A 05 de novembro “a terra vai tremer”

Outubro 28, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo

“A Terra Treme 2020”: Exercício Público de Sensibilização para o Risco Sísmico

A TERRA TREME (www.aterratreme.pt) é um exercício nacional de sensibilização para o risco sísmico promovido, anualmente, pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em colaboração com diversas entidades públicas e privadas.



Este ano, a 8ª edição realiza-se a 5 de novembro, às 11h05, coincidindo com o Dia Mundial de Sensibilização para o Risco de Tsunami, efeméride instituída pela ONU.

A TERRA TREME (exercício inspirado no modelo norte-americano ShakeOut) é uma das medidas integrantes da Estratégia Nacional para uma Proteção Civil Preventiva. Visa capacitar a população para saber como agir antes, durante e depois de um sismo, sensibilizando o cidadão para o facto de viver numa sociedade de risco, desafiando-o a envolver-se no processo de construção de comunidades mais seguras e resilientes.

O cartaz do evento (Imagem: ANEPC)

O exercício, propriamente dito, compreende a prática de 3 gestos simples que podem fazer a diferença a quem os praticar perante a ocorrência de um sismo. A ação desenrola-se durante 1 minuto, no qual os participantes, individual ou coletivamente (famílias, escolas, empresas, instituições publicas, privadas ou associativas), executam os 3 gestos de autoproteção: Baixar – Proteger – Aguardar.

Além da população em idade escolar, cuja adesão à iniciativa tem sido significativa, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil tem o desiderato de ir alargando, sucessivamente, ano após ano, a reflexão e o debate em torno da temática do risco sísmico e a participação nesta iniciativa a outros setores da sociedade civil.

Para tal, considera estratégico envolver as organizações – públicas, privadas e associativas – neste desígnio coletivo, procurando, para o efeito, unir esforços e extrair sinergias do conjunto de toda a sociedade, de modo a que sejam alcançados graus de resiliência, individual e coletiva, cada vez maiores.

Por todo o país, os Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS) da ANEPC, em parceria com as comunidades locais, as associações de bombeiros, os serviços municipais de proteção civil, os agentes de proteção civil e as escolas, promovem ações de sensibilização sobre a temática do risco sísmico e as medidas de autoproteção para fazer face ao mesmo, assim como, a dinamizam a realização do exercício A TERRA TREME, na data e hora convencionadas para o efeito.

No contexto da iniciativa A TERRA TREME, a ANEPC criou:

. O microsite do Exercício – www.aterratreme.pt, no qual se podem obter informações sobre o Exercício e recursos de divulgação;

. O vídeo promocional sobre os três gestos que salvam: Baixar – Proteger – Aguardar

. O cartaz alusivo à edição deste ano do exercício A TERRA TREME

. A hashtag #aterratreme destinada a identificar nas redes sociais as publicações pessoais/institucionais relacionadas com a iniciativa.

ANEPC convida os cidadãos e as entidades a inscreverem-se em www.aterratreme.pt como demonstração do seu compromisso pessoal/institucional para com a causa da proteção e segurança, e como forma de apoio e expressão pública do seu envolvimento no exercício A TERRA TREME.

A participação pode revestir múltiplas formas, nomeadamente:

. O registo individual e/ou da sua Instituição no sítio digital www.aterratreme.pt/inscreva-se;

. A promoção da resposta a um inquérito que visa aferir o grau de perceção ao risco sísmico (www.aterratreme.pt/inquerito);

. A revisitação dos procedimentos preventivos e de emergência para fazer face a um evento de sismo e/ou tsunami, bem como a realização de um exercício de teste à evacuação por ocasião de 5-11-2020, data escolhida para a realização do exercício A TERRA TREME;

. A realização de uma sessão de esclarecimento dedicada à explicação das medidas preventivas e dos comportamentos de autoproteção a adotar nas nossas casas e nos locais de trabalho;

. A evidenciação nas plataformas de comunicação (sítio digital e redes sociais) e noutros suportes digitais da respetiva Instituição, do envolvimento e participação nesta iniciativa (sob a forma de cartaz, banners, assinaturas de e-mail, etc.);

. A disseminação através das redes do correio eletrónico interno de conselhos e recomendações sobre as medidas preventivas e os comportamentos de autoproteção a adotar em caso de sismo/tsunami;

Baixar – Proteger – Aguardar (Imagem: ANEPC)

. A Divulgação do vídeo promocional do Exercício (disponível em www.aterratreme.pt).

“O sucesso da iniciativa A TERRA TREME depende do grau de sensibilização de cada um de nós para este tema, nomeadamente do nosso envolvimento e participação ativa no Exercício. É importante, pois, promover amplamente o exercício A TERRA TREME entre todos, através das ações acima descritas. Participem e partilhem!”, refere a organização.

Atenta a situação pandémica associada à COVID’19, importa sublinhar que a realização destas iniciativas deve obedecer às orientações emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS). A este propósito salienta-se que a participação nesta iniciativa através da execução dos três gestos de autoproteção pode ser realizada em diversos contextos e, segurança.

Fonte e imagens: ANEPC.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*