com seis pontos, e Santa Clara, 16.º, com um, defrontam-se no domingo, a partir das 19:30, no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, num jogo que vai ser arbitrado por Hugo Silva, da associação de Santarém.

Toda a mudança é baseada apenas em uma decisão

Atualidade/Concelho/Opinião Por
Cláudia Velez

Passamos grande parte do tempo, reclamando e protestando contra a vida e contra o que dela faz parte. Queremos que algo mude como por magia, mas nada fazemos para que tal aconteça.
Colocamos em causa, as experiências pelas quais passamos e achamos muitas vezes que temos pouca sorte ou que o mundo está contra nós.

A maior parte das vezes, tomamos “aquela decisão” que foi adiada por muitos meses, talvez anos e chegamos ao nosso limite. Porquê que para tomarmos uma decisão, temos que ir além limites? O que tanto nos limita e não nos deixa tomar uma decisão, que sabemos ser crucial para que a nossa vida mude e prospere.

O preço da mudança não é de todo fácil. Tens de largar o que não te serve mais, o que não acrescenta mais nada à tua vida. É olhar para o desconhecido e não saber o que está mais além, mas é ter a certeza que o que eu tenho hoje não é mais para mim.

“Embora não saiba o que aí vem, eu prefiro o que vem, do que o que tenho hoje. Nada muda na tua vida até tomares a decisão”.
“A mudança que muitas vezes buscamos, está na decisão que não conseguimos tomar”.

Será que somos ousados o suficiente para mudarmos a nossa vida, para sermos quem realmente queremos ser?

Certamente que não, muitas pessoas chegam até mim tristes e angustiadas, porque não têm a vida que ambicionam ter. Não são o que queriam ser e não mostram o que realmente são.

Observo muitas vezes, pessoas que escondem o que sentem, por receio do que os outros pensam, pelas inseguranças, medos e receios e porque necessitam de ser aceites por algo que as transcende a elas próprias. Sempre vai haver alguém insistindo para tu seres quem não és, por isso não percas tempo esperando seres quem o outro espera.

“A vida não muda, enquanto tiveres desculpas constantes”.

É preciso ser ousado o suficiente para dar um primeiro passo, para fazer somente uma escolha. A escolha de mudar e enfrentar o desconhecido, acreditando que tudo vai correr bem. E quando a vida te dá outra oportunidade de recomeçar, estarás a honrar a vida que queres ter e sabes porquê? Por teres tentado mudar para melhor, por estares a lapidar o teu caminho.

Quando tomas a decisão, nasces de novo, libertas-te de um EU que idealizaste, para passar a ser o EU que tanto desejas e anseias ser. Ao fazeres a tua vida valer a pena, já estás a cumprir com o teu propósito. Não percas mais tempo…

“A intensidade do teu caminho é igual ao valor do teu propósito”.

Por:

Especialista em Perfis Comportamentais, Enfermeira & Terapeuta em Saúde Integrativa Sistémica

“É urgente a construção do novo Hospital”- José Paulo Teixeira/TB-Todos Barcelos

Atualidade/Concelho/Política Por

O TB-Todos Barcelos realizou esta quarta-feira, uma visita institucional ao Hospital Santa Maria Maior E. P.E (HSMM). A visita contou com a presença do candidato à Câmara Municipal de Barcelos, José Paulo Teixeira, com o candidato à Assembleia Municipal, José Rosa e Joana Lourenço Rodrigues que ocupa o décimo lugar na lista candidata.

Em representação do Hospital esteve presente nesta reunião de trabalho, o Presidente do Conselho Administração, Joaquim Barbosa e Olivia Lopes, vogal executiva.

O Hospital Santa Maria Maior E. P.E. está integrado na rede hospitalar do Serviço Nacional de Saúde e para além da população do concelho de Barcelos abrange também os utentes de Esposende, num total de cerca de 155 mil pessoas.

Nesta reunião foi feita uma apresentação caracterizadora do HSMM, dos serviços e valências, bem com das carências e dificuldades sentidas por esta Administração na prestação dos serviços de saúde à população.

Em comunicado, TB-Todos Barcelos, refere que, “apesar de uma boa gestão, excelentes profissionais de saúde, as infraestruturas não correspondem aos requisitos normais para um serviço de cuidados de saúde.”

Dessa forma, considera que, é urgente a construção de um novo Hospital, adaptado à realidade do concelho, mantendo as atuais valências e garantir melhores condições de segurança para os utentes e profissionais.

Pode uma operadora de telecomunicações alterar o preço do tarifário no decurso do contrato?

Atualidade/Concelho Por

Nos termos do disposto na Lei das Comunicações Eletrónicas “sempre que a empresa proceda por sua iniciativa a uma alteração de qualquer das condições contratuais referidas no n.º 1, deve comunicar por escrito aos assinantes a proposta de alteração, por forma adequada, com uma antecedência mínima de 30 dias, devendo simultaneamente informar os assinantes do seu direito de rescindir o contrato sem qualquer encargo, no caso de não aceitação das novas condições, no prazo fixado no contrato, salvo nos casos em que as alterações sejam propostas exclusiva e objetivamente em benefício dos assinantes.”

Daqui decorre que, a operadora de telecomunicações pode alterar as condições contratuais, nomeadamente modificação dos serviços fornecidos, preços.

Todavia, caso as alterações não sejam benéficas para o consumidor, este deve ser informado das mesmas, por escrito, no mínimo com 30 dias de antecedência, da proposta de alteração e do seu direito de pôr fim à relação contratual sem qualquer encargo, caso não aceite as novas condições. No entanto, quando se trata de uma alteração benéfica para o consumidor, este não poderá rescindir sem custos associados.

Em face disso, aquilo que sugerimos ao consumidor numa situação destas é que verifique se foi avisado por escrito e com 30 dias de antecedência. Caso verifique que efetivamente não recebeu essa notificação, pode apresentar esse argumento junto da entidade em causa e pedir a rescisão do seu contrato.

 Para mais informações a DECO – Delegação Regional do Minho encontra-se disponível para o atender podendo contactar-nos através do 258 821 083 ou por e-mail para deco.minho@deco.pt. Visite o nosso site em www.deco.pt

Recolha de sangue e de medula óssea em Moure dia 29 de agosto

Atualidade/Concelho/Saúde Por

A Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos, vai realizar a recolha de sangue e de medula óssea no dia 29 de agosto, em Moure, na Escola Básica das 09:00 às 12:30.

Como Ser Potencial Dador de Medula Óssea?

Ter entre 18 e 45 anos

Ter no mínimo 50kg e 1.50m de altura

Ser saudável

Nunca ter recebido uma transfusão de sangue, desde 1980 Atendendo à falta de sangue que se verifica no país, agravada pela pandemia do Covid-19, a Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos apela para a dádiva de sangue.

Victor Paula no pódio de Competição Internacional

Atualidade/Concelho/Desporto Por

A equipa Júnior da ACR Roriz Cycling Academy, voltou a Espanha para competir na única prova por etapas do calendário internacional (UCI) que se realiza em Aranda Duero (Burgos), a Vuelta a Ribera del Duero, constituída por 4 dias de competição, um contrarrelógio por equipas e três etapas em linha, que contou com 25 formações e atletas de 10 nacionalidades diferentes, entre os quais algumas seleções nacionais e regionais.

O Victor de Paula esteve em grande destaque depois de na última etapa conquistar a classificação das metas volantes, subindo assim ao pódio final e arrecadando a camisola azul, primeira conquista para a nova designação da equipa LANDEIRO | KTM | MATIAS&ARAÚJO | FRUALCT

A prova dominada foi totalmente dominada pela equipa Norte Americana Hot Tubes, viu ainda o Kawah Davide a alcançar dois 11º lugares na 2ª e 3ª etapa e o 10º posto na classificação geral individual da juventude.

Nesta competição marcaram presença com o Victor de Paula, Luís Lemos, Flávio Maurício, Rui Carneiro, Rafael Barbas e o Kawah David, chefiados pelo Diretor Desportivo César Maciel.

Fotos: Martin Early

Teatro, arqueologia e oficinas no regresso do “Ferro ao Ouro” a Barcelos

Atualidade/Concelho/Cultura Por

A iniciativa Do Ferro ao Ouro, promovida pelos municípios de Barcelos, Esposende e Braga, retoma com os eventos que foram adiados por precaução da transmissão das novas variantes da Covid-19.

A viagem ao Legado Medieval em Barcelos volta no dia 28 de agosto, com a apresentação de duas peças de teatro. Pelas 18h00, a Companhia de Teatro A Capoeira leva  à cena “Piolhos e Atores”, uma peça de José Sanchis Sinisterra, no Largo Dr. Martins Lima. Às 21h30, o Teatro Neiva d’ A Mó apresenta, no mesmo local, “Os Fradinhos da Ordem de São Tricalho de Arefe”.

No fim-de-semana de 4 e 5 de setembro, a partir das 10h00, pode ver, viver e experimentar, in loco, o quotidiano da época Medieval, pela experiência de um conjunto de atividades artesanais em contexto de oficina, a acontecer num acampamento montado entre as ruínas do Castelo de Faria. O exercício interpretativo e pedagógico dos ofícios principais, dos jogos e de outros lavores ligados ao tema medieval, como a equitação, a armaria e a falcoaria, serão disponibilizados e dinamizados por técnicos experimentados em recriação, associados a artesãos locais.

Nos mesmos dias, a partir das 18h00, na Ermida de Nossa Senhora da Franqueira, assista a torneios de justas medievais a cavalo. Estes eram o desporto maior da época Medieval e constituem um dos momentos altos das recriações daquele período, pelo imaginário do cavaleiro Medieval equipado com armadura em competição.
A música também faz parte desta viagem ao Legado Medieval, com o concerto por Sons da Suévia que apresentam “Música Profana em Chão Sagrado”. Este concerto pretende recriar a sonoridade popular Medieval praticada nos terreiros das ermidas e das igrejas em dia de romaria, em que a música, a festa e o folguedo interrompiam por momentos as agruras do trabalho e das vivências quotidianas.

Todas as iniciativas Do Ferro Ao Ouro são de entrada livre, mas sujeitas a inscrição prévia. Mais informações e reserva de bilhetes através do e-mail doferroaoouro@cm-barcelos.pt.

Fonte: MB

1 2 3 6
Ir Para Cima